A esperança segundo a ficção | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um Furto
>>> Nasi in blues no Bourbon
>>> De vinhos e oficinas literárias
>>> Michael Jackson: a lenda viva
>>> Gente que corre
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Reinaldo Azevedo no Fórum CLP
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Companheiro dileto
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 30/9/2008
A esperança segundo a ficção
Rafael Rodrigues

+ de 4500 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Com estilos e propostas bem diferentes, os filmes Sangue Negro, Onde os fracos não têm vez e Os Indomáveis têm muito mais em comum do que apenas serem adaptações de obras literárias.

O primeiro, inspirado no romance Oil!, de Upton Sinclair (aliás, for God's sake!, alguém do mercado editorial brasileiro precisa ficar de olho nessas coisas: quando um livro for adaptado para o cinema ― nos EUA ou na Inglaterra, pra não dar muito trabalho ―, alguém tem que comprar os direitos do livro e traduzir aqui, porque certamente vale a pena publicar), para ser bem sucinto, conta a história de um homem, Daniel Plainview, que se torna um bem-sucedido explorador de petróleo. Isso no início do século XX. É um filme tenso, com uma trilha sonora peculiar (com sons de plataformas antigas de exploração de petróleo) e nervosa, presente em praticamente todas as cenas.

O segundo, baseado no romance No country for old men, de Cormac McCarthy, publicado no Brasil com o título de Onde os velhos não têm vez, conta basicamente a história de um homem, Llewelyn Moss, que, por acaso, encontra uma mala cheia de dinheiro e torna-se caça de um psicopata que não conhece limite para sua loucura e crueldade. Diria que é um filme que provoca tensão, sem ser tenso. Para usar um clichê, Onde os fracos não têm vez é um filme seco, direto, à exceção de seu final, que é subjetivo.

Para completar a seqüência temos Os Indomáveis, que é uma refilmagem de 3:10 to Yuma (1957), ambos baseados no conto 3:10 to Yuma, de Elmore Leonard, e que conta a história de Dan Evans, um fazendeiro do velho oeste que está em crise financeira e que, por um grande acaso, tem a chance de conseguir dinheiro para pagar uma dívida. Para isso, basta conduzir o criminoso Ben Wade ao trem para Yuma, que parte justamente às 3h10 da tarde do dia seguinte à sua prisão. Das três produções, Os Indomáveis é a que mais se aproxima do cinema "convencional", digamos assim, por ser dinâmico e ágil.

Além de baseados em obras literárias, os três filmes têm em comum interpretações mais que convincentes de seus protagonistas e co-protagonistas. Sangue negro rendeu o Oscar de melhor ator a Daniel Day-Lewis, que deu vida a Daniel Plainview. O mesmo filme conta com o jovem ator Paul Dano, que interpreta de maneira brilhante o pastor evangélico Eli Sunday. Javier Bardem, que interpreta o psicopata Anton Chigurh em Onde os fracos não têm vez, levou merecidamente o Oscar de melhor ator coadjuvante por sua sólida interpretação. Já os atores de Os Indomáveis não levaram nenhuma estatueta para casa, mas Christian Bale e Russell Crowe, que deram vida a Dan Evans e Ben Wade, respectivamente, mostraram que não são apenas galãs, e sim grandes atores (aliás, Crowe já havia provado isso em Uma mente brilhante, e Bale em O maquinista).

Mas as semelhanças não param por aí. Uma outra característica presente em todos os três filmes é que nenhum deles tem final feliz. Não cabe aqui, óbvio, contar o final de cada um. O que é bom deixar claro é que, mesmo sem finais felizes, todos os três são excelentes e merecem a atenção de qualquer um que goste de cinema. Afinal, nem sempre os desfechos são felizes, quer no cinema, quer na vida.

Não obstante as semelhanças, o que mais me intrigou nos três filmes foi o diferente desfecho de seus personagens principais.

A constar, primeiro, que a sorte (e quando digo "sorte" quero dizer "destino") deu aos personagens uma chance de mudar de vida, de obter sucesso. Para Daniel Plainview, o petróleo foi o meio; para Llewelyn Moss, a mala repleta de dólares era a chance de começar uma nova vida ao lado da mulher; para Dan Evans, a missão de levar um criminoso ao trem que o levaria à prisão lhe daria algum dinheiro e sua redenção, além de sua dignidade como homem e pai de família.

Mas a mesma sorte que deu a esses homens riquezas, chances de mudar de vida e esperanças deu-lhes também destinos trágicos. Destinos esses que, obviamente, jamais imaginamos acompanhar a sorte (e desta vez quero dizer sorte mesmo).

O petróleo e a riqueza em excesso levaram o protagonista de Sangue negro à loucura. A maleta cheia de dólares levou Llewelyn Moss a perder sua vida de maneira tola, infantil. A missão de Dan Evans também o levou à morte, mas, ao menos, deu-lhe sua redenção. Dos três, Evans foi o mais "sortudo", digamos.

E então me vejo pensando no sucesso e nas oportunidades que a vida nos dá. Homens de sucesso existem aos montes por aí. E todos os que conhecemos não se tornaram loucos e estão vivos, claro. Mas... e os que perderam a lucidez ou morreram por causa do sucesso ― ou por causa da incessante busca por ele? Onde estão as histórias desses homens? Quem as contará? Não estão nos jornais, creio eu. Existir elas existem, estou certo disso. Mas me parece que a literatura e o cinema são os únicos que podem se encarregar de contá-las. Talvez porque a ficção não tenha, ainda, o poder de arrancar de nós a esperança de chegar ao sucesso. Ninguém tem medo de se tornar um Daniel Plainview, ou de ser morto como um Llewelyn Moss. Ou, pior ainda, lutar tanto em vão por uma causa nobre e morrer como Dan Evans. Mas a realidade ― os fatos ― tem esse poder, a realidade pode tirar de nós a esperança que porventura ainda temos. Posso estar enganado, mas talvez seja essa a razão de não termos muitas notícias de tentativas frustradas ou trágicas de sucesso.

E as estrelas cadentes da música, ou da TV?, você me pergunta. Respondo dizendo que suas histórias são tão incríveis que chegam a parecer ficção. Daniel Plainview, Llewelyn Moss e Dan Evans são personagens de livros e filmes, mas estão bem mais próximos de nós do que podemos imaginar.


Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 30/9/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Dicas para a criação de personagens na ficção de Marcelo Spalding
02. Os contos de degeneração de Irvine Welsh de Luiz Rebinski Junior
03. Excessos de Marta Barcellos
04. Meu filho e Jaime Lerner de Paulo de Resende
05. O fim do futebol-arte? de Humberto Pereira da Silva


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2008
01. Caio Fernando Abreu, um perfil - 28/10/2008
02. Meus melhores filmes de 2008 - 30/12/2008
03. As horas podres, de Jerônimo Teixeira - 21/3/2008
04. Jovens blogueiros, envelheçam - 18/4/2008
05. A literatura e seus efeitos - 29/2/2008


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/9/2008
11h49min
Prezados Rafael e leitores, costumo associar o sucesso à Fama, a deusa cobiçada - dos antigos gregos -, deusa de muitas faces: perigosa (sucesso passageiro, duradouro etc.). Do meu ponto de vista, o sucesso tolhe a liberdade do indivíduo. Somente o indivíduo ignorado é livre, verdadeiro e está em paz. Abraços do Sílvio Medeiros. Campinas, é primavera de 2008.
[Leia outros Comentários de Sílvio Medeiros]
30/9/2008
16h53min
Todos os três filmes, de uma certa forma, nos mostram o avesso da sorte. É aquela coisa boa que aparece em nossas vidas e, de repente, traz consigo o inferno. A pretensa paz que se quer alcançar, recheada de uma boa fortuna, transforma-se em uma vida repleta de sofrimento e dor. O mais incrível é que o ser humano não deixa nunca de almejar esse sucesso, seja como for, até pagando com a própria vida. Ótimo texto o seu, Rafael. PS: Não assisti a nenhum dos três filmes, mas vou tomar coragem.
[Leia outros Comentários de Adriana Godoy]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




1822
LAURENTINO GOMES
NOVA FRONTEIRA
(2010)
R$ 35,00



O TRAJETO
BEN ABRAHAM
BNAI BRITH
(1973)
R$ 10,00



CORAÇAO DE ONÇA
OFELIA E NARBAL FONTES
ATICA
R$ 8,00



MUNDIM PERDIDO NO MUNDÃO
LUÍS PIMENTEL
MELHORAMENTOS
(2014)
R$ 8,70



ASSIM EU APRENDO 1 - INTEGRADO - ENSINO FUNDAMENTAL
JOANITA SOZUA
DO BRASIL
(2018)
R$ 90,00



UM LUGAR PARA TODOS
THRITY UMRIGAR
NOVA FRONTEIRA
(2008)
R$ 12,00



O MAIOR SUCESSO DO MUNDO
OG MANDINO
RECORD
(1981)
R$ 6,90



A ESCRAVA ISAURA
BERNARDO JOAQUIM DA SILVA GUIMARÃES
ESCALA
R$ 5,00



O ROMANCE DE PAULO EIRÓ
AFONSO SCHMIDT
CLUBE DO LIVRO
(1959)
R$ 6,00



O FUGITIVO
J. M. DILLARD
ESTADÃO
(1998)
R$ 6,00





busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês