Adeus, Pedrinho Mattar | Mário Marinato

busca | avançada
49702 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> De Kombi na Praça - Pateo do Collegio
>>> Primeiras edições de Machado de Assis são objeto de exposição e catálogos lançados pela USP
>>> Projeto lança minidocumentário sobre a cultura do Gambá na Amazônia
>>> Cinema itinerante leva sessões gratuitas a cidades do Sudeste e do Sul
>>> Artistas abrem campanha de financiamento para publicação de graphic novel
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O governo mente para si mesmo
>>> 2005: Diário de bordo
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> Hasta la vista, baby
>>> O amor é importante, porra
>>> Por uma arquitetura de verdade
>>> O criador do algoritmo do YouTube
>>> Cisne Negro: por uma inversão na ditadura do gozar
>>> Filosofia teen
>>> Extraordinary Times
Mais Recentes
>>> From Color to Inexistent Color de Israel Pedrosa pela Léo Christiano Ltda (1995)
>>> Bem Mais Perto de Susane Colasanti pela Novo Conceito (2012)
>>> Wildlife Preserves A far side collection de Gary Larson pela futura (1990)
>>> Musica Perdida de Luiz Antonio de Assis Brasil pela L&pm (2006)
>>> Dom Kallar Oss Klottrare - They Call Us Vandals de Malcolm Jacobson pela Dom Kallar (2000)
>>> O Lobo da Tasmânia e Outras Crônicas de Taddeo Ferreyra pela Livre Expressão (2010)
>>> Sociedade, Estado e Partidos de Helio Jaguaribe pela Paz e Terra (1992)
>>> Hotel Atlântico de João Gilberto Noll pela Rocco (1989)
>>> Grammar and Style de Laurie E. Rozakis pela Alpha Books (1997)
>>> The Language of Things de Deyan Sudjic pela Penguim Books (2009)
>>> A Pocket Guide to Cars de Andrew Montgomery pela Parragon (2006)
>>> Guerra del Tiempo de Alejo Carpentier pela Latina (1975)
>>> Livro - O Melhor de Mim - O primeiro amor deixa marcas para a vida inteira de Nicholas Sparks pela Arqueiro (2012)
>>> The Art of Spiritual Rock Gardening de Donna Schaper pela Hiddenspring (2001)
>>> Dicionário de Lustosa de Lustosa Costa pela ABC (2003)
>>> Livro - A Alma Imoral de Nilton Bonder pela Rocco (1998)
>>> Nem Só os Peixes Morrem pela Boca de Valéria Társia Duarte pela Deconhecida (2005)
>>> Herbal home remedies de Jude C. Todd, C. H. , M. H. pela Lllewellyn (2004)
>>> Eu, Minhas Tias, Meus Gatos e Meu Cachorro. de Mauro Rasi pela Ediouro (2003)
>>> Socialismo evolucionário de Eduard Bernstein pela Zahar (1997)
>>> Inigualável de Alyson Nöel pela Casa dos Livros (2016)
>>> Recuperação de Imóveis Privados Em Centros Históricos de Érica Diogo pela Iphan (2009)
>>> O Fascinante Livro da Fotografia de Don Morley pela Siciliano (1987)
>>> Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século de Italo Moriconi pela Objetiva (2000)
>>> Livro - Algumas Razões para Ser um Cientista de Vários Autores pela Cbpf
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 12/2/2007
Comentários
Leitores


Adeus, Pedrinho Mattar
Puxa, não sabia disso. Fiquei muito triste com a notícia. O programa dele na Rede Vida era uma das poucas coisas que prestavam na televisão atualmente.

[Sobre "Farewell, Pedrinho!"]

por Mário Marinato
http://www.osarcofago.blogspot.com
12/2/2007 às
18h48 201.73.214.2
(+) Mário Marinato no Digestivo...
 
Estilo!
É tão difícil encontrar um blog bem escrito. Geralmente, é uma profusão de "abobrinhas", cheias de erros gramaticais. Mas você é diferente, Pilar, teus textos tem estilo, conteúdo, reflexão! Talento não se compra na feira... Parabéns, Pilar! Continua assim. Beijos! Ana Valéria

[Sobre "Contabilidade"]

por Ana Valéria
12/2/2007 às
12h15 200.169.16.19
(+) Ana Valéria no Digestivo...
 
Parabéns!
Texto muito interessante.

[Sobre "A hora certa para ser mãe"]

por Poliana Ramalho
http://www.autenticavida.com.br
11/2/2007 às
18h15 189.12.78.16
(+) Poliana Ramalho no Digestivo...
 
A classificação do leitor
A classificação do leitor é pura soberba, uma arrogância dos que comparam seus atributos com os dos outros. Cada idade ou vivência revela um apetite próprio e ao comparar o princípio da trajetória de um leitor com as escolhas de um leitor experimentado, nada vejo além de preconceito e superestima entre conteúdos. A crítica literária deve servir como uma bússola para a orientação do leitor que necessite de uma informação confiável sobre determinada obra; mas não substitui de forma alguma o senso crítico que cada leitor busca desenvolver. Citar textualmente Harold Bloom não é pecado, mas não se dar conta das suas críticas sectárias é ingenuidade. Qualquer literatura forma o leitor. A sub-literatura de hoje será a energia para a próxima corrente literária, por adesão ou conflito. Outdoor, bula de remédio, até logomarca é capaz de iniciar um leitor, e nem toda a "boa" literatura do mundo é capaz de qualificar leitor sem senso crítico; afinal por que lemos? Boa literatura, para que serve?

[Sobre "Em defesa de Harry Potter"]

por Carlos E. F. Oliveir
11/2/2007 às
17h02 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
uma desculpa para não agir
Apesar do apelo provocativo do título, me concentrei basicamente na culpa e não no sexo da "vítima"; assim pude perceber que tratava-se da abordagem defensiva, de uma opção pela inércia diante de uma tomada de decisão; uma falta de apetite para superar uma condição de deficiência e lutar contra algumas situações em que devemos nos confrontar contra os nossos próprios limites; uma situação tão real quanto cotidiana. Vitimizar-se é uma desculpa para não agir, não pensar sobre as responsabilidades das omissões e atribuir a outros a grandeza de se amar e se cuidar. Uma caminhada é feita do primeiro passo, é preciso enfrentar a primeira mentira e libertar-se do primeiro constrangimento para enfrentar o real. Autocomiseração é trapaça, e atirar sobre as costas de alguém a obrigação de sermos felizes é, minimamente, uma declaração de baixa auto-estima. As coisas conquistadas precisam ser conquistadas. "Navegar é preciso." Bravo, Carpinejar!

[Sobre "Sobre a mulher que se faz de vítima"]

por Carlos E. F. Oliveir
11/2/2007 às
15h18 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
o controle remoto do leitor
Elisa, não creio que a sobrevivencia dos impressos esteja ameaçada pela opção internet; mas vejo que a possibilidade de informação por novos canais afetaram a viabilidade economica de empresas que, travestidas de informativo diário, transformaram-se em veículos de propaganda e marketing, canais de opinião, classificados ideológicos e todos os demais vícios da boa e da má imprensa. Esse conceito seguramente está ancorado no valor patrimonial do jornal e alegoricamente à prática democrática do acesso a informação. A grande imprensa deve encarar a internet como um desafio, adaptar-se aos novos tempos e rever seus compromissos com os leitores; questionando a qualidade da informação que produz. A migração dos leitores aponta para uma insatisfação com a imprensa careta e ordinária que vem celebrizando o mais vil e se distanciando da atenção dos seus leitores. Hoje a internet é o controle remoto do leitor, democracia em tempo real e se a informação do Le Monde Diplomatique não resiste, zap!

[Sobre "Sobrevivência dos impressos"]

por Carlos E. F. Oliveir
11/2/2007 às
14h53 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
seu, gostoso, delicioso
Ana, fiquei 15 dias sem computador em casa. Senti falta do Digestivo e de você. Estou voltando hoje e encontro esse texto seu, gostoso, delicioso, tratando de um tema que é minha paixão. Adorei! Aprendi, com François de Singly, que a oferta de livros, entre outras coisas, não garante, mas contribui bastante para formar leitores. Acho que está faltando livro neste país. Mas prefiro comentar sobre isso em um café, em um fim de tarde, topas? Abraços, Áurea

[Sobre "Leituras, leitores e livros – Parte I"]

por Áurea Thomazi
10/2/2007 às
23h10 201.78.213.199
(+) Áurea Thomazi no Digestivo...
 
Eu acredito na pintura
Daniel Piza e leitores afins, "Saudades da pintura" é um texto que, para mim, é a bandeira que empunho todos os dias. O isolamento da pintura é o caminho mais fácil! O olhar contemporâneo é o da superficialidade, mesmo que paire sobre o movimento das imagens tecnológicas ou a tridimensionalidade das instalações. Me parece que o olhar vem se tornando preguiçoso, ansioso nas práticas artísticas. Isso só espelha um comportamento cultural de nossa era. A era mais que pós-histórica, uma era a-histórica. Esse descaso é uma consequência lógica. Um salto quântico para o esquecimento das imperfeições do ser humano nas produções poéticas. O problema é a supervalorização por uma filosofia cultural baseada no avanço tecnológico e científico. Onde está a simplicidade da emoção humana nas criações artísticas? Eu acredito na pintura. O conceito de pintura vai além das tintas e dos pincéis. Temos a liberdade de fazer história, ou somente produtos do ego enfraquecido.

[Sobre "Saudades da pintura"]

por Denis Siminovich
http://www.denovich.com.br
10/2/2007 às
12h47 201.14.250.120
(+) Denis Siminovich no Digestivo...
 
Leitura ou letramento?
Eis a questão! As diversas possibilidades de expressão que praticamos, verbais e não verbais, nos remetem à condição codificadores/decodificadores em todos os níveis. A imposição normativa continua se confrontando com a experiencia artística que considera fatores isolados e subjetivos na criação e apreciação do texto. O objetivo do texto tende a determinar a sua relevancia e o contexto, em que ele é inserido, é determinante para o nível de interação e profundidade que ele possa atingir. O autor que reflete sobre o seu trabalho está, provavelmente, engajando-se na missão de formar leitores, que fundamentalmente romperão em algum momento com o canal de decodificadores e vão atingir a interação com a matéria que os identifica; criando textos e experimentando o código. O autor talvez nada mais seja que a autonomia do leitor num diálogo libertário com todos os seus autores e a tese seja apenas o objeto de catarse em que estas duas personas se fundam, e se apaziguem.

[Sobre "Leituras, leitores e livros – Parte I"]

por Carlos E. F. Oliveir
10/2/2007 à
01h17 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Aguardo teu livro
Parabéns, Marcelão, é isso aí... quem espera que caia do céu, cai no inferno, na maior parte das vezes. Aguardo teu livro, lembra? Abraços. Inacio Carreira

[Sobre "A culpa é dos escritores, também"]

por Inacio Carreira
10/2/2007 à
00h24 201.25.208.209
(+) Inacio Carreira no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Anão e a Ninfeta
Dalton Trevisan
Record
(2011)



Vinho o Melhor Amigo do Homem
Ivan Carlos Regina
Engenho
(2004)



Livro - Tina - Respeito
Fefê Torquato
Panini Comics
(2019)



A Origem das Religiões Primitivas
Guy E. Swanson
Forense
(1960)



The Red Balloon Stage 1
Eduardo Amos
Moderna
(1991)



Sindicalismo Contemporâneo uma Nova Visão para o Movimento Sindical
Sindicalismo Contemporâneo
Sem



Baianos Famosos - Biografia
Antonio Loureiro De Souza
Ibrasa



Você Tem Medo de Quê ?
Tim Lihoreau
Globo
(2008)



Num Outro Mundo - 4ª Edição
J. W. Rochester
Conhecimento
(2007)



Judas, o Obscuro
Thomas Hardy
Abril Cultural
(1971)





busca | avançada
49702 visitas/dia
2,0 milhão/mês