a cena mais bela | Luiz Guimarães

busca | avançada
54465 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Eleições 2022: Bolsonaro ganha no Nordeste e Lula no Sul e Sudeste, mas abstenções ganhará em todo o
>>> Paisagens Sonoras (1830-1880)
>>> III Seminário Sesc Etnicidades acontece no Sesc 24 de Maio nos dias 10, 11 e 12 de agosto.
>>> Longa nacional 'Dog Never Raised' estreia no 50º Festival de Gramado
>>> Boca Migotto lança livro sobre cinema gaúcho durante o 50º Festival de Gramado
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
>>> Leite, Coalhada e Queijo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Leituras Inglesas (I) - W.S. Maugham
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Projeto Itália ― Parte II
>>> O que eles disseram antes do último suspiro
>>> Amor muito mata
>>> Garganta profunda
>>> Monte Sinai (reeditado)
>>> Antonio Candido
>>> O Rosto de Cristo
>>> A morte absoluta
Mais Recentes
>>> Força para Viver de Bibles pela Bibles
>>> Descanse Em Paz, Meu Amor... de Pedro Bandeira pela Atica (2003)
>>> Moradas Espirituais: Visita a Vinte Colônias Espirituais de Médium Vânia Arantes Damo pela Inst. Intern. Sup. de Cultura
>>> Anarquia e Cristianismo de Jacques Ellul; Norma Braga pela Garimpo (2010)
>>> Dicionario Ilustrado de Sentimentos de Fernanda Salgueiro pela Ministerio de Cultura (2017)
>>> Ética e Direito de Gabriel Valle pela Síntese (1999)
>>> Direitos Reais 3ª edição. de Cristiano Chaves de Farias; Nelson Rosenvald pela Lumen Juris (2006)
>>> Exame de Ordem de Varios Autores pela Método
>>> Curso de Direito Constitucional Positivo 19ª edição revista e atualizada nos termos da Reforma Constitucional de José Afonso da Silva pela Malheiros (2000)
>>> Fazendo Meu Filme 3 de Paula Pimenta pela Grupo Autêntica (2010)
>>> Fazendo Meu Filme 1 de Paula Pimenta pela Grupo Autêntica (2009)
>>> Teoria Geral do Estado 41ª edição. de Darcy Azambuja pela Globo (2001)
>>> The Patron Saint of Liars de Ann Patchett pela Perennial (2003)
>>> Bem Mais Perto de Susane Colasanti pela Novo Conceito (2012)
>>> Se Eu Ficar de Gayle Forman pela Novo Conceito (2014)
>>> Sherlock Holmes: the Blue Diamond de Sir Arthur Conan Doyle Sir pela Oxford University Press (2014)
>>> Fingindo Ter 19 Anos de Alyson Noël pela Novo Conceito (2011)
>>> Anna e o Beijo Francês de Stephanie Perkins pela Novo Conceito (2011)
>>> Para onde ela foi de Gaye Forman pela Novo Conceito (2014)
>>> Esse tal de amor de Queren Ane pela Up Books (2017)
>>> De Volta à Realidade - Os Desafios de Betina 2 de Ailene Diniz pela Up Books (2018)
>>> Como Passar na OAB já com questões do novo exame OAB FGV de Wander Garcia pela Foco (2011)
>>> Uma viagem nem um pouco sonhada de Ailene Diniz pela Up Books (2017)
>>> Direito das Coisas 3ª edição. revista, ampliada e atualizada de Marco Aurélio Bezerra de Melo pela Lumen Juris (2009)
>>> Tipo Destino de Susane Colasanti pela Novo Conceito (2013)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 1/4/2003
Comentários
Leitores


a cena mais bela
O Pianista é um poema de Roman Polanski a música. O concerto tocado para o oficial nazista é de uma sutileza encantadora, é o verdadeiro diálogo entre dois iniciados na música.No meu ver, é a cena mais bela dessa obra prima de Polanski, que se reflete na apoteose do final.

[Sobre "Digestivo nº 126"]

por Luiz Guimarães
1/4/2003 às
23h08 200.168.105.163
(+) Luiz Guimarães no Digestivo...
 
Picasso é maior, e Matisse...
Cara Sonia, parabéns pelo seu belo texto. é um prazer ler seus comentários. se eu fosse forçado a escolher entre Picasso e Matisse, escolheria Picasso. Acho que todos escolheriam ele. Mas, mesmo assim, ficaria um gosto terrível de perda nessa escolha. Melhor é não escolher e abraçar logo os dois. O seu texto, de uma percepção incrível do universo destes artistas, colabora para que fiquemos com os dois. parabéns!!! jardel

[Sobre "Os fantasmas de Norman Mailer "]

por jardel
31/3/2003 às
18h56 200.218.225.10
(+) jardel no Digestivo...
 
Valeu
Valeu Rennatinha, fico muito feliz em perceber que este texto tinha sim que ser montado por nós. Que há dois anos quando o li pela primeira vez e senti isto aí que vc sentiu tive a certeza de que não seria fácil, mas que tinha que ser dividido com e ouvido por MUITA GENTE. E é isso que queremos, portanto um muito obrigada por escrever sobre e nos ajudar a divulgar. Grande beijo, nos vemos na sexta. Paula.

[Sobre "Ânsia"]

por Paula Lopes
26/3/2003 às
21h00 200.98.137.230
(+) Paula Lopes no Digestivo...
 
beuys sim
duchamp talvez não nos interesse mais, mas beuys sim, pois a sua conduta parece não ter princípio,meio e fim,já o duchamp com seu signo, perdeu a importância e está datado em seu tempo, mas beuys permanece válido.querem saber de uma coisa? sou mais o daniel senise que os tubarões em formol do damien hirst porque arte pré-estabelecida calculadinha,que sabe seu resultado perdeu a poética da razão e da emoção e ficou boiando no xixi da lógica, da racionalidade minimalista demais como um conceito e arte conceitual e gelada virou cristal de neve,ou melhor uma nanoarte esquecida no século passado.

[Sobre "A arte como destino do ser"]

por flavio brasil
25/3/2003 à
01h59 200.141.26.39
(+) flavio brasil no Digestivo...
 
O que muda é o saco
Caro Eduardo, Seu sonho de uma democrocia no Orinete próximo é tão bobo quanto dos manifestantes pacifistas brasileiros. O valor democrácia é algo ocidental e não da região do conflito Não diga que o Japão antes da Segunda guerra tinha democracia e agora tem. Até que ponto existe a uma democracia japonesa nos moldes ocidentais?( a base seja, mas atitudes não) Outra coisa que me espanta em sua argumentação é entender a retórica do governo bush a justificativa vamos atacar antes para ser atacado. Isso abre um prescedente enorme. A partir disso podemos estrapolar e imaginar que uma besteira dita aqui pelo nosso governo ( algo com grandes chances de acontecer) pode colocar mísseis norte-americanos apontados para Brasília. Talvez a guerra aconteça porque temos no poder uma pessoa tão ignorante quanto um Saddan. W Bush pensa o mundo de forma simples, ou você é meu amigo e inimigo. Espero que a guerra seja curta e que o mundo consiga encontrar um novo equilíbrio na região e que você repense em seu apoio ao "Alfred Neummam", tanto ele quanto o Tio Saddam são farinhas do mesmo saco, só muda a região do plantio do trigo

[Sobre "A última salsicha iraquiana"]

por Otavio
24/3/2003 às
19h10 200.246.210.4
(+) Otavio no Digestivo...
 
guerra
suas reflexões são interessantes, pois não adotam o ponto de vista dos situacionistas. claudia

[Sobre "A última salsicha iraquiana"]

por claudia
24/3/2003 às
09h34 200.218.225.10
(+) claudia no Digestivo...
 
augusto de campos
ao digestivo, voces estão sempre de parabéns. adorei a entrevista com o nosso grande poeta augusto de campos. valeu pelas reflexões dele e pelo trabalho exemplar que o digestivo tem feito. sou amante da poesia, e essa entrevista é uma oportunidade fundamental para quem quer entender a poesia brasileira. claudia

[Sobre "Entrevista com o poeta Augusto de Campos"]

por claudia
24/3/2003 às
09h28 200.218.225.10
(+) claudia no Digestivo...
 
guerra X emoção
Muito bom o texto. É interessante como o autor dá um toque de emoção e instiga a comoção dentro de um tema e de um mundo tão frio. Tem uma carga pessoal tão grande que é como se ele se entregasse para o leitor, deixasse-o tocar seu coração e seus mais profundos sentimentos ante ao horror déspota, à barbárie "santa", ao massacre que enojantemente é chamado "justificável". Parabéns.

[Sobre "Empolgação"]

por Rafael Lourenço
23/3/2003 às
15h27 200.98.54.123
(+) Rafael Lourenço no Digestivo...
 
O vinho e o leite
Não poderia ser de outro jeito. Barthes foi das receitas às colunas sociais para mostrar que a mitologia é o elemento comum, início e fim, dos produtos da indústria cultural. É justamente essa miscelânea que justifica a relação entre o mito e a comunicação de massa. E apesar de leves, os textos são embasados por uma teoria pesadíssima, a tal segunda parte do livro. E para essa teoria, os conceitos de significante e significado são fundamentais. O leigo até pode compreender e se divertir com os textos, mas nunca vai perceber o porquê do título sem compreender as relações descritas na segunda parte. E aí, é só para iniciados mesmo.

[Sobre "Digestivo nº 125"]

por Adriana
20/3/2003 às
17h57 200.241.203.251
(+) Adriana no Digestivo...
 
Inusitado
Caro W, já me associei ao Carlão para com uma previa avaliaçao da coleção selecionarmos os cds de nosso interesse e dividirmos a grana. Me chamou a atençao a série "Artistas 10 polegadas"(2 em 1)pelo inusitado(ou sei lá o que).

[Sobre "Odeon 100 Anos: o segundo lote de reciclados"]

por Gil Fernandes de Sá
19/3/2003 às
21h26 200.164.136.251
(+) Gil Fernandes de Sá no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Travessia 12 v 5 nº 12
Zahidé L. Muzart (org)
Ufsc
(1987)



O Espetacular Homem Aranha Um Dia a Mais
Stan Lee e Steve Ditko
Panini
(2021)



Diálogos Plausíveis Mas Improváveis
Viviane Domingues
Ateniense
(1994)



Trajetórias das Desigualdades -
Marta Arretche
Unesp
(2015)



Cebolinha Nº 79
Mauricio de Souza
Abril
(1979)



Confesso Que Vivi
Pablo Neruda
Difel
(1979)



A Vida é Feita de Escolhas
Dalcides Biscalquin
Loyola
(2011)



Isso Sim, é Real...
César Azambuja
Polis
(2004)



Til
José de Alencar
Melhoramentos
(2012)



De Tudo Que Mora Em Mim
Gabriel Chalita
Planeta
(2012)





busca | avançada
54465 visitas/dia
2,0 milhão/mês