Editar bem, com Matinas Suzuki Jr. | Tais Laporta | Digestivo Cultural

busca | avançada
38289 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 18/1/2008
Editar bem, com Matinas Suzuki Jr.
Tais Laporta

+ de 6800 Acessos

Visão de conjunto, liderança e equilíbrio emocional. São três qualidades que todo editor precisa ter para gerir seu veículo com competência, seja ele qual for. Matinas Suzuki Jr., que carrega nas costas mais de 30 anos em edição jornalística, acrescenta a esta lista uma série de requisitos indispensáveis ao bom editor: habilidade de negociação; visão de longo prazo; reciclagem; criatividade; aprofundamento etc. Todos estes tópicos foram amplamente examinados pelo jornalista no curso "Jornalismo: O Editor", na Casa do Saber.

Matinas veio do interior de São Paulo, ainda bem jovem, para deslanchar uma carreira ascendente em importantes veículos brasileiros. Permaneceu por 16 anos na Folha de S. Paulo, período em que passou por diversas editorias, sua grande oficina profissional. Na TV Cultura, apresentou durante três anos e meio o programa de entrevistas Roda Viva. Também foi diretor editorial na Editora Abril e co-presidente do IG, desde seu surgimento. Nos últimos dois anos, participou da implantação e direção da rede de jornais Bom Dia, do grupo Traffic, que circula em cidades paulistas como Bauru, Sorocaba, Jundiaí e São José do Rio Preto.

Para Matinas, o jornalismo brasileiro sofre uma forte deficiência quanto à formação específica de seus editores. Não existem treinamentos, fora dos próprios veículos de trabalho, para aqueles que desejam entender melhor o processo de edição. Faltam critérios, segundo ele, para determinar a seleção e hierarquização de notícias nos meios impressos e eletrônicos, ao contrário da imprensa nos EUA, cuja maturidade editorial está, neste sentido, bem mais à frente de nós, como o próprio profissional observou quando esteve por lá.

"O jornalismo norte-americano é melhor que no resto do mundo porque eles criam fórmula para tudo", comenta Matinas. Os melhores manuais de redação e estilo, segundo o jornalista, são de veículos de língua inglesa, como o da The Economist. "Os americanos têm a tradição de esquematizar o fazer jornalístico. Criam roteiros com critérios para entrevistas, apuração e edição ensinados em qualquer escola de jornalismo, ao contrário dos brasileiros, que carecem deste material", lamenta. Seria o equivalente a dizer que trabalhamos num projeto às escuras, sem um esboço para nos orientar.

Matinas cita exemplos de grandes editores que fizeram a história da imprensa norte-americana no século XX, entre eles Stanley Walker, do New York Herald Tribune, William Shawn, da New Yorker e David Astor, do Observer. Por meio de seu pioneirismo, tornaram-se modelo a ser exportado para a imprensa mundial. "Qualquer aprendiz que queira entender o bom jornalismo deve conhecer a história destes grandes editores (ou publishers, como eram conhecidos os fundadores dos jornais) e também dos veículos que ajudaram a construir", aconselha.

O The New York Times, que agora abriu seu conteúdo integral pela internet, é, na visão do jornalista, um dos melhores exemplos de qualidade editorial raramente encontrada no jornalismo. Surpreendentemente, uma das seções que deveria ser das menos interessantes no jornal, é uma das preferidas de Matinas. "Os obtuaristas do NYT fazem um trabalho fantástico. Os melhores jornalistas do veículo estiveram e estão nos obituários. Eles descobrem histórias surpreendentes de famosos e anônimos, apuradas com muito cuidado, sem aquele sentimentalismo ou frieza das notas convencionais", conta, e aconselha os interessados a darem uma espiada na seção.

Os americanos não só trazem histórias surpreendentes das ruas para as redações, como também preservam a cultura do bom texto, uma preocupação meio esquecida por aqui, na opinião de Matinas. "Hoje, infelizmente, a qualidade do texto não é um 'valor' na imprensa brasileira, diferente da norte-americana, que não deixa passar uma linha sem reescrevê-la", conta. Para ele, a geração atual que ainda valoriza o bom texto no Brasil pode ser contada nos dedos: Ruy Castro, Fernando Morais, Sérgio Augusto.

Outro problema que a imprensa brasileira ainda precisa superar, de acordo com o jornalista, é a mentalidade de que o editor não passa de um jornalista em posição hierárquica superior. Na verdade, o sucesso do veículo depende, e muito, da capacidade do editor em gerir equipes, de relacionar-se com pessoas difíceis e de pensar como um verdadeiro administrador. Só assim, conhecendo a economia da empresa, vulnerável a altos e baixos, o editor pode fazer o veículo durar por mais tempo. "Não são os mais inteligentes ou mais capacitados que fazem as melhores coisas, mas os que têm equilíbrio", acredita.

Matinas lembra que o bom editor deve não apenas posicionar seu veículo, mas garantir que ele tenha personalidade. "A pior coisa para um veículo é não ter 'cara'. Toda grande publicação tem suas manias", conta Matinas. Também é do editor a responsabilidade em preservar os valores da publicação, cuidar para que a seriedade jamais seja questionada, garantir que ele tenha histórias humanas além da parte utilitária e não deixar perder a exclusividade na cobertura de certos assuntos. "Um bom editor faz a diferença no veículo", resume.

Não poderiam ficar de fora da discussão os dilemas éticos enfrentados por todo editor quando a questão financeira passa a interferir diretamente no conteúdo. Matinas reconhece a quase utopia dos veículos com independência financeira, mas defende que uma publicação deva sempre preservar seu bem maior: a credibilidade. "A maior busca por lucro pode significar menos qualidade ou independência. Por isso, o veículo deve lidar com este paradoxo de forma equilibrada", afirma.

Aos que sonham um dia tornar-se editores, Matinas alerta logo de início: "Se você quer ficar rico, talvez o jornalismo não seja o melhor caminho". E completa: "Editar é uma opção de vida, de paixão. Não é uma profissão fácil, porque deve-se tomar as piores decisões nos piores momentos. Não existe 'meio' compromisso no jornalismo. Mas se você for decente como profissional, e conseguir dizer 'não' ao dinheiro e a outras propostas quando necessário, conseguirá ter uma vida também decente", aconselha o jornalista.


Tais Laporta
São Paulo, 18/1/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Discos eruditos fundamentais de Jardel Dias Cavalcanti
02. O romance da década de Luiz Rebinski Junior
03. Considerações de um Rabugento de Abdalan da Gama
04. A Invenção de Orfeu de Jorge de Lima de Fabrício Carpinejar


Mais Tais Laporta
Mais Acessadas de Tais Laporta
01. 10 livros de jornalismo - 20/6/2007
02. O engano do homem que matou Lennon - 16/11/2007
03. Guimarães Rosa no Museu da Língua Portuguesa - 1/11/2006
04. Qual é O Segredo? - 18/7/2007
05. O que aprender com Ian McEwan - 4/1/2008


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ERA UMA VEZ... O CORPO HUMANO - A PELE
GLOBO
GLOBO
(1995)
R$ 11,00



A PRAÇA 15 DE NOVEMBRO - ANTIGO LARGO DO CARMO
GILBERTO FERREZ
RIOTUR
(1978)
R$ 25,00



VIAGEM AO MUNDO INDÍGENA
LUÍS DONISETE BENZI GRUPIONI
BERLENDIS & VERTECCH
(2006)
R$ 30,00



A DOUTRINA SOCIAL AO ALCANCE DE TODOS
MOACYR VELLOSO CARDOSO DE OLIVEIRA
LTR
(1991)
R$ 5,00



PROPRIEDADE PRIVADA: ENTRE O PRIVILÉGIO E A LIBERDADE
MIGUEL NOGUEIRA DE BRITO
FFMS
(2010)
R$ 190,00



KIPPSICHERHEITSNACHWEIS BEI I-TRAGERN
ALOYS HULSDUNKER
WERNER-VERLAG
(1971)
R$ 60,00



O CÃO DOS BASKERVILLE
ARTHUR CONAN DOYLE
MARTIN CLARET
(2012)
R$ 15,00



HILDEBRANDO DE FREITAS PEDROSO: HERÓI FARROUPILHA
ANA LAURA DE L. LEITZKE E OUTROS
EDIPUCRS
(2013)
R$ 30,00



CAMINHAR NO ESPÍRITO II O HOMEM À BUSCA DE DEUS
DARIO PEDROSO
EDITORIAL A O
(1998)
R$ 17,00



HEPATITE C - EU VENCI! - AUTOGRAFADO
NATALIA MIRA DE ASSUMPÇÃO WERUTSKY - AUTOGRAFADO
M. BOOKS
(2010)
R$ 60,00





busca | avançada
38289 visitas/dia
1,4 milhão/mês