Fase de transição. | Adriana

busca | avançada
59843 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Pousada e Recanto dos Pássaros – Sítio Vô Elias Maffei
>>> Coreógrafa carioca Esther Weitzman ministra oficina gratuita de dança no Sesc Santana
>>> Caleidos apresenta “Entrevista” para gestores e professores da rede pública de São Paulo
>>> É HOJE (30/9): Mostra Imaginários no Cine Bijou
>>> Etapa apresenta concerto gratuito da Camerata Fukuda com o violinista Ricardo Herz
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> 50 anos de Bossa Nova
>>> O humor da Belle Époque
>>> 24 de Março #digestivo10anos
>>> Lendo Virgílio, ou: tentando ler os clássicos
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Kindle DX salvando os jornais?
>>> A Casa de Ramos
>>> Reconhecimento
>>> A hora exata em que me faltaram as palavras
Mais Recentes
>>> Fala Sério, Professor! de Thalita Rebouças pela Rocco (2006)
>>> Português Linguagens de William Roberto Cereja Thereza Cochar Magalhães pela Atual (2010)
>>> O Cavalo Em Chamas de Silveira de Souza pela Ática (1981)
>>> Tosco de Gilberto Mattje pela Alvorada (2009)
>>> Cadernos do Ced Nº8 de Org. Maria Conceição de Figueiredo Cardoso Silva pela Ufsc (1986)
>>> Manuale Di Giardinaggio de Peter Mc Hoy pela Fratelli Melita (1991)
>>> Devolver ao Remetente de Fern Michaels pela Lafonte (2012)
>>> Pais e Filhos de Lewis Yablonsky pela Melhoramentos (1990)
>>> A Feast For Crows (book 4) de George R. R. Martin pela Bantam (2011)
>>> Na Casa de Minha Mãe de Kim Chernin pela Imago (1988)
>>> O Quinto Set de Reato Chagas pela Le (1987)
>>> Vivências Empreendedoras -a Prática de Empreendedorismo Em Organização de Edis Mafra Lapolli pela Pandion (2012)
>>> Apuntes Sobre La Teoria de La Música de Maria a Piola pela Da Autora (1958)
>>> Mosaico Social Ano 2 N 2 de Ufsc pela Ufsc (2004)
>>> Consolidação das Leis Tributárias do Município de Florianópolis de Ademar Waterkemper pela Do Autor (1997)
>>> Diálogos Com a Literatura Brasileira I de Marco Vasques pela Movimento Ufsc (2004)
>>> En Defensa del Marxismo: El Derrumbe del Progresismo de Vários pela Rumbos (2001)
>>> Clássicos da Literatura no Vestibular de Carla Mano Paulo Cervi pela Pallotti (1996)
>>> Costela de Adão de Sérgio da Costa Ramos pela Letras Contemporâneas (2007)
>>> Revista Brasileira de Energia Vol 1 Nº 1 de Sociedade Brasileira de Planejamento Energético pela Nova Stella (1989)
>>> Jurisprudência do Cpc Vol Iv de Arruda Alvim Clito Fornaciari Júnior pela Rt (1978)
>>> Crianças sem Problemas de Eduardo Goldenstein; Luiz a S Freitas pela Gente (1994)
>>> Direito Comercial de Dejair Vieira pela Edipro (1993)
>>> O Segredo da Múmia de Molinero Yogakrisnanda pela Mandala (1975)
>>> Paternidade - Investigação Judicial e Coisa Julgada de Glaci de Oliveira Pinto Vargas / Maslova Werlang pela Oab/sc (2004)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 2/5/2002
Comentários
Leitores


Fase de transição.
Eduardo Recebi o livro para fazer a resenha, e pra falar a verdade, adorei o desafio. É um prato cheio poder analisar o que há por trás disso tudo. Mesmo que o livro seja meio chato, valeu a pena. Também acho que o casamento como "antigamente" é uma instituição falida. Mas ainda acredito em duas pessoas vivendo juntas, se respeitando, aproveitando a vida, tendo filhos, conquistando coisas, sendo fiéis. Meu otimismo me faz pensar que talvez essa fase seja passageira, e dê origem a um tipo de relação mais saudável. Talvez a autora acredite no que escreve, e pior, deve ter muita gente que acredita, senão não estaria vendendo a rodo na Europa, Ásia, aqui no Brasil...

[Sobre "Querido, eu me rendo"]

por Adriana
2/5/2002 às
21h02 200.151.157.191
(+) Adriana no Digestivo...
 
Marte, Vênus e paciência
Cara Adriana, sou mais radical que você. Acho que o mérito de um livro desses é meramente casual. Afinal, é difícil encontrar algum livro que não tenha absolutamente nenhum mérito. Mesmo porque as pessoas têm um fundo cultural comum que coicide em alguns pontos e contém uma mínima dose de sabedoria. Concordo plenamente que o problema principal é que não há diálogo entre os casais. Assim, os dois não ficam sabendo o que está acontecendo, já que não procuram formular conscientemente suas idéias sobre a relação. Acho extremamente importante que se façam críticas sérias a livros de auto-ajuda. Boa parte de seu sucesso de vendas se deve ao fato de que os intelectuais se acham tão superiores que nem sequer admitem a possibilidade de descer de seus pedestais e ler um livro desses. Então só encontramos críticas comerciais, feitas sobre encomenda, ou então críticas generalizadas, sobre os livros de auto-ajuda como um todo. Agora, o difícil é encontrar paciência para ler esse tipo de livro, sendo que existem tantos outros, bons, esperando para ser lidos!!

[Sobre "Querido, eu me rendo"]

por Evandro Ferreira
2/5/2002 às
18h01 200.167.242.78
(+) Evandro Ferreira no Digestivo...
 
Mensagem muito boa
Esta mensagem é de bom proveito pra aquelas pessoas que se interessam pelo assunto.

[Sobre "De dentro do banheiro"]

por Anderson
2/5/2002 às
16h10 200.18.160.102
(+) Anderson no Digestivo...
 
Da hora essas perolas!!!!!!
Refletindo a respeito,estava até de humor zerado, sentei na frente do micro e comecei a acha um barato.Então comecei a questionar o fato de tantos erros, seja eles gramaticais ou por falta mesmo de pensar.O modo que venha a ser causados , pelo nervoso que o exame em geral causa, ou pelo ensino nota 0 que a pessoa teve . Mais alguns é extremamente difícil de acreditar.

[Sobre "Pérolas do Vestibular"]

por Regiane Alves
2/5/2002 às
12h31 200.197.170.29
(+) Regiane Alves no Digestivo...
 
Não é verdade
Não é verdade que a crítica especializada está louvando "Abril", e nem a imprensa cultural de um modo geral. Pelo contrário, há uma certa má vontade em relação ao filme por ele ter chegado com tanto atraso ao país de origem, e se tal má vontade talvez não prejudique as resenhas em si, está prejudicando o tom da cobertura, que vem num tom "antes tarde do que nunca". Não estou "defendendo" o filme, mas o panorama que descrevi é bastante nítido.

[Sobre "Digestivo nº 80"]

por Sérgio Menezes
2/5/2002 às
12h40 200.191.168.136
(+) Sérgio Menezes no Digestivo...
 
Demais
Alexandre, essa está demais! Foi como lhe disse, são tantos os brasileiros que usam essas frases para explicar sua falta de interesse pela leitura... é uma pena saber que isso não vai mudar...

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Juliano Maesano
2/5/2002 às
11h29 200.158.22.139
(+) Juliano Maesano no Digestivo...
 
Lebesraum é coisa antiga.
Caro Jaques Já te respondi particularmente, mas não sabia q esse texto constava aqui do digestivo. Só para não deixar em branco repito. A invasão da Cisjordânia foi um fato militar válido e civilizado. Foi uma resposta ao inconformismo árabe (q me parece meridianamemte compreensível) e q apelou à força. Já a montagem de colônias, viabilizadas por essa invasão é um fato espúrio. É uma evidente estratégia para "roubar" o resto da palestina. Só o tempo irá demonstrar se a direita israelense é cega aos sinais dos tempos, ou se sou eu q penso q essa fase de conquista de "espaço vital" já passou. O dia em q Israel oferecer a devolução de 100% da Cisjordânia em troca do reconhecimento de sua existência (incluso o não retorno dos exilados para Israel) então voltaresmo ao q vc chama de "legalismo". Até lá a política judaica, lamento , lembra claramenre a política expansionista do socialismo nacionalista germânico no final dos anos 30. pedro (o chato)

[Sobre "Nas garras do Iluminismo fácil "]

por pedroservio
2/5/2002 às
10h20 200.179.78.2
(+) pedroservio no Digestivo...
 
Conto de fadas enfadonho!
Primeiro: gostaria de perguntar como este livro foi parar na sua mão e você leu-o? Segundo: acho tão óbvio o interesse comercial ($) da autora, uma vez que o mercado que ela pretende atingir deva ter sido meticulosamente calculado graças ao grande número de mulheres na situação descrita, que duvido que ela acredite no que escreveu. Terceiro: de uma vez por todas a sociedade, principalmente as mulheres, deve perceber que a instituição do matrimônio, foi adequada à épocas remotas onde a mulher cumpria um papel coadjuvante na estrutura familiar. Tarefas domésticas, casamentos negociados, sexo religioso, babás oficiais, cúmplices de adultérios,etc. Nossos avós sabiam bem como isto funcionava. Atitudes incabíveis em nossa sociedade! Esta dependência financeira descrita no livro é o próprio contrato de posse de um marido sobre uma esposa....Lamento às mulheres que pensam em "segurar" casamento, hoje um relacionamento baseia-se em confiança, cumplicidade, sexo aberto, sem estâncias familiares superiores se intrometendo, respeito pela individualidade de cada um e suas sequelas, e muita inteligência em jogo. Ninguém que tenha maturidade emocional admite pisar ou ser pisado por ninguém.

[Sobre "Querido, eu me rendo"]

por Eduardo Vianna
2/5/2002 às
08h56 200.207.205.22
(+) Eduardo Vianna no Digestivo...
 
Voltando ao assunto
Fabio e Alexandre, achei um poema do Manuel Bandeira chamado "Resposta a Vinícius"... essa "conversa" entre dois poetas me lembrou a posição de vocês em relação à cabana na montanha, concordando achando que discordam... Olha ele aqui de presentinho para meus dois oficiais mais queridos do exército de Pedro! "Poeta sou; pai, pouco; irmão, mais./Lúcido, sim; eleito, não./ E bem triste de tantos ais/ Que me enchem a imaginação.// Com que sonho? Não sei bem não./ Talvez com me bastar, feliz/ -- Ah, feliz como jamais fui! --,/Arrancando do coração/ -- Arrancando pela raiz -- / Esse anseio infinito e vão / De possuir o que me possui." É lá do alto da cabana, Fábio, que o Manézinho enxerga essas coisas todas, e sofre... E é o silêncio mesmo da cabana que o consola... Beijos da Sue

[Sobre "O que é um livro"]

por Assunção Medeiros
1/5/2002 às
23h27 200.184.36.87
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Presença feminina
Não sei se sou inteligente ou charmosa, mas queria apenas registrar que sou leitora assídua de Fábio Danesi há algum tempo, já tendo acompanhado e até mesmo mantido com ele diversas discussões, seja por concordância ou discordância de suas idéias. Em qualquer situação sempre encontrei esse espaço aberto ao livre debate, assim como sempre fui tratada com o devido respeito que um colunista deve a seus leitores, o que não significa que ele não possa ser educado, bem humorado e até charmoso. Não o conheço pessoalmente, até porque moramos em estados diferentes, mas acredito que Fábio não tenha necessidade de cantar suas leitoras, uma vez que homens como ele, gentis, com idéias próprias e argumentos que as sustentam (independentemente de estarem corretos, até porque a verdade única não existe), bem informados e inteligentes, são raros e, certamente, encantam por si só. Quanto a política e futebol não interessarem às mulheres em geral, creio que não sejam exatamente os temas que causem desinteresse; pelo menos a mim, qualquer assunto que seja tratado com paixão cega e radicalismo, onde não se dá chance de análise e revisão dos argumentos de ambos os lados, esvazia a discussão e, conseqüentemente, torna-se chato. Foi só um aparte. Continuem, cavalheiros, pois uma discussão inteligente e sadia sempre enriquece, mesmo a quem seja apenas assistente. Um beijo pr’ocês.

[Sobre "a falsa verdadeira democracia"]

por Isabella
1/5/2002 às
22h49 200.191.170.77
(+) Isabella no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Interlinear: Hebraico-português
Enih Gilead
Clube de Autores
(2018)



A Criança e a Violência na Mída
Ulla Carlsson/ Cecília Von Feilitzen (orgs.)
Cortez
(1999)



A Treatise on the Design and Construction of Roofs (1912)
N Clifford Ricker
Chapman & Hall
(1912)



Como Falar de Deus a Meu Filho (iniciação à Vida Cristã) / 4ª Ed
Pierre Ranwez
Loyola
(1987)



Livro - Garimpo
Beatriz Bracher
34
(2013)



No Tribunal de Meu Pai - Confira !!!
Isaac Bashevis Singer
Companhia das Letras
(2008)



Amor de Perdição
Camilo Castelo Branco
Ática
(1995)



Jesus o Evangelho- Em Quadrinhos
Casa Publicadora Paulista
Casa Publicadora Paulista
(2010)



Cómo Hacer y Manejar Marionetas - Guia Sencilla de La Técnica..
Diversos
Plesa
(1975)



Jurisprudência dos Alimentos
Limongi França
Revista dos Tribunais
(1980)





busca | avançada
59843 visitas/dia
2,0 milhão/mês