Pra variar... | Juliano Maesano

busca | avançada
48334 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Residência Artística FAAP São Paulo realiza Open Studio neste sábado
>>> CONHEÇA OS VENCEDORES DO PRÊMIO IMPACTOS POSITIVOS 2022
>>> Espetáculo 'Figural', direçãod e Antonio Nóbrega | Sesc Bom Retiro
>>> Escritas de SI(DA) - o HIV/Aids na literatura brasileira
>>> Com Rincon Sapiência, Samanta Luz prepara quiche vegana no Sabor & Luz
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> As mulheres e o futebol
>>> São Luiz do Paraitinga
>>> Discurso de William Faulkner
>>> Road Warrior
>>> O crime da torta de morango
>>> PT saudações
>>> Oscar Wilde, dândi imortal
>>> 30 de Novembro #digestivo10anos
>>> Uma história do Jazz
>>> Quando morre uma paixão
Mais Recentes
>>> 20 Dias no Mundo dos Mortos ou 20 Dias no mundo da Outra Vida de Jorge Adoum pela Fund Cultural Avatar (1991)
>>> As brumas de Avalon 3 o gamo-rei de Marion Zimmer Bradley pela Circulo do livro (1992)
>>> Administração de Produção e de Operações - edição. compacta de Henrique L Corrêa; Carlos A Corrêa pela Atlas (2013)
>>> A Irmandade dos Sete Raios de Rodrigo Romo pela Madras
>>> Pai, Um Homem de Valor de Hernandes Dias Lopes pela Voxlitteris (2008)
>>> Volume 1: Terapia Artística - Introdução aos fundamentos da pintura terapêutica de Paul Von der Heide pela Antroposófica (1987)
>>> A Espiritualidade dos Animais de Marcel Benedeti pela Mundo Maior (2008)
>>> Os Ensinamentos dos Essênios de Edmond Bordeaux Szekely pela Pensamento
>>> O Diário da Princesa de Meg Cabot pela Galera Record (2007)
>>> Crescendo hush hush de Becca Fitzpatrick pela Intrinseca (2011)
>>> Quando é Preciso Ser Forte de De Rose pela Egrégora (2014)
>>> O Livro das Letras de Lawrence Kushner pela Madras (2002)
>>> Marley e eu de John Grogan pela Prestigio (2006)
>>> Marina de Carlos Ruiz Zafon pela Suma (2011)
>>> A Sombra do Vento de Carlos Ruiz Zafón pela Objetiva (2004)
>>> Minha vida como traidora de Zarah Ghahramani pela Ediouro (2009)
>>> A menina que roubava livros de Markus Zusak pela Intrinseca (2011)
>>> Uma longa jornada de Nicholas Sparks pela Arqueiro (2013)
>>> O leopardo de Jo Nesbo pela Record (2014)
>>> A livraria 24 horas do Mr. penumbra de Robin Sloan pela Novo Conceito (2013)
>>> Luxuria de Judith Krantz pela Record
>>> O Simbolismo do Corpo Humano de Annick de Souzenelle pela Pensamento
>>> O livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Best bolso (2009)
>>> O Hobbit de J R R Tolkien pela Martins Fontes (2012)
>>> A herdeira livro 4 serie a seleção de Kiera Cass pela Seguinte (2015)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 24/5/2002
Comentários
Leitores


Pra variar...
...sua coluna está ótima. Parabéns de novo! Seu primeiro parágrafo está arrebatador! Sempre pensei o mesmo sobre quem generaliza o baixo nínel da TV. Afinal, eu mesmo faço TV, não é?

[Sobre "Joss Whedon"]

por Juliano Maesano
24/5/2002 às
12h38 200.158.22.114
(+) Juliano Maesano no Digestivo...
 
Boa garimpada
Aí Denis, bela busca que você deu na galera! Espero que volte a escrever e faça uma lista de atrizes, tipo Molly Ringwald, Kelly LeBrock, Ally Sheedy, etc e tal...

[Sobre "Onde estão os ídolos juvenis dos anos 80"]

por Juliano Maesano
24/5/2002 às
12h29 200.158.22.114
(+) Juliano Maesano no Digestivo...
 
Pense nisso!!!
Realmente desabafei só que nada que eu coloquei é novidade, opinião não muda o mundo eu sei disso. Só que contratos geralmente usa-se a submissão de uma das partes que ao ver como funciona o sistema se sente preso . Logo para quebrar tais contratos vem a tal da indole que se adquire até meados da juventude. Então o alemão que não consegue se relacionar nem com seu irmão este ao término da corrida olhou para ele com uma cara de desprezo que me chamou a atenção. Só faltou o Ralph falar poxa vc não é o melhor para que aceitar este vexame, não foi isso que aprendemos me casa. E tb vc nem comentou sobre o homem aranha não ama e nem arranha.

[Sobre "Sobre responsabilidade"]

por Vinicius Brown
24/5/2002 às
10h22 200.19.104.184
(+) Vinicius Brown no Digestivo...
 
MAIS UMA VEZ ...
... reparo em mim algo de exilado. Hoje eu assisto muito mais televisão do que há alguns anos atrás. Por que? Porque me exilei nos canais pagos. Nunca assistí "Buffy", nem "Angel", mas sei que existem pois vi-os programados nos seu canal, nas vezes que estou fazendo "zapping" quando um programa termina e espero outro começar. O que prevalece na TV aberta é o gosto do populacho, sendo necessário então que a abandonemos. Caindo na TV por assinatura, tudo muda. Chega até ser irritante quando em certas ocasiões, dois, três, quatro!, bons programas passam ao mesmo tempo, e precisamos sacrificar ao menos um. Está certo, é um "pantagruelismo" televisivo, mas assim que eu gosto. Mas com o povo não se compete, surgindo com isso, duas opções: unir-se a ele em gosto, OU o exílio. Exilando-se o autor da coluna "descobriu" Joss Whedon, mas quantos outros tão bons quanto ele não estão escondidos, esperando ser descobertos? E, sinceramente, embora já tenha visto boas adaptações, prefiro programas escritos "diretamente" para a televisão, pois quem os elabora tem em vista o meio de veiculação. Dostoieviski, ao escrever "Crime e Castigo", por exemplo, não deve ter pensado: "Escrevo isso até aqui, pois em caso de adaptação, haverá um intervalo comercial, daí fica interessante dividir a cena em duas partes". Na minha cabeça de leigo acho que mesmo para o Cinema, essa obra daria trabalho de adaptação, pois a maior parte do enredo passa dentro da cabeça do personagem (a lembrança da morte do cavalo, a febre nervosa, etc). Concluindo: compreendo a satisfação do autor ao deparar-se com um trabalho feito para a televisão, mas com estofo, um trabalho no qual ele encontrou elaboração e cuidado.

[Sobre "Joss Whedon"]

por Ricardo
24/5/2002 às
09h06 200.227.233.204
(+) Ricardo no Digestivo...
 
Desabafo
Percebo que você estava precisando desabafar, porque a maioria dos seus comentários não se referem às opiniões colocadas no texto. Mas isso não é ruim, os foruns são feitos para isso mesmo. Em nenhum momento falo da culpa do Rubinho. A abordagem é sobre a responsabilidade dele em relação ao contrato que ele tem com a Ferrari, que por sua vez, lhe dá "poderes". Discordo que o "alemão" tenha má índole. Ele também está cumprindo as regras do jogo. Também gostaria que o Brasil mudasse, e acho que a mudança passa pela responsabilidade.

[Sobre "Sobre responsabilidade"]

por Adriana
24/5/2002 às
09h00 200.191.223.218
(+) Adriana no Digestivo...
 
Os nossos farsantes
Henry James e o suspense de "A Outra Volta do Parafuso" têm alguma semelhança com a sua Buffy, ao menos no que se refere a fugir das previsibilidades. E são elas, as previsibilidades, bem como os seus medrosos e fiéis cultuadores, as mulas que impedem a Televisão de crescer intelectualmente. É tão mais fácil produzir e oferecer sempre a mesma coisa, com variações insignificantes, que não comprometam as fórmulas consagradas... Independentemente da tal tendresse que você nutre pela atriz principal de Buffy, concordo que a série apresenta tramas criativas e bem originais. Digamos que Buffy seja o extremo oposto do falecido "Sai de Baixo". Se bem que qualquer vaudeville circense batia de mil a zero no "Sai de Baixo". Obrigado, Alexandre, por me apresentar Mr. Whedon. Sempre é bom sabermos quais são as mentes acesas, na noite escura deste começo de século. Muito oportuno, também, você ter mencionado a decadente Academia Brasileira de Letras (Arghh!), essa farsa engalanada e decadente. Estamos próximos de presenciar a risível "imortalização" de um Paulo Coelho, o que não seria menos constrangedor do que as já presenciadas "imortalizações" daquele patético criador de marimbondos fátuos e de Saramindas engabrieladas. As livrarias estão lotadas com livros idiotas, sim. São os idiotas que escrevem para leitores idiotas, sim. Até a irmã do Gugu já está pensando no fardão-fêmea da Academia. Não duvide, Alexandre! Que tal convidarmos Mr. Whedon a visitar o Brasil e, talvez... criar um episódio de Buffy inspirado nos nossos farsantes literários, hein? Seria um roteiro muito repulsivo, acho! Gostei muito do seu texto, Alexandre. Você mostra que inteligência e criatividade ainda estão produzindo obras para a Televisão. Pena que Mr. Whedon não seja brasileiro. Temos que aturar uma vergonhosa e vulgar plagiadora como a tal Glória Pérez (Arghhh!). Que constrangedor, Dio mio! E você ainda menciona Flaubert, Cervantes, Dante... e Tolstoi! Por falar em Tolstoi, vamos enterrar Glória Pérez lá em Jasnaya Poliana? Enterrar viva? Hahaha!/ Abraço do Dennis.

[Sobre "Joss Whedon"]

por Dennis D.
24/5/2002 às
08h45 200.158.234.117
(+) Dennis D. no Digestivo...
 
Não se iluda!!!
Discordo em primeiro lugar rubinho não teve culpa da má indole do alemão, que famigerado aceitou o que a ferrari lhe propos se fosse de bom carater, e como sendo o supra sumo da fórmula teria ido para o box cruzando os braços, assim mostraria que é um campeão . Queria ver a cara da ferrari bem tudo mudaria... Outra o homem-aranha este sim o nerd que virou quase um Deus e trouxe a tona os defeitos que todos possuimos, em especial a vaidade, passou a vida inteira esperando o beijo da gatinha quando consegue joga fora só em filme, E falar de politica sabendo dos escandalo que veio à tona sobre as privatizaçoes das estatais nem comento; PT na veia, essa história de risco Brasil é ridicula pois na própria veja tem uma matéria nas capas amarelas que fala da podridão das multinacionais.Bem me alonguei muito no contra comentário Só desejo um mundo melhor, que não se de tanta atenção a detalhes mesquinhos como brasil em vez de BRASIL, tem é que mudar o todo e não só o que a mídia mostra.

[Sobre "Sobre responsabilidade"]

por Vinicius Brown
23/5/2002 às
17h20 200.19.104.141
(+) Vinicius Brown no Digestivo...
 
OS PRODUTORES TB COMEM !!!
Caro Julio, muito bom seu texto sobre os sites de gastronomia. Como produtor e proprietário do SeuRestaurante.com.br confirmo sua análise sobre este e os outros sites. Porém, informo-lhe que o site esta em Reforma, fora do ar (entre mesmo assim!!), pois confio que o mercado esta nascendo e na qualidade de nosso produto que voltara ampliado, remodelado em design e sistemas, e com um posicionamento mais agressivo e voltado para a interação... Em tempo, contate-nos para ter mais informação e dar sugestões. Obrigado.

[Sobre "Digestivo nº 69"]

por Itibere Muarrek
23/5/2002 às
16h25 200.204.121.206
(+) Itibere Muarrek no Digestivo...
 
Lula-laite vem aí!
Vai ser fácil resolver essa situação da pobreza no Brasil, Nóvoa: Lula-laite vem aí, será eleito e atingiremos o paraíso. Falando sério, não sei como os outros irão acabar com sua própria miséria. Eu sei como acabar com a minha, meu pai soube, meus irmãos souberam, meu avô idem, idem bisa/tetra/pentavô também. E ninguém, da minha família, nunca teve ajuda financeira do Governo, bolsa-escola, vale-alimentação e tudo o que esse país marsupial oferece no momento - só falta a bolsa-maconha do Fernando Gabeira. O que o povo brasileiro precisa para vencer a miséria é trabalhar, trabalhar, trabalhar. Foi o trabalho que reergueu a Alemanha e o Japão depois da Guerra. Aliada com a educação, como ocorreu também na Coréia do Sul. Quanto a haver gente podre de rico no Brasil, eu não tenho nenhuma restrição quanto a isso. São eles, os ricaços, com suas empresas, que dão emprego a milhões de trabalhadores e pagam impostos para financiar o paquidérmico Estado brasileiro. E meu salário de aposentado da União. Mãos à obra, Brasil! Chega de engodo!

[Sobre "Bantustões brasileiros"]

por Félix Maier
23/5/2002 às
15h48 200.193.250.174
(+) Félix Maier no Digestivo...
 
Anarquia Bacana
A respeito da crítica ao programa Saia Justa: Primeiro tem Rita Lee, que é tudo de bom: inteligente, irreverente, irônica e "palhaça". Já é um motivo mais do que básico para que eu assista ao programa. A Mônica Valdvogel é um contraponto interessante às "3 doidas". embora esteja sempre meio tensa e aparentemente "presa", dando a entender que deve preservar a imagem de apresentadora de telejornais. Fernanda Young se coloca de forma engraçada, e embora seja de Niterói, parece mais uma paulista. Marisa Orth é para mim a mais fraquinha das quatro. Engraçadinha. O programa tem um que de anárquico, sem aquela coisa certinha do Manhattan Conection. Eu gosto assim, embora às vezes, errem na mão. O programa de hoje (22.05.02), achei ótimo, o da semana passada, péssimo. Tem altos e baixos, mas acho que ainda tem muita coisa a ser explorada. O único fato que detestei até agora, foi a Young, egoisticamente dizer que pra ela, o FHC é 'tudibom', e as outras não retrucarem. Achei estranho isso... Medo? Concordância? Da Rita? hummmmm detestei isso.

[Sobre "Do Manhattan Connection ao Saia Justa"]

por Luciana Schiller
23/5/2002 às
15h34 200.191.186.202
(+) Luciana Schiller no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Auditoria de Recuso Humanos
Angela Busse e Simone Manzoki
Ibpex
(2011)



Guias Praticos de Enfermagem - Geriatria
Isidoro Ruipérez / Paloma Llorente
Mc-graw-hill
(2000)



Guerra Civil 6ªreimpressão(2016)
Stuart Moore, Will Conrad, Michele Macculloch
Novo Século
(2014)



O último Encantamento
Mary Stewart
Best Seller



A equação de Deus
Corey S. Powell
ARX
(2005)



Lives of the Poets: Six Stories and a Novella
E. L. Doctorow
Avon Fiction
(1984)



Onze Minutos
Paulo Coelho
Rocco
(2003)



Augusto Rodrigues - 50 Anos de Arte: a Arte Como uma Anotação do Cotid
Jacob Klintowitz
Raizes
(1980)



Forez Velay
Lous Pize
B Arthaud
(1953)



Psiquiatria Em Face da Reencarnação
Dr. Inácio Ferreira
Feesp
(2011)





busca | avançada
48334 visitas/dia
1,6 milhão/mês