Sócrates e Xantipa, de Gerald Messadié | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> A massa e os especialistas juntos no mesmo patamar
>>> Entrevista com Jacques Fux, escritor e acadêmico
>>> Nuno Ramos, poesia... pois é
>>> Literatura e interatividade: os ciberpoemas
>>> O Valhalla em São Paulo
>>> Por dentro do Joost: o suco da internet com a TV
Mais Recentes
>>> Direito Romano - Vol. II de José Carlos Moreira Alves pela Forense (2003)
>>> Divinas Desventuras: Outras Histórias da Mitologia Grega de Heloisa Prieto pela Companhia das Letrinhas (2011)
>>> Le Nouveau Sans Frontières 1 - Méthode de Français de Philippe Dominique e Jacky Girardet e Michele Verdelhan e Michel Verdelhan pela Clé International (1988)
>>> Sobrevivência de Gordon Korman pela Arx Jovem (2001)
>>> Ética Geral e Profissional de José Renato Nalini pela Revista dos Tribunais (2001)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Abril (1982)
>>> O Menino no Espelho de Fernando Sabino pela Record (2016)
>>> Labirintos do Incesto: O Relato de uma Sobrevivente de Fabiana Peereira de Andrade pela Escrituras-Lacri (2004)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Círculo do Livro (1975)
>>> Ponte para Terabítia de Katherine Patersin pela Salamandra (2006)
>>> O Desafio da Nova Era de José M. Vegas pela Ave-Maria (1997)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1970)
>>> Trabalho a Serviço da Humanidade de Escola Internacional da Rosa Cruz Áurea pela Rosacruz (2000)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ensinando a Cuidar da Criança de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Ensinando a Cuidar da Mulher, do Homem e do Recém-nascido de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Luxúria Encadernado de Judith Krantz pela Círculo do Livro (1978)
>>> Fundamentos, Conceitos, Situações e Exercícios de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Personality: How to Unleash your Hidden Strengths de Dr. Rob Yeung pela Pearson (2009)
>>> Um Mês Só de Domingos de John Updike pela Record (1975)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
>>> Caravanas de James Michener pela Record (1976)
>>> A Terra Ainda é Jovem de J.M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> A Terra Ainda é Jovem de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> Deus Protege os Que Amam de J.M. Simmel pela Nova Fronteira (1977)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> O Quarto das Senhoras de Jeanne Bourin pela Difel (1980)
>>> Beco sem Saída de John Wainwright pela José Olympio (1984)
>>> Casais Trocados de John Updike pela Abril (1982)
>>> O Hotel New Hampshire Encadernado de John Irving pela Círculo do Livro (1981)
>>> As Moças de Azul de Janet Dailey pela Record (1985)
>>> Amante Indócil Encadernado de Janet Dailey pela Círculo do Livro (1987)
>>> A Rebelde Apaixonada de Frank G. Slaughter pela Nova Cultural (1986)
>>> Escândalo de Médicos de Charles Knickerbocker pela Record (1970)
>>> A Turma do Meet de Annie Piagetti Muller pela Target Preview (2005)
>>> O Roteiro da Morte de Marc Avril pela Abril (1973)
>>> Luz de Esperança de Lloyd Douglas pela José Olympio (1956)
>>> Confissões de Duas Garotas de Aluguel de Linda Tracey e Julie Nelson pela Golfinho (1973)
>>> Propósitos do Acaso de Ronaldo Wrobel pela Nova Fronteira (1998)
>>> Olho Vermelho de Richard Aellen pela Record (1988)
>>> A Comédia da Paixão de Jerzy Kosinski pela Nova Fronteira (1983)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Böll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ventos sem Rumo de Belva Plain pela Record (1981)
>>> Ventos sem Rumo de Belva Plain pela Record (1981)
>>> O Caminho das Estrêlas de Christian Signol pela Círculo do Livro (1987)
>>> Longo Amanhecer de Joe Gores pela Best-seller (1988)
>>> As Damas do Crime de B. M. Gill pela Círculo do Livro (1986)
>>> Os Melhores Contos de Alexandre Herculano de Alexandre Herculano pela Círculo do Livro (1982)
COLUNAS

Quinta-feira, 18/9/2003
Sócrates e Xantipa, de Gerald Messadié
Ricardo de Mattos

+ de 7100 Acessos

"Livros são escritos sobre este ou aquele grande espírito da Antigüidade e o público os lê, mas não lê as próprias obras". (Schopenhauer)

O escritor e ensaísta Gerald Messadié é mais conhecido por sua biografia romanceada e em série sobre Moisés. Ao lado de Valério Massimo Manfredi, John Grishann, Tracy Chevalier, Christian Jacq, Margaret George, forma aquele grupo de escritores que buscam na vida profissional o enredo para um romance ou uma biografia romanceada. Para eles - advogados, historiadores, arqueólogos - a imaginação é subsidiária ao conhecimento técnico. Aliam o gosto pessoal pela escrita ao conhecimento adquirido na actividade profissional e completam seus livros com um enredo vendável. O arquiteto apreciador da literatura policial, se determinar-se a escrever o seu próprio livro, provavelmente elaborará a história d'um misterioso assassinato ocorrido na construção d'um prédio importante. Transbordarão detalhes técnicos e um deles certamente levará à descoberta do criminoso e dos seus motivos. Em algum lugar eu vi denominarem estes livros como "de estação": lançamentos preparados para as férias de verão, para serem lidos na praia e não deixarem maior rastro na vida do leitor.

Tenho em mãos um extracto de Parerga e Paralipomena publicado de forma independente n'um livro minúsculo com o título Sobre Livros e Leitura. As seguintes palavras cabem a este tipo de fabricação literária: "O que pode ser mais miserável do que o destino de tal público literário, obrigado a ler, a todo momento, as últimas publicações de cabeças absolutamente ordinárias, que escrevem apenas por dinheiro e que, por esta razão, existem sempre em grande número e conhecem apenas de nome as obras dos raros e superiores espíritos de todos os tempos e de todos os países!"

Sócrates e Xantipa - Um Crime em Atenas (Madame Sócrates, conforme o original) é uma mistura de investigação e tentativa de reconstituição do chamado "século de Péricles" - século V a.C - e aqui está sua justificativa. O autor pretende recriar as discussões políticas, o debate das ideias filosóficas, os hábitos dos atenienses à iminência da Guerra do Peloponeso. Tudo transparece artificial, lento, desprovido de elaboração, como se o próprio escritor começasse o livro cansado. Nota-se no posfácio autógrafo sua mania em comparar factos antigos com factos modernos ou recentes. Quiçá tenha "reinventado" os personagens com olhos em personalidades posteriores, o que não garantiu bom resultado.

Ele teve duas alternativas: ou escrever um romance policial, ou escrever sobre a vida do filósofo. Uniu-as n'uma só empresa como recurso para elevar as chances de leitura da sua obra. Ocorre um assassinato nas imediações da casa de Sócrates e sua mulher Xantipa - condenada à má fama eterna - empenha-se na descoberta do assassino e sua razão. Messadié conta sua estória partindo d'um mote irrelevante para a história do pensamento: o humor da mulher de Sócrates. Ele afirma seu ensejo em tirar dos antigos gregos, segundo seus próprios termos, uma aura de "santidade laica", pretendendo assim mostrá-los mais humanos. Se teve esta impressão de santidade, foi por ler as grandes obras sem a premissa da humanidade de seus autores.

No romance de Messadié, não se aprende mais sobre o filósofo do que se aprenderia lendo um bom livro de introdução à Filosofia - recomendo a colecção História da Filosofia Antiga de Giovanni Reale. Incabível portanto a desculpa de se fazer o leitor a apreender os conceitos históricos, filosóficos e políticos dos gregos de forma amena. Os iniciados não encontrarão nada de novo, os neófitos perder-se-ão e aqueles de estudo adiantado sequer lêem um livro assim. Se de forma sub-reptícia o autor experimenta dar nova interpretação às idéias daquele período, há um ponto no qual nem prestamos mais atenção nisso. Desejando o escritor homenagear aquelas pessoas, então viva em consonância com seus ensinamentos.

Porque é preferível conhecer os gregos directamente pelas suas obras. Primeiro Hesíodo e Homero passando-se a Heródoto e Tucídides: há aqui uma seqüência. Aliás, não se compreende a Eneida sem a leitura prévia da Ilíada e da Odisséia. Compreendendo a Eneida, entende-se a admiração de Dante por Virgílio. Seguem-se recolhas de textos filosóficos pré-socráticos, passando depois para Platão e Aristóteles. As escolas estóica, epicurista, cínica e neo-platónica levam-nos da Hélade ao mundo romano e cristão: n'um seremos recebidos por Cícero, Marco Aurélio (!), Epicteto; n'outro, principalmente por Santo Agostinho. Além de tudo isso, há o teatro. Há nas obras destas pessoas todas uma qualidade perene de ensinamentos e é surpreendente o quanto precisamos deles. Evidente o anacronismo de algumas destas lições, como a sugestão de Platão, n'A República, de que o Poder só deveria ser exercido por pessoas adrede preparadas para ele, após um longo aprendizado - "aprendizado" poderia ser substituído por "exercício de cargos menores". Hoje estamos convencidos da suficiência do voto livre d'um povo reconhecidamente isento e esclarecido para legitimar a ocupação dos cargos relevantes.


Ricardo de Mattos
Taubaté, 18/9/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Reunião de pais, ops, de mães de Ana Elisa Ribeiro
02. Uma noite de julho de Celso A. Uequed Pitol
03. Passe Livre, FdE e Black Blocs - enquanto Mídia de Duanne Ribeiro
04. Conservadores e progressistas de Gian Danton
05. Primeiro dia de aula de Ana Elisa Ribeiro


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2003
01. Da Poesia Na Música de Vivaldi - 6/2/2003
02. Poesia, Crônica, Conto e Charge - 13/11/2003
03. Da Biografia de Lima Barreto - 26/6/2003
04. Estado de Sítio, de Albert Camus - 4/9/2003
05. A Euforia Perpétua, de Pascal Bruckner - 5/6/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ATLAS DO CORPO HUMANO VOL. II 6232
DIVERSOS
ABRIL
(2008)
R$ 10,00



A CARÍCIA ESSENCIAL: UMA PSICOLOGIA DO AFETO
ROBERTO SHINYASHIKI
GENTE
(1992)
R$ 10,00



PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI
JENNY HAN
INTRINSECA
(2015)
R$ 31,77



CLARISSA
ERICO VERISSIMO
GLOBO
(1997)
R$ 4,60



LANTERNA VERDE 48 - HAL JORDAN, VIDA APÓS A TROPA
EQUIPE DC
PANINI
(2016)
R$ 8,60



OS FATOS FICTICIOS POESIA
IZACYL GUIMARAES FERREIRA
LR
(1980)
R$ 6,00



1000 PERGUNTAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO
REIS FRIEDE
FORENSE UNIVERSITÁRIA
(2005)
R$ 17,28



O PODER DOS ANIVERSÁRIOS- ESCORPIÃO
SAFFI CRAWFORD E GERALDINE SULLIVAN
PRETÍGIO
(2005)
R$ 25,90
+ frete grátis



DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO ENDÓGENO DE PEQUENOS ESTADOS INSULARES
ALBERTINO FRANCISCO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 524,00



HISTÓRIA DO DEPARTAMENTO DE VOLUNTÁRIOS
HOSPITAL ALBERT EINSTEIN
NARRATIVA UM
(2004)
R$ 14,00





busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês