É bom prá "carai" | Adriana

busca | avançada
69289 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Festival Som na Faixa apresenta edição online com atrações da música instrumental
>>> Leituras Urbanas começa novo ciclo literário
>>> Unil oferece abordagem diferenciada da gramática a preparadores e revisores de texto
>>> Conversas no MAB com Sergio Vidal e Ana Paula Lopes
>>> Escola francesa de Design, Artes e Comunicação Visual inaugura campus em São Paulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Minicursos na PUC Minas
>>> 7 de Setembro
>>> Dublinenses
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> A Lógica do Cisne Negro, de Nassim Nicholas Taleb
>>> Villa-Lobos tinha dias de tirano
>>> Abbas Kiarostami: o cineasta do nada e do tudo
>>> White Blues Boys
>>> 21º de Mozart: Pollini e Muti
Mais Recentes
>>> Livro de Uma Sogra – Obra Completa Nº 5 de Aluísio Azevedo pela Waldré (1982)
>>> O Mulato de Aluísio Azevedo pela Ática (1992)
>>> Os Lusíadas de Luís de Camões pela Abril (1979)
>>> Os Trabalhadores do Mar de Victor Hugo pela Abril (1979)
>>> Decamerão (2 volumes) de Giovanni Boccaccio pela Abril (1981)
>>> Relações entre a Igreja e o Estado de Rafael Llano Cifuentes pela José Olympio (1989)
>>> A Interpretação do Homem de Renato Kehl pela Francisco Alves (1951)
>>> Envelheça Sorrindo de Renato Kehl pela Francisco Alves (1949)
>>> O Milagre de Lourdes de Ruth Cranston pela Melhoramentos (1955)
>>> Diário de um pároco de aldeia de Georges Bernanos pela Agir (1964)
>>> A Doutrina Social da Igreja de G. C. Rutten, O. P. pela Agir (1947)
>>> Maria e o Evangelho de Jean Galot pela Aster (1961)
>>> O que sobrou do paraíso? de Jean Delumeau pela Companhia das letras (2003)
>>> Senhores de engenho, judeus em Pernambuco colonial 1542-1654 de José Alexandre Ribemboim pela 20-20 Comunicação (2002)
>>> Os magnatas do tráfico negreiro de José Gonçalves Salvador pela Pioneira, Edusp (1981)
>>> A comunidade judaico-cristã de Mateus de Anthony J. Saldarini pela Paulinas (2000)
>>> A Formação da Terra - Biblioteca Salvat de Grandes Temas de Vários Colaboradores pela Salvat (1979)
>>> As origens do Novo Testamento de C. F. D. Moule pela Paulinas (1979)
>>> Mártires do coliseu romano de Emma Leslie pela Aeebar (1984)
>>> Filosofia para entender teologia de Diogenes Allen e Eric Springsted pela Paulus, Academia cristã (2011)
>>> Nigella Bites de Nigella Lawson pela Ediouro (2019)
>>> Minidicionário da Língua Portuguesa de Francisco da Silveira Bueno pela FTD (1996)
>>> Desenho Técnico de Thomas E. French pela Globo (1958)
>>> Métodos de Ensaios nas Indústrias de Celulose e Papel de Alfred Halward e Outro pela Brusco
>>> Minha Vida na Estrada de Gloria Steinem pela Bertrand Brasil (2017)
>>> Quantitative Analysis de V. Alexeyer pela Mir
>>> Pulp Technology and Treatment For Paper de James d'A. Clark pela Miller Freeman (1978)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 47 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 46 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 43 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 41 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 40 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 39 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 38 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Cinco Minutos e a Viuvinha de José de Alencar pela Ciranda Cultural / W. Bucb (2009)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 37 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 36 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 35 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 34 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Fim de Fernanda Torres pela Companhia das Letras (2013)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 33 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 32 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 31 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Cinco Minutos e a Viuvinha de José de Alencar pela Ática (2002)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 30 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 29 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Cardiologia Baseada em Relatos de Casos de Carlos V. Serrano Jr.; Flávio Tarasoutchi; Outros pela Manole (2006)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 28 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 27 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 26 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 2/5/2002
Comentários
Leitores


É bom prá "carai"
Ouvi pouco sobre o filme antes do lançamento. Cheguei no cinema com meia hora de atraso, culpa do dilúvio que fez com que João Pessoa ficasse debaixo d´água, transformando a cidade num caos aquático. Mas fiquei encantada com o filme. A fotografia é linda; as tiradas do personagem de Ravi (que por sinal é daqui) são muito, mas muito engraçadas; o filme é cheio de simbologias; os movimentos de câmera são ousados, diferentes; a música é envolvente. Pode até ter sido "fabricado" para ganhar prêmios, mas valeu a pena. Quer saber? O que menos me emocionou no filme foi a história em si. Ele é tão rico em imagens, detalhes e metáforas que o conflito entre as duas famílias acaba sendo o pretexto, e não o motivo principal.

[Sobre "Digestivo nº 80"]

por Adriana
2/5/2002 às
21h23 200.151.157.191
(+) Adriana no Digestivo...
 
Boas e más leituras
Evandro Concordo com você que o mérito pode ser casual. Quis colocar essa ressalva - a de que há algum mérito - porque não acredito na crítica absoluta, radical. Meu objetivo não foi descer a lenha no livro cegamente. Generalizando, em tudo a gente pode tentar encontrar um lado bom, mesmo que seja bem escondido. O que você falou de fundo cultural comum é o bom senso. É fácil revestir o bom senso de um pouco de teoria e polêmica, e tentar devolver às pessoas como novidade. Por falar nisso, será que ainda existe novidade hoje em dia? É lógico que existem livros muito melhores do que esse, mas ler para fazer uma crítica é diferente de ler por prazer. Não deixa de ser um prazer, no meu caso, porque é uma atividade que eu gosto. Acho que muita gente pretensamente intelectual lê porcarias bem piores do que livros como esses, mas talvez não queiram criticar para não dar bandeira. Ou então, as pessoas criticam sem conhecer. Apesar de ter uma posição bem negativa em relação ao livro mesmo antes de abrí-lo, procurei ler para poder criticar com conhecimento de causa.

[Sobre "Querido, eu me rendo"]

por Adriana
2/5/2002 às
21h12 200.151.157.191
(+) Adriana no Digestivo...
 
Fase de transição.
Eduardo Recebi o livro para fazer a resenha, e pra falar a verdade, adorei o desafio. É um prato cheio poder analisar o que há por trás disso tudo. Mesmo que o livro seja meio chato, valeu a pena. Também acho que o casamento como "antigamente" é uma instituição falida. Mas ainda acredito em duas pessoas vivendo juntas, se respeitando, aproveitando a vida, tendo filhos, conquistando coisas, sendo fiéis. Meu otimismo me faz pensar que talvez essa fase seja passageira, e dê origem a um tipo de relação mais saudável. Talvez a autora acredite no que escreve, e pior, deve ter muita gente que acredita, senão não estaria vendendo a rodo na Europa, Ásia, aqui no Brasil...

[Sobre "Querido, eu me rendo"]

por Adriana
2/5/2002 às
21h02 200.151.157.191
(+) Adriana no Digestivo...
 
Marte, Vênus e paciência
Cara Adriana, sou mais radical que você. Acho que o mérito de um livro desses é meramente casual. Afinal, é difícil encontrar algum livro que não tenha absolutamente nenhum mérito. Mesmo porque as pessoas têm um fundo cultural comum que coicide em alguns pontos e contém uma mínima dose de sabedoria. Concordo plenamente que o problema principal é que não há diálogo entre os casais. Assim, os dois não ficam sabendo o que está acontecendo, já que não procuram formular conscientemente suas idéias sobre a relação. Acho extremamente importante que se façam críticas sérias a livros de auto-ajuda. Boa parte de seu sucesso de vendas se deve ao fato de que os intelectuais se acham tão superiores que nem sequer admitem a possibilidade de descer de seus pedestais e ler um livro desses. Então só encontramos críticas comerciais, feitas sobre encomenda, ou então críticas generalizadas, sobre os livros de auto-ajuda como um todo. Agora, o difícil é encontrar paciência para ler esse tipo de livro, sendo que existem tantos outros, bons, esperando para ser lidos!!

[Sobre "Querido, eu me rendo"]

por Evandro Ferreira
2/5/2002 às
18h01 200.167.242.78
(+) Evandro Ferreira no Digestivo...
 
Mensagem muito boa
Esta mensagem é de bom proveito pra aquelas pessoas que se interessam pelo assunto.

[Sobre "De dentro do banheiro"]

por Anderson
2/5/2002 às
16h10 200.18.160.102
(+) Anderson no Digestivo...
 
Da hora essas perolas!!!!!!
Refletindo a respeito,estava até de humor zerado, sentei na frente do micro e comecei a acha um barato.Então comecei a questionar o fato de tantos erros, seja eles gramaticais ou por falta mesmo de pensar.O modo que venha a ser causados , pelo nervoso que o exame em geral causa, ou pelo ensino nota 0 que a pessoa teve . Mais alguns é extremamente difícil de acreditar.

[Sobre "Pérolas do Vestibular"]

por Regiane Alves
2/5/2002 às
12h31 200.197.170.29
(+) Regiane Alves no Digestivo...
 
Não é verdade
Não é verdade que a crítica especializada está louvando "Abril", e nem a imprensa cultural de um modo geral. Pelo contrário, há uma certa má vontade em relação ao filme por ele ter chegado com tanto atraso ao país de origem, e se tal má vontade talvez não prejudique as resenhas em si, está prejudicando o tom da cobertura, que vem num tom "antes tarde do que nunca". Não estou "defendendo" o filme, mas o panorama que descrevi é bastante nítido.

[Sobre "Digestivo nº 80"]

por Sérgio Menezes
2/5/2002 às
12h40 200.191.168.136
(+) Sérgio Menezes no Digestivo...
 
Demais
Alexandre, essa está demais! Foi como lhe disse, são tantos os brasileiros que usam essas frases para explicar sua falta de interesse pela leitura... é uma pena saber que isso não vai mudar...

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Juliano Maesano
2/5/2002 às
11h29 200.158.22.139
(+) Juliano Maesano no Digestivo...
 
Lebesraum é coisa antiga.
Caro Jaques Já te respondi particularmente, mas não sabia q esse texto constava aqui do digestivo. Só para não deixar em branco repito. A invasão da Cisjordânia foi um fato militar válido e civilizado. Foi uma resposta ao inconformismo árabe (q me parece meridianamemte compreensível) e q apelou à força. Já a montagem de colônias, viabilizadas por essa invasão é um fato espúrio. É uma evidente estratégia para "roubar" o resto da palestina. Só o tempo irá demonstrar se a direita israelense é cega aos sinais dos tempos, ou se sou eu q penso q essa fase de conquista de "espaço vital" já passou. O dia em q Israel oferecer a devolução de 100% da Cisjordânia em troca do reconhecimento de sua existência (incluso o não retorno dos exilados para Israel) então voltaresmo ao q vc chama de "legalismo". Até lá a política judaica, lamento , lembra claramenre a política expansionista do socialismo nacionalista germânico no final dos anos 30. pedro (o chato)

[Sobre "Nas garras do Iluminismo fácil "]

por pedroservio
2/5/2002 às
10h20 200.179.78.2
(+) pedroservio no Digestivo...
 
Conto de fadas enfadonho!
Primeiro: gostaria de perguntar como este livro foi parar na sua mão e você leu-o? Segundo: acho tão óbvio o interesse comercial ($) da autora, uma vez que o mercado que ela pretende atingir deva ter sido meticulosamente calculado graças ao grande número de mulheres na situação descrita, que duvido que ela acredite no que escreveu. Terceiro: de uma vez por todas a sociedade, principalmente as mulheres, deve perceber que a instituição do matrimônio, foi adequada à épocas remotas onde a mulher cumpria um papel coadjuvante na estrutura familiar. Tarefas domésticas, casamentos negociados, sexo religioso, babás oficiais, cúmplices de adultérios,etc. Nossos avós sabiam bem como isto funcionava. Atitudes incabíveis em nossa sociedade! Esta dependência financeira descrita no livro é o próprio contrato de posse de um marido sobre uma esposa....Lamento às mulheres que pensam em "segurar" casamento, hoje um relacionamento baseia-se em confiança, cumplicidade, sexo aberto, sem estâncias familiares superiores se intrometendo, respeito pela individualidade de cada um e suas sequelas, e muita inteligência em jogo. Ninguém que tenha maturidade emocional admite pisar ou ser pisado por ninguém.

[Sobre "Querido, eu me rendo"]

por Eduardo Vianna
2/5/2002 às
08h56 200.207.205.22
(+) Eduardo Vianna no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ENCICLOPÉDIA DOS MUSEUS - UFFIZI - FLORENÇA
VÁRIOS AUTORES
MIRADOR INTERNACIONAL
(1968)
R$ 22,00



ECONOMIA & MERCADOS INTRODUÇÃO À ECONOMIA E AO MARKETING
SÉRGIO GUIMARÃES
ÁTICA
(1988)
R$ 12,00



TUDO SOBRE CANÁRIOS
MAURO DE MELLO MATTOS
EDIOURO
(1987)
R$ 17,00



DONA CASMURRA E SEU TIGRÃO
IVAN JAF
ÁTICA
(2017)
R$ 24,00



HEP7A DE RESPEITO - CORINTHIANS C. BRASILEIRO 2017
DANIEL AUGUSTO JR.
ONZE CULTURAL
(2017)
R$ 65,87



TEX ALMANAQUE Nº36
BONELLI E GALLEPPINI
MYTHOS
(2008)
R$ 10,00



DICIONÁRIO DE NOMES
ALFREDO SCOTTINI
EKO
(1999)
R$ 20,75



GUIA DE MESTRES E DOUTORES DA EDUCAÇÃO PÚBLICA FUNDAMENTAL DA
PREFEITURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
CREP
(2001)
R$ 26,28



A VERDADE DA VIDA VOL 7
MASAHARU TANIGUCHI
SEICHO-NO-EI
(1995)
R$ 21,84



TARÔ DE MARSELHA - MANUAL PRÁTICO - COM 22 CARTAS ARCANOS MAIORES
ADEMIR BARBOSA JUNIOR
ANUBIS
(2015)
R$ 80,95





busca | avançada
69289 visitas/dia
2,0 milhão/mês