Desconto | Rogério Macedo

busca | avançada
75201 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Renato Morcatti transita entre o público e o íntimo na nova exposição “Ilê da Mona”
>>> Site WebTV publica conto de Maurício Limeira
>>> Nó na Garganta narra histórias das rodas de choro brasileiras
>>> TODAS AS CRIANÇAS NA RODA: CONVERSAS SOBRE O BRINCAR
>>> Receitas com carne suína para o Dia dos Pais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> História da Bola da Copa 2010
>>> Rituais de final de ano
>>> Poeirópolis (como no início do século XX)
>>> Ler, investir, gestar
>>> Bombril: a marca que não evoluiu com as mulheres
>>> Os Violinos do Silêncio
>>> Adriane Pasa no Canadá
>>> A rentável miséria da literatura
>>> Alex Grey
>>> Sombras Persas (V)
Mais Recentes
>>> Fala, Preto-Velho de Wanderley Oliveira & Pai João de Angola pela Dufaux (2018)
>>> Um Encontro Com Pai João de Wanderley Oliveira & Pai João de Angola pela Dufaux (2016)
>>> História do Espiritismo de Arthur Conan Doyle pela Pensamento (2015)
>>> Recursos Desumanos de Pierre Lemaitre pela Vestigio (2015)
>>> Os Sete Crimes de Roma de Guillaume Prévost pela Vestigio (2013)
>>> A Voz do Veto - a Censura Católica à Leitura de Romances de Aparecida Paiva pela Autêntica (2017)
>>> O Homem Que Venceu Hitler de Marcio Pitliuk pela Gutenberg (2012)
>>> Medeias Latinas de Márcio Meirelles Gouvêa Júnior pela Autêntica (2014)
>>> Gramática Completa Para Concursos e Vestibulares de Nilson Teixeira de Almeida pela Saraiva (2009)
>>> Os rituais do tombamento e a escrita da história de Márcia Scholz de Andrade Kersten pela UfPr (2000)
>>> Os rituais do tombamento e a escrita da história de Márcia Scholz de Andrade Kersten pela UfPr (2000)
>>> Mini-Enciclopédia do Futebol Brasileiro de Marcelo Damato (Coord.) pela Lance (2001)
>>> A Palavra é... Portugal de Paulo Mendes Campos (org.) pela Scipione
>>> Sartre - Coleção Os Pensadores de Jean-Paul Sartre pela Nova Cultural (1987)
>>> Sartre - Coleção Os Pensadores de Jean-Paul Sartre pela Nova Cultural (1987)
>>> Sartre - Coleção Os Pensadores de Jean-Paul Sartre pela Nova Cultural (1987)
>>> O Estudo Social em Perícias, Laudos e Pareceres Técnicos - Debates Atuais no Judiciário, no Penitenciário e na Previdência Social de CFESS - Conselho Federal de Serviço Social (Organizador) pela Cortez (2018)
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrínseca (2013)
>>> Marketing de Serviço Financeiro de Marcos Cobra pela Marketing (2003)
>>> Eu Consigo Emagrecer - A Dieta que está Fazendo os Estados Unidos Emagrecerem de Dr. Joel Fuhrman pela Agir (2013)
>>> O Céu e o Inferno de Allan Kardec pela Feb (2008)
>>> Jesus - A Vida Completa de Juanribe Pagliarin pela Bless Press (2021)
>>> Fortaleza Digital de Dan Brown pela Sextante (2005)
>>> Como Vencer Suas Guerras Pela Fé de Edir Macedo pela Unipro (2019)
>>> O Glorioso Aparecimento - O Fim das Eras de Tim Lahaye e Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 6/8/2002
Comentários
Leitores


Desconto
Olá, Grande Alexandre Na adolescência me ensinaram o seguinte: namore uma mulher magra, pois se você chegar a se casar com ela, terá a mulher ideal. O fato é que elas costumam engordar depois do casamento. Então é bom dar o desconto quando ainda são jovens. Quanto à relação que se estabelece entre leitor e personagem, acontece algo perigoso comigo: envolvo-me facilmente na atmosfera do texto. Mordi até sangrar os lábios enquanto lia O Processo. Raskólnikov me lançou numa turbilhão angustiante. Orwel me deixou sem fôlego com a opressão de 1984. O vôo de passarola ao lado de Baltasar Sete-Sóis e Blimunda me fez sentir no rosto a suave brisa da liberdade (apesar de Memorial do Convento ter sido escrito por um comunista). Enfim... como é bom esse negócio de ler, né?

[Sobre "Amando quem não existe"]

por Rogério Macedo
6/8/2002 às
15h45 200.194.102.154
(+) Rogério Macedo no Digestivo...
 
vender seu texto
Julião vc poderia vender seu texto ao IBGE, só mudando o título para "Caracterização dos itinerantes da Vila Olímpia, SP" Meu parabéns e um abraço

[Sobre "Retrato do jovem quando artista no século XXI"]

por Villela
6/8/2002 às
13h16 200.176.241.173
(+) Villela no Digestivo...
 
Thanks
Ao misterioso "El Guapo", ao Eduardo, Cathi, Überdennis, Carol e Otavio - obrigado pelas mensagens. Não, digo mais: obrigado por me lerem. Um abraço, e beijos (quando for o caso...), do Alexandre.

[Sobre "Amando quem não existe"]

por Alexandre
4/8/2002 à
00h16 200.207.125.11
(+) Alexandre no Digestivo...
 

Brilhante Evandro! É bom conhecer mais um escritor, que são pouquíssimos, com a perspicácia em que aborda assuntos sérios, infelizmente massificado entre chavões esquerdistas. Salve por ter ressuscitado o mestre von Mises e a obscura escola austríaca. Com estima Lucas Mendes Estudante de Economia UNIJUÍ-RS

[Sobre "O pensamento biônico"]

por Lucas Mendes
3/8/2002 às
22h49 200.180.201.75
(+) Lucas Mendes no Digestivo...
 
Apesar de tudo e de todos
Quando não se tem talento culpa-se o mundo por tá-lento demais (este aforismo decifra um pouco a geração atual). Mas, apesar de tudo e de todos, o tempo ideal é o atual.

[Sobre "Retrato do jovem quando artista no século XXI"]

por Pedro Maciel
3/8/2002 às
19h13 200.211.115.101
(+) Pedro Maciel no Digestivo...
 
Parabéns para você também
O estrondoso e perene sucesso de Paulo Coelho no Brasil e mundo afora me despertou a curiosidade de conhecer ao menos um livro de sua autoria e foi assim que há uns poucos anos me vi lendo "O alquimista". O livro prende a atenção e, a tirar por ele, julgo que P. Coelho decididamente domina bem seu ofício. Mas não imagino que ele pretenda, ou tenha pretendido, ser um gênio, um magistral autor, um marco da literatura, ou qualquer outro designativo do tipo que enche os olhos dos intelectuais de plantâo. O que ele faz, e muito bem, é cumprir o implícito contrato que existe entre o autor e seus leitores, com uma honestidade exemplar. Portanto a interpretação que faço das críticas a P. Coelho é na base do "invejômetro": quanto mais indignada e feroz, maior o "olho grande". Desta maneira, tendo a concordar com as palavras acima do escritor Haroldo Amaral, a quem dedico o título desta minha mensagem. Um abraço.

[Sobre "Paulo Coelho na Loucademia"]

por Toni
3/8/2002 às
16h49 200.154.144.165
(+) Toni no Digestivo...
 
Virtualidade real
Grande denúncia do "pós-muderno", essa cultura da virtualidade real, onde a imagem é tudo e o conteúdo raso.

[Sobre "Retrato do jovem quando artista no século XXI"]

por Héber Sales
3/8/2002 às
16h40 200.151.204.70
(+) Héber Sales no Digestivo...
 
O vazio e o único
Que critica espetacular. Eu como uma jovem que nasci já convivendo nesse sistema moderno muitas vezes me pego questionando-Quais são as verdadeiras coisas?Pq a rotina é algo falso e correr para uma praia paradisiaca não? Os valores estão tão atrapalhados que parece que a cada vez que o homem tenta explicar as mudanças causadas pela modernidade ele se atrapalha, se contradiz mais. A busca massificada pelo alternativo esvazia o sentido da palavra .O "alternativo" não é mais realmente alternativo. O vazio é vazio e o único é único. Assim como pode uma geração inteira ser única ou prencher algo que é vazio. Por incrivel que pareça o mais difícil nesse contexto é agir através do seu eu, separando o externo, se conhecendo e se respeitando .

[Sobre "Retrato do jovem quando artista no século XXI"]

por Fernanda Carvalho
2/8/2002 às
17h29 200.204.104.213
(+) Fernanda Carvalho no Digestivo...
 
INCRÍVEIS AQUELES ANOS
É TÃO INTERESSANTE QUANDO SE DESCOBRE O QUANTO ALGO QUE DEVERIA SER APENAS UM ETRETENIMENTO TELEVISIVO ACABA TORNANDO-SE PARTE DA VIDA DE QUEM ASSISTE. O SERIADO "ANOS INCRÍVEIS" FOI TORNANDO PARTE DE MEU COTIDIANO E, LEMBRO-ME PERFEITAMENTE QUE EM MEADOS DE 1994-1995 ESTAVA MORANDO EM OUTRA CIDADE LONGE DE MINHA FAMÍLIA E AMIGOS, E ACONPANHANDO DIARIAMENTE A SÉRIE,TODA TARDE APÓS CHEGANDO EM CASA LIGANDO A TV PARA SABOREAR UMA AVENTURA E "COM UMA PEQUENA AJUDA DE MEUS AMIGOS" EU DIMINUIA A MINHA SOLIDÃO, CONQUISTEI NOVAS AMIZADES NO LUGAR ALGUM TEMPO DEPOIS QUE CHEGUEI, MAS NO INÍCIO DE MINHA ADAPTAÇAO MEIS GRANDES AMIGOS FORAM KEVIN, SUA FAMÍLIA,SUA NAMORADA E AMIGOS. É FORAM ANOS INCRIVEIS, GOSTARIA DE SABER COMO POSSO CONSEGUIR A SERIE EM VHS E/OU DVD...SERÁ MUITO BOM MATAR A SAUDADE DESTA SÉRIE .. UM ABRAÇO

[Sobre "Anos Incríveis"]

por miguel
2/8/2002 às
16h37 200.153.126.66
(+) miguel no Digestivo...
 
A natureza humana
Eu tenho uma visão um pouco diferente. Não acho que a motivação que levava a família de sua esposa a ter este radinho de pilha, "objeto que jamais faltava na casa", seja a mesma que move os bebes, os grandes navegadores, os cientistas ou os "astronautas". "O bebê que leva um objeto à boca está", a meu ver, tentando entender o mundo que o cerca, o que, com certeza, não é o mesmo que estarmos "sempre procurando novidades, querendo sair do marasmo do "nada de novo"". Da mesma forma o fazem os grandes cientistas, imbuídos ainda pelo desejo de produzir melhorias para a humanidade. Já os grandes navegadores, para fazermos afirmações sobre suas motivações, devemos nos ater em seus financiadores, já estes que foram os primeiros projetos do homem que necessitavam de grande financiamento (à exceção de pirâmides, jardins da babilônia, e outros, que obviamente não possuíam motivação semelhante). E estes financiadores eram, em sua maioria, BANQUEIROS GENOVESES E VENEZIANOS. Acho que não é preciso falar sobre suas motivações, seus fins. E ainda sobre a "conquista do espaço", minha simples opnião é que, um projeto que demande centenas de BILHÕES de dólares para sua realização (ou não, já que se diz até hoje que o homem não teria pisado na Lua) pode ser realizado por qualquer motivo que não por curiosidade, ou para "sair do marasmo do "nada de novo"". Um abraço.

[Sobre "Todo mundo quer informação"]

por Ricardo Lopes
2/8/2002 às
15h57 200.196.56.66
(+) Ricardo Lopes no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Viva em paz com o seu dinheiro
Erasmo Vieira
Literare Books International
(2018)



Análise de Balanços Livro de Exercícios
Sérgio de Iudícibus
Atlas
(1980)



Sauver nos Sols Pour Sauvegarder nos Societes
Rabah Lahmar (coord.) e Outros
Charles Léopold Mayer
(2002)



Cabeça, Corpo, Caveira e Alma
Fernando Burjato
Bom Texto
(2000)



Pequis - Química Cidadã 1
Wildson Santos e Gerson Mol ( Coor.)
Ajs
(2013)



Introducao a Semntica Lexical: Papeis Tematicos, Aspecto Lexical
Marcia Cancado & Luana Amaral
Vozes
(2016)



Sociologia Geral
Rudolf Lenhard
Pioneira
(1975)



Mulheres de Cabul
Harriet Logan
Geração Editorial
(2006)



Ruth Cardoso - Fragmentos de uma Vida
Ignácio de Loyola Brandão
Globo
(2010)



Seja Feliz já
Jorge Melchiades Carvalho Filho
Martin Claret
(1998)





busca | avançada
75201 visitas/dia
2,4 milhões/mês