2003: No fio da navalha | Ana Maria Bahiana

busca | avançada
70300 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Samir Yazbek e Marici Salomão estão à frente do ciclo on-line “Pensando a dramaturgia hoje”
>>> Chá das Cinco com Literatura recebe Luís Fernando Amâncio
>>> Shopping Granja Vianna de portas abertas
>>> Teatro do Incêndio lança Ave, Bixiga! com chamamento público para grupos artistas e crianças
>>> Amantes do vinho celebram o Dia Mundial do Malbec
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
>>> O zunido
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> La Guerra del Fin del Mundo
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Alfredo Bosi e a dignidade da crítica
>>> Pi, o [fi]lme, e o infinito no alfa
>>> Sábia, rubra, gorda (e gentil)
>>> Sol sem luz
>>> Letícia Sabatella #EuMaior
>>> Réquiem reloaded
Mais Recentes
>>> Quase Tudo Em Cinco Envelopes de Lucio Pessoa pela Giostri (2016)
>>> O Romance da Besta Fubana de Luiz Berto pela Bagaço (1995)
>>> Odisséia- Adap. Roberto Lacerda de Homero pela Scipione (1997)
>>> Perdidos na Lua de André Laurie pela Nacional (1984)
>>> Onde Fica o Ateneu? - Com Suplemento de Luiz Gê; Ivan Jaf pela Atica (2008)
>>> Faz de Conta de Mirna Pinsky pela Moderna (1984)
>>> Ioga e Meditação de Swami Tilak pela Didatica e Cientifica Ltda (1991)
>>> Madman Vol. 1 de Mike Allred pela Dark Horse Comics (2006)
>>> O Estudante de Adelaide Carraro pela Global (1987)
>>> Seleções Março de 1975 de Vários pela Readers Digest (1975)
>>> Gotham City Contra o Crime - Vol. II de Greg Rucka pela Panini (2005)
>>> Shocking Pink de Erica Spindler pela Mira Books (1998)
>>> Seleções -março de 1973 de Varios pela Readers Digest (1973)
>>> E Agora? de Odettte de Barros Mott pela Brasiliense (1978)
>>> Texhistórica Nº41 de Da Editora pela Globo (2000)
>>> Todas as Coisas sem Nome de Walther Moreira Santos pela Cepe (2017)
>>> A Dama das Camélias de Alexandre Dumas pela America do Sul (1988)
>>> A Testemunha Ocular do Crime de Agatha Christie pela Circulo do Livro
>>> Um Passe de Magica de Agatha Christie pela Record
>>> Assassinato no Campo de Golfe de Agatha Christie pela Adameri (1974)
>>> O Caso dos Dez Negrinhos de Agatha Christie pela Abril Cultural (1981)
>>> Por Que Ele Não Ligou? de Matt Titus - Tamsen Fadal pela Sem Fronteiras (2021)
>>> Granite man de Elizabeth Lowell pela Mira Books (1991)
>>> Cipreste Triste de Agatha Christie pela Nova Fronteira (1975)
>>> Mistério no Caribe de Agatha Christie pela Nova Cultural (1987)
ENSAIOS

Segunda-feira, 26/1/2004
2003: No fio da navalha
Ana Maria Bahiana

+ de 4000 Acessos
+ 2 Comentário(s)

É oficial: 2003 foi um ano muito ruim.

Mas para quem?

Esta é a pergunta de… eu ia dizer de um milhão de dólares mas, inspirada pelos recentes acontecimentos da novela Celebridade, mudarei para 800 mil reais.

Baseio o raciocínio em números recém-divulgados que mostram substancial encolhimento dos dois pilares da indústria cultural - cinema e música - no maior mercado do mundo, o americano.

Cinema, primeiro: segundo a Variety - que por sua vez utiliza as tabelas da empresa de consultoria Exhbitor Relations - a venda de ingressos caiu perto de 5% nos Estados Unidos. O pior período foi de janeiro a maio de 2003, quando o consumo de cinema despencou 11%.

Os porques já estão tirando o sono de exibidores e marketeiros - uma primeira opinião expressada pela Variety é que os filmes desse ano, especialmente os do primeiro semestre, "não empolgaram" as platéias o suficiente para gerar "boa divulgação de boca".

O que me parece um modo gentil de dizer que foram chatos pra caramba.

Existe tambem a questão da super-saturação: com 26 mil salas de exibição em seu território, os EUA têm mais canais de escoamento do que produto satisfatório, criando uma espécie de super-exposição instantânea tão anestesiante quanto o vazio e a falta de opções.

Melhor ficar em casa, esperar pelo DVD, surfar na Internet.

E baixar uns arquivos: segundo a revista Music Connection, as vendas de CDs, nos EUA, caíram 11% em 2003 - isso depois de baixarem 37% em 2001 e 2002. A Music Connection (aliás, uma boa publicação na linha trade, capaz de reflexões que às vezes escapam ao segmento) não tem muitas dúvidas: "O próprio CD já foi, a esta altura, marcado de morte. Em poucos anos, será possível guardar todas as canções já gravadas em um único computador doméstico".

Combinados, estes dois elementos pintam com clareza um quadro de total e radical - desde a raiz - transformação nos hábitos de consumo do maior produtor de entretenimento de massa do mundo. O começo de um novo paradigma de como entretenimento e cultura de massa são consumidos - e, portanto, são produzidos e distribuídos.

E isto nos afeta, é claro. Como consumidores, primeiro: o simples volume maciço da produção americana de entretenimento é a viga mestra do seu rolo compressor sobre os mercados estrangeiros. Se essa produção diminui, em vista destas mudanças radicais do mercado local (um exemplo: a média de contratações por uma grande gravadora americana era de 50 novos artistas em 2002; em 2003 caiu para 30), isto deixaria, automaticamente, um espaço maior para produto local, nos mercados ao redor do mundo? Ou, pelo contrário, levaria as grandes empresas a um frenesi de ocupação das praças vistas como disponíveis, num esforço para escoar produto que seu mercado interno não tem condições ou vontade de absorver?

Como jornalistas, isto tem enorme impacto sobre o modo como cobriremos essas áreas. Tudo está em fluxo acelerado - pontos de vista fixos, premissas que pareciam perfeitas 18 meses atrás podem não se aplicar de modo algum ao próximo trimestre.

Conseguiremos ser rápidos e flexíveis o bastante para acompanhar esta dança?

Eu já disse que não acredito em diabo?

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pela autora. Originalmente publicado no portal Comunique-se, o qual autorizou a repodução no Digestivo Cultural.


Ana Maria Bahiana
Los Angeles, 26/1/2004

Mais Ana Maria Bahiana
Mais Acessados de Ana Maria Bahiana
01. A Rolling Stone brasileira - 27/6/2005
02. O dia em que a música rachou - 28/7/2003
03. Jornalismo cultural: quem paga? - 17/11/2003
04. Release: subsídio ou substituto? - 26/7/2004
05. Os anos 90 e o mini-gênio - 19/4/2004


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
31/1/2004
23h10min
A Web vai desbancar muita gente e já começou a virar o jogo. Os prejuízos já são grandes. A cultura do entertainment terá de se repensar. Novas saídas surgirão, é claro, ao problema mencionado por Ana Maria Bahiana. E é bom que se imagine se a Web ainda continuará sendo num futuro breve livre para todos, ou se teremos de pagar muito mais por isso.
[Leia outros Comentários de maira parula]
11/3/2004
14h00min
Oi, Ana! Sempre bom te ler!!!! Tô com saudades!!! Beijos Gabi
[Leia outros Comentários de Gabriela]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Bichinhos do Brasil
Douglas Reis
Autodidata
(2008)



Os Homens dos Pés Redondos
Antônio Torres
Record
(1999)



Entre o Sensível e o Comunicacional
Bruno Souza Leal et alli
Autêntica
(2010)



Precificação e Comercialização Hedônica
Luiz Paulo Lopes Fávero
Saint Paul
(2006)



Brunner & Suddarth Tratado de Enfermagem Medico Cirurgica Vol 4
Suzanne C Smeltzer / Brenda G Bare
Guanabara/koogan
(2000)



Amor Em S. Petersburgo
Heinz G. Konsalik
Record
(1998)



Curso de Direito Tributário Volume 2
Ives Gandra da Silva (capa Dura) 5ª Edição
Cejup
(1997)



Odisséia do Teatro Brasileiro
Silvana Garcia (organizadora)
Senac São Paulo
(2002)



Dossiê Colômbia; Salas de Bate Papo Virtuais
Comunicação e Política Vol 21 - N.º 1
Cebela (rj)
(2008)



Lobos
Rubem Mauro Machado
Record
(1997)





busca | avançada
70300 visitas/dia
2,6 milhões/mês