Só escrevo no micro | Gelza Reis Cristo

busca | avançada
52947 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Eleições 2022: Bolsonaro ganha no Nordeste e Lula no Sul e Sudeste, mas abstenções ganhará em todo o
>>> Paisagens Sonoras (1830-1880)
>>> III Seminário Sesc Etnicidades acontece no Sesc 24 de Maio nos dias 10, 11 e 12 de agosto.
>>> Longa nacional 'Dog Never Raised' estreia no 50º Festival de Gramado
>>> Boca Migotto lança livro sobre cinema gaúcho durante o 50º Festival de Gramado
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
>>> Leite, Coalhada e Queijo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> O novo sempre vem
>>> Música para olhar
>>> Uma outra visão do jornalismo
>>> Perry Rhodan - 50 anos de aventuras espaciais
>>> Manual de redação Rabisco
>>> A Promessa de Nicholson e o bem-acabado Desmundo
>>> Sobre o Digestivo, minhas colunas e nossa história
>>> Projeto Piano Forte, com Brad Mehldau
Mais Recentes
>>> A Religião Civil do Estado Moderno de Nelson Lehmann da Silva pela Thesaurus (1985)
>>> O Existencialismo é um Humanismo de Jean-Paul Sartre; Vergílio Ferreira pela Editorial Presença (1978)
>>> Feijão, Angu e Couve: Ensaio Sobre a Comida dos Mineiros de Eduardo Frieiro pela Itatiaia (1982)
>>> História da Arte de German Bazin pela Martins Fontes (1980)
>>> Dengue no Brasil: Doença Urbana de Dr. Timerman & Outros pela Limay (2012)
>>> Movimentos da Arte Moderna: Realismo de James Malpas pela Cosac & Naify (2001)
>>> Chico Bento Nº 274 de Mauricio de Souza pela Globo (1997)
>>> Reporteros Brasil - Libro del Alumno 4 de Leandro Sangy (Autor) pela Difusión (2020)
>>> Reporteros Brasil - Libro del Alumno 4 de Leandro Sangy (Autor) pela Difusión (2020)
>>> Pamela e Satã ou Virtude ainda recompensada de Upton Sinclair pela Melhoramentos
>>> Filosofia e Sociologia - Volume Único de Marilena Chauí (Autor), Pérsio Oliveira (Autor) pela Atica (2019)
>>> Chico Bento Nº 261 de Mauricio de Souza pela Globo (1997)
>>> Van Gogh: Obra Completa de Pintura - Volume I de Ingo F. Walther; Rainer Metzger pela Taschen (2006)
>>> Limite Zero de Joe Vitale pela Rocco (2009)
>>> Chico Bento Nº 121 de Mauricio de Souza pela Globo (1991)
>>> Chico Bento Nº 107 de Mauricio de Souza pela Globo (1986)
>>> An Unusual Algebra de I. M. Yaglom pela Mir Publishers (1978)
>>> Entre o sonho e a realidade de Howard Spring pela Melhoramentos
>>> Chico Bento Nº 174 de Mauricio de Souza pela Globo (1993)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Hunter Books (2011)
>>> ArtBook: Velázquez - Luzes e Sombras do Século de Ouro de Vários Autores pela Nova Galicia Arte (2001)
>>> Terra Prometida de Joan Lowell pela Melhoramentos
>>> Chico Bento Nº 162 de Mauricio de Souza pela Globo (1993)
>>> ArtBook: Van Gogh - Pintarei com o Vermelho e com o Verde as Terríveis Paixões Humanas de Vários Autores pela Nova Galicia Arte (2000)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Ide (2008)
COMENTÁRIOS

Sábado, 5/1/2008
Comentários
Leitores


Só escrevo no micro
Depois que tive acesso ao micro abandonei o hábito de escrever no papel. E olha que morro de ciúmes de perder um pensamento ou parte de um texto. Para garantir faço sempre cópias dos meus trabalhos.

[Sobre "O problema do escritor"]

por Gelza Reis Cristo
5/1/2008 às
23h37 201.74.102.209
(+) Gelza Reis Cristo no Digestivo...
 
Os melhores anos de minha vida
Parabéns pelo texto. Ele retrata fielmente a série... Assisti a série pela Cultura nos anos 90, foi a melhor série que já passou na tv; nada de super poderes, apenas a realidade de quem vive no subúrbio. Quem nunca foi Kevin, quem nunca teve Winnie, quem nunca teve um Paul como amigo? Hoje tenho 33 anos e ainda fico emocionado quando encontro pessoas que curtiram Anos Incríveis. Gostaria que meus filhos assistissem também.

[Sobre "Anos Incríveis"]

por Mario
5/1/2008 às
14h49 200.253.192.2
(+) Mario no Digestivo...
 
poesia não é poe$ia
Sim, acho que a poesia deve ser conhecida, mas não assim, como mercadoria ou produto. Por que ficar atrelado ao mercado editorial, número de vendas, livros, etc? Não há outro meio? E por acaso a luta deixou de ser a individual para ser uma corrida por postos nos mais vendidos? Aliás, tentar viver de poesia? Como se fosse trabalho e gerasse honorário? Tenha dó, viva a poesia da vida...

[Sobre "Bate-papo com Rodrigo Capella"]

por Marcelo A.
http://constelacaopoente.blogspot.com
5/1/2008 às
14h10 201.92.231.87
(+) Marcelo A. no Digestivo...
 
Percepções de uma brasileira
Talvez por ser um texto adaptado, não consegui perceber claramente o aspecto de brasilianização específica do Brasil, embora soe como pleonasmo. O que o autor colocou foi uma série de informações e comportamentos que abrangem o mundo todo, usando o carnaval como referência. Mas o carnaval não é exclusivo do Brasil e o que pude deduzir do texto é que o mundo quase que caminha em uma mesma direção, as elites comandam, o povo às vezes usufrui ora como espectador, ora como sujeitos, em alguns momentos. A questão antropológica que permeia todo o texto é mais uma constatação do que propriamente uma nova abordagem. Nesse contexto, não dá pra diferenciar o Brasil, ou as elites do Brasil, de outras partes do mundo. O termo usado talvez não seja adequado, aliás é um pouco forçado. Provavelmente, posso estar equivocada, mas é o que pude perceber.

[Sobre "A Brasilianização do Mundo"]

por Adriana Godoy
4/1/2008 às
20h39 201.58.145.93
(+) Adriana Godoy no Digestivo...
 
Emoção é a alma da literatura
Uma literatura universal se faz com sentimento e alma, com a abordagem das grandes questões humanas, com pensamentos e reflexões que afetem os homens em qualquer lugar do mundo, mesmo que a história seja territorializada. O texto precisa fazer emergir a complexidade humana, não por acaso, mas por conhecimento e domínio do autor em relação aos temas e à forma de fazê-los chegar do modo certo aos leitores, com graciosidade, encanto, ou crueza, horror, sempre na intensidade adequada pra mexer com quem lê e com coerência nas emoções transmitidas: a leitura nos tornará mais leves, ou mais fortes, ou mais espertos, ou mais ricos em conhecimentos, mas nos acrescentará alguma coisa, nos transformará mesmo sem percebermos. É essa a função da boa literatura, usar o poder de transformar os que entram em contato com ela. Ainda não li o livro Reparação, apesar de já ter ouvido falar bastante sobre ele; seu texto me fez sentir vontade de enfim conhecer o que ele possui de bom.

[Sobre "O que aprender com Ian McEwan"]

por Cristina Sampaio
http://www.minhasvozes.blogspot.com
4/1/2008 às
13h12 189.70.156.4
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Preconceito e fundamentalismo
Ao delinear seu conceito assombradiço da brasilianização do mundo, o nobre cronista fundamentou-se na tese simplista do culto ao corpo e do carnaval, como se estes não fossem elementos residuais de culturas europeizantes como as saturnais e afins. Ademais, buscar conceitos antropológicos baseados nos costumes de uma minoria - a elite -, desconsiderando uma maioria que constrói um país digno é fácil... Conheça, caro ensaísta, o país real que luta para se livrar de insanidades colonialistas e fundamentalistas.

[Sobre "A Brasilianização do Mundo"]

por Antônio P. Andrade
4/1/2008 às
11h20 201.58.112.155
(+) Antônio P. Andrade no Digestivo...
 
Pé na bunda dessa sociedade
Nossa, Mário, você deu um "pé na bunda" dessa sociedade hipócrita com a sua opinião. Parece até que era eu que estava "chutando". Sempre estive longe dos ideais, do estilo, das opiniões desses hipócritas. Me sentia excluída durante os tempos de escola, mas hoje sinto alívio por não ter sido uma idiota como eles.

[Sobre "Outsider: quem não se enquadra"]

por Juliana Veras Guedes
4/1/2008 às
10h58 189.52.28.2
(+) Juliana Veras Guedes no Digestivo...
 
Quero ser jornalista cultural
Eu tenho um blog, leio diariamente textos de internet e pretendo ser jornalista cultural. Graças à pouca idade que tenho só comecei a ler textos culturais há pouco tempo (3 anos, sei lá...). Não acho o jornalismo cultural de jornais (Estado de S. Paulo) superficial, mas o de revistas semanais (Veja) costuma ser beeem pobrezinho, principalmente se tratando de cinema (Transformers seria cinema?).

[Sobre "O jornalismo cultural no Brasil"]

por Cris A.
http://desenha-meumcarneiro.blogspot.com/
3/1/2008 às
20h34 201.1.24.42
(+) Cris A. no Digestivo...
 
no Brasil é 8 ou 80
Ao contrário do que muitos disseram, as perguntas do Julio, além de algumas vezes perdidas na ânsia de dar sua própria opinião, eram um bocado auto-indulgentes... talvez seja isto a razão das respostas lacônicas e evasivas do DM. Está claro que a entrevista foi feita por e-mail (não consigo imaginar que este monólogo do entrevistador foi ao vivo). Mas numa coisa eu concordo com o Julio, no Brasil ou é oito ou oitenta e isso está bem claro nessa caixa de comentários.

[Sobre "Diogo Mainardi"]

por Wellington Almeida
http://imigrantesofre.blogspot.com
3/1/2008 às
15h52 81.84.254.249
(+) Wellington Almeida no Digestivo...
 
Não acho que é o momento
Pô! Deu vontade de ler, mas não é o momento pra mim. Não sei a quê esse tipo de literatura leva. Relatar a realidade nua e crua? Intimidar os mais ingênuos? Horrorizar os incautos? Não dá. Não precisamos disso, por ora. A rua tá ali. A favela bem perto. Os bandidos em cada quarteirão, junto aos policiais. Ambos cruéis. Ambos terríveis. Ambos capazes das maiores atrocidades. Sabemos disso. Sei disso. Não quero agora dormir com um negócio desse. Pelo que disse, parece que o cara escreve bem. Mas será que a boa literatura vale o tema? Gostei de sua análise. Abraço. Adriana

[Sobre "Literatura policial ou literatura bandida?"]

por Adriana Godoy
3/1/2008 às
15h37 201.8.138.92
(+) Adriana Godoy no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Ciência do Bem-viver Volume 1 - 4ª Edição.
Masaharu Taniguchi
Seicho-no-ie
(1979)



Dicionário das Metáforas Filosóficas - 1ª Edição
Ralf Konersmann (org.)
Loyola
(2012)



Cartas Lacradas
Dora Openheim
Record
(2013)



Acordar Ou Morrer
Stella Carr
Moderna
(1994)



Astrologia e Você
Sheila Geddes
Saraiva
(1995)



Enciclopédia Olímpica Brasileira
Varios Autores
Mp
(2015)



O Batizado da Vaca
Chico Anísio
José Olympio
(1973)



Miragens Preversas - Diamantino Jesus e Zé Diogo
Coleção Berardo
Ddiarte
(2006)



Vivendo Em Família
Maria Luiza Dias
Moderna
(1992)



Luz Viva
Joanna de Ângelis
Leal
(1985)





busca | avançada
52947 visitas/dia
2,0 milhão/mês