Os 100 maiores cientistas | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
27864 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Caminhos da Reportagem investiga rotina de mães que criam filhos com microcefalia
>>> Ferreira Gullar reflete sobre a poesia no cotidiano em entrevista ao Estúdio Móvel
>>> Leda Nagle entrevista cantor Zeca Baleiro e ator Adriano Garib no Sem Censura
>>> Baile Tropical chega à 100a. edição com festa no Rio
>>> Editora do Brasil lança Série sobre Temas Polêmicos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O que vai ser das minhas fotos?
>>> Dheepan, uma busca por uma nova vida
>>> São Paulo e o medo no cinema
>>> Pokémon Go, você foi pego
>>> Notas confessionais de um angustiado (IV)
>>> A Imagem do Som
>>> A noite do meu bem, de Ruy Castro
>>> Quando (não) li Ana Cristina César
>>> Elon Musk
>>> Tempos de Olivia, romance de Patricia Maês
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lançamento e workshop em BH
>>> Reid Hoffman por Tim Ferriss
>>> Software Programs the World
>>> Daphne Koller do Coursera
>>> The Sharing Economy
>>> Kevin Kelly por Tim Ferriss
>>> Deepak Chopra Speaker Series
>>> Nick Denton sobre Peter Thiel
>>> Bill & Melinda Gates #Code2016
>>> Elon Musk Code Conference 2016
Últimos Posts
>>> A Mulher-mais-ou-menos
>>> Pensamento do dia
>>> *Sátiros e Ninfa*, etapas da criação
>>> Atrito amoroso
>>> Reverberações
>>> Preservativo para a inconveniência
>>> Se eterno fosse o amor
>>> A história da canção: entrevista Paulinho Moska
>>> O chato
>>> *Black flag*, etapas da criação em GIF
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Até tu, Raquel!
>>> The web is a serial killer
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Hoje é dia de Maria
>>> Hoje é dia de Maria
>>> A bem-sucedida invenção do gaúcho
>>> Tarifa de ônibus: estamos prontos p/ pagar menos?
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Crítica à arte contemporânea
>>> Para amar Agostinho
Mais Recentes
>>> O Teatro Épico
>>> O grotesco
>>> O Dom de Curar
>>> As Parábolas de Jesus
>>> Filosofias em luta
>>> A Visão Celestina- Vivendo a nova consciência espiritual
>>> Procuro meus irmãos-Lectio divina sobre José do Egito
>>> O Teatro Épico
>>> Melodrama - O Cinema de Lágrimas da América Latina
>>> O Melodrama
>>> Uma Anatomia do Drama
>>> Arte Retórica e Arte Poética
>>> Teoria da Tragédia - Schiller
>>> A Tragédia - Estrutura & História
>>> A Origem da Tragédia - Nietzsche
>>> La Tragedia y el Hombre
>>> A Arte Poética
>>> Para Filosofar
>>> Creio na Vida Eterna
>>> Visão Espiritual-um chamado radical para a verdadeira espiritualidade
>>> O Propósito do Pentecostes
>>> Experiencia y Transformación
>>> Pensando o Corpo e o Movimento
>>> Conhecereis a Verdade
>>> Viver bem apesar de tudo-Desfrutando a vida durante o tratamento
>>> nas Pegadas do Reino- proposta de um itinerário espiritual
>>> O Humorismo
>>> Antologia Internacional do Riso
>>> O Riso - Ensaio sobre a Significação do Cômico
>>> Como se faz Rir e o que penso... quando não tenho em que pensar
>>> Iniciação à Comédia
>>> Comicidade e Riso
>>> Consejos para un Comediante - Ética y Metamorfosis
>>> La Risa (O riso)
>>> Pequena História da Dança
>>> Teatro e Deficiência Mental - A Arte na Superação de Nossos Limites
>>> Fundamentos de la Danza
>>> A Pedagogia do Espectador
>>> Pedagogia do Teatro: Provocação e Dialogismo
>>> Ginástica Acrobática para Desenvolver o Físico
>>> Shiatsu - O Poder do Toque
>>> A pensão Eva
>>> Meditação
>>> Excursão a Tíndari
>>> Temporada de caça
>>> Medicina Indiana Ayurveda
>>> O ladrão de merendas
>>> A primeira investigação de Montalbano
>>> O medo de Montalbano
>>> A voz do violino
COLUNAS

Sexta-feira, 29/11/2002
Os 100 maiores cientistas
Gian Danton

+ de 20900 Acessos

Quais são os cientistas mais importantes de todos os tempos? É a essa pergunta que John Simmons pretende responder no volume Os 100 Maiores Cientistas da História, lançado recentemente pela editora Difel.

É uma tarefa ingrata, pois, por melhor que seja a seleção, sempre faltarão nomes importantes. Entretanto, o resultado é muito positivo, pois nos dá um volume com a biografia de 100 pessoas que contribuíram para o crescimento dessa forma de pensar e ver o mundo chamada ciência.

Simmons sabe do que fala. Há mais de quinze anos ele escreve para a revista Current Biography, para a qual produz textos sobre os ganhadores do prêmio Nobel em ciência. Foi escritor e produtor da série Mind, um program de TV Educativo.

O livro, apesar do tamanho (mais de 500 páginas), é uma leitura rápida e agradável, pois é possível ler os capítulos com as biografias separadamente, sem seguir qualquer ordem. O livro é, assim, perfeito, para quem gosta de ciência e quer conhecer um pouco melhor a vida dos grandes cientistas.

E o leitor médio vai acabar se surpreendendo com fatos curiosos sobre as vidas dos cientistas. Ele saberá, por exemplo, que Newton, ao morrer, deixou mais de um milhão de palavras sobre misticismo e alquimia e que, em 1952, Einstein recusou a oferta de se tornar presidente de Israel.

O leitor médio também conhecerá figuras pouco exploradas pela mídia, mas que tiveram grande importância para o avanço da ciência. Entre eles, Lucrécio, um filósofo epicurista, anterior a Cristo, que lançou as bases da teoria atômica. Saberá, por exemplo, que Lucrécio tinha seis princípios básicos, entre os quais:

1 - O mundo é composto de átomos, que estão em constante movimento;

2 - Os objetos, que podem ser vistos e tocados, são feitos de diferentes tipos de átomos;

3 - A mente nasce e deverá morrer; não existe vida após a morte; a imaginação do inferno é uma projeção do sofrimento passado na Terra;

4 - A superstição é derivada da ignorância.

Para os que têm uma noção um pouco mais aprofundada da ciência, o divertido é descobrir as omissões. E são muitas, a maioria inexplicáveis. Por exemplo: Freud está na lista (é o sexto), mas Jung não.

É possível defender o autor se acreditarmos que a ênfase é sobre cientistas das áreas de exatas e naturais, mas mesmo assim ainda é possível encontrar omissões incompreensíveis. Um exemplo gritante é John von Newman. Ele é creditado como autor cibernético, criador da teoria dos jogos e inventor do computador. Ora, na cibernética temos um autor mais importante que ele, Norbert Wiener. Quanto aos computadores, é inexplicável a ausência de Alan Turing na lista. Sobre a teoria dos jogos, John Nash, ganhador do prêmio Nobel de economia (e inspiração para o filme Uma Mente Brilhante) também é uma ausência inexplicável.

No campo da lingüística, Noam Chomski aparece, mas a lista omite Ferdinand de Saussure e, principalmente, Charles Pierce. Ambos foram criadores da semiótica e tiveram uma influência muito mais duradoura.

Nenhum dos cientistas da chamada Teoria do Caos entra na lista, o que é mais do que uma injustiça. A Teoria do Caos é um novo paradigma, que está mudando completamente a maneira como vemos o mundo e tem tido influência em campos tão distintos quanto a medicina e a economia. Minha aposta para a lista, para representar os teóricos do caos, seria o matemático polonês Benoit Mandelbrot, o criador da geometria fractal.

Além do interesse óbvio de conhecer um pouco mais sobre as mentes que fizeram nossa civilização, há um outro, descobrir padrões na história de todos eles. O próprio autor nos dá algumas pistas na introdução, ao dizer que, "Com alguma exceções - Michael Faraday, a mais conhecida - nenhum deles nasceu num ambiente de pobreza. Na verdade, vieram de origens abastadas ou lares de bom nível, em que a busca de valores intelectuais era altamente apreciada. A maioria, em Os 100 Maiores Cientistas da História, era prezada e encorajada por seus pais e, ainda criança, teve inúmeros passatempos, como colecionar isentos, observar pássaros, aprender álgebra ou cálculo e construir".

Ou seja, a grande lição do livro é que, mesmo a melhor mente não se desenvolve se não tiver estímulo tanto material quando intelectual. Não é de admirar, portanto, que os maiores gênios surjam em países ricos. E que o Brasil não tenha um único representante na lista. Quantas e quantas crianças poderiam ser grandes gênios da ciência, mas se perdem em meio à pobreza, más condições de vida, fome e falta de qualquer estímulo intelectual. Se esse quadro, tão comum no Brasil, não for mudado em breve, talvez em pouco tempo não entremos nem mesmo na lista dos 1000 maiores cientistas.

Para ir além

Livro traz biografia dos cem mais importantes cientistas



Gian Danton
Macapá, 29/11/2002


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2002
01. A Teoria Hipodérmica da Mídia - 19/7/2002
02. A teoria do caos - 22/11/2002
03. A maçã de Isaac Newton - 16/8/2002
04. Público, massa e multidão - 30/8/2002
05. Os 100 maiores cientistas - 29/11/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TEX Nº 298 - O SEGREDO DO MOURISCO 
SERGIO BONELLI
GLOBO
(1994)



LEONARDO, O PRIMEIRO CIENTISTA
MICHAEL WHITE
RECORD
(2002)



DOZE PISTAS FALSAS
JEFFREY ARCHER
BERTRAND BRASIL
(1997)



HALLEY. TUDO SOBRE O COMETA
RICHARD FLAST E OUTROS
MELHORAMENTOS
(1985)



ENREDO ROMÂNTICO, MÚSICA AO FUNDO
ALEILTON FONSECA
SETTE LETRAS
(1996)



SEXOS. AQUILO QUE OS PAIS NÃO FALARAM PARA OS FILHO
LUÍS B. MEIRA
AUTOR ASSOCIADO
(2016)



UMA CANÇÃO NAS TREVAS
EDGAR WALLACE
ABRIL
(1982)



MAHA-IOGA A VERDADE UNIVERSAL
SRI MAHA KRISHNA SWAMI
TRÊS



SPIRITUS MALEDICTUS
JOSÉ SURINACH E ALARICO DE ANTEGUERA *ESPÍRITO*
FEB FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA
(1959)



MINERVINO FRANCISCO SILVA (LITERATURA DE CORDEL)
MINERVINO FRANCISCO SILVA
HEDRA
(1999)
+ frete grátis





busca | avançada
27864 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Cannot connect to POP3 server