vivo também um amor virtual | Elisa

busca | avançada
73184 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Poeta Ivete Nenflidio lança obra 'Ataque - cale-se agora e para sempre'
>>> Alunos de Ribeirão Preto constroem maquete com trajetória das águas da cidade até o mar
>>> Coletivo oferece eventos de danças angolanas em outubro e novembro
>>> Releitura de Ian Soffredini, O Pequeno Príncipe faz sessões em Santos
>>> 4º Edição Point BlackCultural
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
Colunistas
Últimos Posts
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
Últimos Posts
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
>>> Singela flor
>>> O cerne sob a casca
>>> Assim é a vida
>>> Criança, minha melhor idade
>>> As campanhas e os motes
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Como escrever bem — parte 1
>>> Lendo no Kindle
>>> 89 FM, o fim da rádio rock
>>> O do contra
>>> Tecnologia de Minority Report
>>> Filipe II da Espanha: homem e rei
>>> Questões de Representatividade
>>> Por um 2015 sem carteiradas
>>> Sete vezes Sete
>>> A confissão de Lúcio: as noites cariocas de Rangel
Mais Recentes
>>> O Mundo do Sexo de Henry Miller pela Pallas (1975)
>>> O Esplim de Paris: Pequenos Poemas em Prosa de Charles Baudelaire pela Martin Claret (2010)
>>> Olhos d´água de Conceição Evaristo pela Pallas (2014)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Feb (2004)
>>> Otelo - Os Grandes Clássicos de William Shakespeare pela Otto Pierre
>>> Fundamentos Psicológicos e Biológicos das Necessidades Especiais de Gisele Sotta Ziliotto pela Ibpex (2007)
>>> O kit de sobrevivência do descobridor português no mundo anticolonial de Patrícia Lino pela Macondo (2022)
>>> O Cortiço de Aluisio Azevedo pela Klick
>>> Livro de Sonetos de Vinicius De Moraes pela José Olympio (1981)
>>> Caminhos da Filosofia de Roseane Almeida da Silva pela Intersaberes (2017)
>>> Teologia do Obreiro de Raimundo Ferreira de Oliveira pela Escola de Educação Teológica (2007)
>>> História da Cartografia e Geografia das Fronteiras do Brasil de Jaime Cortesão pela Funag (2022)
>>> Planejamento Financeiro de Camila Camargo pela Ibpex (2007)
>>> José Bonifácio, primeiro chanceler do Brasil de João Alfredo dos Anjos pela Funag (2022)
>>> Influências da Psicanálise na Educação de Árbila Luiza Armindo Assis pela Intersaberes (2012)
>>> Intervenção Psicopedagógica no Espaço da Clínica de Laura Monte Serrar Barbosa (Org.) pela Intersaberes (2012)
>>> Empresas Transnacionais - Uma Visão Internacionalista de Ludmila Andrzejewski Culpi pela Intersaberes (2016)
>>> Os Profetas Maiores - As Profecias de Isaias, Jeremias e Ezequiel de Carl Boyd Gibbs pela Escola de Educação Teológica (2008)
>>> Incrementando a Estratégia - Uma Abordagem do Balanced Scorecard de Tomas Sparano Martins e outros pela Intersaberes (2012)
>>> Desenvolvimento Gerencial, Estratégia e Competitividade de Adriano Stadler (Org) pela Intersaberes (2012)
>>> Esfinge: Estrutura e Símbolo do Homem de Pierre Weil pela Itatiaia (1977)
>>> Administração de Carreiras - Uma Proposta Para Repensar a Gestão de Pessoas de Joel Souza Dutra pela Atlas (1996)
>>> Um Pressentimento Funesto de Agatha Christie pela Nova Fronteira
>>> Análise de Investimentos & Demonstrativos Financeiros de Camila Camargo pela Ibpex (2007)
>>> A Cidade Submersa de Martin Oliver pela Scipione (1995)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 5/1/2005
Comentários
Leitores


vivo também um amor virtual
Gostei muito dessa materia, atualmente vivo um amor virtual, tem uns 3 meses... estamos no começo e tenho muito medo do que pode acontecer daqui pra frente, pois sou casada e ele, divorciado. Estamos realmente apaixonados, mas sei que será quase impossivel transformar o virtual em real, só o tempo podera dizer.

[Sobre "A internet e o amor virtual"]

por Elisa
5/1/2005 às
09h52 200.141.254.250
(+) Elisa no Digestivo...
 
Ah, eu gosto...
Marcelo, seu amigo pianista só poderia mesmo reconhecer o valor dos Hermanos. Que dizer da única banda que diz alguma coisa de verdade aos nossos ouvidos e corações (não quero soar piegas, mas... vergonha de ser verdadeiro)? Estamos cheios de hardcore fácil para menininhas e menininhos (alguns que até escutam Los Hermanos). É preciso gente de verdade. Os barbudos em questão o são. Eu nem estou muito inspirado a continuar digitando, porque hoje me esgotei na composição de um conto, mas eu quero dizer que sinto certa pena daqueles que não gostam ou não querem prestar atenção nesta banda. Quem não admite o vazio de si mesmo, não poderá ser uma pessoa melhor... nem sei se é o caso, também. Abraço!

[Sobre "Los Hermanos"]

por Alessandro de Paula
5/1/2005 à
01h01 200.226.151.183
(+) Alessandro de Paula no Digestivo...
 
Ah... o Brasil...
Ora, viva o brasileiro, Andréa!!! Ah ah ah!!! (De resto, estamos podres de burros...)

[Sobre "TV aberta em 2004: o ano do Orgulho Nacional"]

por Alessandro de Paula
5/1/2005 à
00h47 200.226.151.183
(+) Alessandro de Paula no Digestivo...
 
Los Hermanos
Concordo. Acho que eles realmente representam algo de muito interessante no cenário musical. Já escrevi, para alguém desses sites por aí, que eles me trouxeram a mesma sensação de novidade que senti quando conheci os "Novos Baianos" naquela época em que os caras viviam juntos, música pela música (by the way, tenho 51 anos). A riqueza dos arranjos, a capacidade para fazer com que a música seja rica, apesar de pop. Estamos, eu e minha filha de 15, curtindo e vendo e lendo tudo. Há muito tempo que não tinha a sensação de gostar tanto de uma coisa como foi quando curtia os Beatles (e ainda não passou a febre), e sabia tudo dos caras. Com Los Hermanos estamos sempre querendo ouvir de novo as músicas e perceber pequenos detalhes dos arranjos. Aliás é preciso dizer que a banda tem um charme atraente e que transpira o "Bem". Carlos Wagner/BH

[Sobre "Los Hermanos"]

por Carlos Wagner
4/1/2005 às
19h20 200.195.23.132
(+) Carlos Wagner no Digestivo...
 
a linha do Mens sana...
Prezado Julio, em primeiro lugar adorei o Digestivo Cultural, q esbarrei por acaso ao buscar informações sobre o Orkut. Em segundo, me identifiquei de cara c/ texto do Morrissey pois somos da mesma geração, o q me incentivou a fuçar cada vez mais e mais os textos e chegar até aqui. Escrevo em caráter emergencial pq quero e vou melhorar a minha qualidade de vida ainda mais, por isso gostaria q vc continuasse a linha do Mens sana... Desculpe por escrever demais e prometo não fazer de seu site uma muleta p/ as minhas fraquezas. De quebra lhe desejo muita inteligência, intuição e saúde p/ continuar a escrever cada vez melhor em 2005.

[Sobre "Mens sana in corpore sano III"]

por Regina Ando
4/1/2005 às
12h41 192.168.133.52
(+) Regina Ando no Digestivo...
 
mais textos assim!
Achei muito interessante o seu texto, a sua posição, o seu entusiasmo. Precisamos de mais textos assim, claros, celebrativos! Bom ano de ganha-tempos!

[Sobre "Ensaio.Hamlet e a arte de se desconstruir quimeras"]

por André Grabois
3/1/2005 às
10h45 200.160.233.213
(+) André Grabois no Digestivo...
 
ainda a questao Schin-Brahma
Queria entender como convencer alguem a fazer algo nao-saudavel, por exemplo: beber uma bebida alcoolica pode ser abordado do ponto de vista nobre? Marketing e publicidade sao partes impreenscindiveis da nossa decada... Ate em minha profissao, muitas vezes os produtos de empresas para o qual trabalho(ei), vendem mais nao porque sao melhores mas porque a marca e' "melhor trabalhada"... Nada contra, mas em geral, como engenheiro, considero uma derrota fazer algo ruim ser mais usado (dai', as tradicionais brigas com o pessoal de marketing). Por outro lado, nenhuma empresa sobrevive sem ganhar dinheiro. E' muito dificil graduar a arte de ganhar dinheiro. O que e' etico, e o que nao e'? Vender coca-cola e' etico, mesmo sabendo dos maleficios do produto (ah, mas o consumidor deveria decidir...). Tento evitar trabalhar com coisas que eu saiba que facam mal diretamente a outras pessoas... Mas mesmo isso tem seus limites... Sei la'. Tudo muito complicado, e mostra a irrelevancia da questao Schin-Brahma. Zeca Pagodinho trocou 1 milhao por 2 milhoes. E mais, a propria Schin - uma empresa - saiu do episodio por cima (como uma pessoa). Estamos num mundo em que marcas parecem que valem bem mais do que vidas e as pessoas a quem elas pertencem.

[Sobre "O pagode das cervejas"]

por Ram
3/1/2005 às
08h13 200.167.52.203
(+) Ram no Digestivo...
 
Natal nao e' miopico
Acho que o Natal serve como ponto de partida para muitas pessoas, no ritual de reencontrar esperancas e forcas para o ano seguinte, em meio a um ano onde muitas coisas foram ruins... A quantidade de pessoas que conheco que passam por grandes frustracoes anualmente e' muito grande... Desde insatisfacao com o emprego, passando por indisponibilidade dele, chegando a perdas familiares. Nao vejo so' o consumismo, que caracteriza a epoca, mas tambem caracteriza a nossa sociedade: ou alguem nega que ate' quem le, tem que ler muito (consumir livros)? Ja' participei de muitas festas de Natal diferentes, de origens diferentes, em casas de amigos e conhecidos aqui e fora. Nestas festas sempre encontro alguma alegria, o fator "estarmos juntos comemorando algo diferente", e tambem em muitos casos, ouco preces, assisto a cerimonias que remetem 'as pessoas um pouco do alimento do espirito. Talvez seja porque no jantar de Natal ja se tenha passado pela fase de abrir presentes... Ainda assim, acredito que quando procuramos presentes para as pessoas que gostamos, mesmo sendo algo superficialmente futil, e um momento em que pensamos na alegria de alguem que nao nos mesmos. E da maneira como entendo, esta foi uma grande mensagem de Jesus Cristo, que poderia ser levada bem mais a serio nos dias de hoje... Claro, tudo isso pode parecer um pouco vacilante assistindo comerciais da Coca-cola na teve, ou os tapas e pontapes em shoppings da zona sul carioca. Mas logo deixa de ser, quando leio no jornal, o sem numero de pessoas que convidam amigos e desconhecidos para ceia de Natal, e se esmeram para tornar aquela noite numa noite marcante. Mesmo "sem querer-querendo", a solidariedade e espirito natalino estao sempre presentes no dia 25... Ou senao, devo ter ido a muitos lugares errados nestes ultimos "natais". PS: Na minha religiao, o Natal acontece muitas vezes durante o ano, porque e' uma homenagem a todo mestre espiritual que veio iluminar um pouco os principios filosoficos da vida. As comemoracoes envolvem pouca troca de presentes, mas bastante comida, musica e festa.

[Sobre "Natal S.A."]

por Ram
3/1/2005 às
07h58 200.167.52.203
(+) Ram no Digestivo...
 
babacas plagiadores
É impossível não ficar pê da vida com esses babacas plagiadores e retalhadores de textos alheios. E também não dá pra não sofrer com a morte de um amor que, como tudo na vida, parece ser finito. Abraços da neusa

[Sobre "O amor e o amor plagiado"]

por neusa
2/1/2005 às
17h49 200.98.105.36
(+) neusa no Digestivo...
 
Partiu pra outra
Não sei se procede a afirmação, mas certa vez ouvi que Nassar largou a literatura "porque estava em outra". Seja como for, me dá a impressão de que foi melhor assim: melhor que escrever algo que fosse bem inferior a "Lavoura Arcaica" (ao meu ver, os contos e "Um copo..." são bem menores). Se é por vaidade, continua a escrever e antes de morrer manda queimar os escritos (uma situação bem de Kafka); se é porque a essência acabou, resta ficar com o publicado. Há algo de herético num escritor fantástico que preferiu silenciar, não é?

[Sobre "A solidão povoada de Raduan"]

por Fernando Randau
1/1/2005 às
20h14 200.184.122.209
(+) Fernando Randau no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Uma Nova Dimensão no Treinamento de Vendas
Frank Bettger
Papelivros
(1990)



O Guarani
José de Alencar
Escala



O Garoto da Cadeira de Rodas Voadora
Almir Correia; Fabio Henrique Chibilski
Paulinas
(2013)



A Cozinha do Pensamento
Josep Muñoz Redón
senac
(2008)



Livro - O Código da Vinci
Dan Brown
Arqueiro
(2004)



Uma Noite no Chateau Marmont / 2ª Ed - Confira !!!
Lauren Weisberger
Record
(2011)



O Guardião de Memórias
Kim Edwards
Sextante
(2007)



Eu, Você e as Estrelas
Alvaro Basile Portughesi
Feesp
(1997)



Livro - Eu Leio - o Cão dos Baskerville
Conan Doyle
Ática
(1996)



A Dialética do Cotidiano
Maria Esther B. Dias
cortez
(1982)





busca | avançada
73184 visitas/dia
1,7 milhão/mês