Precisamos ouvir tudo | Mario Marques | Digestivo Cultural

busca | avançada
31833 visitas/dia
891 mil/mês
Mais Recentes
>>> CRIANÇAS DE HELIÓPOLIS REALIZAM CONCERTO DE GENTE GRANDE
>>> Winter Fest agita Jurerê Internacional a partir deste final de semana
>>> Coletivo Roda Gigante inicia temporada no Jazz B a partir de 14 de julho
>>> Plataforma Shop Sui dança dois trabalhos no Centro de Referência da Dança
>>> Seminário 'Dança contemporânea, olhares plurais'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
>>> Carta ao(à) escritor(a) em sua primeira edição
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 3
>>> Juntos e Shallow Now
>>> Dicionário de Imprecisões
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
Últimos Posts
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> É cena que segue...
>>> Imagens & Efeitos
>>> Segredos da alma
>>> O Mundo Nunca Foi Tão Intenso Nem Tão Frágil
>>> João Gilberto
>>> Retalhos ao pôr do sol
>>> Pelagem de flor III: AMARELO
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Companheiros de Jornada
>>> Aloysio Nunes sobre a mentira
>>> ambiguities and lies
>>> Literatura brasileira hoje
>>> Detefon, almofada e trato
>>> Noturno para os notívagos
>>> YouTube, lá vou eu
>>> O papel aceita tudo
>>> Orgulho e preconceito, de Jane Austen
>>> O Mistério dos Incas
Mais Recentes
>>> AFRICA de John Reader pela National Geographic (2001)
>>> LIFE: Our Century in Pictures for Young People de Richard B. Stolley pela Little Brown Young Readers (2000)
>>> Os Anos de Grace Kelly - Princesa de Mônaco de FAAP pela FAAP (2007)
>>> Ideia e Forma - Acompanha CD de Alexandre Gama pela FAAP
>>> O Cinema Em Cartaz de Fundação Armando Alvares Penteado pela MAB (2008)
>>> Prêmio Fundação Conrado Wessel de Fotografia de Fundação Conrado Wessel de Fotografia pela Talento (2002)
>>> Prêmio Fundação Conrado Wessel de Fotografia de Fundação Conrado Wessel de Fotografia pela Talento (2002)
>>> Hora da Vinganca: As Aventuras de Calvin e Haroldo de Bill Waterson pela Conrad (2009)
>>> SuperCroc de National Geographic pela National Geographic (2002)
>>> Graveyards of the Pacific - From Pearl Harbor to Bikini Atol de National Geographic pela National Geographic (2001)
>>> Momentos e Movimentos - Coleção de Fotografias do MAB de MAB fAAP pela MAB (2012)
>>> Auto Motor Esporte 20082009 de Reginaldo Leme pela Auto Motor (2009)
>>> Obras-Primas da Calábria - 700 Anos de Arte Italiana de Maria Izabel Branco Ribeiro pela Ministério da Cultura (2005)
>>> Sala São Paulo: Café, Ferrovia e a Metropole de IBRARP pela IBRARP (2001)
>>> São Paulo Imagens de 1998 de Rubens Fernandes Jr pela Marca D'Agua (1998)
>>> J R Duran de J. R. Duran pela W 11 (2003)
>>> Métodos de análise microscópica de alimentos I de Regina Morelli Silva Rodrigues pela Letras e Letras (1999)
>>> Cookies de Simon St. Laurent pela McGraw Hill (1999)
>>> Flash Fora do Ar de Amaury Jr. pela Elevação (1999)
>>> Além do Horizonte - Visões de um Novo Milênio de Walter Mercado pela Mandarim (1997)
>>> 99 Dias Virtuais de Arthur Ranieri Jr pela Mandarim (2001)
>>> O Que a Noite Conta para o Dia de Hector Bianciotti pela Siciliano (1995)
>>> Psicanálise do Teatro Infantil de Manoel de Lemos Barros Neto pela Traço (1984)
>>> Tênues Tensões de Maria Aparecida Saad pela Maltese (1996)
>>> O Livro do DVD de Egon Strauss pela Quark Books (1998)
>>> Full Disclosure - Como Aperfeiçoar o Relacionamento das Empresas de Francisco Augusto Tertuliano pela Maltese (1993)
>>> Boom - Como Prosperar na Competitiva Global do Século 21 de Frank Vocl e James Sinclair pela Futura (1996)
>>> Exercícios de Datilografia de Eli Rozendo Moreira dos Santos pela Ediouro (1987)
>>> Fabricação Classe Universal - A Próxima Década de Richard J. Schonberger pela Futura (1997)
>>> Ziriguidum de Oswaldo Sargentelli pela Lestra e Letras (1993)
>>> O Guia dos Guias de Orlando Volume II de Ginha Nader pela Panrotas (1998)
>>> Seu Peso Ideal - Como Alcançar e manter o Peso que lhe Convém de Jaap Huibers pela Hemus
>>> Cristal de Wilson Bueno pela Siciliano (1995)
>>> A Educação Sexual - O Sexo e o Amor I de David Saramon pela Pallas (1980)
>>> Arroz de Carreteiro, Churrasco e mais 100 Pratos da Região Sul de Vera Monteiro e Darci Pereira da Rocha pela Ediouro
>>> Da Impunidade de Laércio Laurelli pela Iglu (2000)
>>> Sistema Jurídico de Custeio dos Sindicatos de Eduardo Antônio Temponi Lebre pela Iglu (1997)
>>> Mc Cann 50 Anos em 2 de Jens Olesen e Altino Barros pela Siciliano (1995)
>>> Como Negociar Aumento De Salario: UM GUIA PARA O SUCESSO de George M. Hartman pela Singular Digital (1995)
>>> Sotaques na TV de Ana Lúcia Medeiros pela Annablume (2006)
>>> Contrabando (está com o postêr erótico da edição original) de Fernand de Villefond pela Pallas
>>> Brincando com as Neuroses de Nilson Bergonson pela Hermes (1989)
>>> Grupos de Pressão no Congresso Nacional de Murillo de Aragão pela Maltese (1994)
>>> Corrupção: Fator de Progresso? de Antenor Batista pela Letras e Letras (1999)
>>> São Paulo de Bar em Bar de Francesc Petit pela Siciliano (1995)
>>> Don Gil das Calcas Verdes de Tirso de Molina pela Ediouro
>>> Infertilidade - Tudo o que Devemos Saber de Pamela Patrick Novotny pela Ediouro (1995)
>>> Para Salvar a Universidade de Laurent Schwartz pela EDUSP (1984)
>>> Vidia e o Sumiço da Coroa - Disney Fadas de Haruhi Kato pela On line
>>> Variações sobre a Técnica de Gravador no Registro da Informação V de Maria Isaura Pereira de Queiroz pela TAQ (1991)
COLUNAS

Quinta-feira, 25/12/2003
Precisamos ouvir tudo
Mario Marques

+ de 3100 Acessos

Todos os dias, recebemos discos, muitos discos, nas redações afora. São discos de multinacionais, discos independentes, discos de amigos, singles, demos, até, pasmem, fitas-cassete. Hoje, distanciado dessa realidade e vivendo até bem pouco tempo do lado de cá, ou seja, do lado dos que esperam uma opinião sobre seu trabalho fonográfico, entendo mais a ansiedade de quem quer que você diga algo sobre seu produto.

Para que eu conseguisse que meus amigos jornalistas escutassem o disco do Acid X foi um suplício. É claro que, na Folha, no Globo, no JB ou Estadão o CD estava no meio da estréia da Maria Rita, do novo do Ed Motta, do Lulu, do Frejat, do Los Hermanos e de uma penca de outros lançamentos. Às vezes minha bolsa chegava vazia na redação e voltava para casa com a bolsa repleta e mais um complemento de umas cinco bolsas de gravadora.

Aí você me pergunta: qual o critério de escolha? As gravadoras multinacionais têm prioridade? Claro que não. Mas como fechar os olhos para o novo do Radiohead ou do Coldplay? Não dá. Infelizmente o filtro tem que acontecer e é aí que muitos bons discos se perdem. Tantas vezes me enfurnei num quarto com dezenas deles e, fadigado, desisti na vigésima audição.

O Linkin Park é um caso. Não ouvi, nunca escrevi sobre quando o disco saiu e só descobri o que era tempos depois. Nenhum jornalista, eu disse nenhum, ouve todos os discos que chegam. Ainda mais aqueles cujo segmento não se enquadra em seu veículo. No caso do Globo e do JB, quem vai criticar o disco do Rouge ou de qualquer banda de pagode?

A minha casa virou um depósito de discos. Num certo momento estava contando seis mil CDs, que entulharam a casa de meus pais durante um bom tempo. Hoje fico em casa na internet baixando músicas e pouco compro discos. Acho que virou um trauma particular.

Mas pelo menos mudei o foco de minha observação. Hoje qualquer disco que recebo, e até fita cassete (pois não foi assim que resolvi fazer uma reportagem com o então desconhecido, saudoso e querido Farofa Carioca?), paro, penso e ouço com carinho. Porque do outro lado sei que a pessoa está esperando qualquer coisa, qualquer palavra. É óbvio que nem eu nem ninguém vamos empurrar ninguém para o estrelato. Mas tudo que a pessoa do outro lado precisa é de uma simples avaliação, opinião, referência. Porque as opiniões que eles ouvem são dos amigos e amigos são sempre amigos. É claro que eles esperam sempre o melhor, a opinião mais classuda e mais grandiloqüente ao seu trabalho. E isso às vezes não acontece.

Foi assim que, no show do Acid X, duas pessoas me deram seus discos, uma demo e um CD cheio. Um deles é João Suplicy, irmão do Supla, que está lançando seu segundo disco e se aproximou da minha mesa, gentil, com sua bolacha. O Outro é Gustavo Coelho, baterista da banda Quem?! (gente, ainda é tempo de pensar em outro nome porque já existe o Cidadão Quem, no Sul), que saltou de Olaria para o Humaitá para assistir ao show do Acid X. São casos díspares, um de uma banda que está começando e outro que leva um sobrenome nas costas de reconhecimento nacional, embora ainda não artisticamente.

Resolvi então começar tudo de novo. Para mim, claro. Prometi-me que vou ouvir de tudo, mesmo que seja um novo disco da Pelvs. Não mais filtrarei nada. É claro que só escreverei sobre o que gosto ou pelo menos sobre o que acho que tem chance de acontecer. Mandamentos meus.

* * *

Chego ao assunto jabá, na qual discuti num papo recente com meu amigo Antonio Carlos Miguel. Há uma lei tramitando no Congresso contra o jabá, que, de tão demorada a ser posta em pauta, já caducou. É que as rádios se anteciparam e chegaram agora com a tal da "mídia". O jabá agora é oficial - e infelizmente legal. Explico: você chega lá na rádio que tem a cara de sua música, põe a música para o o o o o o (não posso dizer que é programador, que é diretor, sei lá o que pode se chamar o porta-voz da rádio)... e aí ele ouve, diz o que achou, pode escolher uma outra faixa e manda o preço, que, aí chegamos à "mídia", será transformado em chamadas comerciais para seus próximos shows ou até para seu disco, com nota fiscal e tudo. Enfim, o cara vende dificuldade e compra facilidade. O valor fica em X, a música toca duas vezes por dia durante um mês. E depois... reze ou se esquematize para que todo mundo que você conhece ligue para a rádio pedindo a música. Senão... ela sai no trigésimo dia e dá lugar a outra.

Eu passei por essa situação. Não dá para ficar mais de dez minutos com esse tipo de gente numa sala. O que se espera desse governo é que se façam auditorias em todas as rádios, que as concessões sejam revistas urgentemente. Porque isso é uma máfia bancada por deputados e senadores. Quando chega a campanha eleitoral, os donos das rádios não param de oferecer contribuições em troca da renovação de suas concessões. É preciso tirar das mãos dos sujos e dar as rádios para pessoas idôneas ligadas à cultura, às artes, à música. Isso, sim, seria uma revolução no Brasil. Mas tem que ter muita força para peitar...

* * *

Filosofo, porque assim existo: a vida não é a que escolhemos. Então precisamos dar os passos certos agora porque o futuro cobra da gente todos os atos errados. É preciso pensar muito, porque agora tudo pode estar lindo, ou você acredita que esteja, mas no fundo, lá no fundo, você sabe que fez tanta burrada, tanta burrada, que é melhor esquecer que fez e tentar seguir em frente. Porque, acredite, lá na frente o arrependimento pesa forte. E aí já é tarde.

Digo isso porque essa geração nova, de 23, 24, até 26, está muito perdida. Bebe à beça, fuma à beça, não sabe para onde ir, o que fazer, que profissão escolher, se traveste de punk, de revoltado, de independente, de maduro. Mas é só pose. Por dentro corre um nada, o cérebro padece.

Senta, respira, pensa, decide e vai.

Porque a vida é uma só.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado no site London Burning.


Mario Marques
Rio de Janeiro, 25/12/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. No encalço do Natal de Elisa Andrade Buzzo
02. As janelas de Guilherme de Elisa Andrade Buzzo
03. O filme do Lula e os dois lados da arquibancada de Diogo Salles
04. Palavras impressas de Pilar Fazito
05. Uma conversa íntima de Eduardo Carvalho


Mais Mario Marques
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LITURGIA, DE CORAÇÃO
IONE BUYST
PAULUS
(2003)
R$ 28,82



AS HISTÓRIAS QUE OS PESCADORES NÃO CONTARAM
ALICE FOGAÇA MONTEIRO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



PSICOLOGIA GERAL E INFANTIL
FERNANDA BARCELLOS
EDIOURO
(1982)
R$ 34,00



É TARDE PARA SABER
JOSUÉ GUIMARÃES
L&PM
(1977)
R$ 5,05



ABUTRE
GIL SCOTT-HERON
CONRAD SÃO PAULO
(2002)
R$ 13,00



ADOÇÃO, GUARDA, INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE E CONCUBINATO
J FRANKLIN ALVES FELIPE
FORENSE (RJ)
(1995)
R$ 23,28



ME ESQUECI COMPLETAMENTE DE MIM SOU UM DEPARTAMENTO DE CULTURA - 9076
CARLOS AUGUSTO CALIL / FLÁVIO RODRIGO PENTEADO (OR
IMPRENSA OFICIAL DE SÃO PAULO
(2016)
R$ 37,00



GUIA BRASILEIRO DE FONTES PARA A HISTÓRIA DA ÁFRICA 1 E 2
ARQUIVO NACIONAL
ARQUIVO NACIONAL
(1988)
R$ 25,00



AMAR PODE DAR CERTO
ROBERTO SHINYASHIKI
GENTE
(2019)
R$ 10,00



GUIA CAPRICHO - SEXO: COMO COMEÇAR BEM
LILIANE PRATA
MARCO ZERO
(2009)
R$ 18,00





busca | avançada
31833 visitas/dia
891 mil/mês