A Dança das Rosas, por Consuelo de Paula | Fabio Silvestre Cardoso | Digestivo Cultural

busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Cassio Scapin e artistas de grandes musicais fazem campanha contra o abuso sexual infantil
>>> Terça Aberta na Quarentena une teatro e a dança
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Jingle Bells
>>> Mano Juan, de Marcos Rey
>>> Relationships Matter
>>> Apesar da democracia
>>> Onze pontos sobre literatura
>>> A maçã de Isaac Newton
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Lucas vs. Spielberg
>>> Morando sozinha II
>>> É Julio mesmo, sem acento
Mais Recentes
>>> O Maior Homem que já viveu de Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados pela Sociedade Torre de Vigia (2020)
>>> Pequot de Vitor Ramil pela Artes e Ofícios (1995)
>>> Quando o espiritual domina de Simone de Beauvoir pela Record (1979)
>>> O resto é silêncio de Érico Veríssimo pela Globo (1998)
>>> Angústia de Graciliano Ramos pela Globo (2013)
>>> O Recurso de John Grisham pela Rocco (2015)
>>> Os doze mandamentos de Sidney Sheldon pela Record (2020)
>>> Direito Ambiental Positivo de Fabrício Gaspar Rodrigues pela Campus (2012)
>>> Mandado de Segurança de Luiz Fux pela Dir (2011)
>>> Lula: A opção mais que o voto de Cândido Mendes pela Garamond (2006)
>>> Latinomérica de Marcus Accioly pela Topbooks (2015)
>>> Levando a vida leve de Laura Medioli pela Justo Junior (2005)
>>> Les Filles du Feu / Les Chimères de Gérard de Nerval pela Garnier-Flammarion (1965)
>>> Revolucione sua qualidade de vida - Navegando nas ondas da emoção de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> Mulheres certas que amam homens errados de Kristina Grish pela Gente (2007)
>>> Pequenos Poemas em Prosa de Charles Baudelaire pela Nova Fronteira (1981)
>>> E de Evidência de Sue Grafton pela Ediouro (1999)
>>> M - O Homem Sensual de Record pela Record (1997)
>>> Verdura? Não! de Claire Llewellyn; Mike Gordon pela Scipione (2011)
>>> @s [email protected] de [email protected] York - as Senhoritas de Nova York de Daniel Piza pela Ftd (1999)
>>> 1 Real de Federico Delicado pela Pulo do Gato (2014)
>>> 1 Real de Federico Delicado pela Pulo do Gato (2014)
>>> 10 Anos Brasil MTV de MTV pela Mtv
>>> 10 Contos de Natal de Gilberto de Nichile pela Scortecci (2015)
>>> 100 Jogos para Grupos de Ronaldo Yudi K. Yozo pela Agora (1996)
>>> 100 Magias para Aumentar Sua Autoconfiança - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2004)
>>> 100 Magias para Ter um Supergrupo - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2002)
>>> 100 Magias para Ter um Supergrupo - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2002)
>>> 100 Segredos das Pessoas de Sucesso de David Niven pela Sextante (2002)
>>> 1000 Formas de Interpretar o Seu Horoscopo de Girassol Edicoes pela Girassol (2006)
>>> 1000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer de Patricia Schultz pela Sextante (2006)
>>> 1000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer de Patricia Schultz pela Sextante (2006)
>>> 1000 Melhores Segredos Rapidos e Faceis para Voce de Jamie Novak pela Arx (2007)
>>> 1001 E-mails de Cynthia Dornelles pela Record (2003)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Maneiras de Enriquecer (livro Muito Raro!) de Joseph Murphy pela Record (1966)
>>> 1001 Maneiras de Enriquecer (livro Muito Raro!) de Joseph Murphy pela Record (1966)
>>> 101 Brasileiros Que Fizeram História de Jorge Caldeira pela Estação Brasil (2016)
>>> 101 Experiências de Filosofia Cotidiana de Roger Pol Droit pela Sextante (2002)
>>> 101 Livros Que Mudaram a Humanidade - Coleção Super Essencial de Superinteressante pela Superinteressante (2005)
>>> 101 Lugares para Fazer Sexo Antes de Morrer de Marsha Normandy; Joseph St. James; Alexandre Rosas pela Best Seller (2010)
>>> 102 Minutos: a História Inédita da Luta de Outros; Jim Dwyer pela Jorge Zahar (2005)
>>> 111 Poemas para Crianças de Sérgio Capparelli pela L&pm (2009)
>>> 117 Maneiras de Enlouquecer um Homem na Cama de Margot Saint-loup pela Ediouro (2005)
>>> 12 Anos de Escravidão de Solomon Northup pela Lafonte (2019)
>>> 12 Fábulas de Esopo de Fernanda Lopes de Almeida; Hans Gartner; pela Atica (2000)
>>> 12 Horas de Terror de Marcos Rey pela Global (2012)
>>> 12 Lições para Ser o Pai Ideal de Kevin Leman pela Portico (2015)
COLUNAS

Terça-feira, 17/8/2004
A Dança das Rosas, por Consuelo de Paula
Fabio Silvestre Cardoso

+ de 3400 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Num passado não tão remoto, a produção de álbuns independentes era um trabalho que funcionava a duras penas. Fosse porque a realização era por demais amadora (o que acabava por comprometer o trabalho todo), fosse porque o "conteúdo" era excessivamente experimental (sendo objeto de culto e adoração só para os especialistas e musicólogos), muitas "promessas" ou ficavam guardadas em estúdio, ou sucumbiam ao trabalho de intérprete dos sucessos fáceis, abandonando qualquer característica que os diferenciava do lugar-comum daquilo que se deve esperar da música brasileira - que, apesar de ser cantada em verso e prosa como diversificada, não consegue escapar da mesmice dos (esdrúxulos) padrões de qualidade da maioria das gravadoras.

Recentemente, porém, pode-se dizer que a música brasileira tem conhecido alguma parcela dessa produção. É claro que ainda há muito a ser descoberto. Entretanto, se essa descoberta for da mesma qualidade que a Dança das Rosas, da cantora e compositora mineira Consuelo de Paula, o público ouvinte terá ótimas surpresas no campo musical. Isso porque a cantora não utiliza o regionalismo barato para evocar os ritmos das raízes do Brasil. Tampouco faz uso dos clássicos da MPB. Felizmente. E quais são as características que a fazem diferente das demais? Ora, nada mais nada menos do que a boa música, a saber: a mistura de belas melodias com letras bem trabalhadas, com oscilações (que fique claro), mas que não comprometem o disco de maneira alguma.

De fato, Consuelo demarca seu terreno nos 36 minutos deste álbum. É bom que se diga que Dança das Rosas é a concretização da trilogia que começou com Samba, Seresta e Baião (1998) e Tambor e Flor (2002). Na presente audição, os ouvintes são conduzidos, de maneira suave, pela voz cadenciada da cantora. É interessante, a propósito, verificar como a ela interpreta as próprias canções (que contam com a co-autoria de Rubens Nogueira): tem-se a impressão de que é nessa etapa - da interpretação - que ela dá o toque final da composição e, de quebra, faz isso sem recorrer aos artifícios dos agudos exagerados. Tal decisão é muito acertada, uma vez que há um realce natural das letras e da performance de Consuelo em estúdio.

Desse modo, até mesmo aqueles que não tiveram contato com sua música sentem-se à vontade para ouvir a produção independente de Consuelo de Paula. Em "Dança para um poema", música que abre o disco, a cantora introduz o ouvinte ao seu universo: "Sou um continente desconhecido/ um salão de dança/ a imensidão/ a minha pele/ a minha mão/ eu vou te dar/ te convidar/ para dançar". Entre os versos, a melodia é pontuada pelo toque da percussão.

Já a melodia e a letra de "Canto de Guerra" trazem à tona Consuelo de Paula como estudiosa da música brasileira, como no trecho: "Eu já mandei pro céu/ com arma de ferro/ uma branca flor/ a rosa que avoou/ de um verso popular". Novamente, o ritmo faz jus ao espírito faceiro e folclórico dos versos. "Estrada de água", por sua vez, destaca-se pelo lirismo da voz da intérprete. No último verso dessa canção, há o mais belo casamento entre a letra e a interpretação. De um lado, a poesia: "O amor e o meu rio/ água e sol dentro de mim/ já desvio minha dor/ por prazer e por calor/ vai me amar e já podia/ com o rio o meu amor". De outro, o ritmo dos violões de Mário Gil, arranjador do disco, e Jardel Castanho, nylon e aço respectivamente.

Por volta da quarta ou quinta faixa, o ouvinte aprende que o nome do disco não foi ao acaso. Consuelo faz menção às rosas em todas as canções do disco. Tais referências dão uma unidade quase absoluta ao álbum, enfatizando a preocupação com a música e com o trabalho como pesquisadora musical. Entretanto, isso não impede que em determinados momentos a premissa das rosas venha se tornar cansativa. É o caso de "Rosa e Amarela". Nessa canção, os jogos de palavras servem mais como exercícios de linguagem, aliteração, a saber: "Samba de rosa/ palma rosada/ o nome da rosa/ é o nome dela/ samba de roda/ roda rosada/ o nome de amar/ é rosa amarela". Em outros trechos, o que é excesso aparece sem esforço: "O artista avista essa planta/ num canto canteiro/ a visão que ele canta/ será que por ser flor/ ou por ser cor".

A despeito desses detalhes, faz-se necessário ressaltar a performance de Consuelo de Paulo nas 11 canções de Dança das Rosas. Tanto faz se a música possui um andamento rápido, como "Sete trovas", ou se é cadenciada, como "Retina": a cantora sabe emprestar vivacidade a ambos estilos, sem tentar impor às canções características que são inexistentes. Em "Os terços do samba", por exemplo, fica claro o clima de uma alegre roda de samba. É certo que o ritmo imposto pelo arranjo é responsável por parte dessa sensação. Ainda assim, a sustentação desse clima não seria a mesma se não fosse a interpretação radiante de Consuelo de Paula. A letra tem como co-autora a poetisa Etel Frota, que também assina a supracitada "Sete trovas".

Em Dança das Rosas, Consuelo de Paula consegue não só manter a unidade temática, mas também apresenta um trabalho consistente de pesquisa da música e de ritmos brasileiros. Para isso, a cantora não faz concessões, nem ao sucesso fácil muito menos ao experimentalismo vago. Tal como seu canto, ela prefere seguir em busca de qualidade de maneira suave e constante.

Para ir além



Fabio Silvestre Cardoso
São Paulo, 17/8/2004


Mais Fabio Silvestre Cardoso
Mais Acessadas de Fabio Silvestre Cardoso em 2004
01. Desonra, por J.M. Coetzee - 21/12/2004
02. Teoria da Conspiração - 10/2/2004
03. Cem anos de música do cinema - 8/6/2004
04. Eleições Americanas – fatos e versões - 9/11/2004
05. Música instrumental brasileira - 12/10/2004


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
29/11/2008
20h07min
Maravilhoso este texto sobre "Dança das rosas": um marco da discografia brasileira.
[Leia outros Comentários de Fátima Cabral]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COMPÊNDIO MÉDICO - DICIONÁRIO BRASILEIRO DE MEDICAMENTOS
ANDREI
ANDREI
(1959)
R$ 6,90



PATOLOGIA DA GESTAÇÃO
RAUL BRIQUET
RENASCENÇA
(1948)
R$ 68,00



A FARMACOLOGIA EM NOSSA VIDA
JANETTI NOGUEIRA DE FRANCISCHI
UFMG
(2005)
R$ 27,00



A MULHER DO FUZILEIRO E OUTRAS QUASE HISTORIAS
ALVARO MARINS
LÍNGUA GERAL
(2016)
R$ 29,00



NAO FAÇA TEMPESTADE EM COPO DAGUA PARA HOMENS
RICHARD CARLSON; JOANA MOZELA
ROCCO
(2002)
R$ 7,00



JOSEF HOFFMANN: EM EL UNIVERSO DE LA BELLEZA
AUGUST SARNITZ
TASCHEN
(2007)
R$ 11,00



FISICA 2 - TERMOLOGIA - ÓPTICA - ONDULATÓRIA - ENSINO MÉDIO
JOSÉ ROBERTO BONJORNO - REGINA DE FÁTIMA
FTD
(2013)
R$ 15,00



UM CERTO JESUS DA SILVA
PE. ZEZINHO
PAULINAS
(1973)
R$ 6,90



PRELEÇÕES DE MEDICINA LEGAL
A. F. DE ALMEIDA JUNIOR
FACULDADE DE DIREITO DE SÃO
(1941)
R$ 44,36



REVISTA DA SOCIEDADE PORTUGUESA DE PSICODRAMA VOL 4
ANTÓNIO ROMA TORRES
AFRONTAMENTO
(1996)
R$ 15,63





busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês