Mongólia | Digestivo Cultural

busca | avançada
71602 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> 7ª edição do Fest Rio Judaico acontece no domingo (16 de junho)
>>> Instituto SYN realiza 4ª edição da campanha de arrecadação de agasalhos no RJ
>>> O futuro da inteligência artificial: romance do escritor paranaense Roger Dörl, radicado em Brasília
>>> Cursos de férias: São Paulo Escola De Dança abre inscrições para extensão cultural
>>> Doc 'Sin Embargo, uma Utopia' maestro Kleber Mazziero em Cuba
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
Últimos Posts
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Meu cinema em 2010 ― 1/2
>>> Paulo Francis não morreu
>>> Levy Fidelix sobre o LGBT
>>> Adaptação: direito ou dever da criança?
>>> Bienal 2006: fracasso da anti-arte engajada
>>> Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> A quem interessa uma sociedade alienada?
>>> E-mail (devassado) para meu filho
Mais Recentes
>>> Mulher-Maravilha 48 de Mariko Tamaki pela Panini (2021)
>>> Mulher-Maravilha 3/53 de Conrad; Cloonan pela Panini Comics (2022)
>>> Superman - Ano dos Vilões 15 de Brian Michael Bendis pela Panini (2020)
>>> Universo Marvel - O indestrutível Hulk 004 de Mark Waid pela Panini (2013)
>>> A Saga da Mulher Maravilha - Vol. 2 de John Byrne pela Panini Comics (2024)
>>> Batman Especial - Vilões de Gotham de Danny Devito pela Panini Comics (2022)
>>> A Saga da Mulher Maravilha Vol 1 de John Byrne pela Panini (2024)
>>> Perigo no Hospital de Mary Higgins Clark pela Record
>>> Contrato de Risco de Thomas Palmer pela Record (1983)
>>> As Cinco Pessoas Que Voce Encontra No Ceu de Mitch Albom pela Sextante (2004)
>>> A Soma De Todos Os Medos de Tom Clancy pela Record (1993)
>>> Mulheres Que Atraem Os Homens E Mulheres Que Os Afastam de Connell Cowan pela Rocco (1999)
>>> O Meu Pé de Laranja Lima (bolso) de José Mauro de Vasconcelos pela Melhoramentos (1993)
>>> Os Chacras de Peter Rendel pela Ediouro (1987)
>>> Invenção da Cidade: Brasília 2ª edição. de Clemente Luz pela Record (1980)
>>> Merlin. Fogo Da Fúria - Livro 3 de T. A. Barron pela Galera Record (2015)
>>> Merlin. As Sete Canções - Livro 2 de T. A. Barron pela Galera Record (2014)
>>> Merlin: Os Anos Perdidos - Livro 1 de T. A. Barron pela Galera (2013)
>>> A Arte de Educar de Flávio Gikovate pela Nova Didática (2001)
>>> Resgatado Pelo Amor de Nora Roberts pela Bertrand Brasil (2007)
>>> Laços De Fogo - Trilogia Da Fraternidade - Vol. 1 de Nora Roberts pela Bertrand Brasil (2008)
>>> Lacos De Pecado - Trilogia Da Fraternidade - Vol. 3 de Nora Roberts pela Bertrand (2008)
>>> Rosa Negra - Trilogia Das Flores - Vol. 2 de Nora Roberts pela Bertrand (2012)
>>> Resgatado Pelo Amor de Nora Roberts pela Bertrand Brasil (2010)
>>> Dalia Azul - Trilogia Das Flores - Vol. 1 de Nora Roberts pela Bertrand (2012)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Segunda-feira, 22/11/2004
Mongólia
Julio Daio Borges
+ de 2700 Acessos




Digestivo nº 202 >>> E os escritores continuam desconfortáveis em sociedade... Se antes não eram reconhecidos, e reclamavam, sentiam-se como párias. Como extraterrenos – algo que se costuma admirar com um interesse zoológico, mas de um ponto de vista antropomórfico. Acontece que os escritores, de repente, deixaram de ser ficção e tornaram-se objeto de diversas honrarias. As mais bizarras, como experiência, são as premiações literárias. Os escritores arrastam-se pelas paredes como lagartixas e se esgueiram quando há um ameaça concreta de contato físico. Muitos nem comparecem às cerimônias de entrega. Outros desfilam com o ar aviltado por ter perdido, e desaparecem o mais depressa possível. Não foi diferente na celebração do II Prêmio Portugal Telecom de Literatura Brasileira. Apesar de toda a pompa e circunstância (Vinicius de Moraes, Nelson Motta e Júlia Lemmertz), as grandes estrelas da noite não foram propriamente os vencedores, mas, sim, os principais executivos da Portugal Telecom. E não por culpa desses últimos; mas por inabilidade dos primeiros. Marcelo Mirisola, um dos concorrentes, avançava apressadíssimo por entre as fileiras – num temor que misturava: a possibilidade escassa de ser reconhecido e a ameaça iminente de anonimato completo. Já Décio Pignatari, outro concorrente, sabendo-se vencido, desvencilhava-se de mãos efusivas, que o obrigavam a parar, enquanto arrastava sua senhora rumo à saída. Certos estavam os que agiram com fleuma – e levaram o cheque e a estátua. Diante da chance de abocanhar um dos troféus, Sérgio Sant’Anna, entre bandejas de canapés, desviava de si as expectativas: “Tá difícil... Tá difícil...”. Segundos depois, transmutava-se para o telão – onde, do palco, via-se que ficava com o 2ª lugar. No preâmbulo, Carlos Lyra diluiria o alto teor literário do encontro, com histórias do Poetinha, e Olívia Byington iria além das medidas, ao cantar mais que o recomendável. O comentário geral, sobre sua performance, seria: “Podia ter ficado em 3 ou 4 músicas...”. Enfim, tirando a falta de tato dos nossos pares, foi uma homenagem justa às letras nacionais. Sem confundir literatura com MPB, os jurados não incensaram, mais uma vez, Chico Buarque; e, sem embarcar nas vanguardas-que-já-não-são, deixaram os Irmãos Haroldo de fora. Malgrado, portanto, a falta de traquejo do escritor médio brasileiro, a coisa vai ficando cada vez mais séria e interessante.
>>> Prêmio Portugal Telecom de Literatura Brasileira 2004
 
Julio Daio Borges
Editor
Quem leu esta, também leu essa(s):
01. La peor política es la negra (Cinema)
02. 20 anos de cultura no brasil (Além do Mais)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro Biografias O Berço de Bambu a História de um Pai Judeu
Avraham Sehwartzhaum
Colel
(1994)



Livro Contos A Pressa dos Mortos
Neir Ilelis
Noovha America
(2002)



Livro Literatura Estrangeira Mercado Sombrio O Cibercrime e Você
Misha Glenny
Cia das Letras
(2011)



Os Pensadores: Nietzsche Volume II - VIDA E OBRA
Friedrich Wilhelm Nietzsche (1844-1900)
Nova Cultural
(1987)



Livro de Filosofia Da certeza Edição Bilingue Biblioteca de Filosofia Contemporânea
Ludwig Wittgenstein
Edições 70
(1969)



Encontros e Desencontros em Educação Infantil
Maria Lucia de A. Machado
Cortez
(2008)



Building Private Pension Systems - A Handbook
Yves Guérard; Glenn Jenkins
Ics Press
(1993)



Nomes de Bebês de Todo o Mundo
Connie Lockhart Ellefson
Ediouro
(1993)



Ah, Se Eu Fosse Presidente (lacrado)
Sidney Rezende
Alta Books
(2015)



Mecânica Vetorial para Engenheiros Estática 1 522
Ferdinand P. Beer
Mcgraw Hill
(1980)





busca | avançada
71602 visitas/dia
2,3 milhões/mês