A Garota de Rosa-Shocking | Nemo Nox | Digestivo Cultural

busca | avançada
24651 visitas/dia
954 mil/mês
Mais Recentes
>>> Premiado drama russo "Tigre Branco" marca estreia da nova faixa de filmes da TV Brasil
>>> Estevão Damázio apresenta Diálogo Brasil a partir desta segunda (19)
>>> TV Brasil apresenta nova programação a partir desta segunda (19)
>>> Mural Templuz expõe a obra "Pedra Sob Pedra"
>>> Autobiografia de Norberto Bobbio chama à razão democrática em tempos de saídas autoritárias
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Piada pronta
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba
>>> Claudio Willer e a poesia em transe
>>> Paul Ricoeur e a leitura
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto
>>> Dilúvio, de Gerald Thomas
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas
>>> Crônica de Aniversário
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 10. O Gerador de Luz
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 9. Um Cacho de Banana
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
Últimos Posts
>>> Espectros
>>> Bojador
>>> Inversões
>>> Estado alterado
>>> Templo
>>> Divagações
>>> Convicto
>>> Ação e reação
>>> Fio de Eros IV
>>> Fio da meada
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A arte de se vender
>>> The Accidental Billionaires
>>> Amores serão sempre amáveis
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 9. Um Cacho de Banana
>>> Discos que me mudaram
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles
>>> ConaLit
>>> A Música Erudita no Brasil
>>> Porque assim é São Paulo
Mais Recentes
>>> A Roda da Vida
>>> Seis Lições para os meus Filhos
>>> Iansã do Balé - Senhora dos Eguns
>>> O Efeito Sombra
>>> Atendimento ao Público nas Organizações
>>> O Beijo das Sombras - Academia de Vampiros 1
>>> Peça-me o que Quiser
>>> Para Sempre Sua
>>> Profundamente Sua
>>> Toda Sua
>>> Encontro com Teilhard de Chardin e a Evolução das Religiões
>>> Os Bichos que Tive ( Memórias Zoológicas )
>>> Um mil novecentos e oitenta e quatro ( 1984)
>>> O Rei Artur e os Cavaleiros da Távola Redonda
>>> Como Resolver Conflitos- A Causa da Supressão- 2 volumes
>>> Aritmética da Emília - edição comentada
>>> Mangá - O Livro Monstro do Mangá
>>> O Fim da Pobreza
>>> A Dieta do Suco
>>> A Dieta do arroz
>>> Bilionarios
>>> Acento em português - abordagens fonológicas
>>> Livro de um Desconhecido
>>> Questões de linguagem: passeio gramatical dirigido
>>> Pororoca, pipoca, paca e outras palavras do tupi
>>> Português ou brasileiro?
>>> Pesquisar no labirinto: a tese, um desafio possível
>>> Sete erros aos quatro ventos
>>> Sociolinguística quantitativa
>>> Semântica para a educação básica
>>> Todo mundo devia escrever
>>> Tradução: história, teorias e métodos
>>> Linguística computacional
>>> História concisa da semiótica
>>> A semântica
>>> Estrangeirismos: Guerras em Torno da Língua
>>> Quarto de Badulaques
>>> Raimundo de oliveira ( O progresso da Apostasia )
>>> A Revelação dos Sete Selos
>>> Fundamentos da economia
>>> Guia Prático de Conjugação de Verbos
>>> Cotidiano: Conhecimento e Crítica
>>> Estágio & Supervisão
>>> Educação, Ideologia e Contra Ideologia
>>> Wittgenstein - Os Pensadores
>>> Schelling - Os Pensadores
>>> Heidegger - Os Pensadores
>>> As Dores da Alma
>>> Animais da Fazenda - Brinque
>>> Cartilha do Bem
COLUNAS

Quinta-feira, 1/5/2003
A Garota de Rosa-Shocking
Nemo Nox

+ de 4100 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Como dizia Gérard Lenne, o cinema não cria mitos novos porque não existem mitos novos, existem apenas mitos velhos sob novas formas. Mais uma prova disto é o filme A Garota de Rosa-Shocking (Pretty in Pink), de 1986, escrito e co-produzido por John Hughes e dirigido por Howard Deutch.

O mito em questão é o da Gata Borralheira: menina pobre encontra príncipe encantado, apaixonam-se e, depois de alguns desentendimentos, vivem felizes para sempre. Ou pelo menos até que as luzes do cinema se acendam.

A nova Gata Borralheira (que poderia ser aqui rebatizada de Gatinha Trapeira) é Andy (interpretada por Molly Ringwald, a ruivinha de Gatinhas e Gatões), uma típica adolescente classe média baixa dos EUA. Ela trabalha numa loja de discos e freqüenta, graças a uma bolsa de estudos, uma escola de meninos ricos. Sua maneira de vestir, usando roupas antigas passadas por um processo de reengenharia, num estilo que lembra um pouco a pop star Madonna (citada também por Andy numa cena do filme), chama a atenção e serve de motivo de gozação por parte de suas coleguinhas ricas, todas no melhor estilo clean dos yuppies norte-americanos.

Em A Garota de Rosa-Shocking, a função de fada madrinha aparece dividida entre dois personagens. O primeiro deles é o próprio pai de Andy (Harry Dean Stanton, de Alien, O Fundo do Coração e Paris, Texas), compreensivo, desempregado e abandonado pela esposa pela qual ainda é apaixonado. O outro é a dona da loja onde Andy trabalha (vivida por Annie Potts, de Ghost Busters), uma kitsch-punk tardia que sempre oferece o ombro amigo nos momentos de necessidade. É a partir dos vestidos cor-de-rosa que ganha de cada um deles que Andy criará o modelito para o seu baile de formatura (e poderia haver filme da Gata Borralheira sem um baile?).

Se não existem aqui as irmãs invejosas da ascensão social da Cinderela anos oitenta, o conflito se faz presente através da figura de Duckie (boa criação do engraçado Jon Cryer). Quase sempre de óculos escuros redondinhos e trajando roupas bem mais criativas e divertidas que as de Andy, ele é apaixonado por esta garota de rosa-shocking, destilando ciúme ao invés de inveja quando ela parte com seu príncipe encantado. Num filme previsível como este, os melhores momentos ficam, sem dúvida, sob a responsabilidade de Duckie.

Last, but not least, surge o tímido e rico príncipe encantado (Andrew McCarthy, de O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas e Uma Questão de Classe), não cavalgando um garboso corcel, mas dirigindo um reluzente BMW. Apesar de seu papel chave na trama, Blane (é este o nome do príncipe) não passa de um personagem insípido, tendo a seu favor apenas a criativa cantada através de um terminal de computador, coisa ainda pouco comum na época do filme.

A Garota de Rosa-Shocking parece um título perfeito para o filme. Que outra cor, além de cor-de-rosa, basicamente um branco que queria ser vermelho, poderia tão bem representar a vontade de subir na vida que se esconde por trás desta aparentemente inocente love story? E para os aficcionados da sessão da tarde que insistem em nada ver de subliminar na história, basta um pouco de atenção numa das tramas secundárias, onde a amiga de Andy, depois de anos de comportamento underground, acaba convertendo-se à estética do bom-mocismo para conquistar também seu príncipe não tão encantado. É sintomático: não existe fábula sem moral da história.

De um filme onde o enredo não passa de um previsível romance água-com-açúcar e as questões ideológicas são tratadas de maneira suspeita, não há muito mais o que dizer. Assim como Andy, na falta de dinheiro, fazia suas roupas usando peças do passado, também A Garota de Rosa-Shocking, na falta de imaginação, busca o sucesso através da reciclagem de velhos mitos. Infelizmente, sem a criatividade do corte e costura de Andy.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Nemo Nox é editor do blog Por um Punhado de Pixels e do site Burburinho, onde este texto foi originalmente publicado.


Nemo Nox
Washington, 1/5/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá? de Renato Alessandro dos Santos
02. Notas confessionais de um angustiado (VI) de Cassionei Niches Petry
03. Dilapidare de Elisa Andrade Buzzo
04. Como uma Resenha de 'Como um Romance' de Duanne Ribeiro
05. Metallica e nostalgia de Luís Fernando Amâncio


Mais Nemo Nox
Mais Acessadas de Nemo Nox em 2003
01. The Matrix Reloaded - 20/5/2003
02. René Magritte - 7/5/2003
03. Jonny Quest - 15/1/2003
04. Trilogia Evil Dead - 13/5/2003
05. Jogos de escritores - 3/3/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
1/5/2003
19h18min
Bem legal o texto, parabéns.Nossa esse filme me fez lembrar minha adolescência, e mesmo ele sendo água com açúcar me dá saudades, porque hoje em dia os filmes adolescentes não são tão inocentes, pois apelam demais pela sexualidade e as comédias dos anos 80 dão de dez a zero nesse besteirol americano.
[Leia outros Comentários de Clarissa Kuschnir]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




HISTÓRIA GERAL E DO BRASIL - VOLUME ÙNICO - ENSINO MÉDIO
JOSÉ GERALDO VINCI DE MORAES
ATUAL
(2008)
R$ 25,00



PERSONAL STYLIST - GUIA PARA CONSULTORES DE IMAGEM
TITTA AGUIAR
SENAC
(2003)
R$ 35,00



OS SERTÕES - EUCLIDES DA CUNHA (LITERATURA BRASILEIRA)
EUCLIDES DA CUNHA
NOVA CULTURAL
(2002)
R$ 20,00



GUARDIÃO DAS SETE ENCRUZILHADAS - HEMISARÊ A IRA DIVINA
RUBENS SARACENI
MADRAS
(2014)
R$ 25,00



UMA LÁGRIMA DE MULHER
ALUÍZIO DE AZEVEDO
MARTIN CLARET
(2003)
R$ 3,00



HISTÓRIA GERAL VOLUME IV- CIVILIZAÇÃO CONTEMPORÂNEA
DELGADO DE CARVALHO
RECORD
(1972)
R$ 19,89



INTERNACIONAIS SOCIALISTAS E SOCIALISMO DO SÉCULO XXI
EDUARDO MANCUSO
RENASCENÇA
(2012)
R$ 9,00



A VIA DE CHUANG TZU
THOMAS MERTON
VOZES
(2002)
R$ 40,00



REFLEXOS DO BAILE - 3ª EDIÇÃO
ANTONIO CALLADO
PAZ E TERRA
(1977)
R$ 8,00



A VIDA DO HOMEM E DA MULHER NO LAR
JAIME MONTEIRO DE BARROS
OFFICINAS GRAPHICAS ATC
(1938)
R$ 50,00





busca | avançada
24651 visitas/dia
954 mil/mês