Alice in Chains, Rainier Fog (2018) | Luís Fernando Amâncio | Digestivo Cultural

busca | avançada
28252 visitas/dia
851 mil/mês
Mais Recentes
>>> Sidney Rocha lança seu novo livro, A Lenda da Seca
>>> Oficina de Alegria encerra o mês das crianças com a festa Bloquinho na Praça - 27 de outubro
>>> EMP Escola de Música faz apresentação gratuita de alunos e professores
>>> Miami Ad School Rio promove curso sobre criatividade que desmistifica o padrão do que é ser criativo
>>> Exposição destaca figura feminina com a leveza da aquarela
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Inferno em digestão
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> O artífice do sertão
>>> De volta à antiga roda rosa
>>> O papel aceita tudo
>>> O tigre de papel que ruge
>>> Alice in Chains, Rainier Fog (2018)
>>> Cidades do Algarve
>>> Gosta de escrever? Como não leu este livro ainda?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> Por um triz
>>> Sete chaves a sete cores
>>> Feira livre
>>> Que galho vai dar
>>> Relâmpagofágico
>>> Caminhada
>>> Chama
>>> Ossos perduram
>>> Pensamentos à política
>>> A santidade do pecado em Padre António Vieira
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um defeito de cor, um acerto de contas
>>> Cuidado: Texto de Humor
>>> O Oratório de Natal, de J. S. Bach
>>> My fair opinion
>>> Hitler e outros autores
>>> A alma boa de Setsuan e a bondade
>>> Cigarro, apenas um substituto da masturbação?
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Queijos
>>> A trilogia da vingança de Park Chan-Wook
Mais Recentes
>>> Um Sopro de Vida de Clarice Lispector pela Rocco (1999)
>>> Grego Prático - o 1 Passo de Rivaldir Avelino dos Santos pela Do Autor (2005)
>>> Tò Thaumastón: o Maravilhoso. Introdução ao Pensamento Grego Arcaico de Fabricio Possebon pela Ideia/ufpb (2008)
>>> Rig-veda. a Sabdoria das Estrofes de Fabricio Possebon pela Ideia/ufpb (2006)
>>> Obra Completa Volume II de Leão Tolstoi pela Aguilar (1961)
>>> Obra Completa Volume I de Leão Tolstoi pela Aguilar (1960)
>>> As Partes dos Animais Livro I de Aristóteles pela Centro de Logica - Unicamp (1999)
>>> Intermezzo Lírico-filosófico 7 Parte de Ernani Reichmann pela Do Autor (1963)
>>> Projeto de Salvação de Ernani Reichmann pela Artes e Textos (2006)
>>> A Passagem de Ernani Reichmann pela Artes e Textos (2006)
>>> O Sumo Sacerdote, o Publicano e a Pecadora de Soren Kierkegaard pela Do Autor (2001)
>>> Dois Discursos Edificantes de 1844 de Soren Kierkegaard pela Do Autor (2001)
>>> Quatro Discursos Edificantes de 1843 de Soren Kierkegaard pela Do Autor (2001)
>>> Dois Discursos Edificantes de 1843 de Soren Kierkegaard pela Do Autor (2001)
>>> Attack Upon Christendom de Soren Kierkegaard pela The Beacon Press (1956)
>>> Soren Kierkegaard (1813-1955) Padre del Existencialismo de Peter Rohde pela Ministério de Relações da Dn (1983)
>>> Soren Kierkegaard. Il Filósofo Danés de Peter Rohde pela La Seccionde Prensa
>>> Post-scriptum Aux Miettes Philosophiques de Soren Kierkegaard pela Puf (1949)
>>> Estética do Matrimónio de Soren Kierkegaard pela Presença
>>> Estética y Ética En La Formación de La Personalidad de Soren Kierkegaard pela Editorial Nova (1955)
>>> Budismo claro e simples de Steve Hagen pela Pensamento (2009)
>>> Budismo de Richard A Gard pela Jorge Zahar (1964)
>>> Introdução ao Tantra de Murillo Nunes de Azevedo pela Pensamento (1989)
>>> A Sabedoria do Sutra de Lótus I de Daisaku Ikeda pela Brasil Seikyo (2004)
>>> Cristianismo Zen de William Johnston pela Cultrix (1989)
>>> The Pure Land, N 5 de Vvaa pela Journal of Pure Land Buddhism (1988)
>>> Le Traité de Bodhidharma de Bodhidharma pela Le Mail (1986)
>>> NgelSo Autocura Tântrica III de Lama Gangchen Rimpoche pela Gaia (2003)
>>> NgelSo Autocura Tântrica II de Lama Gangchen Rimpoche pela Gaia (2003)
>>> Uma Jovem ideia de Paz de Lama Michel Rinpoche pela Sarasvati Multimidia (1996)
>>> O Monge e o Lama. Diálogo entre Budismo e Cristianismo de Dom Robert Le Gall, Lama Jigme Rinpoche pela Bertrand do Brasil (2003)
>>> Budismo História e Doutrina de Dennis Gira pela Vozes (1992)
>>> Atenção Plena em Linguagem Simples de Bhante Henepola Gunaratana pela Gaia (2017)
>>> Oito Passos atentos para a felicidade de Bhante Henepola Gunaratana pela Gaia (2014)
>>> A Vida do Buddha e o Caminho de Puhulwelle Vipasi pela Sociedade Budista Brasileira (1991)
>>> Transformando Problemas em Felicidade de Lama Zopa Rinpoche pela Mauad X (2009)
>>> Práctica del Budismo Tibetano de Kalu Rinpoche pela Editorial Barath (1984)
>>> Tantra no Tibete de Tsong-Ka-Pa pela Pensamento (1998)
>>> Grande Amor Um objetivo de vida de Lama Michel Rinpoche, Bel Cesar pela Gaia (2015)
>>> A Expansão da Mente de Tarthang Tulku pela Cultrix (1992)
>>> A Mente Oculta da Liberdade de Tarthang Tulku pela Cultrix (1998)
>>> Reflexões sobre a Mente de Tarthang Tulku pela Cultrix (1990)
>>> Tibete fé e conflito de Cynthia Marcucci pela Desatino (2012)
>>> O Budismo do Buda de Alexandra David-Neel pela Ibrasa (1985)
>>> A Doutrina de Buda de Buda pela Bukkyo Dendo Kyokai (1998)
>>> Um Olhar. Dois Tempos de Carlos Nejar pela José Olympio (1985)
>>> Livro de Gazeis de Lygia Fagundes Telles pela Record (1984)
>>> Antes do Baile Verde de Josué Montello pela Nova Fronteira (1986)
>>> A Luz da Estrela Morta de David R Slavitt pela Nova Fronteira (1981)
>>> Alice aos 80 de Millôr Fernandes pela Rocco (1986)
COLUNAS

Sexta-feira, 21/9/2018
Alice in Chains, Rainier Fog (2018)
Luís Fernando Amâncio

+ de 700 Acessos

Rainier Fog, o sexto álbum de estúdio do Alice in Chains, foi lançado no dia 24 de agosto e veio ao mundo cercado de expectativas. Embora a banda não seja um enorme sucesso de audiência, possui seu público cativo e conta com certo respeito na crítica musical. Além disso, o Alice in Chains possui uma discografia consideravelmente pequena para um grupo que existe há três décadas, o que faz o lançamento ser um momento especial.



O álbum é o primeiro da banda pela gravadora BMG e foi produzido por Nick Raskulinecz, parceiro do grupo em seus dois trabalhos anteriores, Black Gives Way to Blue (2009) e The Devil Put Dinosaurs Here (2013). É também o terceiro álbum da nova fase do Alice in Chains, desde que o grupo retomou as atividades após o falecimento de Layne Staley, com William Duvall (vocais, guitarra) se juntando a Jerry Cantrell (vocais, guitarra), Mike Inez (baixo) e Sean Kinney (bateria). O disco abre com “The One You Know”, já conhecida dos fãs, pois foi o primeiro single. Uma canção construída em um ritmo crescente, mas que acaba sendo frustrado no refrão, que soa como um anticlímax. Talvez não tenha sido a melhor escolha para música de trabalho, embora o solo de guitarra e a dobradinha vocal Cantrell/ Duvall façam valer a pena. Em seguida, a faixa título, “Rainier Fog”, atende bem as expectativas. Seu nome faz alusão ao Mont Rainier, vulcão adormecido situado em Seattle, a maior montanha do estado de Washington. É um tributo à cena grunge e aos seus inúmeros músicos falecidos. Só ex-integrantes da banda são dois, Mike Starr e Layne. Os exemplos, infelizmente, vão bem além dos nomes consagrados. A chegada da heroína em Seattle foi avassaladora entre os anos 1980 e 1990.

“Red Giant” reforça o clima sombrio do álbum, que é parte importante da identidade sonora da banda. “Fly”, primeira balada, também tem essa característica. Ela apresenta bastante potencial para ser a próxima música de trabalho, com o equilíbrio entre melancolia e beleza que o Alice in Chains domina como poucos.

“Drone”, quinta música, foge um pouco do estilo do grupo – mas bem pouco. Possui um riff arrastado e recebeu críticas bem favoráveis. “Deaf Ears Blind Eyes” é uma típica canção de meio de álbum, sem grande destaque, mas longe de ser ruim. “Maybe”, em seguida, é outra balada. Começa com uma harmonização vocal que nos remete a ópera rock.

A oitava música do disco também foi liberada anteriormente, “So Far Under”, a mais noventista do disco – curiosamente, composta por William Duvall, que não fazia parte do grupo no período. Um petardo que merece que o volume vá para o máximo. Aliás, o trio final de canções do disco é forte. “Never Fade”, outra liberada anteriormente, possui um refrão bem solar, algo raro na discografia do AiC. Para finalizar, outro momento mais introspectivo com “All I Am”, a faixa mais longa do disco, com duração superior a sete minutos.

É nítido, com Rainier Fog, que o Alice in Chains optou em seu retorno por uma sonoridade mais estável, mantendo uma identidade ao longo dos últimos três álbuns e, consequentemente, sem propor grandes inovações. Para alguns, pode parecer comodismo, a repetição de uma fórmula. Mas a verdade é que, ao dar play em um álbum do Alice in Chains, os fãs tem algo em mente que só a banda sabe entregar. Um som pesado, doce, com guitarras distorcidas e solos simples, mas melodiosos. É uma banda bastante genuína e, em Rainier Fog, mais uma vez não decepciona.





Luís Fernando Amâncio
Belo Horizonte, 21/9/2018


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos de Jardel Dias Cavalcanti
02. As pedras de Estevão Azevedo de Wellington Machado
03. De volta à antiga roda rosa de Elisa Andrade Buzzo
04. Cidades do Algarve de Elisa Andrade Buzzo
05. Gosta de escrever? Como não leu este livro ainda? de Renato Alessandro dos Santos


Mais Luís Fernando Amâncio
Mais Acessadas de Luís Fernando Amâncio
01. O Brasil que eu quero - 22/6/2018
02. Tricordiano, o futebol é cardíaco - 26/4/2016
03. Fake news, passado e futuro - 25/8/2017
04. Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão - 30/8/2016
05. Nos tempos de Street Fighter II - 31/5/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO?
SPENCER JOHNSON
RECORD
(2005)
R$ 4,00



OLD TESTAMENT AND THE FINE ARTS
CYNTHIA PEARL MAUS
HARPER AND ROW
(1954)
R$ 49,90



SEM VESTÍGIOS - REVELAÇÕES DE UM AGENTE SECRETO DA DITADURA
TAÍS MORAIS - 1ª EDIÇÃO
GERAÇÃO
(2008)
R$ 15,00



LÁGRIMAS PERDIDAS - TROVAS
RUY MENEZES / AL DE AZEVEDO
NOVA FRIBURGO
(1962)
R$ 43,46



MULHERES DE AÇO E DE FLORES
PE FÁBIO DE MELO
GENTE
(2008)
R$ 15,00



GUIA DO ESTUDANTE CURSO PREPARATÓRIO ENEM 2010 HISTÓRIA I
ABRIL COLEÇÕES
ABRIL COLEÇÕES
(2010)
R$ 10,00



TEATRO DE SANTA ISABEL GUIA FOTOGRÁFICO
RILDO MOURA
RILDO MOURA
(2008)
R$ 39,20



OS LIMITES DO SENTIDO
EDUARDO GUIMARÃES
PONTES
(1995)
R$ 45,00



EM VERDADE VOS DIGO
SALOVI BERNARDO
CONVICÇÃO
(2012)
R$ 30,00



ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA
SCOTT TUROW
RECORD
(2011)
R$ 24,90





busca | avançada
28252 visitas/dia
851 mil/mês