Como ser um Medina | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
80183 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Contos do Índio e da Floresta estreia dias 03 e 04 de outubro na Sympla Streaming
>>> “Conversa de Criança – Coronavírus” discute o acolhimento das emoções das crianças durante pandemia
>>> São Paulo ganha grafitti gigante que propõe reflexão sobre igualdade racial
>>> Buena Onda Reggae Club faz maratona de shows online a partir de 1ª de outubro
>>> Filó Machado e Felipe Machado dividem o palco em show online pelo CulturaEmCasa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O melhor de 2008 ― literatura e cinema
>>> The perfect servant
>>> Trauma a ser evitado
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> 28 de Abril #digestivo10anos
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> O jornalismo que dá nojo
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Útil paisagem
Mais Recentes
>>> Cérebro de Robin Cook pela Círculo do Livro (1997)
>>> A Ira dos Anjos de Sidney Sheldon pela Nova Cultural (1985)
>>> Nada Dura Para Sempre de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1998)
>>> Um Estranho no Espelho de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1987)
>>> O Outro Lado da Meia-Noite de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1989)
>>> Palavras que Curam - A força terapêutica das hist. bíblicas de Walther H, Lechler/Alfred Meier pela Prestígio (2006)
>>> A História da Primeira Guerra Mundial. 1914-1918 - Com 4 Volumes de David Stevenson pela Novo Século (2018)
>>> Wild Cards: Ases Nas Alturas - Livro 2 de George R. R. Martin pela Leya (2013)
>>> Wild Cards: Guerra aos Curingas - Livro 9 de George R. R. Martin pela Leya (2018)
>>> Wild Cards: Luta de Valetes - Livro 8 de George R. R. Martin pela Leya (2017)
>>> Wild Cards: Ás na Manga: Livro 6 de George R. R. Martin pela Leya (2017)
>>> Pense e Enriqueça - para Mulheres Texto Completo de Sharon Lechter pela CDG Grupo Editorial (2017)
>>> Atitude Mental Positiva de Napoleon Hill pela CDG Grupo Editorial (2015)
>>> O Caso dos Dez Negrinhos de Agatha Christie pela Círculo do Livro (1975)
>>> Mistério no Caribe de Agatha Christie pela Nova Cultural (1964)
>>> Sebastiana Quebra Galho Guia Prático das donas de casa 16ªed. de Nenzinha Machado Salles pela Civilização Brasileira (1994)
>>> Assassinato no Expresso do Oriente de Agatha Christie pela Nova Fronteira
>>> Cem Anos de Solidão de Gabriel García Marquez pela Sabiá (1971)
>>> Melhor que comprar sapatos de Cristiane Cardoso pela Unipro (2015)
>>> Imposto sobre a propriedade territorial rural de Dejalma de Campos pela Atlas (1993)
>>> Archi de soleil de Patrick Bardou e Varoujan Arzoumanian pela Parenthèses (1978)
>>> Passo a passos de Ioberto Tatsch Banunas pela Sulina (1997)
>>> A máquina de fazer espanhóis- 2ª ed. de Valter Hugo Mãe pela BIblioteca Azul- Globo (2016)
>>> Memórias 2º volume - A Aliança Liberal e a Revolução de 1930 de João Neves da Fontoura pela Globo (1963)
>>> Sofrimento como lidar? de Adriano Rocha pela Conselho (2014)
>>> Manuscrito revista de Filosofia Volume II No 2 abril 1979 de Gérard Lebrun, Herman Parret, Yuval Lurie e outros pela Unicamp (1979)
>>> Ele ela 71 março 1975 de Diversos autores pela Bloch (1975)
>>> Tex especial de férias 10 de Mythos editora pela Mythos (2011)
>>> Novo Vocabulário Político Volume Um - Hegemonia e Pluralismo de Pedro Claudio Cunca Bocayuva; Sandra Mayrink Veiga pela Fase-Vozes (1992)
>>> Costos sociales de las reformas neoliberales en America Latina de Anita Kon / Catalina Banko / Dorothea Melcher / Maria Cristina pela Miguel Á. Garcia / Venezuela (2000)
>>> Ícone de Frederick Forsyth pela Record (1997)
>>> Câes de guerra de Frederick Forsyth pela Circulo do Livro (1974)
>>> Gre-nalzinho é sempre gre-nalzinho de Kalunga pela Maneco (2011)
>>> Receitas Comemorativas de Rede feminina de combate ao cancer pela Do autor (1999)
>>> Sob Pressão de Bruce Hoverd pela Gente (2015)
>>> Ai comprei um bode e um bezerro de Nilton Ferreira pela Kirios (2013)
>>> Casa de vó é sempre domingo de Marina Martinez pela Nova Fronteira (2014)
>>> O mundo de Sofia de Jostein Gaarder pela Jostein Gaarder (1996)
>>> Introdução à psicologia vol. 100 de Ernest R. Hilgard / ///Richard C. Atkinson pela Nacional (1979)
>>> Teologia do Antigo Testamemto de Eugene H. Merriell pela Shedd (2009)
>>> Scientia et Virtus Julho 1956 de Colegio Estadoal Lemos Junior pela Do autor (1956)
>>> La guerra de Matisse de Peter Everett pela Circe (1998)
>>> Compêndio de Teologia Apologética de François Turretine pela Cultura Cristã (2011)
>>> Alergia na infância de Maria Candida Faria Rizzo pela Lemos (2002)
>>> Archivos de la universidad de Buenos Aires año 26 n 1 de Diversos autores pela Meuba (1951)
>>> Anais do Primeiro congresso de câmaras Municipais do estado de São Paulo 1° volume de Diversos autores pela Ibge (1948)
>>> Os filhos da África em Portugal: Antropologia, multiculturalidade e educação (2ªed.) de Neusa Maria Mendes de Gusmão pela Autêntica (2006)
>>> A arte de desenhar Perspectiva 14 de Renato Silva pela Conquista
>>> Almanaque do tchê! de Diversos autores pela Tchê (1984)
>>> Cinderela - coleção fantasminha de Cordélia Dias D'Aguiar pela Ediouro (1975)
COLUNAS

Sexta-feira, 16/1/2015
Como ser um Medina
Ana Elisa Ribeiro

+ de 3700 Acessos

Não me ligo em surfe. Não entendo as regras nem lhufas. Não sei o apelido de nenhuma manobra. Kelly Slater era um nome que me soava familiar, mas talvez eu não soubesse responder sobre ele a um quiz de múltipla escolha. Só que certas coisas acontecem e a notícia vem como uma onda pra cima da gente. É um esquema meio tsunami: você não quer saber, mas todo mundo diz, todo mundo comenta, todo jornal dá notícia, todo programa mostra, as revistas estampam, todos os amigos e conhecidos têm algo a dizer a respeito do ocorrido. Então eu tomei contato com a história - meio distorcidinha - do Gabriel Medina.

Só que eu não sou dessas pessoas que passam a gostar de tudo o que está na crista da onda. Eu não sei nada de surfe nem de tênis, e continuo sem saber. Eu sei respeitar e admirar o cara (ou a moça) que está lá no pódio, mas eu não viro uma chefa de fã clube depois que algo assim acontece. E também não nego que acontecimentos assim possam despertar alguns gênios para a coisa. Bom, o problema é quando as pessoas acham que vão "virar", mais ou menos como as borboletas. Elas querem ser a exceção, querem se transformar. Aí, não. Aí eu acho que algo ficou mal explicado. Como disse um amigo meu, esse pessoal que cresceu na "pedagogia do gostoso". Pois é. Esforço e disciplina valem como regra. E olhe lá.

Dia desses, eu trafeguei de avião de uma cidade para outra, neste Brasilzão, e resolvi ler a revista de bordo. No meu bolsão não tinha, mas aí eu pedi a revista que dava sopa no bolsão ao lado. Meu vizinho, muito simpático, com jeito de homem de negócios, deixou que eu tomasse de empréstimo aquele volume de textura gostosa. E a capa era bem uma foto grande e iluminada do campeão Medina. Então, corri pra ler um perfil dele, personagem sobre o qual eu já cultivava alguma curiosidade.

Aí eu me dei conta da simpatia que eu sentia pelo garoto, apesar de lamentar pela idade dele, mas de curtir aquela família unida e alerta, e de achar que "não há como segurar a primavera" - como diria um grande amigo meu -, mas de confiar na possível boa criação do rapazote. O elemento que me comoveu não foi a onda perfeita, nem foi o choro do menino, nem mesmo foi a bela história que ele tem com um padrasto que insiste em adotar como pai - a despeito de uma imprensa que insiste em não deixar que eles se adotem. O que me comoveu foi a narrativa sobre o esforço e a dedicação de Medina.

Li a matéria da revista a cada minuto mais encantada com aquele guri que disse o que queria ser, que sabia o que queria ser, que encontrou uns caras que o ajudassem e apoiassem de verdade, que tinha uma família confiante, que estudou, estudou, estudou - sim, surfe também se estuda -, que enfrentou disciplina e foco, para ir se aperfeiçoando, superando e tal e coisa até se tornar campeão mundial.

Não adiantava ter costas quentes nem largas; ser amigo do rei; ganhar tickets pra Pasárgada; conhecer a filha do dono; paquerar a prima do imperador; ter amigos no staff; pedir a ajuda da comunidade; fazer propaganda comovente; ter nascido em berço de ouro ou disto e daquilo; arranjar estágio na empresa de prancha... Não adiantava. Não fazia a menor diferença. O lance é que, pra ser o campeão mundial de surfe, o cara, o próprio cara, tem de surfar bem, fazer a manobra perfeita, na hora certa, quando o mar tá pra peixe. O cara precisa surfar muito, ter muitas horas dormidas e mal dormidas, muito campeonato perdido, muito patrocínio crente, muito desgaste nas juntas, muita prancha quebrada, muito maiô puído, muita salada de alface... muito tudo o que ele fez - com a ajuda sincera de uns e outros - para chegar lá. E quando ele chegou, não esqueceu de ninguém. E um montão de gente, de repente, se lembrou dele, e começou a ser amigo dele, e a chamá-lo para as festas.

O que me comove, resumindo, é raça. É gente que sabe o que quer, mas que sabe também o que tem de projetar e fazer pra chegar lá. E faz. E chega, quando dá. E gente que ouve, que aprende, que tem o apoio de gente mais experiente, que traça um caminho - ou vários - e manda ver. Aí eu fiquei vendo aquele adolescente que se dedicou a ser campeão. E fiquei pensando que nem todo mundo quer ser campeão, claro. Nem precisa querer. E me lembrei do Fernando Pessoa, quando ele dizia que todos os amigos dele eram campeões em tudo, mas que ele era reles e vil. Mas, todo mundo sabe, o Pessoa era uma fera. Uma fera!

Então não adiantava o Medina ter amigos na diretoria nem ser filho do dono do campeonato. Pra ser campeão em algumas coisas, a pessoa precisa estudar, mandar bala, endurecer, apertar, por as duas mãos na massa. Não adianta namorar a princesa nem ser vizinho do gerente. Sacumé?

Deve rolar politicagem, lobby, diz-que-diz, atravessamentos, desqualificação. Deve sim. Mas quem define, ó, é o cara ali, em cima da prancha. Boa prancha, bom atleta, ondas perfeitas. Fazer o quê? Não é matemática. É uma mistura de arte com um monte de outras coisas. Não é como em outros campos, feito, sei lá, a literatura, por exemplo. Mas deixa essa história pra lá, né, Medina?


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 16/1/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Primavera para iniciantes de Elisa Andrade Buzzo
02. A noite iluminada da literatura de Pedro Maciel de Jardel Dias Cavalcanti
03. Breve resenha sobre um livro hediondo de Cassionei Niches Petry
04. A futebolização da política de Luís Fernando Amâncio
05. Carles Camps Mundó e a poética da desolação de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2015
01. Para que serve a poesia? - 26/6/2015
02. A pomba gíria - 1/5/2015
03. Como ser um Medina - 16/1/2015
04. Momento ideal & conciliação - 25/9/2015
05. Leitura, curadoria e imbecilização - 11/9/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A SINFONIA DOS ANJOS
NEUAH SERAFIM
ÁGAPE
(2017)
R$ 27,00



REFORMA PSIQUIÁTRICA E MOVIMENTO LACANIANO
FRANCISCO PAES BARRETO
ITATIAIA
(1999)
R$ 23,00



DEPENDÊNCIA E SUBDESENVOLVIMENTO
JOÃO PAULO DE TOLEDO CAMARGO HADLER
ALAMEDA
(2012)
R$ 10,75



A FESTA NO CÉU
FTD
FTD
(1997)
R$ 7,00



O DESAFIO DE SABER ENSINAR
LUCIA MYSÉS
PAPIRUS
(1998)
R$ 20,00



VENÇA A DOR COM DO-IN
DR. PEDRO CHAN
RECORD
(1982)
R$ 9,00



O PODER DOS ANIVERSÁRIOS - AQUÁRIO
SAFFI CRAW E GERALDINE SULLIVAN
PRESTÍGIO
(2005)
R$ 29,30



MEMÓRIAS DO ALMIRANTE BARÃO DE TEFFÉ
VON HOONHOLTZ
LIVRARIA GARNIER IRMÃOS
(1865)
R$ 180,00



AS CORES E SEU PODER DE CURA
BETTY WOOD
PENSAMENTO
(1995)
R$ 10,00



CARTHAGE
MADELEINE HOURS-MIÉDAN
PUF
(1971)
R$ 32,28





busca | avançada
80183 visitas/dia
2,2 milhões/mês