Sem mudar de assunto | Toni

busca | avançada
42280 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Filó Machado apresenta 60 anos de música em concerto inédito com a Brasil Jazz Sinfônica
>>> Especialista em investimentos com mais de 750 mil seguidores nas redes sociais lança livro
>>> Artista mineira cria videogame e desenho animado premiado internacionalmente
>>> Dia Nacional de combate ao Bullying é lembrado com palestra gratuita dia 02/04
>>> Estúdio Dentro estreia na SP-Arte com três lançamentos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O batom na cueca do Jair
>>> O engenho de Eleazar Carrias: entrevista
>>> As fitas cassete do falecido tio Nelson
>>> Casa de bonecas, de Ibsen
>>> Modernismo e além
>>> Pelé (1940-2022)
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
Colunistas
Últimos Posts
>>> Barracuda com Nuno Bettencourt e Taylor Hawkins
>>> Uma aula sobre MercadoLivre (2023)
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
Últimos Posts
>>> Nem o ontem, nem o amanhã, viva o hoje
>>> Igualdade
>>> A baleia, entre o fim e a redenção
>>> Humanidade do campo a cidade
>>> O Semáforo
>>> Esquartejar sem matar
>>> Assim criamos os nossos dois filhos
>>> Compreender para entender
>>> O que há de errado
>>> A moça do cachorro da casa ao lado
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Estamos nos desarticulando
>>> Clássicos para a Juventude
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Poesia para jovens
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> O cinema brasileiro em 2002
>>> Cuba e O Direito de Amar (1)
>>> Elogio Discreto: Lorena Calábria e Roland Barthes
>>> Daily Rituals - How Artists Work, by Mason Currey
>>> House M.D.
Mais Recentes
>>> Histoire Générale Du IV Siécle a nos Jours - Tome II de Ernest Lavisse e Alfred Rambaud pela Armand Colin & Cie (1893)
>>> Lor Du Pôle de Danielle Darthez pela Hachette (1910)
>>> Les Villes Dart Célébres - Madrid de Paul Guinard pela Renouard H Laurens (1935)
>>> De Individualidades Preservadas á Incredualidade do Meu Zíper de Wanderlino Teixeira Leite Netto pela Graphos Industrial (1980)
>>> Vocabulário Ortográfico Brasileiro da Língua Portuguêsa de Manuel da Cunha Pereira - Org pela Livro Vermelho dos Telefones (1954)
>>> História Secreta da Guerra- Vol 10 de Século pela Século
>>> Força para Viver de Jamie Buckingham pela Betania (1983)
>>> Manhattan Sensual- Vol 1 de Katia Zero pela Makron (2000)
>>> Dicionário da Junta Comercial de José da Silva Ribeiro pela Contasa
>>> Town Planning Review - Vol. 45 Nº 1 January 1974 de Josephine P Reynolds - Editor pela Department of Civiv Design (1974)
>>> Crescendo na Quadra de Lino de Albergaria pela Lpm (1986)
>>> Crustáceos -estudos Práticos de Walter Narchi pela Polígono (1973)
>>> Bonecas Acorrentadas de Alistair Mac Lean pela Record (1969)
>>> Frei Orlando o Capelão Que Não Voltou de Tenente Gentil Palhares pela Biblioteca do Exercito (1982)
>>> Como Dar um Sentido á Vida Interior de Robert Powell pela Pensamento (1980)
>>> à Luz da Realidade Brasileira de Friedman pela Sem. Turma Pedro Ll
>>> The Cats Elbow de Alvim Schwartz pela Sunburst (1982)
>>> O Segredo de Chimneys de Agatha Christie pela Record
>>> Obras Completas-- o Sol dos Mortos de Agrippino Grieco pela José Olympio (1957)
>>> O Erotismo de Francesco Alberoni pela Racco (1987)
>>> As Mulheres Não Querem Amor...- Autografado de Benedicto Mergulhão pela Irmãos Pongetti (1943)
>>> Aquisições, Fusões & Incorporações Empresariais de U W Rasmussen pela Aduaneiras (1989)
>>> Primeiro Aventura no Mundo da Música de Maria Guiomar pela Verbo
>>> Graça Nº. 39 de Cleber Nadalutti pela Sociedades Biblica (2002)
>>> O Mensageiro de Sto Antonio- Nº 3 de Antonio Molisani pela Prol (2003)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 24/9/2002
Comentários
Leitores

Sem mudar de assunto
Prezado Evandro, como foi assinalado, de Bagehot, "é importante a imponência da Constituição inglesa" e, mais adiante, "a existência de uma realeza dá segurança ao povo". Nada mais distante de nossa realidade. Quando as leis são alteradas todas os dias, na verdade é como se não houvesse leis, me parece. Tem-se tudo, menos segurança. Excelente ter-se lembrado do ilustre Joaquim Nabuco. Parabéns pelo texto! Um abraço.

[Sobre "Apesar da democracia"]

por Toni
24/9/2002 às
09h10 200.154.144.165
(+) Toni no Digestivo...
 
Intervencionismo É Demais
...Donde se conclui, caro Evandro, que muitos males, econômicos e sociais, no Brasil, não são obra e graça de um "capitalismo selvagem", mas, de um claro e cristalino intervencionismo estatal exagerado. Certo? Abraços.

[Sobre "Apesar da democracia"]

por JOSÉ PEREIRA
24/9/2002 às
09h29 200.161.189.104
(+) JOSÉ PEREIRA no Digestivo...
 
Leitor assíduo
Prezado Eduardo, tomara que você, mais adiante, já exercendo seu futuro ofício, "domine" o mundo dos negócios, da mesma forma como desde já "domina" a nossa nobre língua. Será obviamente bom para seu merecedor bolso e, com absoluta certeza, bom também para a sociedade at large. Por hora, além dos votos de sucesso, desejo sublinhar o prazer que me deu ler a crônica intitulada "Hoje a festa é nossa". Dizem que tempos de turbulência são bons para o mundo do pensamento. Nunca imaginei que um dia diria o que segue mas, if that's the price we have to pay, viva a turbulência... Abraço.

[Sobre "Hoje a festa é nossa"]

por Toni
23/9/2002 às
14h02 200.154.144.165
(+) Toni no Digestivo...
 
Incoerência?
Caro Eduardo Carvalho, Já vi aqui mesmo em sua coluna, não por acaso, vc afirmar que a revista "Veja" entra pelas portas de serviço da sua casa e vai direto pra lata de lixo. Não obstante, vi vc afirmar que o "Diogo Mainardi escrevia de forma apressada". Entretanto, deparar contigo fazendo referências ao referido jornalista e à própria revista torna-se uma grande incoerência. Se eu estou errado, me desculpe! Abraços, Anilson Gomes De Salvador

[Sobre "Festa na floresta"]

por Anilson Gomes
23/9/2002 às
07h44 200.128.27.35
(+) Anilson Gomes no Digestivo...
 
Susto
Ah, a mãe da personagem principal é uma mulher adulta. Que alívio, Yui!

[Sobre "Psiquiatra declara Japão Oficialmente Maluco"]

por Alexandre Soares
23/9/2002 às
03h22 200.207.125.11
(+) Alexandre Soares no Digestivo...
 
Cuidado! Peixe morre pela boca
Ao citar um anime como referência não pode usá-lo como motivo para uma generalização. No anime passado no Brasil, Sailor Moon, não teve a chance de passar sua continuação que dá ênfase a mulheres mais adultas, de mais de 30 anos. A mãe da personagem principal é uma perfeita dona de casa, com seus trinta e tantos anos. Há muitos personagens assim, se nào conhece todos, não conhece nenhum. Não acredito que só por que um certo doutor cita o Japão como um "louco" se fosse um ser humano, tenhamos todos que vir a acatar tal opinião, o que somos? Papa-baba de um doutor que nem ao menos vive no país que critica? Ele haveria muito mais de ir até o local, vivenciar, presenciar os costumes locais e ter contato com o local antes de fazer uma definição dessas sobre um país. A tara por garotinha parece ser o único defeito que os outros paises vêem no Japão já que não conseguem achar outro, para que possam atacar com garras e dentes o pais, que se desenvolveu, não só por criatividade, que admitamos, nào é uma grande coisa, mas pela criatividade e genialidade de melhorar os produtos inventados. Muitas coisas eles pegam dos paises estrangeiros, e de seu modo melhoram, até chegar a uma perfeição admissivel, ao contrário dos paises de onde eles se originaram, que fazem os produtos com certa qualidade, mas não pensam em melhorar, fazendo isso somente ao ver que o Japão é capaz de fazer o mesmo produto de uma forma melhor, para que possam concorrem com eles. A produção em larga escala do pais nipônico e seu sistema de produção propicia um preço acessivel, além da qualidade. As pessoas acabam tendo muito a ganhar com isso, ao invés de comprarem produtos de outros países. Ao falar mal de um local ou algo, informar-se é a prioridade, pois uma coisa dita errada, ou uma coisa errada sendo dita é como uma mancha em uma carreira. Este doutor deveria realmente repensar no conceito que deu ao país, e ver se isso não é apenas uma crise de nacionalidade mesclada com inveja de uma pais desenvolvido.

[Sobre "Psiquiatra declara Japão Oficialmente Maluco"]

por Yui
23/9/2002 à
01h53 200.177.46.68
(+) Yui no Digestivo...
 
Siga com Deus. Paz para todos.
"Se quiser marcar um duelo, escolha arma e local" lenine Leal Você deve habitar algum filme norte americano. Talvez não. Também não é da minha conta, mas pelo menos explica algumas coisas. Aqui no Brasil os litigios não se resolvem em "duelos" (ou não deveriam ser resolvidos assim). Mas suas palavras talvez expliquem por que algumas pessoas resolvam andar armadas. Arma e local? Nunca. Jamais. Acredito nos ensinamentos de Jesus Cristo e de Gandhi. Isso jamais me ocorreria. Vai com Deus, siga seu caminho. obs.: que a IBM ajudou indiretamente Hitler na identificação dos judeus, isso ajudou, queira você goste ou não. Quanto ao resto, acho que o mais importante são as idéias contidas.

[Sobre "Festa na floresta"]

por eduardo
22/9/2002 às
23h39 200.204.14.201
(+) eduardo no Digestivo...
 
Como sair da lista?
Parabéns para o Danilo. Se não foi de propósito, não tem problema. É para lá de divertido...

[Sobre "Festa na floresta"]

por Fabio Polonio
22/9/2002 às
23h33 32.101.186.161
(+) Fabio Polonio no Digestivo...
 
Na Veja também
Diogo Mainardi, por sinal, também escreveu sobre essa festa absurda na Veja de hoje, depois de tomar conhecimento lendo esta coluna. Só para constar, abraços,
Eduardo

[Sobre "Festa na floresta"]

por Eduardo Carvalho
22/9/2002 às
14h06 200.183.87.148
(+) Eduardo Carvalho no Digestivo...
 
Choramingos
Quando uma pessoa escreve "Charlles de Goule", "douou sangue", ou diz que a IBM ajudou ao Hitler, não é preciso nem que alguém a chame de idiota - a pessoa já fez isso por si só. Se sou culpado de alguma coisa, é apenas de redundância, que não chega a ser exatamente um crime. Apenas reconheci algo que estava ali, na minha frente. Não é preciso humilhá-lo, meu caro, você já faz um excelente trabalho sozinho.
Não é preciso "identificar" meu email, meu nome é Lenine Leal e estou a sua disposição para o que desejar. Basta me escrever. Se quiser marcar um duelo, escolha arma e local. Lenine é nome de homem, caso não saiba.

[Sobre "Festa na floresta"]

por Lenine Leal
22/9/2002 às
11h34 200.162.253.234
(+) Lenine Leal no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Ludwig Wittgenstein Philosophische Grammatik
Ludwig Wittgenstein
Suhrkamp
(1973)



A Noite das Mulheres Cantoras
Lídia Jorge
Leya
(2012)



Livro - A Casa do Silêncio
Orhan Pamuk; Eduardo Brandão
Companhia das Letras
(2013)



Historia de los Pampistas
Lazaro Schallman
Zlotopioro
(1971)



Minhas Atividades de Xadrez
Juliana Kyoko Kamada; Renata Trevelin
Câmara Brasileira de Livro
(2008)



O Vírus Final (deu no Jornal)
Pedro Bandeira
Ftd
(2002)



Manual de Orientações
Conselho Regional de Psicologia
Conselho de Psicologia Sp
(2006)



Livro - A Graça da Coisa
Martha Medeiros
L&pm Editores
(2013)



São Bernardo
Graciliano Ramos
Martins
(1973)



Vida a Dois, Vida Solitaria:como Curar Sua Solidão Oculta
Dr. Dan Kiley
Rocco
(1991)





busca | avançada
42280 visitas/dia
1,3 milhão/mês