Pré-Hefner, pré-Gugu, pré-Rufo | Jean Scharlau

busca | avançada
80910 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Contos do Índio e da Floresta estreia dias 03 e 04 de outubro na Sympla Streaming
>>> “Conversa de Criança – Coronavírus” discute o acolhimento das emoções das crianças durante pandemia
>>> São Paulo ganha grafitti gigante que propõe reflexão sobre igualdade racial
>>> Buena Onda Reggae Club faz maratona de shows online a partir de 1ª de outubro
>>> Filó Machado e Felipe Machado dividem o palco em show online pelo CulturaEmCasa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> The perfect servant
>>> Trauma a ser evitado
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> 28 de Abril #digestivo10anos
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> O jornalismo que dá nojo
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Útil paisagem
>>> O Brasil da inovação
Mais Recentes
>>> A Ira dos Anjos de Sidney Sheldon pela Nova Cultural (1985)
>>> Nada Dura Para Sempre de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1998)
>>> Um Estranho no Espelho de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1987)
>>> O Outro Lado da Meia-Noite de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1989)
>>> Palavras que Curam - A força terapêutica das hist. bíblicas de Walther H, Lechler/Alfred Meier pela Prestígio (2006)
>>> A História da Primeira Guerra Mundial. 1914-1918 - Com 4 Volumes de David Stevenson pela Novo Século (2018)
>>> Wild Cards: Ases Nas Alturas - Livro 2 de George R. R. Martin pela Leya (2013)
>>> Wild Cards: Guerra aos Curingas - Livro 9 de George R. R. Martin pela Leya (2018)
>>> Wild Cards: Luta de Valetes - Livro 8 de George R. R. Martin pela Leya (2017)
>>> Wild Cards: Ás na Manga: Livro 6 de George R. R. Martin pela Leya (2017)
>>> Pense e Enriqueça - para Mulheres Texto Completo de Sharon Lechter pela CDG Grupo Editorial (2017)
>>> Atitude Mental Positiva de Napoleon Hill pela CDG Grupo Editorial (2015)
>>> O Caso dos Dez Negrinhos de Agatha Christie pela Círculo do Livro (1975)
>>> Mistério no Caribe de Agatha Christie pela Nova Cultural (1964)
>>> Sebastiana Quebra Galho Guia Prático das donas de casa 16ªed. de Nenzinha Machado Salles pela Civilização Brasileira (1994)
>>> Assassinato no Expresso do Oriente de Agatha Christie pela Nova Fronteira
>>> Cem Anos de Solidão de Gabriel García Marquez pela Sabiá (1971)
>>> Melhor que comprar sapatos de Cristiane Cardoso pela Unipro (2015)
>>> Imposto sobre a propriedade territorial rural de Dejalma de Campos pela Atlas (1993)
>>> Archi de soleil de Patrick Bardou e Varoujan Arzoumanian pela Parenthèses (1978)
>>> Passo a passos de Ioberto Tatsch Banunas pela Sulina (1997)
>>> A máquina de fazer espanhóis- 2ª ed. de Valter Hugo Mãe pela BIblioteca Azul- Globo (2016)
>>> Memórias 2º volume - A Aliança Liberal e a Revolução de 1930 de João Neves da Fontoura pela Globo (1963)
>>> Sofrimento como lidar? de Adriano Rocha pela Conselho (2014)
>>> Manuscrito revista de Filosofia Volume II No 2 abril 1979 de Gérard Lebrun, Herman Parret, Yuval Lurie e outros pela Unicamp (1979)
>>> Ele ela 71 março 1975 de Diversos autores pela Bloch (1975)
>>> Tex especial de férias 10 de Mythos editora pela Mythos (2011)
>>> Novo Vocabulário Político Volume Um - Hegemonia e Pluralismo de Pedro Claudio Cunca Bocayuva; Sandra Mayrink Veiga pela Fase-Vozes (1992)
>>> Costos sociales de las reformas neoliberales en America Latina de Anita Kon / Catalina Banko / Dorothea Melcher / Maria Cristina pela Miguel Á. Garcia / Venezuela (2000)
>>> Ícone de Frederick Forsyth pela Record (1997)
>>> Câes de guerra de Frederick Forsyth pela Circulo do Livro (1974)
>>> Gre-nalzinho é sempre gre-nalzinho de Kalunga pela Maneco (2011)
>>> Receitas Comemorativas de Rede feminina de combate ao cancer pela Do autor (1999)
>>> Sob Pressão de Bruce Hoverd pela Gente (2015)
>>> Ai comprei um bode e um bezerro de Nilton Ferreira pela Kirios (2013)
>>> Casa de vó é sempre domingo de Marina Martinez pela Nova Fronteira (2014)
>>> O mundo de Sofia de Jostein Gaarder pela Jostein Gaarder (1996)
>>> Introdução à psicologia vol. 100 de Ernest R. Hilgard / ///Richard C. Atkinson pela Nacional (1979)
>>> Teologia do Antigo Testamemto de Eugene H. Merriell pela Shedd (2009)
>>> Scientia et Virtus Julho 1956 de Colegio Estadoal Lemos Junior pela Do autor (1956)
>>> La guerra de Matisse de Peter Everett pela Circe (1998)
>>> Compêndio de Teologia Apologética de François Turretine pela Cultura Cristã (2011)
>>> Alergia na infância de Maria Candida Faria Rizzo pela Lemos (2002)
>>> Archivos de la universidad de Buenos Aires año 26 n 1 de Diversos autores pela Meuba (1951)
>>> Anais do Primeiro congresso de câmaras Municipais do estado de São Paulo 1° volume de Diversos autores pela Ibge (1948)
>>> Os filhos da África em Portugal: Antropologia, multiculturalidade e educação (2ªed.) de Neusa Maria Mendes de Gusmão pela Autêntica (2006)
>>> A arte de desenhar Perspectiva 14 de Renato Silva pela Conquista
>>> Almanaque do tchê! de Diversos autores pela Tchê (1984)
>>> Cinderela - coleção fantasminha de Cordélia Dias D'Aguiar pela Ediouro (1975)
>>> Signale der Sinnlichkeit erotik de Wolf Donner pela Whilhelm heyne (1989)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 11/7/2003
Comentários
Leitores


Pré-Hefner, pré-Gugu, pré-Rufo
Olha Julio, esta é uma charada barata: fácil de matar. Em 1946 não existia a Playboy, a Capricho, a Ele e Ela, a Contigo. Não existia a tv. No cinema passavam filmes para a família; Carlitos era ousado. As rádios tocavam marchinhas e sambas-canção, novelas moralistas (se é que já as havia) e noticiários sóbrios. Por um lado, lia-se mais livros. Por outro, havia carência extrema de qualquer informação bem definida e expressiva que tratasse da temática sexual e amorosa, ou a explorasse de um modo não sofisticado. Esta lacuna foi preenchida por Nelson Rodrigues, e seu texto conseguia, se não satisfazer, instigar e corresponder-se com as expectativas de homens e mulheres. Depois o tema sexual-amoroso-popular tornou-se um imenso e segmentado mercado. Que tal este tema para um ensaio?

[Sobre "Digestivo nº 139"]

por Jean Scharlau
11/7/2003 às
21h20 200.203.38.51
(+) Jean Scharlau no Digestivo...
 
A "lavagem" de Lulu Santos
Quer dizer então que o subproduto de Lulu Santos é arte? Achava que era mercadoria. Agradeço ao articulista pelo esclarecimento. P.S. Aos incautos, aviso que se trata de uma ironia.

[Sobre "Lulu Santos versus Faustão"]

por Fabio Cardoso
11/7/2003 às
08h43 200.186.151.97
(+) Fabio Cardoso no Digestivo...
 
Matrix é internet
Matrix é a linguagem da internet. Rica em possibilidades mas que nos induz a superficialidade. Fragmentado. Agradável aos olhos. Para saber mais é preciso clicar mais: seja no site, animatix ou em outro meio que ainda há de vir.

[Sobre "Matrix, Reloaded e Revolutions"]

por Patrícia Machado
9/7/2003 às
17h35 200.206.165.209
(+) Patrícia Machado no Digestivo...
 
Bem redigido
Bem redigido, o texto. Gostaria de mais informações sobre o próprio Cyrano. A citada obra é acessível?

[Sobre "Cyrano de Bergerac"]

por lério
9/7/2003 às
12h26 200.198.147.29
(+) lério no Digestivo...
 
Gostei muito
Muito informativo, bem escrito, claro e objetivo. Gostei muito.

[Sobre "O cinema mordaz de Billy Wilder"]

por Iara Sydenstricker
8/7/2003 às
16h01 200.187.7.193
(+) Iara Sydenstricker no Digestivo...
 
Que recém-chegado sabe sair?
Metade da população mundial viver na pobreza-miséria é horrível. Já metade da população mundial viver acima da linha de pobreza-miséria é ótimo. Isto quer dizer que está um por um. Se um do lado de cá alcançar a mão e içar um do lado de lá, a balança pende menos de um bilionésimo, agora se cada um do lado de cá estender a sua mão e içar apenas um do lado de lá, nós trazemos todo mundo, colocamos o barco no prumo. Não sou um conhecedor de história, mas parece-me que já estivemos várias vezes em situações bem mais desproporcionadas e para pior. Como aumentamos muito em número, ficaram mais evidentes a pobreza e a riqueza, salta mais aos olhos a disparidade e os problemas advindos daí. Não recomendo o conformismo, nem o pessimismo, sequer o realismo, ou o otimismo, todos causas de imobilismo, mas um pragmatismo positivo, para consigo e para com os outros, e que dentre esses outros esteja um dos outros aqueles, que afogam-se sob a linha da pobreza, a linha que demarca nosso medo, o medo de que ao estender a mão seremos puxados para baixo. Este medo não tem razão, porque quem se debate sob a linha d'água quer é ser guindado e não afundar outro. Quanto à pobreza e ao empobrecimento/embrutecimento cultural especificamente, sim é um fato, porém em grande medida por conta da imensa quantidade de informações disponíveis, o que tende a levar a uma impressão generalizada de banalização. Quando há super oferta o preço fica vil, joga-se a mercadoria fora, deixa-mo-la apodrecer, e quando tudo nos parece valer pouco ou nada, as próprias referências ficam prejudicadas, já não se fazendo muita distinção entre grama, litro, ou metro. O caos, ao perdurar, leva ao vazio, que leva à necessidade, que leva à busca, que volta a por preço no que é buscado. Uma vez, não há muito tempo, só tínhamos rádios AM e dois ou três canais de tv, não muito diferentes do que há hoje, e sobrevivemos. Depois vieram as FM, mais canais de tv e os vídeo-cassetes. Até hoje, com a tv por assinatura, o cd e o dvd, parece-me continuarmos quase na mesma. O que faz diferença é a internet, ainda pouco usada. O resto continua sendo, na quase totalidade, entretenimento e colonização. O i-reality show perfeito é o ser ibopapável olhando na tv seu brother, que em frente à sua big tv olha outro brother, que em frente à sua tv olha outro brother e assim por diante.

[Sobre "A pobreza cultural nossa de cada dia"]

por Jean Scharlau
7/7/2003 às
05h36 200.180.176.167
(+) Jean Scharlau no Digestivo...
 
Cuidado com o amor virtual
olha minha historia de amor virtual: no dia do 12/05/2002, conheci um homem q parecia maravilhoso, eu tinha acabado de sair de uma historia de 5 anos, ele foi um amor comigo, ate q depois começou a mostrar sua verdadeira face deu varios golpes em minha cidade e agora ninguem localiza ele. portanto quero pedir as pessoas q tomem cuidado com esta historia de amor virtual, peço q curem suas carências primeiro p/ depois acreditar nas historias q sao contadas nas salas de bate papo ou em sites de relacionamento. cuidado pessoal, o relacionamento tradicional ainda e o melhor, zele pelo seu bem estar afetivo. cuidado com os principes encatados virtuais, pois eles podem se tornar verdadeiros sapos...

[Sobre "A internet e o amor virtual"]

por luciene
6/7/2003 às
16h30 200.175.154.202
(+) luciene no Digestivo...
 
A Passarela do Preconceito
Ótima a crônica. Finalmente alguém fugiu do "politicamente correto". Os próprios GLS é que alimentam o preconceito. Aliás uma posição muito cômoda. Só assim podem obter ajuda do Estado e fazer uma cidade de passarela. Eles querem é flash!

[Sobre "Preconceito invertido"]

por Jean
6/7/2003 à
00h36 200.247.89.11
(+) Jean no Digestivo...
 
Por um outro Da Vinci
Ao que parece, este texto mostra nada mais óbvio, que Leonardo Da Vinci era antes de tudo um homem normal mais do que muitos, e também um grande artista. Seus inventos, loucuras, desenhos, obras inacabadas e outras citações, refletem a banalidade despretenciosa de qualquer pessoa dotada de uma certa dose de sabedoria e que é despertado para pensar,analisar, escrever, mostrar ou não. Enfim: - Jamais saberemos o que este artista pretenderia com seus feitos. O que nos interessa e sabemos sem suposições é que Da Vinci usou também seus dons durante toda a sua existência realizando preciosas obras de arte de talento tão grandioso, que todos os homens atuais, artistas, críticos, leigos, deveriam ter o direito de parar por alguns instantes e somente "apreciar" a beleza imensurável de cada obra sua. Talvez seríamos menos problemáticos, mais felizes, menos pobres e menos juízes das mentes alheias.O resto, não nos interessa mais. Passou, nunca ninguém saberá dizer o que Da Vinci pretendia com suas "loucuras". A beleza grandiosa que ficou impressa em suas obras, esta é que nos interessa. É infinita

[Sobre "Por um outro Da Vinci"]

por Ana Ascencio
5/7/2003 às
02h07 200.171.251.245
(+) Ana Ascencio no Digestivo...
 
Palhaçada
É verdade mesmo, Fabio. Eu nunca vi tanta gente malhar o Michael Moore como aqui no Brasil. Nosso povo não vale nada, mesmo... Concordo que o Moore pode não ser lá tudo isso, que tem o rabo preso ou que faz jogo de cena... Mas daí a só meter o pau no cara é demais! Se Moore fosse um francês, os brasileirinhos todos aplaudiriam seus discursos....

[Sobre "A Oposição Adestrada"]

por Juliano Maesano
4/7/2003 às
12h46 200.158.145.103
(+) Juliano Maesano no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PREDESTINADOS
JOSEPHINE ANGELINI; ANA DANTAS
INTRINSECA
(2012)
R$ 12,00



STUDI SULLA VOCAZIONE
E. VALENTINI
SOCIETA EDITRICE
(1953)
R$ 78,20



A PROTEÇÃO DO DIREITO A PRIVACIDADE FAMILIAR NA INTERNET
IRMA PEREIRA MACEIRA
LUMEN JURIS
(2015)
R$ 50,00



OS MISTÉRIOS EGÍPCIOS
ARTHUR VERSLUIS
CIRCULO DO LIVRO
(1994)
R$ 20,00



A DICTIONARY OF FOREIGN WORDS E PHRASES IN CURRENT ENGLISH
ALAN BLISS
ROUTLEDGE & KEGAN PAUL
(1987)
R$ 46,28



AS PUPILAS DO SENHOR REITOR - CRÔNICA DA ALDEIA
JÚLIO DINIS
CULTRIX
(1971)
R$ 8,46



O FANTASMA TRAVESTI
SYLVIA ORTHOF
ESPAÇO E TEMPO
(1988)
R$ 20,00



COMUNIQUE-SE! COMUNÍQUESE!
MÔNICA GIGLIO ARMANDO E SAMANTHA DA ROCHA CONCEIÇÃ
STS
(1999)
R$ 5,00



REVISTA DE LINGUA PORTUGUESA, Nº 16
LAUDELINO FREIRE
NÃO INFORMADO
(1922)
R$ 22,33



CRIANDO MENINOS
STEVE BIDDULPH
FUNDAMENTO
(2002)
R$ 27,00





busca | avançada
80910 visitas/dia
2,2 milhões/mês