Já dizia a MTV | Barbara Pollacsek

busca | avançada
77305 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
>>> Editora PAULUS apresenta 2ª ed. de 'Psicologia Profunda e Nova Ética', de Erich Neumann
>>> 1ª Mostra e Seminário A Arte da Coreografia de 17 a 20 de junho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Daslusp
>>> A essência de Aldous Huxley
>>> 80 anos de Alfredo Zitarrosa
>>> Dize-me com quem andas e eu te direi quem és
>>> 7 de Setembro
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Sultão & Bonifácio, parte I
>>> Retrato de corpo inteiro de um tirano comum
>>> Você é rico?
>>> Podcasters do mundo, uni-vos!
Mais Recentes
>>> Free Riders de Luiz H. Rose; Maiza Fatureto; Tereza Sekiya pela Cambridge (2008)
>>> Difícil Decisão de Juciara Rodrigues pela Atual (1996)
>>> A História Vazia da Garrafa Vazia de Jonas Ribeiro pela Do Brasil (2004)
>>> A Cadelinha Lambada de Márcia Glória Rodriguez pela Icone (1997)
>>> Pra Você Eu Conto de Moacyr Scliar pela Atual (1998)
>>> Meio Circulante de Edison Rodrigues Filho; Walter Vasconcelos pela Melhoramentos (2012)
>>> The Big Picture Level 1 de Sue Leather pela Cambridge do Brasil (2001)
>>> The Big Picture Level 1 de Sue Leather pela Cambridge do Brasil (2001)
>>> A Dieta dos 17 Dias de Mike Moreno pela Sextante (2011)
>>> Atitude Vencedora de John Maxwell pela Cpad (2004)
>>> Os Adolescentes e o Sexo de Mary Kehle pela Mundo Cristão (1989)
>>> Sonhos Mais Que Possíveis de Odir Cunha pela Planeta do Brasil (2008)
>>> 101 Idéias Criativas para o Culto Doméstico de David J. Merkh pela Hagnos (2002)
>>> A Droga da Obediência: a Primeira Aventura dos Karas! de Pedro Bandeira pela Moderna (2003)
>>> Cinco Minutos / a Viuvinha de José de Alencar pela Atica (1995)
>>> O Homem do Bone Cinzento e Outros Contos de Murilo Rubião pela Companhia das Letras (2007)
>>> Sabor de Vitória de Fernando Vaz; Jean; Cris pela Saraiva Didáticos (2010)
>>> A Autêntica Cozinha Vegetariana de Rose Elliot pela Manole
>>> Pássaros Feridos de Collen Mc Cullough pela Circulo do Livro
>>> Setembro de Rosamunde Pilcher pela Bertrand Brasil
>>> Campanhas Inesquecíveis - Propaganda Que Fez História no Brasil de Meio & Mensagem pela Meio & Mensagem
>>> História da Civilização de Will e Ariel Durant pela Companhia Editorial Nacional
>>> Vetor de Robin Cook pela Record
>>> Os Maias de Eça de Queiros pela L&pm
>>> Abc de las Naciones Unidas de Naciones Unidas pela Naciones Unidas
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 16/9/2008
Comentários
Leitores


Já dizia a MTV
Afinal, que tanta informação tem na TV? Jornais apresentados por "jornalistas" muppets controlados por controle remoto, notícias que de tão contraditórias mais desinformam que outra coisa e, no meio de (ainda assim) raros programas jornalísticos, baboseiras de mau gosto crescente. Acho até que, para ficar realmente informado, não ver TV é condição sine qua non. Como reconhece a MTV, "desligue a televisão e vá ler um livro"...

[Sobre "Comunicado importante: TV mata!"]

por Barbara Pollacsek
16/9/2008 às
19h02 200.155.122.188
(+) Barbara Pollacsek no Digestivo...
 
Não nos enganemos...
É, minha cara... sua crônica passeia pelo caminho da crítica muito bem, mas que tal lembrarmos a porcentagem de pessoas que TEM acesso à internet para adotar a tecnologia do século XXI como uma alternativa à TV? Não nos enganemos, exemplos como o da sua coleguinha são só exceções...

[Sobre "Comunicado importante: TV mata!"]

por Fabinho
http://fhpm.blogspot.com
16/9/2008 às
18h10 201.39.15.59
(+) Fabinho no Digestivo...
 
já li seu texto mil vezes
Ah! se pudéssemos virar nosso comportamento às avessas como Camila, tudo seria hospedeiro, evolução e não revolução; já viu como outros nos olham e nos mutilam? Andar com a cabeça e pensar com as pernas; admirável! Camila já comentei uma vez e já li seu texto mil vezes, calypso escobar

[Sobre "Parece filme, mas é a vida"]

por calypso escobar vell
16/9/2008 às
15h51 189.25.104.36
(+) calypso escobar vell no Digestivo...
 
É meu primeiro livro...
Inda bem, ou lamentável, que só tenha lido esse teu cometário sobre preservar as árvores agora. Publiquei 1 mil exemplares de uma novela (O dia do descanso de Deus) há ano e meio. Tenho menos de 100 exemplares em casa e em duas livrarias. Um programa em Pelotas dia 11/10 e outro em Livramento dia 6/11. Edição do autor, vendi uns 200 pela Internet, desde relações havidas em Overmundo, Recanto das Letras e Orkut. Tem em duas livrarias de Porto Alegre, a Nova Roma e a Palavraria. Vendi também em conversas com pessoas que lêem, um programa que faço em bairros sobre literatura. É meu primeiro livro. Miseravelmente, sou apenas jornalista. Não fiz Letras. Não paguei um tostão para qualquer profissional resenhar ou caitituar. E já plantei algumas centenas de árvores no meu meio século de existência. Curioso: o primeiro texto meu que elogiaram em público foi uma composição escolar no primário sobre O Dia da Árvore, em 1964. Governava já o partido verde oliva. Viva a liberdade!

[Sobre "Então, você quer escrever um livro..."]

por Adroaldo Bauer
http://coisaegente.blogspot.com
16/9/2008 às
15h42 189.72.62.53
(+) Adroaldo Bauer no Digestivo...
 
TV faz muito mal
Eu concordo com a vossa amiga e o Oliviero Toscani, TV faz muito mal às pessoas. Moro em uma reública de estudantes e recentemente uma das moças que tinha uma televisão, e mudou-se daqui, levou o aparelho consigo. Foi a melhor coisa que ela fez. Pois o único uso da tv aqui é pra assistir filmes, dá pra fazer no computador. E é muito melhor você decidir o que ler, com que meio interagir...

[Sobre "Comunicado importante: TV mata!"]

por Taina
http://deprofundis7.blogspot.com
16/9/2008 às
15h03 189.35.186.119
(+) Taina no Digestivo...
 
motivo para alarde?
Opa! Também não tenho televisão, também leio vários blogs e jornais on-line e leio um bocado de livros - só não vejo motivo para alarde. Eu e a minha namorada, quando chegamos do trabalho, sentamos e lemos cada um o que quer, até vir o sono. Agora veja isto: o cara trabalha 9 horas (com almoço), toma banho, come, transa e algumas coisinhas a mais, tipo andar de ônibus ou de carro (mais umas 6 ou 7 horas/dia). Com o resto do tempo, o que o cara faz? Vê TV. Isso sim é que devia ser estranho.

[Sobre "Comunicado importante: TV mata!"]

por Víktor Waewell
http://www.matildefilmes.com
16/9/2008 às
14h50 201.80.245.100
(+) Víktor Waewell no Digestivo...
 
Nem todos têm acesso à Web
Só uma coisa: para poder ter esta visão, você vivenciou a experiência de "querer morar numa caixa de papelão", você tem acesso à internet e a TV, você assistiu aos programas que mencionou para ter uma visão crítica e até para concluir que ser pobre é melhor que ter dinheiro, de acordo com o depoimento do morador de rua do programa da Oprah, ou concluir que dar uma casa à alguém ou doar para o "Criança Esperança", faz com que as pessoas pensem que estão redimidas. Cara Pilar, esta salada de interesses humanos, que você colocou em sua crônica, nada mais é do que o reflexo das diferenças. Creio que o caminho é outro, que ao invés de negar a TV, deveríamos insistir por vários meios para que as programações fossem mudadas, melhoradas, para que os conceitos, que devem fazer parte da educação e cultura de todos nós, pudessem ser transmitidos pela telinha. Assim, estaríamos, verdadeiramente, constribuindo para a melhoria das condições educacionais. Nem todos têm acesso à internet mas a TV sim.

[Sobre "Comunicado importante: TV mata!"]

por Rosangela Friedrich
16/9/2008 às
14h31 201.92.153.130
(+) Rosangela Friedrich no Digestivo...
 
Sem TV
Tenho uma TV. Mas não a assisto há quase um ano. Somente a uso quando alugo um filme. Sinto-me mais produtivo sem ela. Tenho lido, saido, conversado e me atualizado mais sem ela. É como abrir os olhos pela primeira vez. E se há algum programa que queira assistir, baixo pela internet.

[Sobre "Comunicado importante: TV mata!"]

por Leo Saraiva
16/9/2008 às
12h09 189.92.25.176
(+) Leo Saraiva no Digestivo...
 
A nova poesia e a boa poesia
O talento de Affonso Romano de Sant'Anna nos possibilitou ler este belo texto, "Situação da poesia hoje". Sou poeta, adoro escrever e fico, às vezes, incomodado pelo fato de muitas pessoas se aventurarem como escritores e estarem distantes da humildade; não aceitam sugestões, críticas, não querem aprimorar seu modo de escrever, desmerecendo a poesia com produções que poderiam ser melhoradas caso aceitassem melhorar o que escrevem. Meus cumprimentos ao poeta e escritor Romano de Sant'Anna, que nos possibilitou uma oportuna reflexão a respeito da poesia brasileira de hoje.

[Sobre "Situação da poesia hoje"]

por Maurilio Tadeu de Ca
16/9/2008 às
12h05 201.72.212.178
(+) Maurilio Tadeu de Ca no Digestivo...
 
Nova Bossa Nova
Após 50 anos do aparecimento da Bossa Nova, leio este texto jovial, com a impressão de que tudo está acontecendo agora. Tudo o que se faz de bom, permanece bom, atual. Não podemos lembrar sentindo saudade, afinal, as canções que marcam a Bossa Nova ainda são cantadas, ouvidas e incorporadas ao nosso dia-a-dia 50 anos depois e, como bem disse Menescal, "garanto que ela chegará a mais 50 anos". Belo texto de Roberto Menescal, um dos grandes expoentes da Bossa Nova.

[Sobre "50 anos de Bossa Nova"]

por Maurilio Tadeu
16/9/2008 às
11h56 201.72.212.178
(+) Maurilio Tadeu no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CÉtait un Temps Déraisonnable: les Premiers Résistants Racontent
Georges Marc Benamou
Robert Laffont (paris)
(1999)



João Lobo 15
Thales Trigo Simonetta Persichetti
Senac Sp
(2008)



A Madrasta
Nancy Thayer
Círculo do Livro
(1987)



Parque Górki
Martin Cruz Smith
Círculo do Livro
(1984)



O Brasil na França
Ruy Pacheco de Azevedo Amaral
Fund Alexandre de Gusmão
(2008)



Recurso de Apelação e Novas Aplicações de Seu Efeito Devolutivo
Mauro Pedroso Gonçalves
Juruá
(2009)



Revista Brasileira de Filosofia Vol. Lvi Fasc 231
Fundação Nuce e Miguel Reale
Instituto Brasileiro Filosofia
(2008)



Preços de Produção, Métodos de Longo Prazo e Equilíbrio Geral: uma Crí
Marcos de Barros Lisboa
Bndes (rj)
(1993)



Ilha da Trindade: a Ocupação Britânica e o Reconhecimento da Sobe
Martin Normann Kämpf
Fundação Alexandre de Gusmão
(2016)



Estudos Jurídicos Criminais
Luciano Nascimento Silva
Juruá
(2008)





busca | avançada
77305 visitas/dia
2,7 milhões/mês