Digno de Rubem Braga | Otávio

busca | avançada
54198 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
Últimos Posts
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Poesia BR em Paris
>>> Animismo
>>> E Éramos Todos Thunderbirds
>>> Lares & Lugares
>>> Arco da Crise
>>> 24 Horas: os medos e a fragilidade da América
>>> Elesbão: escravo, enforcado, esquartejado
>>> Precisa-se de empregada feia. Bem feia.
>>> I won’t dance, don’t ask me
>>> Sultão & Bonifácio, parte I
Mais Recentes
>>> Cabo Anselmo - Minha Verdade de José Anselmo dos Santos pela Matrix (2015)
>>> Pablo Escobar Em Flagrante - O que meu Pai nunca me contou de Juan Pablo Escobar pela Planeta (2017)
>>> Oiobomé - A epopeia de uma nação de Nei Lopes pela Agir (2010)
>>> Simplicidade e Plenitude de Sarah Ban Breathnach pela Ediouro (2000)
>>> A Expedição da Esperança. de Neltair Pithan e Silva pela Nativa (2002)
>>> Futuro Espiritual da Terra ( Espiritismo ) de Samuel Gomes pela Dufax (2016)
>>> D. Leopoldina - a História Não Contada de Paulo Rezzutti pela Leya (2017)
>>> Maíra de Darcy Ribeiro pela Círculo do Livro (1977)
>>> O Poder da Autorresponsabilidade - A ferramenta comprovada que gera alta performance e resultados em pouco tempo de Paulo Vieira pela Gente (2018)
>>> A Face Oculta da Medicina de Paulo Cesar Fructuoso pela Lar de Frei Luiz (2013)
>>> Morte a Vossa Excelência - Entenda a verdadeira história do juiz que desafiou e abalou a máfia de Alexander Stille pela Citadel (2020)
>>> Curso de Filosofia de Régis Jolivet pela Agir (1965)
>>> O Menino do Pijama Listrado de John Boyne pela Seguinte (2007)
>>> Tiro no coração - A história de um assassino de Mikal Gilmore pela Companhia das letras (1996)
>>> Os Olhos Dourados do Ódio de José Carlos Oliveira pela José Alvaro
>>> Os quarenta dias de Musa Dagh de Franz Werfel pela Paz e Terra (1995)
>>> É isto um homem? de Primo Levi pela Rocco (1998)
>>> O Romance da Atlântida de Taylor Caldwell e Jess Stearn pela Record (1975)
>>> Dentro e fora da Broadway - O teatro moderno norte-americano de Jean Gould pela Bloch (1968)
>>> O melhor de Carmen da Silva - A arte de ser mulher de Laura Taves Civita (Org.) & Julia Tavares pela Rosa dos tempos (1994)
>>> Introdução à Filosofia de Julián Marias pela Livraria Duas Cidades (1966)
>>> Shalimar, o equilibrista de Salman Rushdie pela Companhia das letras (2005)
>>> Canhões de agosto de Barbara W. Tuchman pela Objetiva (1994)
>>> Vínculos do fogo de Alberto Dines pela Companhia das letras (1992)
>>> Massa e poder de Elias Canetti pela Melhoramentos (1983)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 22/5/2003
Comentários
Leitores


Digno de Rubem Braga
Eduardo, com certeza, se fossemos mais gatos e menos seres humanos seriamos melhores. seu trecho me lembra em muito o grande urso da ipanema. Talves seja isso que nos falte, um senso gato para viver a nossa boa vida. Parabénes pelo texto. Um abraço Otávio

[Sobre "Silêncio nas trevas"]

por Otávio
22/5/2003 às
19h55 200.246.210.5
(+) Otávio no Digestivo...
 
ótimo da cabeça, mas...
“A descoberta do clarinete por Mozart foi uma contribuição maior do que tudo que a África nos deu até hoje.” (Paulo Francis, que era ótimo da cabeça, mas doente do pé)

[Sobre "Digestivo nº 134"]

por Sérgio de Oliveira
20/5/2003 às
15h10 200.207.2.221
(+) Sérgio de Oliveira no Digestivo...
 
Grande texto, grande Francis
Minha admiração pelo trabalho do Paulo Francis começou faz dez anos. Ela foi constrída pela coluna do jornal, pelos livros e aparições no Jornal da Globo. Uma entrevista dele no Roda-viva, em 96 ou 97, foi o máximo, era o lançamento do livro Dicionário da Corte. Quem via Paulo Francis na tv poderia achá-lo mal-educado e pretensioso, arrogante. Porém, uma leitura mais cuidadosa revelaria, como este texto de Daniel Piza, um homem gentil, bem-humorado e extremamente inteligente. O Paulo Francis faz uma falta neste mundo tão chato, tão politicamente correto, tão politicamente insosso. Não o conheci pessoalmente, pena, realmente uma pena.

[Sobre "Fragmentos de um Paulo Francis amoroso"]

por emerson wsolek
20/5/2003 às
09h26 200.189.112.10
(+) emerson wsolek no Digestivo...
 
Muito bom
O autor fez uma bela resenha do filme

[Sobre "Babenco traz sua visão do país Carandiru"]

por Piero Floripa
19/5/2003 às
16h54 200.214.130.18
(+) Piero Floripa no Digestivo...
 
Acabo de ler pela 2ª. vez
Acabo de ler pela 2ª. vez o excelente texto de Lauro Machado Coelho, que esta me ajudando a preparar um trabalho dirigido a formação de platéias para musica erudita.

[Sobre "A Música Erudita no Brasil"]

por Luiz Dividino
17/5/2003 às
11h53 200.193.162.201
(+) Luiz Dividino no Digestivo...
 
Fonseca fenece
A obra de Rubem Fonseca captou, antes de qualquer sociólogo, o tom que a violência tomaria no Brasil pós-anos 80. Mas, claro, isso não quer dizer que estamos diante de um novo gênio das letras. que ele está decaindo, é visível. que tem seguidores medíocres, de quinta mesmo, como Patrícia Melo, sabemos mais ainda. Julio, seu texto foi um bom diagnóstico da situação apontando os bons tempos do Fonseca e o fenecimento de hoje.

[Sobre "Rubem Fonseca e a inocência literária perdida"]

por jardel
16/5/2003 às
19h43 200.218.225.10
(+) jardel no Digestivo...
 
Ressonância literária
Sempre considerei Rufo um grande autor. Não somente pela linguagem incisiva, bem colocada e rápida. Mas, pela maneira de tratar a realidade urbana, as contradições existentes na sociedade, pontualmente amplificada no papel do escritor “comedor”. A tentativa de compreender o mundo por meio da literatura, essa verossimilhança, é o recheio mais saboroso da obra de Fonseca. Em o "Diário...", a metáfora é novamente realçada. E certamente, não podemos desqualificar ou reduzir a obra, simplesmente pela repetição. Vejo tal referência como recurso literário e não o esquartejamento da criatividade.

[Sobre "Rubem Fonseca e a inocência literária perdida"]

por Rodrigo Rossi
16/5/2003 às
09h50 200.160.22.66
(+) Rodrigo Rossi no Digestivo...
 
Frida
Agora é o filme “Frida”...podemos começar falando que ele é superficial, que soa mal por ser narrado em inglês (ela era super nacionalista), mal montado (que pena!), cheio de clichês e querendo, dá para apontar mais alguns deslizes ...mas ele é bonito, bem humorado, com ótimas animações, gostoso de assistir ...pela Frida, Diego Rivera, o México daquela época, as músicas, a revolução, a turma toda (Siqueiros, Trotsky, Rockfeller, André Breton, Picasso...) ...e quando, sem a gente querer, o filme acaba e já estamos de alma lavada...ouvimos Caetano Veloso cantando Burn It Blue. Muito legal!

[Sobre "Frida Kahlo e Diego Rivera nas telas"]

por manduka
15/5/2003 às
14h16 200.148.111.8
(+) manduka no Digestivo...
 
É isso mesmo
Muito bom. É isso mesmo.

[Sobre "Marketing do tempo das cavernas"]

por J. D. Baggio
15/5/2003 às
14h03 200.181.183.5
(+) J. D. Baggio no Digestivo...
 
O drama de Frida Khalo
Meu caro Julio Daio:você entendeu mais que o filme,a vida Frida Khalo,uma pintora que fez um diário pictórico,em vez de pintar a revolução.Seu artigo mostra o drama da vida da artista mexicana que, se não era uma grande pintora,surpreendeu o mundo com sua coragem e obsessão pela Arte.Um dos seus melhores artigos.O filme passa todas as informações necessárias de que um crítico precisa para analisar a vida e a obra de Frida Khalo,mas nem todos pensam igual.O drama da pintora mexicana é mais um exemplo de vida que um exemplo de arte, e você teve a lucidez de transportar tudo isso para o seu artigo. Parabéns.AB.

[Sobre "Frida Kahlo e Diego Rivera nas telas"]

por AlbertoBeuttenmüller
14/5/2003 às
07h56 200.158.60.111
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Os Reis Magos
Nani
Desiderata
(2006)



Eugênia Grandet
Honoré de Balzac
Abril Cultural
(1981)



O Coração de Meu João
Hericka Medeiros
Pandorga
(2014)



O Sol Se Põe na Tinturaria Yamada - 1ª Edição
Cláudio Fragata
Pulo do Gato
(2017)



Urso Benjamim Pede Desculpas
Claire Freedman
Hagnos
(2008)



É Proibido Calar! Precisamos Falar De Ética E Cidadania
MODIFICAR
MODIFICAR



Concreto Armado - Eu Te Amo - Vai para a Obra - 1ª Edição
Manoel Henrique Campos Botelho
Edgard Blucher
(2016)



Otaku os Filhos do Virtual
Étienne Barral
Senac
(2000)



Assim Falava Zaratustra - um Livro para Todos e para Ninguém/6ª Edição
Friedrich Nietzsche
Vozes
(2011)



Gagueiras Infantis
Claudia Regina Furquim de Andrade
Prófono
(1999)





busca | avançada
54198 visitas/dia
2,2 milhões/mês