Masoquistas, graças a Deus | Andréa Trompczynski

busca | avançada
77305 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
>>> Editora PAULUS apresenta 2ª ed. de 'Psicologia Profunda e Nova Ética', de Erich Neumann
>>> 1ª Mostra e Seminário A Arte da Coreografia de 17 a 20 de junho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A essência de Aldous Huxley
>>> 80 anos de Alfredo Zitarrosa
>>> Dize-me com quem andas e eu te direi quem és
>>> 7 de Setembro
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Sultão & Bonifácio, parte I
>>> Retrato de corpo inteiro de um tirano comum
>>> Você é rico?
>>> Podcasters do mundo, uni-vos!
>>> A primeira Rolling Stone
Mais Recentes
>>> Free Riders de Luiz H. Rose; Maiza Fatureto; Tereza Sekiya pela Cambridge (2008)
>>> Difícil Decisão de Juciara Rodrigues pela Atual (1996)
>>> A História Vazia da Garrafa Vazia de Jonas Ribeiro pela Do Brasil (2004)
>>> A Cadelinha Lambada de Márcia Glória Rodriguez pela Icone (1997)
>>> Pra Você Eu Conto de Moacyr Scliar pela Atual (1998)
>>> Meio Circulante de Edison Rodrigues Filho; Walter Vasconcelos pela Melhoramentos (2012)
>>> The Big Picture Level 1 de Sue Leather pela Cambridge do Brasil (2001)
>>> The Big Picture Level 1 de Sue Leather pela Cambridge do Brasil (2001)
>>> A Dieta dos 17 Dias de Mike Moreno pela Sextante (2011)
>>> Atitude Vencedora de John Maxwell pela Cpad (2004)
>>> Os Adolescentes e o Sexo de Mary Kehle pela Mundo Cristão (1989)
>>> Sonhos Mais Que Possíveis de Odir Cunha pela Planeta do Brasil (2008)
>>> 101 Idéias Criativas para o Culto Doméstico de David J. Merkh pela Hagnos (2002)
>>> A Droga da Obediência: a Primeira Aventura dos Karas! de Pedro Bandeira pela Moderna (2003)
>>> Cinco Minutos / a Viuvinha de José de Alencar pela Atica (1995)
>>> O Homem do Bone Cinzento e Outros Contos de Murilo Rubião pela Companhia das Letras (2007)
>>> Sabor de Vitória de Fernando Vaz; Jean; Cris pela Saraiva Didáticos (2010)
>>> A Autêntica Cozinha Vegetariana de Rose Elliot pela Manole
>>> Pássaros Feridos de Collen Mc Cullough pela Circulo do Livro
>>> Setembro de Rosamunde Pilcher pela Bertrand Brasil
>>> Campanhas Inesquecíveis - Propaganda Que Fez História no Brasil de Meio & Mensagem pela Meio & Mensagem
>>> História da Civilização de Will e Ariel Durant pela Companhia Editorial Nacional
>>> Vetor de Robin Cook pela Record
>>> Os Maias de Eça de Queiros pela L&pm
>>> Abc de las Naciones Unidas de Naciones Unidas pela Naciones Unidas
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 30/11/2004
Comentários
Leitores


Masoquistas, graças a Deus
ahhh... mas é tão bom ver umas besteirinhas de vez em quando. Senão ficamos chatos demais, só lendo clássicos. Assistir o Jô de vez em quando é bom para espairecer, mais ou menos como ler uns blogs por aí, alguns livros ruins, puro masoquismo.

[Sobre "Anti-Jô Soares"]

por Andréa Trompczynski
30/11/2004 às
21h04 200.181.234.4
(+) Andréa Trompczynski no Digestivo...
 
O Jô debocha do novo
Concordo com os cometários, mas não se esqueçam de que ele não só não deixa os entrevistados falarem como debocha de tudo o que é novo e do que o "establishment" não reconhece.

[Sobre "Anti-Jô Soares"]

por Sergio Machado
30/11/2004 às
20h22 201.6.212.118
(+) Sergio Machado no Digestivo...
 
O prazer de constranger
O pior do Jô é sua mania de perseguição contra os que não acreditam no que ele acredita. Se o cara fala em disco voador ou em espiritismo, ele bate pesado, não deixa o cara falar e ridiculariza com a frase feita da caneca - se disser boa noite eu respondo etc. Tá faltando neguinho peruntar pra ela (a caneca) como é que ele acredita em uma santa - Santa Rita de Cássia (ele é coroinha dela) - e em Deus (que, ao que se sabe, como os UFOs, ninguém viu, ainda...).

[Sobre "Anti-Jô Soares"]

por Isdério Menias
30/11/2004 às
19h41 200.241.100.126
(+) Isdério Menias no Digestivo...
 
Transparência
Entre pontos e vírgulas, sua sensibilidade empresta transparência à habilidade de ver, ler, assistir... Experimentar: para bem mesclar em palavras. Continue apontando o lápis que a pauta é essa. (Nem sempre os desabafos públicos são dignos de observações...) Parabéns!

[Sobre "Nós — os jornalistas de alma vendida"]

por Marcela Valle
30/11/2004 às
19h03 200.103.52.142
(+) Marcela Valle no Digestivo...
 
se és escritor, basta a pena
parem de falar bobagens! escritor escreve. não importa se tem que trabalhar, fazer o que quer que seja para viver: se for escritor, fatalmente, como forma de manter-se vivo, animicamente, escreve. rilke, embora exagerado, em essência, estava certo: se és escritor, precisas escrever para respirar. o mesmo não se dá, por exemplo, no cinema, o que, apesar disso, não é resolvido com esses milhões que tiram do nosso bolso para essses fatídicos cineastas, que mais fazem cinema por vaidade do que por inclinação pessoal. não é a falta de mercado, a injustiça divina ou a negação ao decúbito ventral que impede que sejamos escritores. o que nos impede de sê-lo é o fato de não o sermos. e se querem ser conhecidos como escritores por digitar esse monte de bobagens que os indigitados de porcelana escrevem, então é de vocês também que estou falando.

[Sobre "Aflições de um jovem escritor"]

por carl
30/11/2004 às
17h07 200.182.146.140
(+) carl no Digestivo...
 
Bush e Exterminador do Futuro
Para quem vive na terra de Bush Jr. e do Exterminador do Futuro, realmente não deve ser muito fácil perceber o que acontece em termos culturais no Brasil (a existência de uma revista dedicada à cultura, p.ex., como é o caso da CULT). Como já diziam os poetas: "ficar de frente para o mar, de costas para o Brasil, não vai fazer deste lugar um bom país"...

[Sobre "Uma revista de cultura no Brasil"]

por Sandro Schlindwein
30/11/2004 às
15h51 150.162.155.31
(+) Sandro Schlindwein no Digestivo...
 
falar do jô: chover no molhado
bom, falar mal do jô soares é chover no molhado, já que é consenso a sua arrogância, limitação, etc. todas as pessoas que conheço que o assistem - onde não me incluo: insônia se resolve com leitura, não com programas de tv ruins, o que apenas os prestigia e os mantêm no ar - têm a mesma opinião de todos aqui. se "celebridades" ou "estrelas" tupiniquins vão ao programa, por prostituição ou ignorância, anuindo sem protestos com a idiotice do gordo - já vemos as frustrações que uma tal condição traz consigo - não diferem muito dele, assim como não se diferem dele os que o prestigiam dando audiência ao programa. preciso dar o conselho? não, né, aí estaria ofendendo vocês. se não entendeu a ironia, assista ao jô. sentir-se-á em casa.

[Sobre "Anti-Jô Soares"]

por carl
30/11/2004 às
16h34 200.182.146.140
(+) carl no Digestivo...
 
uma questão estéril
a matéria começou pretensiosa, cheia de clichês (graal, reincidente no crime, borboletear, exequível), parecia a marta medeiros, mas depois melhorou. quanto às revistas, já temos experiências falidas no mesmo modelo aqui proposto, mas acredito que a bravo, a cult e outras tantas já oxigenam essa "galáxia de gutemberg" (de novo!). quanto ao jovem, não se preocupe, é uma questão estéril e só serve para masturbação. abs.

[Sobre "Uma revista de cultura no Brasil"]

por carl
30/11/2004 às
16h06 200.182.146.140
(+) carl no Digestivo...
 
como sou cheia de mim
Realmente simples! Descubro isso tantas vezes e encubro tantas mais! É que, por mais contraditório do que pareça ser, é difícil enxergar a simplicidade. Talvez nosso cérebro de humano seja complexo demais pra enxergar simplicidades, é preciso muita atenção. Achei tão lindo tudo o que escreveu! O pior é que poderia ter acontecido (estar acontecendo) comigo, talvez a covardia seja maior. Ainda bem. Sobre a parte de monólogos ao invés de diálogos... ah, eu sou assim, tem como reverter isso? É uma vergonha como sou cheia de mim. Ah, eu fui na PUC-PR esse domingo prestar vestibular! Fiquei admirada de saber que você esteve por lá também algum dia! Beijos.

[Sobre "A ponte para as formigas"]

por Marcely
30/11/2004 às
15h41 201.1.43.207
(+) Marcely no Digestivo...
 
A arte existe por prazer!
Existe maior sentido para a vida do que sentir prazer? Já me perguntei muito: qual o sentido da vida? - e quem no mundo não se pergunta alguma vez? - E encontrei a resposta: sentir prazer. E o porquê de sentirmos prazer? Devido à nossa capacidade de percepção biológica e, pense, seria possível o ser humano perpetuar sua espécie se não houvesse prazer? Não me refiro só a sexo. A mesma coisa acontece com a arte: ela existe por prazer! Nós precisamos senti-lo, ela nos proporciona. A arte pra mim nada mais é do que uma forma de expressão, comunicação que o homem tem necessidade. Eu comecei a escrever um livro - se lhe interessar, peça - que dizia isso. O ser humano apareceu daquela forma, apenas sobrevivendo, comendo, existindo. Mas de repente usar peles deixou de servir apenas para aquecer e proteger, os homens começaram a competir qual pele era mais quente, mais bela e logo sua comunicação transpareceu por meio das vestes... A arte da moda. Talvez assim tenha nascido a arte. "Nosso cérebro reage de maneira distinta aos estímulos que recebe", concordo e por isso me oponho a visão "maniqueísta" de que existe arte boa ou ruim. Achei seu texto maravilhoso!

[Sobre "Por que se lê e por que se escreve?"]

por Marcely
30/11/2004 às
15h18 201.1.43.207
(+) Marcely no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Les Cadrans Solaires
Jean-marie Homet (capa Dura)
Ch Massin
(1990)



Crimes Against Civilians Committed By the Serbo-montenegrin
Andrija Hebrang
Udruga
(2016)



Técnica da Construção II
Celso Cardão
Ed Engenharia e Arquitetura
(1979)



Química Físico-química Ensino Médio Volume 2
Usberco e Salvador
Saraiva
(2014)



AIDS e Exclusão Social - Um Estudo Clínico com Pacientes com o HIV
Cláudio Vital de Lima Ferreira
Lemos Editorial
(2003)



História Cultural Judaica - Época Bíblica
Aron Thalenberg
Associação Judaica
(1994)



Diversão Com Carrossel - 8 Livros Com Passatempos Com Cd
Editora Nova Leitura
Nova Leitura
(2012)



Stauffenberg
Gerry Graber
Renes
(1977)



Nova Pedagogia Científica - Atualidades Pedagógicas Vol 73
Gaston Mialaret
Companhia Nacional
(1959)



A Miséria e os Dias - História Social da Mendicância no Ceará
Maria Neyára de Oliveira Araújo
Hucitec
(2000)





busca | avançada
77305 visitas/dia
2,7 milhões/mês