Só jornalista pode? | Augusto Reis

busca | avançada
56138 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
>>> Para não dizer que eu não disse
>>> Espírito criança
>>> Poeta é aquele que cala
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Mas, afinal, qual o futuro da TV?
>>> Vida e morte do Correio da Manhã
>>> Arte, cultura e auto-estima
>>> Publicidade e formação política
>>> Os 33 mineiros e nossa visão limitada
>>> Uma Obra-Prima Sertaneja
>>> As pessoas estão revoltadas
>>> As duas facetas da eternidade
>>> Ilustres convidados
>>> PETITE FLEUR
Mais Recentes
>>> Drácula - Coleção L&pm Pocket de Bram Stoker pela L&pm Pocket (1998)
>>> Ventos ao Sul (literatura Angolana) de Fragata de Morais pela Aetia (2020)
>>> Como contornar situações difíceis em sala de aula de Jairo de Paula pela Ed. Jairo de Paula (2001)
>>> Sonnets and a Lovers Complaint, The de William Shakespeare pela Tuttle Publishing (1995)
>>> Sobre Deuses e Caquis: Teologia, Política e Poesia Em Rubem Alves de Ernesto Barros Cardoso (org.) pela Iser (1988)
>>> Dilbert 7 : Pedindo Aumento de Scott Adams pela L&pm Pocket (2011)
>>> Inconcebível de Ben Elton pela Record (2002)
>>> Manual de Ortopedia - 11ª Edição de John Crawford Adams; David L. Hamblen pela Artes Médicas (1994)
>>> Aisthesis: Cenas do Regime Estético da Arte de Jacques Rancière pela 34 (2021)
>>> O Anticinema de Yasugiro Ozu de Kiju Yoshida pela Cosac Naify (2003)
>>> Alves & Cia. de Eça de Queirós pela L&pm Editores (1997)
>>> Igreja da Vila de Victhor Fabiano pela Barn (2019)
>>> O Caso de Charles Dexter Ward de H. P. Lovecraft pela L&pm Pocket (2018)
>>> Viaje por las Americas de Joaquin Torres pela Buenos Aires (1958)
>>> Casando Com a Amante de Joanna Trollope pela Record (2007)
>>> O Marido Complacente de Marquês de Sade pela L&pm Pocket (2014)
>>> Platão: a Verdade Está Em Outro Lugar de E. A. Dal Maschio pela Salvat (2015)
>>> O Cão dos Baskervilles de Arthur Conan Doyle; Pietro Nassetti pela Melhoramentos (2010)
>>> Michaelis Dicionário Escolar Francês: Francês-port/port-francês de Jelssa Ciardi Avolio pela Melhoramentos (2002)
>>> Anhangaçu Nada Será Como Antes de Leandro Carlos Esteves pela Literatura (2016)
>>> Propaganda e Promoção - 7ª Edição de George E. Belch; Michael A. Belch pela Mcgrawn Hill (2008)
>>> Liderança e a Nova Ciência de Margaret J. Wheatley pela Cultrix (1999)
>>> Liberdade de Jonathan Franzen; Sergio Flaksman pela Companhia das Letras (2011)
>>> Os Sertões de Euclides da Cunha pela L&pm Pocket (2019)
>>> The Risk - o Dilema de Brenna e Jake de Best-seller pela Paralela (2019)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 2/12/2002
Comentários
Leitores


Só jornalista pode?
Ele é divertido sim, sem dúvida. Mas tem aí, em seu texto, um desafio a nós, seus leitores. Jornalista pode dar palpite em tudo; e leitor, num pode?

[Sobre "Polêmicas"]

por Augusto Reis
2/12/2002 às
18h16 200.158.83.165
(+) Augusto Reis no Digestivo...
 
Divertidíssimo
Eu simplesmente acho o Alexandre o máximo. Divertidíssimo! Parabéns.

[Sobre "Polêmicas"]

por Denise Bacellar
2/12/2002 às
16h45 200.207.13.19
(+) Denise Bacellar no Digestivo...
 
Continuando uma boa amizade.
Entre o Alexandre e este escriba, tudo bem, graças a Deus ! Amigos e entendidos!

[Sobre "Polêmicas"]

por Roberto M. Filho
2/12/2002 às
16h34 200.165.172.84
(+) Roberto M. Filho no Digestivo...
 
Ocultismo
Alexandre, meu caro, te achei sem querer enquanto eu navegava sem rumo. Essa tua crônica sobre polêmicas, polentas & polemistas é muito divertida. Depois, com calma, pretendo voltar ao passado e ler teus textos anteriores. Me passe o teu endereço físico, quero te mandar um exemplar d"O século oculto", meu livro de crônicas passionais e sonhos provocados. São textos sobre literatura, meio excêntricos, que pra minha surpresa têm agradado a gregos e baianos. Abraço deste Nelson (o de Oliveira)!

[Sobre "Polêmicas"]

por Nelson de Oliveira
2/12/2002 às
11h25 200.207.121.42
(+) Nelson de Oliveira no Digestivo...
 
não se identifique
Zellita, não entendi bem o que desejou dizer. só posso falar que, infelizmente, Deus é apenas uma criação humana, para nos amparar diante da falta de explicação para o sentido da existência humana e do cosmos - por isso, ele realmente jamais vai dizer qualquer coisa, simplesmente por não ser senão fabricação mental dos humanos. outra coisa, não sei porque você se identifica com o termo "vagabunda letrada" - ele foi cunhado por mulheres atradasadas de portugual daquela época para denegrir nossa querida Florbela Espanca. jardel

[Sobre "A Vagabunda Letrada e os Sentimentos Nobres"]

por jardel
1/12/2002 às
14h59 198.81.9.2
(+) jardel no Digestivo...
 
los cucarachas
Concordo que, nos termos em que vc escreveu, o Brasil precisa melhorar muito p igualar-se a esse país com uma enorme crise, chamado Argentina. Mas não creio que sejam os brasileiros 'vagabundos', e vc que viajou por vários países (e parece ter boas condições financeiras para fazer o que bem entender) deve ter percebido que se um brasileiro quer ter uma vida um pouco 'digna' (bem menos digna que a sua, que permite suas viagens), deve desdobrar-se em mil, e contraditoriamente entrar em mil 'jeitinhos'. Não vejo também como pode o clima adverso influenciar o desenvolvimento. Se fosse assim, o sertão nordestino seria uma região, nos termos em que vc inferiu, admirável.

[Sobre "Uma verdade incômoda"]

por B.R.
1/12/2002 às
12h11 200.163.198.45
(+) B.R. no Digestivo...
 
Como sempre...
Alexandre, esse seu texto está ótimo! Pegou justamente no ponto que nós todos, os colunistas e ex-colunistas, conhecemos. Jornalistas ou não, colocamos nossa cara pra bater e sempre levamos uns tapas... e o problema é que não podemos revidar, senão dirão que não sabemos levar críticas na boa ou que somos mal educados. Todos que aí comentam acham que têm o seu direito, como eu também acho. Mas muitos se sentiriam igual a você ou o Wilde ao publicar sua primeira coluna e vê-la destrinchada de comentários... Obrigado por mencionar "meus comentaristas" dos Anos Incríveis... alguém comentou no seu site por engano ou desespero? Eu recebo novos a cada semana. A coluna tá boa demais mesmo, parabéns, como sempre! Estou com saudades do Homem de Azul Cobalto, e obrigado por ter ido onde nos encontramos a última vez, espero que tenha se divertido. Abraços.

[Sobre "Polêmicas"]

por Juliano Maesano
1/12/2002 às
11h41 200.158.144.107
(+) Juliano Maesano no Digestivo...
 
Combater a fome e educar.
Concordo com você, Félix, em muitos aspectos. Só acho um pouco de exagero essa estória de 15 barrigudinhos. No Brasil a taxa de natalidade diminuiu muito nos últimos anos. Deve estar em 3,5 filhos por família. Nós temos no Brasil, em se tratando de pobreza ,acredito, uma boa parcela de miseráveis e uma boa parcela de pobres(nestes estão a classe média baixa e média).Então, de fato, a questão da educação é urgente.Se deixar o pessoal fica só recebendo a cesta básica. Agora, é preciso que se diga, que esse pessoal,de que estou falando, não tem tanta culpa disso, simplesmente porque não tiveram acesso à educação básica ou fundamental , digamos 7,8 anos de estudo regular (nem talvez seus ascendentes- o que é pior -). Os miseráveis ,talvez, nem 1 ano de escolaridade. Bem ou mal,com professores se aprende. Para quem não tem ambiente cultural em casa, a transmissão feita pelos professores e a discussão que ela gera com os alunos não é desprezível, você sabe. Se o atual Presidente - em quem votei - resolver combater a fome com critério,firmeza e competência, para mim será bom, pois atualmente gasto de Cr$4,00 a Cr$5,00 por mês, dando alimentos para pessoas que, individualmente, passam pedindo na porta da minha casa , ou de maneira mais organizada (igrejas e outras organizações). O pobre precisa ser educado para não se tornar um explorador. Quem mora em bairro pobre como eu sabe como é. Se se dá um remedinho para um, logo vem outros pedindo. Se se empresta uma ferramenta vários descobrem e vêm também pedir. Não esqueço meu pai, falecido aos 81 anos de idade, que,apesar de ganhar salário mínimo,tinha seus remedinhos em casa, bem como suas ferramentas. Arrumar dinheiro para cerveja, passeios, praias, roupas o pessoal dá um jeito, podes crer.

[Sobre "Fome zero, malandragem dez"]

por Carmen Gomes
1/12/2002 à
00h56 200.151.18.123
(+) Carmen Gomes no Digestivo...
 
sou aquela vagabunda
Derrepente sou aquela vagabumda que e enrrustida, so quem sabe e Deus e ele jamais vai dizer...

[Sobre "A Vagabunda Letrada e os Sentimentos Nobres"]

por Zelitta
30/11/2002 às
19h46 204.30.88.51
(+) Zelitta no Digestivo...
 
Só vim avisar que não venho
Há muito que não dou as caras por aqui, e o fato de estar às turras com meu provedor é o menor de meus problemas, mas vejo que o brilho do Alexandre continua o mesmo. Mais não digo porque, como disse quem quer que tenha dito isso, tenho tédio de controvérsia. Alcion não é marca de sardinha em lata?

[Sobre "Polêmicas"]

por Alexandre Ramos
30/11/2002 às
17h46 200.255.3.30
(+) Alexandre Ramos no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Moedinhas Tilintantes (2008)
Baila Olidort
Maayanot
(2008)



Em Busca de Jesus - Fé, Fatos e Falsificações
David Gibson e Michael
Fontanar
(2015)



Cancao da Menina Descalca
Ieda Dias
Rhj
(1993)



Adhemar de Barros e o PSP
Regina Sampaio
Global
(1982)



Dinheiro do Céu
Marcos Rey
Global
(2005)



Vigilância Alimentar e Nutricional Limitações e Interfaces Com a Rede
Inês Rugani Ribeiro de Castro
Fiocruz
(1995)



Jóquei - Confira!
Matilde Campilho
Ed. 34
(2015)



Vida Obra e época de Paulo Setúbal um Homem de Alma Ardente
Fernando Jorge
Geração
(2008)



Rijksmuseum Amsterdã - Col. Grandes Museus do Mundo Nº 17
Folha de São Paulo
Folha de S. Paulo
(2009)



Campos dos Goytacazes - Aspectos Culturais
Vários Autores
Prefeitura de Campos
(2008)





busca | avançada
56138 visitas/dia
1,8 milhão/mês