As 16 Datas que Mudaram o Mundo | Nanda Rovere | Digestivo Cultural

busca | avançada
29471 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Digestivo Cultural
O que é?
Quem faz?

Audiência e Anúncios
Quem acessa?
Como anunciar?

Colaboração e Divulgação
Como publicar?
Como divulgar?

Newsletter | Disparo
* Histórico & Feeds
TT, FB e Instagram
Últimas Notas
>>> Daily Rituals - How Artists Work, by Mason Currey
>>> Fernando Pessoa, o Livro das Citações, por José Paulo Cavalcanti Filho
>>> A Loja de Tudo - Jeff Bezos e a Era da Amazon, de Brad Stone
>>> Reflexões ou Sentenças e Máximas Morais, de La Rochefoucauld
>>> O Capital no Século XXI, de Thomas Piketty, o livro do ano
>>> Trágico e Cômico, o livro, de Diogo Salles
>>> Blue Jasmine, de Woody Allen, com Cate Blanchett
>>> The Devil Put Dinosaurs Here, do Alice in Chains
Temas
Mais Recentes
>>> Alcorão
>>> Buenos Aires: guia de viagem
>>> 'Noé' e 'Êxodo': Bíblia, Especismo e Terrorismo
>>> Como ser um Medina
>>> Rugas e rusgas
>>> A metade da vida
>>> Por um 2015 sem carteiradas
>>> Paixões e baratas
>>> Amores, truques e outras versões, de Alex Andrade
>>> A Dama Dourada, de Anne-Marie O'Connor
Colunistas
Mais Recentes
>>> Copa 2014
>>> Copa 2010
>>> Idade
>>> Origens
>>> Protestos
>>> Millôr Fernandes
Últimos Posts
>>> Selva de Pedra (1986)
>>> Um sonho a mais (1985)
>>> Neste ano
>>> Uma página na Amazon
>>> Nietzsche reloaded
>>> Venina no Fantástico
>>> Obrigado, vida
>>> Dia do Ram
>>> Escrever e defender o governo
>>> Mozart 11 com Barenboim
Mais Recentes
>>> Lembranças de Ariano Suassuna
>>> Harold Ramis (1944-2014)
>>> Sergio Britto & eu
>>> Para o Daniel Piza. De uma leitora
>>> Joey e Johnny Ramone
>>> A Cultura do Consenso
>>> De Kooning em retrospectiva
>>> Delírios da baixa gastronomia
Mais Recentes
>>> Jaime Pinsky
>>> Luis Salvatore
>>> Catarse
>>> Chico Pinheiro
>>> Sheila Leirner
>>> Guilherme Fiuza
Mais Recentes
>>> O segundo e-book do Digestivo
>>> Momento cívico
>>> Digestivo Books
>>> Caixa Postal
>>> Nova Seção Livros
>>> Digestivo no Instagram
Mais Recentes
>>> Nietzsche reloaded
>>> Mozart 11 com Barenboim
>>> Sobre a vida no campo
>>> Estatuto da Juventude
>>> Graça Foster também sabia
>>> A Puta, um romance bom prá cacete
>>> Guerreiros da Luz - O Treinamento
>>> As Cem Melhores Crônicas Brasileiras
>>> Para ler o Pato Donald
>>> Zinedine Zidane
LIVROS
Mais Recentes
>>> Elena
>>> O Pai dos Burros
>>> O Segredo do Sucesso é ser Humano
>>> O que restou de mim
>>> Caça ao Homem
>>> Pássaro da Tempestade
>>> A Humanidade e Suas Fronteiras
>>> Os Grandes Impostores
>>> Como Gata e Rato, Como Cão e Gata
>>> Os Fidalgos da Casa Mourisca
>>> O Príncipe
>>> Conversas
>>> Os piores dias de minha vida foram todos
>>> Coração de Mãe
>>> Entre o Silêncio e a Obra
>>> Transportes - História, Crises e Caminhos
>>> Embuscadoamor.com
>>> Um tal Lucas
>>> O Outono do Patriarca
>>> Um Corpo na Neve
>>> Cinquenta Anos Esta Noite
>>> Pedagogia dos Sonhos Possíveis
>>> Enquanto Deus não Está Olhando
>>> O Sopro dos Deuses
>>> A Viagem Iniciática ou Os 33 Graus de Sabedoria
>>> The Rolling Stones - A Biografia Definitiva
>>> O Legado
>>> O Trovador
>>> Prisioneiro da Sorte
>>> O Pergaminho Sagrado
>>> Pergunte a Deepak Chopra Sobre Amor e Relacionamentos
>>> Amor até debaixo d'água
>>> Viagem à Calábria
>>> English Is Not Easy
>>> Quase Casados
>>> Ter e não ter
>>> A Lei do Triunfo
>>> Panteão
>>> O Guerreiro do Oeste
>>> Katherine
>>> A Vingança da Amante
>>> Em Nome do Mal
>>> Por onde você anda?
>>> Os 13 Segredos
>>> Herança de Sangue
>>> O Mistério dos Deuses
>>> Quartos Fechados
>>> Ossos Perdidos
>>> Três Macacos
>>> Quebrando Regras
COLUNAS

Segunda-feira, 12/1/2004
As 16 Datas que Mudaram o Mundo
Nanda Rovere

+ de 13500 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Em outubro fui passar uns dias em Fortaleza/CE. Estava em um restaurante na praia de Cumbuco, não vi um degrau, caí e quebrei duas costelas. Por esse motivo, passei dois meses um pouco distante do computador e não escrevi para o Digestivo.

Neste tempo, li alguns livros, entre eles As 16 Datas que Mudaram o Mundo, de autoria do historiador Pierre Miquel (professor emérito da Sorbonne).

Assim que acabei de ler, fiquei pensando nos motivos que me levaram a estudar História.

No colégio sempre me interessei pelo passado (do Brasil, do mundo e da minha família). Estudava com muita dedicação os temas propostos em sala de aula, mas tinha vontade de me aprofundar nos assuntos; entender, por exemplo, o porquê de tanta guerra, de tanta miséria e desrespeito no mundo.

Gostava de estudar História Antiga, Medieval e Contemporânea, mas sentia falta de uma abordagem por parte dos professores e dos livros didáticos sobre a História ”mais atual” (no colégio nunca vi, por exemplo, nada sobre o Estado Novo, sobre a Primeira Guerra Mundial...).

No cursinho tive um professor maravilhoso que me animou a prestar vestibular para História. Acabei passando na PUC/SP e terminei o curso há alguns anos. Confesso que ainda não compreendo muitas coisas, mas consegui ter uma idéia geral sobre a História do Brasil e do Mundo e senti falta de um estudo sobre a África, por exemplo. E por que isso não acontece, ou ao menos não acontecia? Ora, a valorização da cultura americana e européia sempre permeou o universo da maioria dos pensadores, escritores, historiadores, etc., tanto que as datas e fatos considerados importantes num âmbito mundial estão ligadas a países pertencentes a essas regiões Ocidentais e à formação dos mesmos!

Neste sentido, As 16 Datas que Mudaram o Mundo não é um livro inovador. Obviamente os critérios usados na escolha das 16 datas, em detrimento de outras, foram subjetivas, mas o Historiador não deixou de seguir basicamente o que a "História Oficial" estabeleceu como marco. Não que essas datas não sejam importantes, pois realmente elas contribuíram para a transformação do mundo e traçaram a nossa realidade presente, mas sempre me pergunto: "Será que não é preciso dar mais valor à História dos países que sempre foram renegados ao segundo plano, será que a História desses países teve realmente papel secundário na modificação do panorama mundial?

Quanto mais eu leio e estudo, percebo que ainda tenho muito o que aprender. Por isso deixo essa questão em aberto...

Mas voltando à abordagem do livro, As 16 Datas que Mudaram o Mundo, vale a pena ressaltar que a leitura desta obra é interessante por oferecer ao leitor um painel dos momentos considerados mais importantes da História Mundial.

Escolher os 16 acontecimentos em detrimento de outros também importantes não foi uma tarefa muito fácil, mas segundo Pierre Miquel esses 16 fatos oferecem uma sequência significativa da História, útil aos contemporâneos.

O autor estabeleceu como ponto de partida o nascimento de Cristo e como término o atentado de 11 de setembro de 2001, em Nova York. Ao todo, são 16 capítulos onde o professor Pierre Miquel analisa cada fato histórico, explicando a causa desses acontecimentos e as transformações ocorridas após os mesmos, pois na sua concepção o depois sempre dá seu sentido ao antes.

Analisa acontecimentos como o nascimento de Cristo, A Hégira (a fuga de Maomé de Meca), O Descobrimento da América, Martinho Lutero, A Revolução Francesa, A Declaração Balfour (Inglaterra dá apoio ao povo judeu para estabelecer-se na Palestina), a Independência da Índia e do Paquistão, o 11 de Setembro em Nova York, etc.

A Independência da Índia (1947), por ex., tornou-se inevitável pela quantidade de revoltas eclodidas no país e pela resistência passiva de Gandhi. O antes de 1947 era a persistência do sistema colonial em todo o mundo. Depois da Independência da Índia, vários países começaram a lutar pela sua independência, deflagrando uma longa marcha de descolonização em todo o mundo.

Também achei interessante a abordagem sobre A Declaração Balfour, pois apesar dos conflitos entre Israelenses e Palestinos, terem a sua origem na Antigüidade, A Declaração impulsionou a ida de judeus para a Palestina (ocupada pelos árabes durante a expansão islâmica). Desde então, a região se tornou palco de conflitos entre esses dois povos... Desconhecia esse episódio histórico, importante para a compreensão da atual situação no Oriente Médio.

O Historiador não vai "a fundo" nas discussões - e nem esse foi o seu objetivo, mas certamente acende no leitor uma curiosidade de estudar mais profundamente os assuntos abordados. Após cada capítulo há uma cronologia,que sintetiza os fatos e orienta os leitores interessados em procurar mais informações sobre os conteúdos.

Consegue atingir qualquer tipo de leitor, visto que a obra não é direcionada aos acadêmicos, mas a todos que se interessam por História. Este é um dos méritos do livro, pois muitos historiadores analisam os fatos históricos utilizando uma linguagem inacessível à maioria das pessoas.

Confesso que não conhecia Pierre Miquel e fiquei um pouco decepcionada ao procurar alguma informação sobre ele na Internet, porque não encontrei nada em Português.

De qualquer maneira, esse trabalho merece ser prestigiado e criticado - pelo menos, na minha opinião, a importância de uma obra está na discussão que ela proporciona, não importa se favorável ou não às idéias que o autor defende.

Através do estudo da nossa História, podemos compreender a origem das guerras e desigualdades existentes no mundo atual. Quem não conhece o seu passado, não entende o seu presente (dificilmente consegue refletir sobre a realidade em que vive) e não tem condições de lutar por um mundo mais justo. Por esse motivo, todos os livros que buscam discutir a nossa História são bem-vindos.

Para ir além






Nanda Rovere
São Paulo, 12/1/2004

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Um mês depois de Julio Daio Borges
02. Sobre o caso Idelber Avelar de Julio Daio Borges
03. O começo do fim da hegemonia 'de esquerda' de Julio Daio Borges
04. Esquerda x Direita de Marta Barcellos
05. Bonecas russas, de Eliana Cardoso de Eugenia Zerbini


Mais Nanda Rovere
Mais Acessadas de Nanda Rovere em 2004
01. As 16 Datas que Mudaram o Mundo - 12/1/2004
02. Por Mares Nunca Dantes, de Geraldo Carneiro - 8/3/2004
03. Com Ela presta homenagem à Cássia Eller - 2/2/2004
04. União entre música e poesia - 16/2/2004
05. Impressões sobre São Paulo - 26/1/2004


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
24/1/2004
00h29min
História é realmente muito fascinante... pretendo estudar após a faculdade de jornalismo... enquanto isso, pretendo me render a esses livros que tentam explicar, cada um à sua maneira, o antes, o agora e o depois... acho que por isso a história é fascinamente.
[Leia outros Comentários de Alan - desacomodado]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




>>> Programação organizada pela SAFTM e pelo Mosteiro de São Bento comemora centenário de Thomas Merton
>>> Grátis: Exposição 'Afluência' no Café Baroni da Praça XV
>>> Programa Janela Janelinha traz histórias e filmes da África
>>> Seminário de Economia da Cultura levará para discussão a sobrevivência e existência de grupos e arti
>>> Caminhos da Reportagem traça um panorama sobre a Bolívia
>>> Retratos de Fé apresenta as tradições e costumes dos mórmons
* clique para encaminhar

Busca Sebos
Companhia das Letras
Intrínseca
Editora Record
Arquipélago Editorial
Editora Conteúdo
Civilização Brasileira
Globo Livros
Nova Fronteira
José Olympio
Primavera Editorial
Editora Perspectiva
Best Seller
Bertrand Brasil
WMF Martins Fontes
Hedra
Cortez Editora
LIVROS


WORLD OF WARCRAFT - CRIMES DE GUERRA
De R$ 38,00
Por R$ 25,83
Economize R$ 12,17



AMANDINE
De R$ 45,00
Por R$ 28,06
Economize R$ 16,94



PANTEÃO
De R$ 42,00
Por R$ 37,90
Economize R$ 4,10



BICICLETA
Por R$ 38,95
+ frete grátis



ANJOS NA ESCURIDÃO
Por R$ 19,95
+ frete grátis



A REDE
Por R$ 43,95
+ frete grátis



DIREITO PENAL
Por R$ 38,95
+ frete grátis



O SILÊNCIO DO ALGOZ
Por R$ 36,95
+ frete grátis



A FILOSOFIA COMO CRÍTICA DA CULTURA
De R$ 31,00
Por R$ 20,31
Economize R$ 10,69



O ZOO DE JOAQUIM
Por R$ 29,95
+ frete grátis



busca | avançada
29471 visitas/dia
1,4 milhão/mês