apaixonados por arte do Brasil | Felipe Radicetti

busca | avançada
32426 visitas/dia
955 mil/mês
Mais Recentes
>>> MANU LAFER APRESENTA SHOW NOBODY BUT YOU - TRIBUTO A KIKA SAMPAIO
>>> Sesc Belenzinho recebe a banda E a Terra Nunca me Pareceu Tão Distante
>>> Sesc Belenzinho recebe a atriz e cantora Zezé Motta
>>> Psicólogo lança livro de preparação para concurseiros usando a Terapia Cognitiva-Comportamental
>>> O Sertão na Canção: Guimarães Rosa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> K 466
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva
>>> No palco da vida, o feitiço do escritor
Colunistas
Últimos Posts
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
Últimos Posts
>>> Kleber Mendonça volta a Cannes com 'Bacurau'
>>> Nem só de ilusão vive o Cinema
>>> As Expectativas de um Recrutador e um Desempregado
>>> A Independência Angolana além de Pepetela
>>> Porque dizer adeus?
>>> Direções da véspera IV
>>> Direções da véspera IV
>>> A pílula da felicidade
>>> Dispendioso
>>> O mês do Cinemão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O físico que era médico
>>> O historiador das idéias
>>> Maria Antonieta, a última rainha da França
>>> Gentili sobre o 7 a 1
>>> Convivendo com a Gazeta e o Fim de Semana
>>> Uma pirueta, duas piruetas, bravo, bravo!
>>> O petista relutante
>>> Discurso de Isaac B. Singer
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A Vida e o Veneno de Wilson Simonal, por Ricardo Alexandre
Mais Recentes
>>> Inelegibilidades no Direito Brasileiro de Joel J. Cândido pela Edipro (2003)
>>> Recursos em matéria eleitoral de Tito Costa pela Revista dos Tribunais (2004)
>>> Direito Eleitoral & Questões Controvertidas de Antônio Carlos Martins Soares pela Lumen Juris (2008)
>>> Langage et pouvoir symbolique de Pierre Bourdieu pela Editions Fayard (2001)
>>> Les Règles de l'art de Pierre Bourdieu pela Editions du Seuil (1998)
>>> Princípios Estruturantes das Agências Reguladoras e os Mecanismos de Controle de Alexandra da Silva Amaral pela Lumen Juris (2008)
>>> Homo Academicus de Pierre Bourdieu pela Les Editions de Minuit (2005)
>>> A criança e a mídia: imagem, educação, participação de Cecilia Von Feilitzen; Ulla Carlsson pela Cortez (2002)
>>> Circulação internacional e formação intelectual das elites brasileiras de Ana Maria Almeida; Letícia Canêdo, Afrânio Garcia; Agueda Bittencourt pela Unicamp (2019)
>>> Crimes eleitorais de Suzana de Camargo Gomes pela Revista dos Tribunais (2008)
>>> Delegação e Avocação Administrativas de Regis Fernandes de Oliveira pela Revista dos Tribunais (2005)
>>> Probidade administrativa. Comentários à Lei 8.429/92 e legislação complementar de Marcelo Figueiredo pela Malheiros (2004)
>>> Inquérito Policial & Competências e Nulidades de Atos de Polícia Judiciária de Anderson Souza Daura pela Juruá (2008)
>>> Agora e Para Sempre Lara Jean de Jenny Han pela Intrínseca (2017)
>>> Michael Kohlhaas de Heinrich Von Kleist pela Grua (2014)
>>> Perícias judiciais de engenharia. Doutrina. Prática. Jurisprudência de Francisco Maia Neto pela Del Rey (1999)
>>> A Lição do Mestre de Henry James pela Grua (2014)
>>> Chega de Plástico de Varios Autores pela Sextante (2019)
>>> Os Doze Mandamentos de Sidney Sheldon pela Record (2011)
>>> O Outro de Bernhard Schlink pela Record (2009)
>>> Até Eu Te Encontrar de Graciela Mayrink pela Novas Páginas (2013)
>>> Abaixo de Zero de Bret Easton Ellis pela Rocco (1987)
>>> Suítes imperiais de Bret Easton Ellis pela Rocco (2011)
>>> Porto Seguro de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2013)
>>> Ação de Impugnação de Mandato Eletivo de José Rubens Costa pela Del Rey (2004)
>>> O Milagre de Nicholas Sparks pela Agir (2010)
>>> Zona de Perigo de Shirley Palmer pela Best Seller (2003)
>>> Da anulação ex officio do ato administrativo de João Antunes dos Santos Neto pela Fórum (2004)
>>> O Misterioso Caso de Styles de Agatha Christie pela Abril Cultural (1983)
>>> Conexões de Varios Autores pela Abril (2016)
>>> A Quarta Vítima de Théo Iemma pela Scortecci (2005)
>>> Crianças da Noite de Juliano Sasseron pela Novo Século (2011)
>>> Macunaíma de Mário de Andrade pela Ciranda Cultural (2016)
>>> Noite na Taverna de Álvares de Azevedo pela Avenida (2005)
>>> Financiamento de campanhas eleitorais de Denise Goulart Schlickmann pela Juruá (2007)
>>> Terra de Sombras de Alyson Noel pela Intrínseca (2013)
>>> Os Degraus do Pentágono de Norman Mailer pela Expressão e Cultura (1968)
>>> Infinito de Alyson Noel pela Intrínseca (2013)
>>> Serena de Ian McEwan pela Cia das Letras (2012)
>>> Comentáros à Lei de Responsabilidade Fiscal de Ives Gandra da Silva Martins & Carlos Valder do Nascimento & Organizadores pela Saraiva (2009)
>>> Estrela da Noite de Alyson Noel pela Intrínseca (2013)
>>> Reflexo de Antonio José pela Grafica da Bahia (1979)
>>> O Sol da Liberdade de Giselda L. Nicolelis pela Atual (1988)
>>> Procedimento Administrativo nos Tribunais de Contas e Câmaras Municipais de Rodrigo Valgas dos Santos pela Del Rey (2006)
>>> Vito Grandam de Ziraldo pela Melhoramentos (2005)
>>> Lei Eleitoral Comentada (lei 9. 504, de 30 de Setembro de 1997) de Renato Ventura Ribeiro pela Quartier Latin (2006)
>>> Manual de Direito Civil - Vol 3 Contratos e Declarações Unilaterais de Roberto Senise Lisboa pela Revista dos Tribunais (2005)
>>> Processo Civil. Técnicas e Procedimentos de Misael Montenegro Filho pela Atlas (2006)
>>> Código Civil Comentado IX Artigos 818 a 886. Direito das Obrigações de Carlos Fernando Mathias pela Atlas (2004)
>>> Direito Civil. Parte Geral de Guilherme Calmon Nogueira da Gama pela Atlas (2006)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 19/7/2004
Comentários
Leitores


apaixonados por arte do Brasil
Recebi o link para visitar este texto de um amigo em Portugal. Sou músico, compositor, e estive em Berlim em 97, no Berliner Ensamble, o teatro de Bertold Brecht, para intercambio cultural. Foi um prazer ler o seu texto, inspirador, e nosso grupo de discussão na internet, o Cantos do Brasil, inteiramente dedicado à difusão da música brasileira no exterior. Por um lado, muitos são os apaixonados pela arte brasileira, e como vc escreveu, muitos mais são os que não vêem o Brasil além de seus estereótipos. Estamos tentando fazer a nossa parte. Um abraço, muito sucesso, Felipe Radicetti

[Sobre "Brasil em alemão"]

por Felipe Radicetti
19/7/2004 às
21h36 200.220.16.133
(+) Felipe Radicetti no Digestivo...
 
drogas: falou tudo
fabio, sem mais palavras.... falou tudo

[Sobre "por que as drogas devem ser legalizadas"]

por Alucard
19/7/2004 às
11h20 200.138.252.172
(+) Alucard no Digestivo...
 
Silvio Santos gospel
Também gosto do R.R. Acho até que ele é um Silvio Santos gospel.

[Sobre "Ele é o Rei"]

por David Nadalini
19/7/2004 às
08h07 200.138.38.186
(+) David Nadalini no Digestivo...
 
a despedida do Pasquim21
Olá, Daio, seu artigo sobre a despedida do Pasquim21 está excelente. Estive na Flip e tive a oportunidade de assistir ao Ziraldo falando, entre outras coisas, sobre o fim do Pasquim. No meu tempo de juventude, o Pasquim era uma bandeira contra a ditadura militar. Num tempo em que as palavras eram censuradas, a charge e o humor agiam de forma fascinante. Acredito que quando o Pasquim21 retornou já veio fadado a ter uma vida breve. O muro de Berlim já caiu faz tempo e nossa esquerda está tendo a oportunidade de mostrar a que veio. Ziraldo falou que ele não teria coragem de fazer uma charge do Lula no avião novo, nem dos companheiros Genoino e Zé Dirceu enfiando a mão nas mesmas cumbucas tão criticadas. Infelizmente é isso aí!

[Sobre "Digestivo nº 184"]

por Vera Carvalho
18/7/2004 às
09h11 201.0.82.61
(+) Vera Carvalho no Digestivo...
 
Ziraldo, homem de nosso tempo
Sobre o que se diz a respeito do Ziraldo, só não posso concordar com a relação que se estabelece entre idade e inspiração. Os "moços" ainda estão produzindo muito e bem (o próprio Ziraldo ainda é best-seller da Melhoramentos), o problema é que a concorrência de informação é mais complexa. Creio eu que o veículo haveria de mudar o seu projeto e ainda talvez a periodicidade. Ziraldo tem um grande defeito sim. É impulsivo, mas sempre foi assim. É isso que faz o gênio do traço apontar, na última Flip, "Rebordosa" (do Angeli) como uma das três emblemáticas personagens femininas da literatura brasileira. A começar que já é complicado chamar "Quadrinho" de literatura (é uma outra coisa, com parâmetros próprios, mas, por exemplo, é dependente do visual, do traço, coisa que a literatura não é). Ele esqueceu de "Macabéa" (Clarice Lispector), as "Marias"(Rachel de Queiroz), "Sinha Vitória" e "Madalena" (Graciliano Ramos). Mas quem conhece o descompasso das opiniões do Ziraldo com a sua produção artística há de relevar seus impulsos. Na própria Flip, poucos palestrantes tiveram a capacidade de prender a atenção como Ziraldo. É ególatra, centralizador, mas adorável. É necessário.

[Sobre "Digestivo nº 184"]

por Arquimimo Novaes
18/7/2004 às
08h26 200.217.107.211
(+) Arquimimo Novaes no Digestivo...
 
crítica: tema para discussão
"Por que a crítica, hoje, não é bem-vinda" nos esclarece, justamente porque separa o joio do trigo: um texto sério e muito agradável para se ler, reler e repassar aos amigos... Concordo com a Maura quando lembra os donos da verdade da mídia... MUITO BOM. Um abraço do DF.

[Sobre "Por que a crítica, hoje, não é bem-vinda"]

por Gisele Lemper
17/7/2004 às
17h53 200.181.20.238
(+) Gisele Lemper no Digestivo...
 
A culpa é do BraZil
Enquanto continuarmos construindo e propagando a "marca BraZil" em cima de carnaval com popuzudas siliconadas seminuas, e cartões postais com gostosas de fio dental e topless nas praias brasileiras, é assim que seremos reconhecidos, e continuaremos sendo o primeiro destino de alemães e outros, em busca de turismo sexual no Brasil. Por outro lado, não vejo problema algum em campanhas publicitárias internacionais usarem o Brasil como cenário, sem dar crédito à locação. Afinal, é o produto, e não o local, que deve ser anunciado, seja ele NY, SP ou Paris. Que seja pela beleza ou pelos baixos custos de produção local, o importante é que gere divisas e emprego no país.

[Sobre "Brasil em alemão"]

por Eduardo Trevizani
16/7/2004 às
16h00 207.117.33.134
(+) Eduardo Trevizani no Digestivo...
 
um ótimo livro
Paisagens Noturnas, de Vera Carvalho Assumpção, é realmente um ótimo livro, não consegui deixar o livro até terminar. Obrigada pela dica.

[Sobre "O detetive Alyrio e as paisagens noturnas"]

por RitaValentimHutchins
15/7/2004 às
13h49 200.146.147.219
(+) RitaValentimHutchins no Digestivo...
 
Os alemães e os clichês
Cara Daniela, não só adorei o seu texto como, por morar em Colônia, me identifiquei bastante com a sua indignação em relação à visão que os alemães fazem do Brasil. Entretanto, por trás desse imenso choque de culturas que os movimentos migratórios contemporâneos propiciam está a incapacidade de todos nós de fugir do clichê: "Como pode um historiador que se diz liberal e de esquerda proferir em sóbria consciência o clichê mais raso e gasto sobre o nosso país?". Será que nós, que nos consideramos "liberais e de esquerda", estamos realmente livres de ser agentes de propagação do preconceito? Abraços, Homero.

[Sobre "Brasil em alemão"]

por Homero
15/7/2004 às
10h33 213.168.105.140
(+) Homero no Digestivo...
 
Cantou, compôs, contou e ...
Cazuza, um bom cantor e compositor? Acho que sim. O sofrimento de sua mãe, que possibilitou a ela um papel bonito na novela da vida, que se corporifica na instituição que criou, é comovente, como o são os das demais mães que viveram a gradual extinção do filho. A transformação de Cazuza em ícone de uma geração é natural, dado o fato de o mesmo ser filho da alta classe média carioca, contestador de uma série de costumes que são sustentados por essa mesma casta e, por fim, pelo fato de ter tido a coragem de expor publicamente sua doença, o que rendeu, à época, inúmeras matérias que, indubitavelmente, divulgaram a figura do artista. Me pergunto se um outro artista dessa geração, que fosse oriundo das faixas mais pobres da população brasileira e igualmente talentoso e contestador dos valores cultuados pela nossa sociedade, teria seu nome perpetuado, sua vida passada a "filme" e objeto de matérias de todo o tipo. Sobre o filme nada comento. Não assisti. Não sei se o farei. Está agora passando na minha pequena cidade e, sinceramente, não tenho dúvidas que já o teria assistido se estivéssemos nos anos 60, e não fosse o adolescente que era à época, e sim o "muito quarentão, semi cinquentão" que sou. Hodiernamente, as horas são poucas para dar conta dos meus interesses. Não sei se o programador mudará o filme antes de eu resolver se vale ou não a pena ter esse encontro com a tela grande (não tão grande quanto as dos anos 60) e correr o risco de me aborrecer ou me divertir. Mas tenho certeza que, independentemente disso, Cazuza existiu, cantou, compôs, agitou, contou e "contou". Se justificou a condição de símbolo daquela geração, não estou certo, ou melhor, acho que não, pois, pensando bem, sua atitude se coaduna mais com a de um artista de outras gerações. A sua, a dos anos 80, seria muita melhor representada por algum artista sarado, saudável, vitaminado, meio-careta, não-politizado, auto-centrado e bem individualista que, a meu juízo, são características mais condizentes com a época.

[Sobre "Cazuza e o retrato do artista quando jovem"]

por Roberto Morrone
15/7/2004 às
08h26 200.158.36.210
(+) Roberto Morrone no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PENSANDO O BRASIL
PAULO NOGUEIRA BATISTA
FUNDAÇÃO ALEXANDRE GUSMÃO
(2009)
R$ 10,00



O MOVIMENTO ASSOCIATIVO DE PAIS E A CONSTRUÇÃO DA ESCOLA PÚBLICA
FERNANDO MELO LIMA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 412,00



CADERNOS DE CIÊNCIAS PENAIS - REFLEXÕES SOBRE AS TEORIAS DO TIPO
ALEXIS COUTO DE BRITO, HUMBERTO B. FABRETTI UND GIANPAOLO P. SMANIO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 272,00



PEQUENO PRÍNCIPE - LIVRO DE ADESIVOS
ANTOINE DE SAINT-EXUPÉRY
ONLINE
(2014)
R$ 11,90



ATUAÇÃO MULTIDISCIPLINAR E FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES CLIMATÉRICAS
RAQUEL PRISCILA UND DANIELE SERVA SPRESSÃO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



OBRAS POÉTICAS COMPLETAS - RAMON DE CAMPOAMOR
RAMON DE CAMPOAMOR
AGUILLAR
(1951)
R$ 35,00



QUERO COLO!
STELA BARBIERI; FERNANDO VILELA
SM
(2016)
R$ 10,00



FAMÍLIA DO DOENTE COM CÂNCER
JULIANA STOPPA MENEZES RODRIGUES
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



O HOMEM-PLURAL.
MARIO GRACIOTTI
NOVA EPOCA
R$ 12,00



MENDEL: O PAI DA BIOLOGIA GENÉTICA
REVISTA DE CULTURA VOZES Nº 7 SETEMBRO
VOZES (PETRÓPOLIS RJ)
(1984)
R$ 32,82





busca | avançada
32426 visitas/dia
955 mil/mês