Sócrates e Xantipa, de Gerald Messadié | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
69048 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Ambulantes faz show de seu novo disco na Casa de Cultura Chico Science
>>> SESI São José dos Campos apresenta a exposição J. BORGES - O Mestre da Xilogravura
>>> Festival gratuito, diurno, 8o.Festival BB Seguros de Blues e Jazz traz grandes nomes internacionais
>>> Bruno Portella ' Héstia: A Deusa do Fogo ' na Galeria Alma da Rua I
>>> Pia Fraus comemora 40 anos com estreia de espetáculo sobre a vida dos Dinossauros do Brasil
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Metallica homenageando Elton John
>>> Fernando Schüler sobre a liberdade de expressão
>>> Confissões de uma jovem leitora
>>> Ray Kurzweil sobre a singularidade (2024)
>>> O robô da Figure e da OpenAI
>>> Felipe Miranda e Luiz Parreiras (2024)
>>> Caminhos para a sabedoria
>>> Smoke On the Water (2024)
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
Últimos Posts
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cinema em Atibaia (III)
>>> Jornalismo de todos para todos
>>> Das boas notícias
>>> Sociologia de um gênio
>>> A arqueologia secreta das coisas
>>> Mahalo
>>> O iPad não é coisa do nosso século
>>> O prazer, origem e perdição do ser humano
>>> William Faulkner e a aposta de Pascal
>>> Os Estertores da Razão
Mais Recentes
>>> Farmácia Hospitalar de Marcelo Polacow Bisson; Míriam Elias Cavallini pela Manole (2010)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
>>> Filosofia da Educação de Paulo Ghiraldelli Jr. pela Ática (2006)
>>> Farmácia Hospitalar de Marcelo Polacow Bisson; Míriam Elias Cavallini pela Manole (2010)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
>>> Filosofia da Educação de Paulo Ghiraldelli Jr. pela Ática (2006)
>>> Farmácia Hospitalar de Marcelo Polacow Bisson; Míriam Elias Cavallini pela Manole (2010)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
>>> The Wanted de Chas Newkey Burden; Mariana Varella pela Prumo (2013)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
>>> Filosofia da Educação de Paulo Ghiraldelli Jr. pela Ática (2006)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
>>> Farmácia Hospitalar de Marcelo Polacow Bisson; Míriam Elias Cavallini pela Manole (2010)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
>>> Filosofia da Educação de Paulo Ghiraldelli Jr. pela Ática (2006)
>>> Farmácia Hospitalar de Marcelo Polacow Bisson; Míriam Elias Cavallini pela Manole (2010)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
>>> Filosofia da Educação de Paulo Ghiraldelli Jr. pela Ática (2006)
>>> Brunner e Suddarth - Tratado de Enfermagem Médico-cirúrgica - Vol 1 de Kerry H. Cheever; Janice L. Hinkle pela Gen Guanabara Koogan (2016)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
>>> Microbiologia de Gerard J. Tortora; Berdell R. Funke pela Artmed (2005)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
>>> Por Que Arte-Educação? de João Francisco Duarte Jr. pela Papirus (1991)
>>> Economia Brasileira na Encruzilhada de Pereira Luiz Carlos Bresser Goncalves pela Fgv (2006)
COLUNAS

Quinta-feira, 18/9/2003
Sócrates e Xantipa, de Gerald Messadié
Ricardo de Mattos
+ de 9100 Acessos

"Livros são escritos sobre este ou aquele grande espírito da Antigüidade e o público os lê, mas não lê as próprias obras". (Schopenhauer)

O escritor e ensaísta Gerald Messadié é mais conhecido por sua biografia romanceada e em série sobre Moisés. Ao lado de Valério Massimo Manfredi, John Grishann, Tracy Chevalier, Christian Jacq, Margaret George, forma aquele grupo de escritores que buscam na vida profissional o enredo para um romance ou uma biografia romanceada. Para eles - advogados, historiadores, arqueólogos - a imaginação é subsidiária ao conhecimento técnico. Aliam o gosto pessoal pela escrita ao conhecimento adquirido na actividade profissional e completam seus livros com um enredo vendável. O arquiteto apreciador da literatura policial, se determinar-se a escrever o seu próprio livro, provavelmente elaborará a história d'um misterioso assassinato ocorrido na construção d'um prédio importante. Transbordarão detalhes técnicos e um deles certamente levará à descoberta do criminoso e dos seus motivos. Em algum lugar eu vi denominarem estes livros como "de estação": lançamentos preparados para as férias de verão, para serem lidos na praia e não deixarem maior rastro na vida do leitor.

Tenho em mãos um extracto de Parerga e Paralipomena publicado de forma independente n'um livro minúsculo com o título Sobre Livros e Leitura. As seguintes palavras cabem a este tipo de fabricação literária: "O que pode ser mais miserável do que o destino de tal público literário, obrigado a ler, a todo momento, as últimas publicações de cabeças absolutamente ordinárias, que escrevem apenas por dinheiro e que, por esta razão, existem sempre em grande número e conhecem apenas de nome as obras dos raros e superiores espíritos de todos os tempos e de todos os países!"

Sócrates e Xantipa - Um Crime em Atenas (Madame Sócrates, conforme o original) é uma mistura de investigação e tentativa de reconstituição do chamado "século de Péricles" - século V a.C - e aqui está sua justificativa. O autor pretende recriar as discussões políticas, o debate das ideias filosóficas, os hábitos dos atenienses à iminência da Guerra do Peloponeso. Tudo transparece artificial, lento, desprovido de elaboração, como se o próprio escritor começasse o livro cansado. Nota-se no posfácio autógrafo sua mania em comparar factos antigos com factos modernos ou recentes. Quiçá tenha "reinventado" os personagens com olhos em personalidades posteriores, o que não garantiu bom resultado.

Ele teve duas alternativas: ou escrever um romance policial, ou escrever sobre a vida do filósofo. Uniu-as n'uma só empresa como recurso para elevar as chances de leitura da sua obra. Ocorre um assassinato nas imediações da casa de Sócrates e sua mulher Xantipa - condenada à má fama eterna - empenha-se na descoberta do assassino e sua razão. Messadié conta sua estória partindo d'um mote irrelevante para a história do pensamento: o humor da mulher de Sócrates. Ele afirma seu ensejo em tirar dos antigos gregos, segundo seus próprios termos, uma aura de "santidade laica", pretendendo assim mostrá-los mais humanos. Se teve esta impressão de santidade, foi por ler as grandes obras sem a premissa da humanidade de seus autores.

No romance de Messadié, não se aprende mais sobre o filósofo do que se aprenderia lendo um bom livro de introdução à Filosofia - recomendo a colecção História da Filosofia Antiga de Giovanni Reale. Incabível portanto a desculpa de se fazer o leitor a apreender os conceitos históricos, filosóficos e políticos dos gregos de forma amena. Os iniciados não encontrarão nada de novo, os neófitos perder-se-ão e aqueles de estudo adiantado sequer lêem um livro assim. Se de forma sub-reptícia o autor experimenta dar nova interpretação às idéias daquele período, há um ponto no qual nem prestamos mais atenção nisso. Desejando o escritor homenagear aquelas pessoas, então viva em consonância com seus ensinamentos.

Porque é preferível conhecer os gregos directamente pelas suas obras. Primeiro Hesíodo e Homero passando-se a Heródoto e Tucídides: há aqui uma seqüência. Aliás, não se compreende a Eneida sem a leitura prévia da Ilíada e da Odisséia. Compreendendo a Eneida, entende-se a admiração de Dante por Virgílio. Seguem-se recolhas de textos filosóficos pré-socráticos, passando depois para Platão e Aristóteles. As escolas estóica, epicurista, cínica e neo-platónica levam-nos da Hélade ao mundo romano e cristão: n'um seremos recebidos por Cícero, Marco Aurélio (!), Epicteto; n'outro, principalmente por Santo Agostinho. Além de tudo isso, há o teatro. Há nas obras destas pessoas todas uma qualidade perene de ensinamentos e é surpreendente o quanto precisamos deles. Evidente o anacronismo de algumas destas lições, como a sugestão de Platão, n'A República, de que o Poder só deveria ser exercido por pessoas adrede preparadas para ele, após um longo aprendizado - "aprendizado" poderia ser substituído por "exercício de cargos menores". Hoje estamos convencidos da suficiência do voto livre d'um povo reconhecidamente isento e esclarecido para legitimar a ocupação dos cargos relevantes.


Ricardo de Mattos
Taubaté, 18/9/2003

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Como uma criança de Arcano9


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2003
01. Da Poesia Na Música de Vivaldi - 6/2/2003
02. Poesia, Crônica, Conto e Charge - 13/11/2003
03. Da Biografia de Lima Barreto - 26/6/2003
04. Stabat Mater, de Giovanni Battista Pergolesi - 27/11/2003
05. Estado de Sítio, de Albert Camus - 4/9/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Lazarillo de Tormes - Nivel 3 - Inclui CD
Anónimo
Santillana
(2008)



Runas O Oráculo dos Deuses
Maya Garcia Câmara
Icone
(1995)



Confesso que vivi
Pablo Neruda
Círculo do livro
(1983)



O Combate a Corrupcão Nas Prefeituras do Brasil
Antoninho Marmo Trevisan; Antonio Chizzotti
Atêlia
(2003)



Livro Religião Bílbia Sagrada Edição Pastoral
Diversos
Paulus
(2003)



Livro Literatura Estrangeira Diários de Stefan Volume 2 Sede de Sangue
L. J. Smith
Galera
(2012)



Livro Literatura Estrangeira A Princesa Sob os Refletores
Meg Cabot
Galera Record
(2008)



Literary Essays
Jean Paul Sartre
Citadel



Contratos nominados
Araken De Assis
Revista dos tribunias
(2009)



Livro Literatura Brasileira O Buraco na Parede
Rubem Fonseca
Companhia das Letras
(1995)





busca | avançada
69048 visitas/dia
2,0 milhão/mês