Cidade-sinestesia | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
55403 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Nos 30 anos, Taanteatro faz reflexão com solos teatro-coreográficos
>>> ‘Salão Paulista de Arte Naïf’ será aberto neste sábado, dia 27, no Museu de Socorro
>>> Festival +DH: Debates, cinema e música para abordar os Direitos Humanos
>>> Iecine abre inscrições para a oficina Coprodução Internacional para Cinema
>>> MAB FAAP recebe a exposição Ensaios de Inclusão
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
>>> A Lei de Murici
>>> Três apitos
>>> World Drag Show estará em Bragança Paulista
>>> Na dúvida com as palavras
>>> Fly Maria: espaço multicultural em Campinas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Pink Floyd 1972
>>> Borges e Osvaldo Ferrari, Diálogos
>>> The Book of Souls
>>> Cidade de Deus, de Paulo Lins
>>> O melhor de 2008 ― literatura e cinema
>>> Depressão
>>> Útil paisagem
>>> Tradução e acesso
>>> A proposta libertária
>>> Francis Ford Coppola
Mais Recentes
>>> Exegese Logosófica de Carlos Bernardo González Pecorche pela Logosófica (2006)
>>> Linha Convergentes - Poesia de Vs Andersen pela Thesaurus (2015)
>>> Ver de Novo - História Sobre o Meio Ambiente de Alberto Caeiro e Outros pela Ática (2013)
>>> Fio de Salma Silva pela Cânone (2003)
>>> Organize Sua Vida de Donald Weiss pela Nobel (1992)
>>> Mulheres Ambiciosa Caminham Mais de Debra Condren pela Gente (2007)
>>> A Teoria das Janelas Quebradas de Drauzio Varella pela Companhia das Letras (2010)
>>> O Zaratustra de Nietzsche de Pierre Héber Suffrin pela Zahar (1991)
>>> Quenco, o Pato de Ana Maria Machado pela Ática (2006)
>>> Gerenciando sem Recorrer a Soluções Paliativas de Ralph H Kilman pela Qualymark (1991)
>>> Bianco Clara, Karina-um Só Caminho de Elly da Costa Capalbo pela Ide (2014)
>>> De Asas, Espelhos e Princessas de Maria da Glória Barbosa pela não consta (2010)
>>> A Noiva da Esplanada de Jô Pessoas pela Do Autor (2009)
>>> Travessura da Menina má - Edição de bolso de Mario Vargas Llosa pela Bestbolso (2010)
>>> Gerência deProdutos de Fauze Jajib Mattar pela Atlas (2003)
>>> O Rei Branco de Gyorgy Dragoman pela Intrínseca (2005)
>>> Crespúsculo de Stephenie Meyer pela Intrinseca (2009)
>>> Anotomia do Poder de J Kenneth BGalbraith pela Pioneira (1984)
>>> Afonso Arino na Unb de Unb pela Unb (1981)
>>> Seis Regras Subversivas para Fazer um Relacionamento Durar de William Nagler e Anna Sndroff pela Nobel (1993)
>>> Gestão de Custo de Carlos Ubiratan da Costa Schier pela Ibpex (2011)
>>> A Arte de Superar Problemas de Charles Stanley pela Thamas Nelson Brasil (2007)
>>> 7 volumes da Obra Completa do Padre Antônio Vieira de Padre Antônio Vieira pela Loyola (2018)
>>> Empresários Vencedores e Suas Historia de Sucesso de Sebrae pela Sebrae (2002)
>>> As Parábolas de Jesus de Elio Guerreiro e Maria Steiner pela Paulinas (2010)
COLUNAS

Quinta-feira, 10/7/2014
Cidade-sinestesia
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2900 Acessos


ilustra: Renato Lima

Cheiro de frango assado inundando as esquinas nas manhãs de sábado, derretendo gordura nas batatas, cozinhando nas televisões de cachorro dos bares. Passar distraidamente, sentir, direcionar a atenção para a alegria da comida. Cheiro que não deixa de alimentar e transportar para outros momentos e o paladar que se teve então. Acordar com este odor dos dias de descanso, a cidade ainda lenta, as ruas numa calmaria falsa e antiga, aos poucos se estruturando para todos correrem a almoçar, entrar em ritmo frenético de obrigações de finais de semana.

À noite, cheiro de lenha das pizzarias iniciando o período de entregas. Porque na cidade, quando se aprofunda o final do dia, uma certa tranquilidade volta a reinar nos quarteirões dos bairros. Estes animados por pequenos polos e quando se caminha se sente esta outra movimentação, a de preparar o forno, estender a massa, manejar a borda, colocar os ingredientes e iniciar a receber os pedidos de entrega. E assim se vai inflando a vida. Noite paulistana é cravejada de entregadores com motos, cortando as ruas com o destino da entrega, apenas.

Se a noite é de verão, grilos cricrilando em algum matagal, que ainda há na cidade terrenos esquecidos. No que há de silêncio, se elevam alguns ruídos, imperceptíveis durante o dia. E assim, quando anoitece, chega o momento de escutar a terra da cidade, muito plácida e indefesa ao dispor de quem quiser para si tomá-la. Sua vegetação se presentifica como os seres vivos a pernoitar solitariamente. Este é o ápice de sua dominação sobre a cidade, sugando a terra, dispondo do espaço ao seu redor para lançar folhas e galhos.

Pelo gradeado dos prédios ou rente às plantas das calçadas estão as damas-da-noite lançando seu discreto perfume de jasmim. Que vai se esvaindo, como notas de um instrumento musical cada vez mais imperceptíveis diante da parada do instrumentista, de tantas variáveis fora do controle do ouvinte, o qual aguça seus sentidos para voltar a ouvir um aceno sensual, e então novamente mergulhar pela beleza daquele tempo lançado dentro do tempo. Cenas sinestésicas, difusas no ambiente, aguçando os sentidos, para depois se instalar na memória como monumentos de delicadeza.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 10/7/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Em nome dos filhos de Luís Fernando Amâncio
02. Dheepan, uma busca por uma nova vida de Guilherme Carvalhal
03. As deliciosas mulheres de Gustave Courbet de Jardel Dias Cavalcanti
04. Bento XVI e os bastidores do Vaticano de Humberto Pereira da Silva
05. A clepsidra e os livros de areia de Daniela Kahn


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2014
01. A Copa mais triste de todos os tempos - 12/6/2014
02. Quando as rodas param - 25/9/2014
03. Lina Chamie e sua cartografia sentimental de SP - 6/2/2014
04. A natureza selvagem da terra - 1/5/2014
05. Noites azuis - 28/8/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Tantas Histórias no Escurinho da Escola
Edson Gabriel Garcia
Ftd
(1996)



Do éden ao éden
Gil Felippe
Senac
(2008)



Capitão Cueca e o ataque das privadas falantes
Dav Pilkey
Companhia das Letrinhas
(2013)



O Coyote Magazine - 141 à 150
J. Mallorqui
Monterrey
(1964)



O Orçamento
Eric Parloe; Raymond Wrigth
Nobel
(2001)



Desbravando o Pic
David josé de souza
Érica
(2006)



Alzheimer: exercícios para estimular o cérebro
Fundamento
Fundamento
(2021)



Três Tesouros e Três Piratas
Malgorzata Strzalkowska
Salvat
(2011)



A Moreninha
Renata Pallottini
Scipione
(2003)



Doutrina Secreta Gnóstica
Karl Bunn
Edisaw
(2012)





busca | avançada
55403 visitas/dia
2,2 milhões/mês