a imagem do nosso País | Bernardo B Carvalho

busca | avançada
72339 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Bora Pro Baile: Doente do Pé
>>> Os Artivistas: Carlos Scliar e Cildo Meireles
>>> Dois Dobrado - Show especial de São João
>>> Série Brasil Visual tem pré-estreia neste sábado no RJ e estreia dia 25/6, no canal Curta!
>>> Thiago Monteiro apresenta seu primeiro álbum autoral “Despretensioso”, em Rib. Preto - 25/06
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang aos formandos do Caltech
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
Últimos Posts
>>> Cortando despesas
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Youtube, o mega-saldão de verão
>>> A poética anárquica de Paulo Leminski
>>> A poética anárquica de Paulo Leminski
>>> A poética anárquica de Paulo Leminski
>>> O enigma da 21ª letra
>>> Flip 2008: Vídeos das Mesas
>>> Fiebre de Tu Mente
>>> Um olhar sobre Múcio Teixeira
>>> Anotações do Jardineiro
>>> O hiperconto e a literatura digital
Mais Recentes
>>> As Sete Vidas De Fenelon de Hermínio C. Miranda pela Lachatre (2019)
>>> 99 Não é 100 de João Paulo pela Quatro Ventos (2024)
>>> A Bolsa de Ilan Brenman, Loly e Bernardilla pela Brinque-Book (2012)
>>> Magra E Poderosa de Freedman pela Intrinseca (2007)
>>> Fama e Anonimato de Gay Talese pela Companhia das Letras (2004)
>>> Livro Infantil Funny Creek de Rafael Scavone pela Pipoca & Nanquim (2020)
>>> Redençao de Leon Uris pela Record (1996)
>>> Homenagem a manuel bandeira de Editora Hamburg pela Hamburg (1986)
>>> Planejamento Estratégico - Conceitos, Metodologia E Práticas de Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira pela Atlas (2003)
>>> A Formação Da Cristandade Das Origens Na Tradição judaico cristã à ascensão e queda da unidade medieval de Christopher Dawson pela É Realizações (2014)
>>> De Ponta Cabeça de Otavio Frias Filho pela 34 (2000)
>>> Livro Turismo Guia As Melhores Viagens de Carro Itália Série Roteiros Inesquecíveis de Paul Duncan Tradução Otacílio Nunes pela Publifolha (2011)
>>> Livro Infanto Juvenis Ela e Outras Mulheres de Luiz Galdino pela Atica (1988)
>>> Crescimento Radical de Havilah Cunnington pela Chara (2018)
>>> Ninguém é de Ferro de Santiago pela L&pm (1993)
>>> Pandora de Mary Sheldon pela Record (2006)
>>> Senda Redentora de Gilson Freire pela Inede (2011)
>>> Minha Boca Está Pelada! de Goimar Dantas, Mariana Erthal pela Escrita Fina (2013)
>>> Poesia Viva : Antologia Nº2 Ano 2 de Leda Miranda Huhne pela Uapê (1996)
>>> Persuasão de Jane Austen pela Pe Da Letra (2021)
>>> Teoria da Comunicação - Conceitos, Mídias, Profissões de Felipe Pena pela Thomson (2005)
>>> Iliada: A Guerra De Troia de Menelaos Stephanides pela Odysseus (2000)
>>> Manual De Dietas Hospitalares Em Pediatria de Ana Paula Alves Da Silva E Outras pela Atheneu - Rj (2006)
>>> A Grande Convenção dos Sapos de Leo Cunha pela Globinho (2022)
>>> Livro Infantil Procurar e Encontrar Contos Clássicos de Ciranda Cultural pela Ciranda Cultural (2021)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 8/7/2004
Comentários
Leitores

a imagem do nosso País
Cara Daniela, embora me solidarize com seus sentimentos, sou forçado a lembrar que, infelizmente, essa imagem errada do nosso País foi/é criada/mantida por nós mesmos, com a nossa educação fundamental risível, a grade risível da progamação de nossas redes de televisão, a miopia da maioria de nossos políticos e o espiríto mafioso de parte de nossos governantes. Veja uma sitação interessante: morei quase minha vida toda em Fortaleza-CE. Quando comento esse fato, as pessoas elogiam a cidade, que é bonita, que cresceu, que isso, que aquilo. Ocorre que, faço sempre questão de registar, Fortaleza tem perdido cada vez sua identidade, ela não pertence mais aos seus moradores, mais ao "espírito global" de italianos, argentinos e agora portugueses, que "investem" na cidade, com restaurantes, hotéis, restaurantes, hotéis... Por que acontece isso? Pela pobreza do povo e pela falta de uma cultura local forte (coisa que não ocorre em Salvador ou mesmo em Recife). Um povo assim é presa fácil de qualquer outro povo, de qualquer negócio. Abs e parabéns pelos seus artigos, notadamente o do Dia D.

[Sobre "Brasil em alemão"]

por Bernardo B Carvalho
8/7/2004 às
13h34 200.181.49.139
(+) Bernardo B Carvalho no Digestivo...
 
Por Tutatis!
Puxa, Andréa, a sua descrição com os livros espalhados pela casa e com as histórias espalhadas na nossa memória me é tão familiar que nem sei o que dizer! Por Tutatis!

[Sobre "Por Tutatis!"]

por Heloisa Pait
8/7/2004 às
11h37 151.203.212.210
(+) Heloisa Pait no Digestivo...
 
+ um fã da Ana Elisa
Ana Elisa, peço licença e gostaria de fazer parte do fã clube que a Fabiana Carvalho sugeriu. Posso? Aurélio Prieto, São Paulo Capital

[Sobre "O amor e as prateleiras de livros"]

por Aurélio Prieto
7/7/2004 às
05h44 200.158.52.220
(+) Aurélio Prieto no Digestivo...
 
Filmes de saiote
Sérgio, o que me parece delicioso, estimulante como exercício de divagação (aplicável à criação ficcional), é imaginar como teriam sido as conversas íntimas entre Caio Júlio César e Cleópatra (Cleopatra, sem acento, certo?), por exemplo. Como teria sido o "approach"? Qual teria sido a atitude de um em relação ao outro, quando havia tanto a jogar, a perder e a ganhar? Como cada um dos peões nesse jogo político encarava o "affair" e dele partia para o discurso público, para a atuação política? Consta que o debilitado e decadente Napoleão Bonaparte, na iminência da derrota em Waterloo, teria dito isto aos seus ordenanças: "Reforços! Como esperam que eu lhes dê mais soldados? Esperam que eu possa... pari-los?". O Cinema "épico" ou "histórico" procura trazer ao público (tantas vezes de modo assumidamente desonesto ou apenas irresponsável) exatamente a maneira como personagens históricas agiam, interagiam, como se comportavam, como falavam, e principalmente qual era a força que movia ou motivava as suas vidas. Em um sentido mais abrangente, essas personagens notáveis ajudavam a traçar os parâmetros para um modelo de comportamento aplicável aos seus sucessores, quem sabe à posteridade. Um filme épico cujas falas e cuja atmosfera me pareciam mais elaboradas (The Warlord, direção de Franklin Schaffner), foi impiedosamente arruinado na edição, por imposição dos produtores, que pretendiam vender um filme "movimentado, um filme de ação". Toda vez que revejo esse filme verdadeiramente medieval, fico me perguntando como teria sido se tantas cenas e tantos diálogos não tivessem sido criminosamente eliminados. A lembrança da cena em que a Cleó(o)patra de Elizabeth Taylor faz sua entrada triunfal em Roma deve merecer o meu comentário bem particular. Desde ainda criança, fiquei extasiado, abismado com esse prodígio kitsch de Hollywood. Nenhuma cena poderia ser mais bombástica, majestosa, espetacular. Como se fosse uma alegoria carnavalesca em versão peso-pesado, dezenas de escravos musculosos carregavam nos ombros o peso de uma liteira descomunal em forma de esfinge. Dessa esfinge que parecia de chumbo, pontificava em traje de ouro puro a soberana do Egito, e de certa forma, naquele exato momento, a soberana da própria Roma. A música de Alex North para essa cena é inesquecível. Primeiro as trombetas anunciam em notas clamantes e triunfantes de fanfarra a chegada do séquito real do Egito. Flores são atiradas à passagem veloz dos carros de guerra, e tem iníci

[Sobre "Filmes de saiote"]

por Roberto Valderramos
6/7/2004 às
20h35 200.184.161.120
(+) Roberto Valderramos no Digestivo...
 
mini-séries da Globo
Sempre lamento o fato de a TV Globo transmitir seus melhores programas, que são as mini-séries, sempre tão tarde. Tenho certeza que muitas pessoas que precisam acordar cedo para trabalhar, como eu não, conseguem ficar vendo televisão até esse horário. Se programas primorosos, feito Os Maias, fossem transmitidos em horários mais acessíveis, provavelmente teriam muito mais telespectadores.

[Sobre "Digestivo nº 182"]

por Marilia Araujo
6/7/2004 às
13h56 169.252.4.21
(+) Marilia Araujo no Digestivo...
 
Cazuza: um anti-herói
É bastante confortável ver da poltrona do cinema um anti-herói politicamente incorreto se transformar em herói, de certa maneira nos indicando o que vale a pena na vida. Todavia, em seu texto gostei da percepção dessa inversão, que marca o filme e o determina.

[Sobre "Cazuza e o retrato do artista quando jovem"]

por Martinho Junior
6/7/2004 às
10h05 200.177.9.227
(+) Martinho Junior no Digestivo...
 
nossa geração pós-cazuza
parabéns pelo texto. muito bom! nos fica um gosto de vida medíocre da nossa geração pós-cazuza, depois de ver a explosão vital de cazuza.

[Sobre "Cazuza e o retrato do artista quando jovem"]

por jardel
5/7/2004 às
13h28 200.218.225.10
(+) jardel no Digestivo...
 
Zélia Duncan
O disco "Eu me transformo em outras" - de Zélia Duncan - padece mesmo de direção mais apurada. Repertório, os autores, arranjos e músicos de primeira porém com resultado final beirando o banal tudo porque a interpretação de ZD é tão somente burocrática, não emociona, não decola, pelo contrário, a interpretação retira o brilho de peças que já se tornaram clássicas por outros intérpretes nem sempre melhores, mas certamente mais adequados. Outro aspecto negativo foi a conveniência mercadológica de gravar este disco quase todo de sambas enquanto o gênero é pauta de trilha sonora de novela, ou seja, quando o mercado está prontinho para consumir samba. Fácil viver assim.

[Sobre "Digestivo nº 181"]

por VValdemar Pavan
5/7/2004 às
13h10 200.158.164.12
(+) VValdemar Pavan no Digestivo...
 
Foi dada a partida
Luis, que bom texto vc. tem! Degustarei pouco a pouco, lenta e gradualmente. Well, foi dada a partida, a bola é sua. Bjs, Rose Schlesinger.

[Sobre "Uma grata surpresa"]

por Rose Schlesinger
5/7/2004 às
11h37 200.217.114.85
(+) Rose Schlesinger no Digestivo...
 
necessidade de escrever
Essa necessidade de escrever é abençoada, evita que apodreçamos em vida! Um beijão do teu super fã.

[Sobre "Por Tutatis!"]

por Ruy Barbosa
4/7/2004 às
21h41 200.193.175.96
(+) Ruy Barbosa no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro História Geral História da Leitura no Mundo Ocidental Volume 1 Coleção Múltiplas Escritas
Roger Chartier, Guglielmo Cavallo
Atica
(1998)



The Gift Horse - Report on a Life
Hildegard Knef
A Dell Book
(1972)



The Indian In The Cupboard
Lynne Reid Banks
Avon Books
(2003)



Conselho Não Se Dá: Um Guia Para Superar A Si Mesmo
Dr. Mark Epstein
Alta Books
(2019)



Livro Organização, o Planejamento e o Controle da Manutenção
Gil Branco Filho
Ciência Moderna
(2007)



A Casa de Avis - Calicute
Marcelo Mussuri
Novos Talentos
(2013)



Na Pele de Quem Paga - o Cliente Tem Sempre Razão?
Rodolfo Lima Martensen
Espm
(2011)



A Theory of Justice
John Rawls
Belknap
(2001)



Take It Easy - American Idioms
Pamela McPartland
Prentice-Hall
(1981)



Nalbert, a jornada de um líder
Marcelo Barreto
Casa da Palavra
(2012)





busca | avançada
72339 visitas/dia
2,3 milhões/mês