Invasão literária nos cinemas | Lucas Rodrigues Pires | Digestivo Cultural

busca | avançada
54003 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 5/9/2002
Invasão literária nos cinemas
Lucas Rodrigues Pires

+ de 3500 Acessos
+ 1 Comentário(s)

O cinema brasileiro da retomada é, fundamentalmente, baseado em literatura. Pode parecer exagero afirmar isso, mas a maioria dos filmes brasileiros que chegaram e chegam aos cinemas são adaptações de alguma forma de manifestação literária – e aqui incluo a dramaturgia nacional. Claro que há uma tradição de bons livros serem transpostos às telas, mas nunca se viu tanta “parceria” entre as duas artes como se encontra na atual fase do cinema nacional.

Uma das características da produção dos anos 90 é sua diversidade. Têm-se realizado filmes que tramitam nos mais diversos gêneros cinematográficos: comédias, comédias românticas, filmes históricos e biográficos, thrillers de perseguição, outros que abordam as mazelas da realidade brasileira e mesmo obras que resgatam o sertão e o cangaço nordestinos. Grande parte deles bebem em outras fontes artísticas, cuja força maior está na palavra – casos da literatura e do teatro. Clássicos consagrados da literatura, como Machado de Assis (Memórias Póstumas), Lima Barreto (Triste Fim de Policarpo Quaresma) e Eça de Queirós (Amor & Cia.), e novos clássicos – Rubem Fonseca (Bufo & Spallanzani) e Raduan Nassar (Um Copo de Cólera e Lavoura Arcaica), por exemplo – receberam adaptações cinematográficas. O Xangô de Baker Street, dirigido por Miguel Faria Jr., foi adaptado da história de Jô Soares, livro que vendeu mais de 500 mil exemplares desde seu lançamento; Jorge Amado pôde ver Sônia Braga interpretar o papel-título em Tieta do Agreste no filme dirigido por Cacá Diegues. Até Chico Buarque, cuja obra literária se mostrou de difícil adaptação cinematográfica, recebeu uma versão digna dos cinemas – Estorvo, pelas mãos de Ruy Guerra, e Benjamin está em fase de finalização em projeto de Monique Gardemberg.

Os exemplos surgem aos montes quando buscamos no acervo de filmes dos últimos anos. Para ficar somente de 2001 a hoje, temos oito adaptações no ano passado e, até início de agosto, foram sete com outras cinco programadas para estrear. O interessante nisso é que essas adaptações atraem público mais significativo. A Partilha (baseado em peça de Miguel Falabella), Bicho de Sete Cabeças (sobre livro de Austregélido Carrano), Lavoura Arcaica (de Raduan Nassar, dirigido por Luiz Fernando Carvalho), Domésticas, O Filme (peça de Renata Mello), Abril Despedaçado (de Walter Salles, adaptado de Ismail Kadaré) e O Invasor (em conto de Marçal Aquino) foram os principais. Cidade de Deus estreou sexta-feira passada com pompa de campeão de bilheteria...

A que se deve essa invasão literária nos cinemas? Por que cada vez mais livros são adaptados para as telas?

1. Uma das respostas poderia ser a carência de instrução/educação entre a população, reflexo imediato do desleixo da sociedade frente ao cinema e a tudo que se ligue à cultura brasileira, o que estaria minando o setor anteriormente voltado à criação no cinema e gerando uma migração desses homens de cinema para outros ramos, como o jornalismo, mais atrativos financeiramente e como maior reconhecimento de classe.

2. Outra possibilidade estaria na propensão a maior sucesso daquilo que já existe e já possui “eco” com o público. Nessa categoria poderíamos incluir a maioria de filmes adaptados de texto teatral que nascem após o sucesso deste nos palcos. Com o respaldo do público, o caminho para se captar recursos e fechar com uma distribuidora grande se torna menos pedregoso. Isso não significa que haverá o mesmo sucesso nos cinemas, mas a fórmula se repete e pode garantir menor risco que um investimento em algo considerado ainda “em aberto”. Ainda aqui poderíamos inserir o fato de haver medo e insegurança quanto a mudanças. Poucos diretores e produtores investiriam em algo que fosse contra a corrente atual – e esta está voltada principalmente a produtos (sim, hoje o cinema é um produto como outro qualquer) com atores globais e textos cômicos e vazios ideológica e politicamente. Mesmo um cara como Luiz Fernando Carvalho, considerado um oásis em meio ao lixo da televisão brasileira, teve que se render aos atores de nome para criar Lavoura Arcaica. Como na política, o pensamento de que há como piorar ou não se dar bem com uma mudança nos faz refém de uma situação propícia ao atrofiamento econômico, cultural e intelectual.

3. Outra posição seria a mais simples: adaptar textos já prontos é mais fácil que criar. Além disso, o diretor não teria a função de criar, mas sim de transformar o universo das palavras em imagens. Com esse argumento estaríamos excluindo o papel do diretor-autor, e definindo as funções de cada um sem interferências de um no “trabalho” do outro.

Podemos conjecturar várias razões para haver muitas adaptações nos cinema brasileiro atual, mas nenhuma as esgota por inteiro, menos ainda suas conseqüências. Mas, com a qualidade de certos textos, o nosso cinema ganha força nesse quesito que falta aos filmes comerciais americanos – que dominam o mercado exibidor nacional. Frente às produções superficiais de Hollywood, que aterrissam por aqui e conquistam milhões de espectadores, certa parcela do cinema brasileiro busca copiar essa fórmula – para alguns, vencedora, dependendo do ponto de vista – e outra procura no universo da ficção literária criar mecanismos de se fazer arte e mostrar um caminho alternativo. Nem todo livro/peça de teatro nacional adaptado aos cinemas rende bons frutos, mas a porcentagem de acertos está acima da média, e só isso já é louvável para que aplaudamos seus realizadores.


Lucas Rodrigues Pires
São Paulo, 5/9/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. De volta à antiga roda rosa de Elisa Andrade Buzzo
02. Saudade de ser 'professor' de Filosofia de Cassionei Niches Petry
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. Prólogo. Sem Alarde de Heloisa Pait
04. Fazendo a coisa certa de Fabio Gomes
05. Eu blogo, tu blogas? de Fabio Gomes


Mais Lucas Rodrigues Pires
Mais Acessadas de Lucas Rodrigues Pires em 2002
01. Santa Xuxa contra a hipocrisia atual - 12/12/2002
02. O limite de um artista - 4/6/2002
03. O melhor nacional do ano - 17/10/2002
04. Cidade de Deus, um fenômeno comercial - 7/11/2002
05. O que eles têm que nós não temos? - 5/12/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
5/9/2002
21h01min
As adaptações são interessante para a divulgação da literatura nacional, principalmente a mais marginal. Apenas lamento o fato de os roteiristas não estarem criando o seu próprio enredo. Não me agrada adaptações parciais, prefiro, de longe, as mais fiéis ao texto literário. Já que o roteirista, para contar uma história, se baseia em um livro e não cria a sua própria trama, que seja fiel à história alheia.
[Leia outros Comentários de jamilla]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CARTAS MEDIÚNICAS
CYNTHIA SANDYS E ROSAMOND LEHMAN
PENSAMENTO
(2004)
R$ 35,00



PSICOLOGIA GERAL E EXPERIMENTAL 2
COLETÂNEA DE TEXTOS PARA FINS DIDÁTICOS
NÃO MENCIONADO
R$ 10,00



X-MEN GIANT SIZE
STAN LEE + LEN WEIN & DAVE COCKRUM
MARVEL GROUP
(1991)
R$ 40,00



NOVO GUIA ORTOGRÁFICO
CELSO PEDRO LUFT
GLOBO PORTO ALEGRE
(1983)
R$ 16,85



EQUILÍBRIO TOTAL ATRAVÉS DA PARAPSICOLOGIA
MIGUEL LUCAS
ALMED
(1981)
R$ 14,88



DA PENHORA
LUIZ CARLOS DE AZEVEDO
RESENHA TRIBUTÁRIA
(1994)
R$ 40,00



O SAPO QUE ENGOLIA ILUSÕES 4ª EDIÇÃO
MOACIR JAPIASSU
ATUAL
(1993)
R$ 6,00



FEFF 2 PIONEIROS E INCENTIVADORES DAS FUNDAÇÕES EDUCACIONAIS
FERNANDO FERRARI
OLÍMPICA
R$ 50,00



ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS
ANNA MARGHERITA TOLDI BORK
GUANABARA
(2005)
R$ 49,90
+ frete grátis



TEATRO, AINDA
JAIME SALAZAR SAMPAIO
HUGIN
(1998)
R$ 33,49





busca | avançada
54003 visitas/dia
1,1 milhão/mês