Que namorado, que nada! | Cláudia Lisbôa

busca | avançada
74431 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Castelo realiza piqueniques com contemplação do pôr do sol ao ar livre
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
>>> Festival junino online celebra 143 da cidade de Joanópolis
>>> Nova Exposição no Sesc Santos tem abertura online nessa quinta, 17/06
>>> Arte dentro de casa: museus e eventos culturais com exposições virtuais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Barenboim, Yo-Yo Ma & Perlman
>>> Colin Wilson (1931 - ...)
>>> Black Sabbath Biography
>>> Steve Jobs apresentando iBooks
>>> O webjornalismo agradece
>>> Delírios da baixa gastronomia
>>> Delírios da baixa gastronomia
>>> Tom Zé por Giron
>>> Seis anos de Digestivo
>>> O Escafandro e a Borboleta, com Mathieu Amalric
Mais Recentes
>>> In a different voice de Carol Gilligan pela Harvaard (1936)
>>> Les femmes juives de Renée David pela Perrin (1957)
>>> O maior anão do mundo de Ziraldo e Mauricio de Sousa pela Melhoramentos (2011)
>>> Do Roraima ao Orinoco- Vol 1 de Theodor Koch-Grunberg pela Unesp (2006)
>>> CBAP Master: Aprenda Análise de Negócios e conquiste de Marcelo Neves, CBAP pela Brasport (2017)
>>> The encyclopedia of tarot- Vol 2 de Stuart R. Kaplan pela U.S Games Systems (1985)
>>> O casarão verde: Paixão sem limites de Ricardo Ferrer pela Thesaurus (2007)
>>> Marketing de relacionamento de Gisela Demo- Valter Ponte pela Atlas (2008)
>>> Adobe indesign CS3 de Renato Nogueira Perez Avila pela Brasport (2015)
>>> Análise de sinais para engenheiros de Hélio Magalhães de Oliveira pela Brasport (2007)
>>> Sociologia: Teoria e estrutura de Robert K. Merton pela Mestre Jou (1968)
>>> Los sistemas políicos de los imperios de Eisenstadt pela Revisat de Occidente (1963)
>>> Educação ambiental: Nova Iguaçu de Vários autores pela Puc Rio (2012)
>>> Educação ambiental- Resende+ Visconde de Mauá de Vários autores pela Puc Rio (2011)
>>> Educação ambiental Duque de Caxias de Vários autores pela Puc Rio (2012)
>>> Box Morte de tinta de Cornelia Funke pela Cia das letras (2010)
>>> Exercise with pilates e yoga de Lynne Robinson, Howard Napper pela Barnes e noble (2002)
>>> Objectos Fractais de Benoît Mandelbrot pela Gradiva (1991)
>>> Along the Paraná and the Amazon de Frank G. Carpenter pela Doubleday, page e company (1925)
>>> Radamés Gnattali: O eterno experimentador de Valdinha Barbosa e Anne Marie Devos pela Funarte (1985)
>>> O choro de Alexandre Gonçalves Pinto pela Funarte (2009)
>>> Música e história no longo século XIX de Antonio Herculano, Martha Abreu, Martha Tupinambá, Monica Pimenta pela Fundação Casa Rui Barbosa (2011)
>>> Coleção conceitos da psicanálise: 18 vols de Vários autores pela Viver (2005)
>>> Essencialismo: A disciplinada busca por menos de Greg Mckeown pela Sextante (2015)
>>> Political parties and political development de Leonard Binder, Otto Kirchheimer, William N. pela LaPalombara (1999)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 11/6/2009
Comentários
Leitores


Que namorado, que nada!
Uma amiga minha namorava há três anos. Certo dia ela achou que estava grávida, e aquele namoro sólido e feliz desabou. Ela percebeu que seu namorado não a tratava mais como antes, e como ela sempre gostou de internet, ficava horas conversando com seus amigos de MSN, e tambem jogava xadrez (esses jogos de net). Lá ela conheceu um determinado rapaz, um verdadeiro cavalheiro, que a tratava bem, a fazia se sentir normal de novo. A primeira coisa que ele falou quando a conheceu foi: "cuidado pra não se envolver", e ela se achando esperta retrucou: "claro que não vou, já tenho namorado". Mas que namorado que nada!, ela se envolveu e se apaixonou, mas era um amor impossí­vel porque o rapaz era do Japão, e ela daqui, daí­ começou o dilema. Certo dia, na caixa de e-mails dela, uma surpresa: "estou indo para o Brasil em dezembro, adivinha o dia?", ela nem acreditava, mas respondeu o e-mail e dali começou tudo de novo. Ele chegou aqui no Brasil dia 25/12/2008 e até hoje ela ainda é apaixonada por ele, só que tem o namorado dela que, depois de descobrir que foi apenas um "alarme falso", voltou a ser como antes. Sempre que falo com minha amiga ela me fala do amor do Japão, que agora está aqui no Brasil, e do medo de acabar toda a relação com o namorado dela. Depois de tudo isso, e desse amor impossí­vel, ela disse que o namoro nunca mais foi o mesmo. [João Pessoa - PB]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Cláudia Lisbôa
11/6/2009 às
11h29 189.71.55.71
(+) Cláudia Lisbôa no Digestivo...
 
Não havia futuro...
Sim, vivi um caso de amor com uma menina que estudou comigo no ginásio. Ela queria viver o presente; eu, o passado. E todos diziam que não havia futuro...

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por ricardo
11/6/2009 às
11h18 200.198.193.241
(+) ricardo no Digestivo...
 
Engravidei de um primo
Eu já vivi, na adolescência. Tive um romance com meu primo e engravidei dele. Claro que ele não pôde me assumir, e o meu filho só foi saber que era filho dele aos 15 anos de idade... [Aimorés - MG]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Iracilda
11/6/2009 às
11h18 201.73.181.170
(+) Iracilda no Digestivo...
 
O filho do padre...
Conheço um fruto do amor proibido: filho de um homem da igreja, meu melhor amigo! [Aimorés - MG]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Clésio Reichelm
11/6/2009 às
11h18 201.73.181.170
(+) Clésio Reichelm no Digestivo...
 
Essas familias modernas...
Sim, e hoje ele é meu marido!!! Nos conhecemos quando ainda estava com meu ex e ele solteiro. Me interessei de cara por ele, porém fiquei na minha. Quando estava livre e pronta para me declarar, ele começou a namorar, e logo depois engravidou a moça. Ficamos longe por uns 2 anos. Quando nos reencontramos eu solteira e ele já com outra namorada pensei, pensei e resolvi arriscar e dei a entender para ele que estava afim. Ele topou, ficamos juntos às escondidas, e logo depois assumimos o namoro - e estamos juntos até hoje. E inclusive sou madrasta de um filho dele e ele padrasto de um meu. É como diz minha mãe: "Essas famílias modernas..." [Belo Horizonte - MG]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Larissa Carvalho
11/6/2009 às
11h17 201.62.132.68
(+) Larissa Carvalho no Digestivo...
 
Sal amargo ou Saramago
Estética legal do seu texto, Elisa. Bem ao estilo do glorioso Saramago.

[Sobre "Polly"]

por Antonio P. Andrade
11/6/2009 às
05h57 189.26.209.111
(+) Antonio P. Andrade no Digestivo...
 
Anátema da rede
O pior da "teia" é que, mediante à previsível gratuidade que ela oferece ao peregrino incauto, nem sempre se pode assegurar de que não será surpreendido por uma informação falsa, uma aranha. Ela é conflitante, paradoxal, diria.

[Sobre "Siga em frente, não siga ninguém"]

por Antonio P. Andrade
11/6/2009 às
05h53 189.26.209.111
(+) Antonio P. Andrade no Digestivo...
 
O eterno Zé Rodrix
Zé Rodrix é o protótipo do brasileiro honesto e engajado. Sua inesperada partida provoca uma sensação de que, a qualquer momento, ele abrirá aquele sorriso maior que ele e dirá: - Voltei.

[Sobre "Zé Rodrix ― o escritor e o amigo"]

por Antonio P. Andrade
10/6/2009 às
15h21 189.115.120.8
(+) Antonio P. Andrade no Digestivo...
 
O clássico proibido
Sim. A clássica: homem casado, encantador, irresistí­vel. [Porto Alegre - RS]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por rozanne adamy
10/6/2009 às
09h40 189.76.157.10
(+) rozanne adamy no Digestivo...
 
Ninguém quer amar...
Todo o amor tem um quê de proibido. Porque se sabe que a fase inicial, a paixão, acaba. E que o amor traz consigo uma carga pesada. Então, em princí­pio, ninguém quer amar. Mas é realmente o princí­pio de tudo. [Florianópolis - SC]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Priscila Costa Lopes
10/6/2009 às
09h40 189.4.65.56
(+) Priscila Costa Lopes no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Max Steel Dupla Em Ação - Livro de Colorir Com Atividades
Ciranda Cultural
Ciranda Cultural
(2016)



Notícias do Cristo - Diversos Espíritos
Ariston S. Teles
Livree
(1999)



Constituição da Republica Portuguesa
Ni
Almedina
(2004)



Este Beco Tem Saída
Irene Solano Vianna
Moderna
(1996)



Técnicas de Gerenciamento de Arquivos 2ª Edição - 1ª Reimpressão
Billy G. Claybrook
Campus
(1987)



Lappel Du Nord
H H Houben
Payot
(1936)



Receitas de Qualidade! Cozinha de Microondas
Vários
Edelbra
(1996)



O Incrível Roubo da Loteca - 11ª Edição
Stella Carr
Moderna
(1994)



Informações Históricas Sobre São Paulo no Século de Sua Fundação
Edith Porchat Rodrigues
Livraria Martins
(1956)



O Doce Amargo da Vida
Rogério Oliveira
Nova Fronteira
(1992)





busca | avançada
74431 visitas/dia
2,7 milhões/mês