esperando p/ serem descobertos | Ram

busca | avançada
49702 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> De Kombi na Praça - Pateo do Collegio
>>> Primeiras edições de Machado de Assis são objeto de exposição e catálogos lançados pela USP
>>> Projeto lança minidocumentário sobre a cultura do Gambá na Amazônia
>>> Cinema itinerante leva sessões gratuitas a cidades do Sudeste e do Sul
>>> Artistas abrem campanha de financiamento para publicação de graphic novel
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O governo mente para si mesmo
>>> 2005: Diário de bordo
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> Hasta la vista, baby
>>> O amor é importante, porra
>>> Por uma arquitetura de verdade
>>> O criador do algoritmo do YouTube
>>> Cisne Negro: por uma inversão na ditadura do gozar
>>> Filosofia teen
>>> Extraordinary Times
Mais Recentes
>>> From Color to Inexistent Color de Israel Pedrosa pela Léo Christiano Ltda (1995)
>>> Bem Mais Perto de Susane Colasanti pela Novo Conceito (2012)
>>> Wildlife Preserves A far side collection de Gary Larson pela futura (1990)
>>> Musica Perdida de Luiz Antonio de Assis Brasil pela L&pm (2006)
>>> Dom Kallar Oss Klottrare - They Call Us Vandals de Malcolm Jacobson pela Dom Kallar (2000)
>>> O Lobo da Tasmânia e Outras Crônicas de Taddeo Ferreyra pela Livre Expressão (2010)
>>> Sociedade, Estado e Partidos de Helio Jaguaribe pela Paz e Terra (1992)
>>> Hotel Atlântico de João Gilberto Noll pela Rocco (1989)
>>> Grammar and Style de Laurie E. Rozakis pela Alpha Books (1997)
>>> The Language of Things de Deyan Sudjic pela Penguim Books (2009)
>>> A Pocket Guide to Cars de Andrew Montgomery pela Parragon (2006)
>>> Guerra del Tiempo de Alejo Carpentier pela Latina (1975)
>>> Livro - O Melhor de Mim - O primeiro amor deixa marcas para a vida inteira de Nicholas Sparks pela Arqueiro (2012)
>>> The Art of Spiritual Rock Gardening de Donna Schaper pela Hiddenspring (2001)
>>> Dicionário de Lustosa de Lustosa Costa pela ABC (2003)
>>> Livro - A Alma Imoral de Nilton Bonder pela Rocco (1998)
>>> Nem Só os Peixes Morrem pela Boca de Valéria Társia Duarte pela Deconhecida (2005)
>>> Herbal home remedies de Jude C. Todd, C. H. , M. H. pela Lllewellyn (2004)
>>> Eu, Minhas Tias, Meus Gatos e Meu Cachorro. de Mauro Rasi pela Ediouro (2003)
>>> Socialismo evolucionário de Eduard Bernstein pela Zahar (1997)
>>> Inigualável de Alyson Nöel pela Casa dos Livros (2016)
>>> Recuperação de Imóveis Privados Em Centros Históricos de Érica Diogo pela Iphan (2009)
>>> O Fascinante Livro da Fotografia de Don Morley pela Siciliano (1987)
>>> Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século de Italo Moriconi pela Objetiva (2000)
>>> Livro - Algumas Razões para Ser um Cientista de Vários Autores pela Cbpf
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 27/5/2005
Comentários
Leitores


esperando p/ serem descobertos
Sempre tenho a impressão que hoje o sucesso, ou aceitação, é esperada com tanta rapidez, que raramente o indivíduo tem tempo para desenvolver sua técnica uma voz própria. E a coisa é mais séria no universo das artes porque o dinheiro que se gasta com artes hoje é muito maior que no passado. As pessoas com dinheiro tem sede para ter um grande nome na sua sala... Mesmo quando estes grandes nomes não existam. Aí colocam e aceitam qualquer coisa. Quem sabe, por aí, escondido, aprendendo, não estão alguns artistas jovens que iremos descobrir. Talvez do interior do país, e acho que no cenário do mundo, imagino muitos artistas novos da Ásia esperando para serem descobertos.

[Sobre "Saudades da pintura"]

por Ram
27/5/2005 às
12h53 160.39.240.199
(+) Ram no Digestivo...
 
Faça seu blog, Dani
Eu quero ler seu blog. Tenho certeza de que será um blog muito interessante (e obrigada pelo elogio, fiquei encantada). Faz seu blog, Dani!

[Sobre "Eu não sei blogar"]

por Daniela Castilho
27/5/2005 às
09h22 200.162.229.179
(+) Daniela Castilho no Digestivo...
 
sobre os blogs
Uau! Você escreve bem demais. Tem "coloquialidade", é interessante e divertida. Além do mais, me identifiquei muito do que você falou sobre blogs e marketing, infelizmente a coisa é mesmo do jeito que você descreveu em alguns trechos do seu texto. Mas é realmente uma pena você não linkar seus blogs aqui... Eu gostaria muito de lê-los.

[Sobre "Eu não sei blogar"]

por L.O.ka
26/5/2005 às
13h22 200.225.232.248
(+) L.O.ka no Digestivo...
 
Sim, há pessoas interessantes
Reforçando a idéia de que há pessoas interessantes por trás dos blogs, sugiro o Elio Masatoshi Yoshikawa, um nissei de 20 anos, a trabalho no Japão, que contraiu um câncer e que, apesar das dificuldades em se movimentar, conseguiu postar até o momento derradeiro, sempre mostrando uma face otimista diante do inevitável. Creio que o blog foi um meio para Toshi combater a solidão, dentro de um hospital, num país cuja língua não dominava e em que os companheiros de patologia iam embora definitivamente, além de suavisar os momentos dramáticos porque passou.

[Sobre "Sobre blogs e blogueiros"]

por Okuda
26/5/2005 às
05h43 192.168.133.52
(+) Okuda no Digestivo...
 
um momento de denúncia
"E é disso que o homem atual precisa mais do que nunca, desde que chegue até ele na forma como sempre chegou, corajosa e bela, assumidamente expressiva, e não sussurrando como se pouco tivesse a dizer sobre a vasta realidade", afirmação oportuna quando eu olho para o quadro, de Portinari, intitulado "Os Retirantes". É algo gritante, um momento de denúncia e, muito além, uma cumplicidade.

[Sobre "Saudades da pintura"]

por Giuliano Gimenez
25/5/2005 às
16h26 201.10.93.23
(+) Giuliano Gimenez no Digestivo...
 
Mario AV retorna da tumba
Aí, Julio, obrigado pela menção ao meu ex-blog, e aproveito pra enriquecer (ou poluir) a sua resenha com uns comentários. Editados para caberem no espaço... A primeira razão do fim daquele blog foi a implosão do ego. Parei quando percebi que eu estava me levando a sério demais, perdendo noites de sono em debates sem consequência prática nas janelinhas de comentários. Não sou referência em nenhum dos assuntos que desenvolvia (minhas especialidades são outras), mas ali buscava uma infabilidade impossível. Desenvolvi alergia da minha auto-indulgência - uma doença contraditoriamente salutar. O blog me intoxicou de narcisismo proto-intelectual e precisei tirar um longo descanso. Se eu fazia o blog para arrumar uma namorada? Se fosse assim, teria ido para as baladas em vez de editar obssessivamente uma página na Web ao longo de três anos. Nesse tempo todo, estive só por apenas dois meses, durante os quais não escrevi nada. Quem me lia não deveria saber, porque eu não falava de vida pessoal. Escrevia para fora, para despejar idéias, não trocá-las por outras. Era um pregador - chato, como qualquer pregador. Esse é o segundo motivo de eu ter parado: a chatice. Nesse ponto, acho que muitos blogueiros na ativa precisam fazer uma permanente auto-análise para checarem se não se atolaram na conveniência inócua da pregação, na auto-importância fútil de fazer e desfazer inimigos virtuais e a auto-satisfação vazia dos elogios da claque. Existem outros meios mais eficazes de fazer o mundo e a si mais felizes. Não anseio para que me admirem (fora a minha mulher, família, chefes e funcionários, é claro ;-), mas não entendi nem me lembrei do "Sassá Mutema". Não teria sido alguma ironia mal entendida? Muito do que escrevi no blog não é pensamento genuíno, era mais como uma antena do Zeitgeist contendo frequente emulsificação de sinapses situadas em campos intelecto-ideológicos incompatíveis. Mas não se preocupe em ressuscitar esse ponto: o tempo correu e desautorizo minhas opiniões passadas por atacado; até tirei o site original do ar sem remorso. Terceira razão para eu ter parado: radicalismo fácil. Sobre o Lula Sem Barba, a interpretação é livre. Por isso mesmo ele é legal. Se eu pusesse legenda, mataria a imagem. O que não falta na internet é explicação e tutelagem. Pelo contrário, sempre superestimei a inteligência das pessoas que me visitavam... Por enquanto é isso - tá vendo? É só me provocar que volto à velha brincadeira :-D Abracetas!

[Sobre "Melhores Blogs"]

por Mario AV
25/5/2005 às
15h00 200.205.220.164
(+) Mario AV no Digestivo...
 
Oiticica é contemporâneo
A arte em si não é uma novidade. Ela é, antes de tudo, uma renovação, uma nova maneira de estetizar o velho, uma releitura contemporânea. O Parangolé renova o conceito carnavalesco que estabele uma ponte da estética carnavalesca com a história ou com o cotidiano. A carnavalização se dá, ocorre, sempre que se muda de máscara. E esta mudança o Parangolé estabele com maior simplicidade do que a instituição carnavalesca atual. Para mim, Oiticica é um artista plástico representativo da contemporaneidade. Tanto é que, meio século depois, pessoas sérias continuam discutindo e comentando os seus trabalhos.

[Sobre "Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica"]

por Lionel
25/5/2005 às
10h59 201.9.16.94
(+) Lionel no Digestivo...
 
Não é justo
Ah, mas isso não é justo. Queremos ler o seu blog...!

[Sobre "Eu não sei blogar"]

por Simone
25/5/2005 às
08h54 200.223.158.4
(+) Simone no Digestivo...
 
deslumbramento...
Parabéns pelo seu trabalho tão maravilhoso.

[Sobre "Uma outra moda"]

por Fernanda Santiago
24/5/2005 às
15h56 201.9.79.220
(+) Fernanda Santiago no Digestivo...
 
Descobrir e escrever
Luís, Não tinha pensado sobre as editoras desta forma... Ótima colocação! Eu acho que a cultura do "fácil e seguro" parece dominar o quadro editorial, não é? Talvez por sempre existir a possibilidade de representar no Brasil escritores descobertos em outros países, por outras editoras, façam as editoras nacionais terem essa postura... Mas, para você ver como são as coisas, este panorama de falta de arrojo assola também o mundo da engenharia e tecnologia. As mesmas coisas que você disse podem ser ditas sem mudar uma vírgula sobre a relação entre bancos de investimentos e o lançamento de empresas no mercado brasileiro. O Brasileiro é criativo e talentoso, pena que não acreditamos ainda nisso. É uma mentalidade que se arrasta há 500 anos...

[Sobre "Uma questão de ética editorial"]

por Ram
24/5/2005 à
00h34 160.39.240.199
(+) Ram no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Anão e a Ninfeta
Dalton Trevisan
Record
(2011)



Vinho o Melhor Amigo do Homem
Ivan Carlos Regina
Engenho
(2004)



Livro - Tina - Respeito
Fefê Torquato
Panini Comics
(2019)



A Origem das Religiões Primitivas
Guy E. Swanson
Forense
(1960)



The Red Balloon Stage 1
Eduardo Amos
Moderna
(1991)



Sindicalismo Contemporâneo uma Nova Visão para o Movimento Sindical
Sindicalismo Contemporâneo
Sem



Baianos Famosos - Biografia
Antonio Loureiro De Souza
Ibrasa



Você Tem Medo de Quê ?
Tim Lihoreau
Globo
(2008)



Num Outro Mundo - 4ª Edição
J. W. Rochester
Conhecimento
(2007)



Judas, o Obscuro
Thomas Hardy
Abril Cultural
(1971)





busca | avançada
49702 visitas/dia
2,0 milhão/mês