Cartas de Kafka a Felice Bauer, por Elias Canetti | Digestivo Cultural

busca | avançada
38827 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Arte, cultura e democracia
>>> O Presépio e o Artesanato Figureiro de Taubaté
>>> O Vendedor de Passados
>>> A difícil arte de saber mais um pouco
>>> Modernismo e Modernidade
>>> Casimiro de Brito
>>> Contra um Mundo Melhor, de Luiz Felipe Pondé
>>> Só uma descrição
>>> 7 de Agosto #digestivo10anos
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
Mais Recentes
>>> Almanaque Wicca 2006 de N/a pela Pensamento (2019)
>>> Data Science do Zero - primeiras regras com python de Joel Grus pela Alta Books (2016)
>>> Python para Análise de Dados - tratamento de dados com pandas, numpy e ipython de Wes McKinney pela O'Reilly (2018)
>>> A História de The Zondervan Corporation pela Sextante (2012)
>>> Em Guarda de William Lane Craig pela Companhia das Letras (2011)
>>> A vida e as opiniões do cavalheiro Tristram Shandy de Lawrence Sterne pela Companhia das Letras (1998)
>>> The Book of Genesis de Robert Crumb pela W. W. Norton & Company (2009)
>>> Armada de Ernest Cline pela Leya (2015)
>>> Jogador Número 1 de Ernest Cline pela Leya (2015)
>>> Senhorita Christina de Mircea Eliade pela Alaúde (2011)
>>> Introdução à Teoria Geral da Administração - Edição Compacta de Idalberto Chiavenato pela Campus (1999)
>>> Drácula de Bram Stoker; Becky Cloonan pela HarperCollins (2012)
>>> La Misere du Monde de Bourdieu, Pierre pela Seuil (1993)
>>> O Poder Americano e os Novos Mandarins de Noam Chomsky pela Record (2006)
>>> O Banqueiro do Mundo - Lições de Liderança do Diplomata das Finanças Globais de William R. Rhodes pela GloboLivros (2012)
>>> O Sinal - O Santo Sudário e o Segredo da Ressurreição de Thomas de Wesselow pela Paralela (2012)
>>> Conectado - O Que a Internet fez com Você e o Que Você Pode Fazer Com Ela de Juliano Spyer pela Zahar (2007)
>>> Economia nua e crua - O Que é, Para que Serve, Como Funciona de Charles Wheelan pela Zahar (2014)
>>> A Era do Inconcebível - a Desordem do Mundo Não Deixa de nos Surpreender de Joshua Cooper Ramo pela Companhia Das Letras (2010)
>>> A sacada - Como empreendedores Inteligentes Superam Desafios de Norm Brodsky e Bo Burlingham pela Best Business (2009)
>>> Blowback - Os custos e as consequências do império americano de Chalmers Johnson pela Record (2007)
>>> Um breve história do século xx de Geoffrey Blainey pela Fundamento (2008)
>>> A Virada - O CEO que Ergueu os Negócios na AT&T e GM de Ed Whitacre e Leslie Cauley pela Elsevier (2013)
>>> A Doutrina dos 20% de Ryan Tate pela Elsevier (2012)
>>> Descubra o Seu Economista Interior de Tyler Cowen pela Record (2009)
>>> A Crise e Seus Efeitos - As Culturas Econômicas da Mudança de Manuel Castells, Gustavo Cardoso, João Caraça pela Paz e Terra (2013)
>>> Surtando em Wall Street - Memórias de um operador do Lehman Brothers de Jared Dillian pela Zahar (2014)
>>> Java Como Programar 6º Edição de Paul Deitel e Harvey Deitel pela Pearson Prentice Hall (2007)
>>> Gestão de Riscos nos Modelos de Negócios de Karan Girotra e Seguei Netessine pela Elsevier (2014)
>>> Código de Processo Civil Anotado... Atual. Até a Lei N. 10. 444, De... de Sálvio de Figueiredo Teixeira/Min. STJ/STE/ Autografado pela Saraiva (2003)
>>> Para Viver em Paz. O Milagre da Mente Alerta de Thich Nhat Hanh pela Vozes (1985)
>>> Uma Paixão no Deserto de Honoré de Balzac pela Paulinas (1988)
>>> Direito Penal - Volume 1/ Encadernado de Giuseppe Bettiol pela Revista dos Tribunais (1966)
>>> Bicho-do-mato de Martha Azevedo Pannunzio pela José Olimpio (1985)
>>> O jogo do bicho como jogar e ganhar de Gehisa Saldanha pela Ediouro (1986)
>>> Contos da Carochinha (Biblioteca Infantil- 11 Volumes Encadernados) de Figueiredo Pimental (e Colaboradores) pela Livr. Quaresma/ RJ. (1956)
>>> 30 anos à frente do Museu Lasar Segall de Mauricio Segall pela Museu Lasar Segall (2001)
>>> Da Prescrição Penal de Antonio Rodríguez Porto pela José Bushatsjy (1977)
>>> Cuerpo Del Derecho Civil de Bartolomé Rodriguez de Fonseca pela Tip.de Narciso Ramirez Y.C (1874)
>>> Freakonomics. O Lado Oculto E Inesperado De Tudo Que Nos Afeta de Steven D. Levitt e Stephen J. Dubner pela Campus (2007)
>>> A Semântica de Pierre Giraud pela Difel (1975)
>>> As 48 Leis do Poder de Robert Greene pela Rocco (2000)
>>> Convenções da Oit de Sérgio Pinto Martins pela Atlas (2009)
>>> Manual de Português- 3ª e 4ª Séries (ginasiais) de Celso Cunha pela Livr. São José/ RJ. (1964)
>>> As Nulidades no Direito do Trabalho de Ari Pedro Lorenzetti pela Ltr (2008)
>>> O Sucesso Segundo DEUS de Antônio Carlos Costa pela Pórtico (2016)
>>> O Que É Correto: A Verdade na Analise... (Num. Autenticado) de Dr. Candido Lago pela Typographia Am. / RJ. (1932)
>>> Projetos Culturais - técnicas de modelagem de Hermano Roberto Thiry-Cherques pela FGV (2008)
>>> Dama de Copas de Cecília Costa pela Record/ RJ. (2003)
>>> Guinada de Cecília Vasconcellos pela Record/ RJ. (2001)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Quarta-feira, 21/3/2012
Cartas de Kafka a Felice Bauer, por Elias Canetti
Julio Daio Borges

+ de 9900 Acessos
+ 1 Comentário(s)




Digestivo nº 486 >>> De toda a produção de Kafka, que a Companhia das Letras publicou em tradução primorosa de Modesto Carone, faltaram apenas os diários e as cartas. Perto de romances como O Processo, novelas como A Metamorfose e contos como Na Colônia Penal, as cartas e os diários podem soar menos importantes, mas não são. E uma amostra disso é a análise que Elias Canetti, romancista de Auto de Fé, faz da correspondência entre Kafka e sua noiva Felice Bauer, na colêtanea A Consciência das Palavras, editada agora pela Companhia de Bolso. O ensaio tem como subtítulo, justamente, "Cartas de Kafka a Felice", mas se denomina, mui apropriadamente, "O Outro Processo". Canetti, naturalmente, se refere àquele Processo (com letra maiúscula e em itálico), demonstrando, na sua argumentação, que a ideia da obra-prima se desenvolve ao longo do relacionamento entre Franz e Felice. Kafka a conhece por intermédio de Max Brod, seu amigo e futuro testamenteiro. (Aquele a quem, Kafka, no leito de morte, solicitou que ateasse fogo a suas obras. Borges diria, posteriormente, que se Kafka realmente quisesse dar fim a seu espólio, teria ele próprio queimado...) Enfim, Max era o jovem poeta da família Brod, de quem seus parentes sentiam orgulho, valorizando seus amigos escritores e sua literatura ― um acolhimento que Kafka, por exemplo, não encontrava em sua casa (vide a Carta ao Pai). Numa reunião nos Brod, Franz e Felice são apresentados e, através de cartas, estreitam relacionamento. Como raramente estariam na mesma cidade, o romance epistolar ganha força, ainda mais para alguém como Kafka. Isolado fanático, confessaria a Felice que não gostava de seus parentes não por serem, justamente, "parentes", nem por considerá-los pessoas "más", "senão simplesmente porque são os seres humanos que vivem mais perto de mim". Kafka era um escritor vocacional, um dos maiores do século XX, para quem "não há nunca suficiente solidão ao redor de quem escreve". Completando que "jamais o silêncio em torno de quem escreve será excessivo". E concluindo que "não pode jamais haver a nosso dispor o tempo adequado". Por meio desses trechos não é difícil imaginar que o romance entre Franz e Felice não iria prosperar, dada a incapacidade dele em se relacionar. Ainda Kafka: "Não posso viver em companhia de outras pessoas". Mesmo assim, decidem se casar e marcam o noivado. Um acidente de percurso, no entanto, põe tudo a perder: Grete Block, uma amiga de Felice, com quem Franz se envolve ― igualmente, de forma epistolar ―, e que, insegura, revela tudo à noiva (depois da solenidade). Kafka, após o evento social que, como misantropo, havia lhe custado tanto, acaba confrontado pela família de Felice, e o noivado é arruinado. Sobre o evento, anota no diário: "Estava atado como um criminoso. Se me tivessem atirado num canto, com autênticas correntes, roeado por guardas, para que só assim avistasse o que acontecia, não teria sido pior. E [pensar que] isso eram meus esponsais!". O rompimento se dá em julho de 1914. Em agosto, O Processo tem sua redação iniciada. Canetti, aproximando os fatos, é categórico: "Logo no primeiro capítulo, o noivado converte-se na detenção". Já o "tribunal" ― da família de Felice, por quem Kafka se sentia condenado ― "ressurge no último capítulo, sob a forma de execução". E a história não poderia se manter fiel sem Grete Block, o fruto da discórdia, que é incluída no romance como a "senhorita Bürstner", por quem "K.", o famoso personagem, sente uma atração fatal. O mais estranho de tudo, porém, é que Franz e Felice, passado o devido tempo, voltam a se relacionar. Eclode a Primeira Guerra Mundial, Kafka quer participar dela, mas, como não está apto, faz renovados planos, a fim de que se unam após o término do confronto: "Nosso acordo, em poucas palavras: casamento depois do fim da guerra; alugar duas ou três peças num subúrbio de Berlim; deixar nas mãos de cada um de nós a solução de seus próprios problemas econômicos." Para quem conhece a história, nem é preciso dizer que o casamento não seguiu adiante. Os noivos desfrutariam de intimidade, antes das bodas, mas Kafka jamais se sentiria apto: "Creio realmente estar perdido para a convivência com seres humanos". Elias Canetti nos relembra que o autor de obras tão intrigantes conseguiu ser tão (ou mais) complicado do que as próprias, fascinando leitores até hoje (quase 100 anos depois). Resta-nos engrossar o coro para que Modesto Carone verta, para o nosso idioma, o que falta de Kafka: os diários e as cartas ;-)
>>> A Consciência das Palavras
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Como tirar proveito de seus inimigos, de Plutarco (Além do Mais)
02. O Estilo 80/20, de Richard Koch (Além do Mais)
03. E se você me desse um beijo? (Literatura)
04. Fotografia (Cinema)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
21/2/2013
09h51min
Este post já tem quase um ano, mas vale a pena dizer que a correspondência de Kafka deu origem ao romance epistolar "Querido Franz", da polonesa Anna Bolecka - ed. Record, tradução de Tomasz Barcinski, 2002.
[Leia outros Comentários de Marcelo Lopes]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DO VALOR DA CAUSA E SUA IMPUGNAÇÃO
LUIZ CLAUDIO AMERISE SPOLIDORO
LEJUS
(1997)
R$ 5,00



MEMORIAS REVISITADAS: O INSTITUTO AGGEU MAGALHAES NA VIDA DE SEUS
ANTONIO TORRES MONTENEGRO E TANIA FERNANDES
FIOCRUZ
(1997)
R$ 17,82



TURISMO IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS
AMALIA INES G. DE LEMOS
HUCITEC
(1996)
R$ 10,00



A SOCIOLOGIA DA VIDA ECONÔMICA
NEIL J. SMELSER
BIBLIOTECA PIONEIRA
R$ 11,00



ANTOLOGIA - AMOR ENTRE LETRAS
VÁRIOS AUTORES
ALL PRINT
(2011)
R$ 8,30



AS AVENTURAS DE ALENCAR ALMEIDA
GUILHERME AZEVEDO
V
(2005)
R$ 4,20



A SEMÂNTICA DE DAVIDSON
JONATAN HENRIQUE PINHO BONFIM
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



CASE SOLARI LOCALI
PETER VAN DRESSER
FRANCO MUZZIO & C
(1979)
R$ 20,00



MENINO ANTIGO
CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE
JOSÉ OLYMPIO
(1974)
R$ 10,00



GUIA INTERNET DE CONECTIVIDADE
CYCLADES BRASIL
CYCLADES
(1996)
R$ 4,00





busca | avançada
38827 visitas/dia
1,0 milhão/mês