O prazer de escrever | Carlos E. Oliveira

busca | avançada
96458 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Com 21 apresentações gratuitas, FLOW Literário aborda multi linguagens da literatura
>>> MASP, Osesp e B3 iniciam ciclo de concertos online e gratuitos
>>> Madeirite Rosa apresenta versão online de A Luta
>>> Zeca Camargo participa de webserie sobre produção sustentável de alimentos
>>> Valéria Chociai é uma das coautoras do novo livro Metamorfoses da Maturidade
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
>>> Sou rosa do deserto
>>> Os Doidivanas: temporada começa com “O Protesto”
>>> Zé ninguém
>>> Também no Rio - Ao Pe. Júlio Lancellotti
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 3 de Maio #digestivo10anos
>>> O Joca me adora
>>> A volta das revistas eletrônicas
>>> As duas divas da moderna literatura romântica
>>> Entrevista com Rogério Pereira
>>> Bafana Bafana: very good futebol e só
>>> Suspense, Crimes ... e Livros!
>>> Entrevista com Michel Laub
>>> Mensagem do Papai Noel
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> Manancial - Meditações Diárias 17 de Vários Autores pela Ufbb (2020)
>>> Marketing - O Que É? Quem Faz? Quais Tendências? de Carlos Frederico de Andrade pela Ibpex (2010)
>>> Manancial - Meditações Diárias 17 de Varios Autores pela Ufbb (2020)
>>> TV Canção Nova: A Vida Por Trás Das Câmeras de Ana Paula Guimarães pela Canção Nova (2014)
>>> Ruth Rocha Reconta João e o pé de feijao de Rúth Rocha pela Salamandra (2010)
>>> Olhinhos de Gato de Cecília Meireles pela Moderna (2006)
>>> A Muralha de Dinah Silveira de Queiros pela Record (2000)
>>> De Volta aos Quinze de Bruna Vieira pela Gutenberg (2013)
>>> Um Brasileiro Em Berlim de João Ubaldo Ribeiro pela Nova Fronteira (2006)
>>> Setembro Não Tem Sentido de João Ubaldo Ribeiro pela Nova Fronteira (1987)
>>> A Ação da Antologia no Português - Sintaxe de F M Bueno de Siqueira pela Organização Simões (1954)
>>> O Amanhecer da Igreja de Dom Fernando A. Figueiredo pela Larousse (2012)
>>> Artemis Fowl - o Menino Prodígio do Crime de Eoin Colfer pela Record (2001)
>>> Eleanor & Park de Rainbow Rowell pela Novo Século (2017)
>>> De 0 a 1000 Dias - os Dias Decisivos do Bebê de Dra. Roseli Sarni - Dra. Fabiola Suano pela Abril (2017)
>>> O Dia da Caça de James Patterson pela Arqueiro (2011)
>>> Onze por Todos, Todos por Onze - Acompanha 3 Cds de Pe. Emílio Bortolini Neto pela Uniuv (2019)
>>> Beije-me Onde o Sol Não Alcança de Mary Del Priore pela No Bolso (2015)
>>> Gato pra Cá, Rato pra Lá de Sylvia Orthof pela Rovelle (2021)
>>> A Princesa - Sob os Refletores de Meg Cabot pela Record (2003)
>>> Lendas Amazônicas de Sec. de Est. de Trab. e Serviços Sociais pela Governo do Amazonas (1981)
>>> A Semiologia de Pierre Guiraud pela Biblioteca de Ciências Humanas (1973)
>>> Caos Químico de Antonio Carlos Vilela; Nick Arnold pela Melhoramentos (2001)
>>> Os Deficientes: Irmãos Nossos, Preferidos de Deus de Pe. Hipólito Martínez O.S.A. pela Ave-Maria (2008)
>>> Teoria da Comunicação de Denise Lourenço pela Educacional (2016)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 19/11/2007
Comentários
Leitores


O prazer de escrever
Sei bem pela sua trajetória e direção que seus artigos publicados apontam que não há nenhum desejo de assassinar nenhuma vocação, que se fosse tão frágil vocação não seria. Entretanto, existem as criações de caráter amador ou de pretensões menos literárias, que são necessárias em qualquer cena cultural. É preciso desmistificar a trajetória do autor e é igualmente necessário regar alguns novos talentos, talvez carentes de consistência que só o intercâmbio e os exercícios continuados via crítica sejam capazes de maturar. Ainda não li em lugar algum uma receita confiável para produzir escritores, proliferam oficinas literárias, como nunca e poucas obras se destacam no cenário atual. Cada novo livro me parece um dejavu tamanha as redundâncias - ou quem sabe seja a formulação das encomendas de editoras. Quero uma escrita madura, mas que reflita o prazer do autor em apresentar aquela obra e que ela se apresente um tom acima da diversidade, pois é só assim que vejo um diálogo com os clássicos.

[Sobre "Armadilhas da criação literária"]

por Carlos E. Oliveira
19/11/2007 às
08h31 201.65.37.4
(+) Carlos E. Oliveira no Digestivo...
 
Mundo (mercado) cultural
Ana, gostei muito do tema, tenho uma grande preocupação com a formação do leitor e vejo que isso resulta da forma como consumimos nossos bens culturais. Como a nossa platéia de teatro está envelhecida, o nosso público de cinema é de infantis ou blockbusters; nossos leitores compram auto-ajuda e congêneres; se utilizarmos esta mesma escala para artes plásticas e mesmo dança ficará bem claro o percurso que estou descrevendo. Vivemos num tempo hedonista onde as pessoas estão buscando sentir e este processo conduz a experimentações, quando a nossa literatura é reflexiva e se presta as múltiplas interpretações possíveis para cada leitor. A felicidade como valor literal já foi substituída pelo sucesso o estatuto moral já caducou em razão destes mesmos valores. Estamos diante de alterações profundas, diante de uma sociedade segmentada, cheia de especialistas distantes do contexto. Sabem tudo sobre alguma coisa e nada sobre o restante. Haverá alternativa? Abraços.

[Sobre "Livros de literatura podem ser objetos de consumo?"]

por Carlos E. Oliveira
19/11/2007 às
08h14 201.65.37.4
(+) Carlos E. Oliveira no Digestivo...
 
Literatura infanticida
Ótima esta sua revisão desta fábula medieval, que era como naqueles tempos se vendia a moral dominante e assim propagavam medos que demandavam tutelas. Ainda o mesmo dispositivo usado nestes nossos tempos... Entretanto, achei um tanto carregado na questão do gênero, parecia realmente uma análise freudiana com tudo que isto possa suscitar. Diante do inexorável todos estão frágeis, nus e o que se propaga como potência masculina carece de um contraponto e talvez não tenha sido descoberto um outro adjetivo e só por vício seja descrito como feminino. Quanto ao restante, estamos como sempre buscando uma justificativa para nós mesmos, devotamos um fervor para o equilíbrio cartesiano e materializamos nossas angústias numa expressão diante de uma figura divina. Somos todos Chapeuzinhos e lobos também, agora a floresta esta dentro de nós. Êta literatura infantil arretada...

[Sobre "Pela estrada afora"]

por Carlos E. Oliveira
19/11/2007 às
07h38 201.65.37.4
(+) Carlos E. Oliveira no Digestivo...
 
Salinger seminal
O apanhador é sobretudo um livro de autor. Destaca-se pelo caráter seminal onde uma narrativa moderna disseca de forma até então inédita as instabilidades e inseguranças das fronteiras da adolescência. Salinger compõe uma obra compacta onde, mais que a primeira pessoa, o fluxo de consciência tornou real e universal sua personagem. O espaço-tempo em que se sucedem os fatos é o mais curto possível, deixando os leitores sem fôlego num exercício inusitado de leitura. A força deste livro é tal que talvez Holden tenha encarcerado Salinger numa expectativa insuportável. Tivemos ainda vários ecos do Apanhador, um personagem como Chapman em "A teoria da Conspiração" e um roteiro filmado por Scorcese, "After Hours" em 1985. Apesar de tantos sub-produtos é de Robert Burns e da canção "Comin thro the rye", de onde Salinger trouxe a tensão em que sustentaria o seu romance, que prefiro recordar; Chapman é só um fragmento perdido numa perspectiva de possibilidades infinitamente promissoras.

[Sobre "O engano do homem que matou Lennon"]

por Carlos E. Oliveira
19/11/2007 às
07h11 201.65.37.4
(+) Carlos E. Oliveira no Digestivo...
 
Perfeito, Luis
Luis, perfeito, sem comentários. Realmente, é preciso uma dose elementar de auto-crítica antes de qualquer pessoa se aventurar pela literatura, principalmente para quem acha que criança e adolescente é besta e que gênero policial é fácil. Desculpe pela gíria, mas você "matou a pau". Um grande abraço...

[Sobre "Armadilhas da criação literária"]

por Carla Borges
19/11/2007 às
02h56 201.11.150.216
(+) Carla Borges no Digestivo...
 
Eu não estava enganada
Nunca entendi muito bem o porquê do assassino de Lennon ter se comparado a Holden Caulfield. Nunca! Sempre achei que eu tinha uma capacidade de abstração da personagem e das metáforas do livro muito limitada, de que eu não havia interpretado as entrelinhas de Salinger de forma apropriada. Busquei textos na internet a respeito do livro, e nenhum era capaz de me mostrar nada de que eu já soubesse... Este seu texto me esclareceu algumas coisas, relembrou outras, mas o mais importante foi que com ele eu me certifiquei de que eu não estava enganada. Chapman, sim. Li este romance aos 15, foram necessários 10 anos para eu perceber que não havia o que encontrar de obscuro em Holden. E que não havia nada de errado em me identificar com ele. Obrigada!

[Sobre "O engano do homem que matou Lennon"]

por Fernanda Coelho
18/11/2007 às
18h34 201.17.239.128
(+) Fernanda Coelho no Digestivo...
 
TdE: O que será que será?
É, realmente ninguém sabe o que será feito com o filme Tropa de Elite, que já virou até marca de sorvete. A banalização da violência nos torna reféns do comando marginal. Vemos que a corrupção está em todos os níveis de autoridade. Somente com uma educação transformadora é que conseguiremos melhorar nosso sistema. Eu quero promover uma campanha: Troque o seu três oitão por um violão!!! Abraços, Clovis Ribeiro

[Sobre "Tropa de Elite, de José Padilha"]

por Clovis Ribeiro
http://www.clubedoscompositores.com.br
18/11/2007 às
13h54 201.92.194.219
(+) Clovis Ribeiro no Digestivo...
 
Não precisamos de acordo
As normas ortográficas Britânica e a Americana, embora não oficias, mas consagradas pelo uso, são realmente diferentes. Não precisamos de acordo, mas sim de mais intercâmbio cultural e tolerância lingüistica. O países de língua inglesa não andam nesses tontices como os países lusofonos.

[Sobre "Por que Faraco é a favor da mudança ortográfica"]

por Lino Goncalves
18/11/2007 às
13h13 198.54.202.250
(+) Lino Goncalves no Digestivo...
 
Quero um blog, com urgência...
Ainda não tenho blog mas identifico-me com os que os têm, pois vivo nos mesmos estertores sociais que nos anulam pelo não viver (real).

[Sobre "Ela tem um blog?"]

por Elizabeth Silveira C
18/11/2007 às
11h16 201.58.98.96
(+) Elizabeth Silveira C no Digestivo...
 
TdE: Não quero ver ainda
Vou raramente ao Rio. Por necessidade profissional e vínculos familiares, algumas vezes me hospedo aos pés do Cristo, na Lagoa. Ali, a vista é esplendorosa e a visão dos bandos de biguás que cruzam o ar, de manhã e á tardinha, em sua rota diária, da montanha à cidade, é pacificante. Em desesperada rotina, estas aves se exibem à cidade, contrapondo-se ao artificialismo e à violência do caos abaixo delas, nesse Rio decadente, que chora e lamenta sambando. Que anseia o aflorar de um tempo novo, em que os antigos valores, mortos por asfixia, sejam substituídos. Ver Tropa de Elite ainda não é um desejo meu. Prefiro me eximir, ocultando-me em flashes de antigas lembranças cariocas, enquanto nebulosas visões povoam o imaginário popular e questionamentos sem resposta trazem o pânico e o desespero, á vista da guerrilha. Aguardo a evolução natural. Alguns chamam a isto covardia. Eu o denomino resistência.

[Sobre "Tropa de Elite, de José Padilha"]

por Elizabeth Silveira C
18/11/2007 às
11h11 201.58.98.96
(+) Elizabeth Silveira C no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




The British Contribution to Medicine
Jaime Jaramillo Arango Sir Arthur Macnalty
E & S Livingstone
(1953)
R$ 46,00



Lei Orgânica do Muncípio de Pelotas
Diversos autores
Do autor
(1984)
R$ 14,90



Pensadores
Mario Vitor Santos
Realejo
(2015)
R$ 54,90



Modos de Produção: Elementos da Problemática
Robert Henry Srour
Graal
(1978)
R$ 7,00



Martim Cererê
Cassiano Ricardo
José Olympio
(1989)
R$ 5,00



Marcas Na Parede. Contos Sobrenaturais De Suspense E De Terror
Hanna Liis-Baxter
Andross
(2009)
R$ 10,00



Basta! Acabar com o genocídio no Darfur e noutros locais
Don Cheadle/John Prendergast
Bazâncio
(2007)
R$ 120,00



Mais Provençais - Poesia
Augusto De Campos E Outros
Cia Das Letras
R$ 50,00



A Língua de Eulália: Novela Sociolinguística
Marcos Bagno
Contexto
(2003)
R$ 41,80



Plano Estratégico de Marketing
Marcos Cobra
Atlas
(1989)
R$ 5,00





busca | avançada
96458 visitas/dia
2,3 milhões/mês