Comida à moda da moda | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> Brandenburg Concertos (1 - 6)
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Christian Barbosa no MitA
>>> Obama e o oba-oba
>>> E se Amélia fosse feminista?
>>> O que é ser jornalista?
>>> Toda forma de amor
>>> O filósofo da contracultura
>>> Oderint Dum Metuant
>>> Beleza e barbárie, ou: Flores do Oriente
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> A fragilidade dos laços humanos
Mais Recentes
>>> Império do Café: a Grande Lavoura do Brasil (1850 a 1890) de Ana Luiza Martins pela Atual/ Sp. (1994)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Código da Vida - Fantástico Litígio Judicial de Uma Família de Saulo Ramos pela Planeta (2008)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1991)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Contabilidade introdutória de Sergio Iudicibus, Stephen e outros pela Atlas (1977)
>>> Language Its Nature - Development and Origini de Otto Jespersen, (Prof. Univ. Coppenhagen)./ pela George Allen & UnwinnLtd/London (1949)
>>> El Espejo y La Lámpara: Teoría Romántica y Tradición Clásica de M. H. Abrams pela Eitorial Nova/ Argentina (1962)
>>> Clause Sauf Encaissement de Casimir Pajot pela Librairie Nouvelle de Droit Et de Jurisprudence (1891)
>>> Catolicismo para Leigos de John Trigilio e Kenneth Brighenti pela Altabooks (2008)
>>> Estudos Sobre Sucessões Testamentária de Orosimbo Nonato pela Forense (1957)
>>> Los Caminos Actuales de La Critica (Encadernado) de René Girard/ G. W. Ireland/ Jacques Leenhardt... pela Planeta/ Barcelona (1969)
>>> Instituições de Direito Civil Portuguez de M.A. Coelho da Rocha pela Garnier Livreiro (1907)
>>> Régimen Argentino de la Propiedad Horizontal de José A. Negri pela Arayú (1953)
>>> Enciclopédia de Cultura de Joaquim Pimenta pela Freitas Bastos (1963)
>>> Direitos de Família de Lafayette Rodrigues Pereira pela Freitas Bastos (1945)
>>> Demarcação Divisão Tapumes de Alfredo de Araujo Lopes da Costa pela Bernardo Alves S.A. (1963)
>>> Consultor Civil de Carlos Antonio Gordeiro pela Garnier (1913)
>>> El Derecho de Familia en La Legislacion Comparada de Luis Fernandez Clerico pela Hispano Americana (1947)
>>> Estudos de Direito Civil de Manoel Martins Pacheco Prates pela São Paulo (1926)
>>> Direitos Reaes de Garantia de J.L. Ribeiro de SouSa pela C. Teixeira
>>> Obrigações de Pagamento em Dinheiro (Três Estudos) de Paulo Barbosa de Campos Filho pela Jurídica e Universitária (1971)
>>> Teoria e Pratica dos Testamentos de Manoel Ubaldino de Azevedo pela Saraiva (1965)
>>> Les Groupements D' Obligataires de Albert Buisson pela Librairie Générale de Droit et de Jurisprudence (1930)
>>> Novo Código Civil Anotado Volume II ( Direito das Obrigações) de J.M.Leoni Lopes de Oliveira pela Lumen Juris (2002)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 6 ) Direito das Sucessões de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1964)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 5 ) (Direto das Obrigações 2ª parte) de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1991)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 4 ) Direito das Obrigações de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (2019)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 3 ) Direito das Coisas de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1991)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 2 ) Direito Família de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1992)
>>> Curso de Direito Civil ( Parte Geral) Volume 1 de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1964)
>>> Usucapião de Imóveis de Lourenço Mario Prunes pela Sugestões Literárias S/A
>>> Instituições de processo Civil (Volume VI) de Caio Mário da Silva Pereira pela Forense (2007)
>>> Direito Civil Volume 6 de Silvio Rodrigues pela Saraiva (2004)
>>> O Pensamento Vivo de Einstein (Edição Ilustrada) de José Geraldo Simões Jr.: (Pesquisa e Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Direito Civil Volume 2 de Silvio Rodrigues pela Saraiva (2002)
>>> Posse o Direito e o Processo de Guido Arzua pela Revista dos Tribunais (1957)
>>> Estudo da Posse e das Acções Possessorias de Leopoldino Amaral Meira pela Livraria Academica (1928)
>>> Acção Possessória de J.M. de Azevedo Marques pela São Paulo (1923)
>>> O Direito de Ação e o Modo de Execê-lo de Ataliba Vianna pela Forense (1969)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Contratos de Seguro de Vários pela Juruã (1990)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Do Seguro Contra Fogo de J. Stoll Gonçalves pela Empreza Graphica (1926)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Seguros Legislação de Nilton Alberto Ribeiro pela Francisco Alves (1974)
COLUNAS

Quinta-feira, 30/9/2004
Comida à moda da moda
Adriana Baggio

+ de 3400 Acessos

Comer está na moda. Claro que a comida sempre foi muito mais do que apenas uma maneira de suprir a mais básica das necessidades humanas. Os ingredientes dos pratos, a forma de preparo dos alimentos, os locais e circunstâncias das refeições sempre mostraram que a comida tem um forte aspecto cultural. Em relação à comida, percebem-se questões sociais, econômicas, comportamentais, religiosas. O ato de comer pode ser de inclusão ou de exclusão, de privilégio ou de socialização. Enfim, comer é um ato político.

Não consigo deixar de associar comida com moda, no sentido de vestuário. A moda enquanto disciplina também está na moda. Assim como o comer, o vestir é algo que tem preocupado as pessoas não como simples usuárias, mas como especialistas. Proliferam os cursos de estilismo e também surgem aos montes os cursos de chefs, as confrarias de gourmets, as publicações sobre como e onde comer. O paradoxo é a dificuldade de se manter nas duas "modas" ao mesmo tempo. Por mais que se vestir bem e experimentar novos sabores sejam dois valores almejados pelas pessoas, um sabota o outro. É impossível estar ao mesmo tempo em dia com uma bela silhueta e com os bares e restaurantes que surgem a todo momento...

É curioso que, com tantas opções de lazer e prazer proporcionadas pela tecnologia e pela liberalidade de costumes, as pessoas acabem se voltando para um prazer primário, como o do comer. Em volta desse ato está muito mais do que o sabor da comida. O comer enquanto lazer envolve o ambiente, a personalidade do lugar, a circunstância, as pessoas que comem no mesmo momento em que você. Envolve a etnia da comida e as experiências que você pode ter durante a refeição.

Seguindo uma tendência geral de consumo, o mercado da alimentação também percebeu que a marca de um restaurante ou de um produto precisa ter personalidade, precisa proporcionar uma experiência para quem consome. Essa experiência pode ser a da sofisticação e do luxo, que traz de sobremesa um travo de arrependimento pelo valor da conta pago sem titubeio, para não passar vergonha frente ao garçon. Também pode ser a da inovação e da originalidade, que às vezes faz parecer que já estamos há muito tempo longe do conforto e da naturalidade de casa. De qualquer maneira, uma das duas experiências pode ser o pré-requisito para impressionar as rodas de amigos onde, cada vez mais, as façanhas que contam se dão ao redor de uma mesa.

Municiar essa nova legião de gourmets et gourmands abriu um novo nicho de mercado não apenas para restaurantes, bistrôs de delicatessens, mas também para o segmento editorial. Há vários títulos que abordam a comida, sozinha ou misturada com História, Geografia, Sociologia e biografias. Afinal, quando as receitas vêm acompanhadas de um contexto, o papo da mesa do restaurante pode ser muito mais proveitoso.

Entre esses lançamentos, alguns são deliciosos e honestos, mas outros cheiram a oportunismo como um falso restaurante japonês. Penso que um exemplo desse caso é o primeiro livro da editora-chefe da revista Gourmet, Ruth Reichl: A parte mais tenra: um saboroso aprendizado de vida (Objetiva, 2004, 307 p.). A autora ficou famosa com outro título na mesma linha, Conforte-me com maçãs.

A parte mais tenra mistura a história da vida da autora com receitas que marcaram momentos importantes da sua trajetória. Ela mesma avisa, porém, que nem todos os fatos representam a verdade. A verdade é preterida pela intenção de se contar uma boa história. E a história é realmente boa, assim como as receitas descritas. Mas a relevância dessas receitas só se justifica pelo seu gancho com momentos de vida. Como esses momentos podem ser ficcionais, os pratos escolhidos perdem um pouco sua razão de ser nesse contexto.

As receitas são primorosas, mas só para iniciados. De ingredientes difíceis de encontrar a formas de preparo que levam 4 dias, praticamente todas elas exigem um conhecimento mais profundo de culinária - ou tempo para aprender e experimentar. Mesmo um singelo bolo de chocolate transformou-se em um desafio de confeiteiro!

No geral, parece que as receitas foram escolhidas a dedo para impressionar. Outras, que são mencionadas nas situações vividas pela autora, talvez fossem mais relevantes. Mas, considerando que o contexto é em parte ficcional, vem aquela sensação de oportunismo. Até porque o texto tem um certo ar de auto-ajuda. Meio disfarçada, mas ainda perceptível, como aquele sabor que a gente não gosta e mesmo assim consegue sentir misturado aos outros ingredientes do prato.

Apesar desses aspectos, o livro é uma boa diversão. Também são interessantes as receitas que a autora experimentou durante suas viagens por Montreal, Itália, Túnis. No mais, para quem quiser se aventurar, o desafio culinário é grande, mas o prazer deve ser compensador. Tanto para os sentidos, ao ter a oportunidade de degustar um dos pratos descritos, quanto para o ego. Afinal, o repertório para as conversas em volta da mesa do mais novo restaurante da cidade estará garantido.

Para ir além






Adriana Baggio
Curitiba, 30/9/2004


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Carnaval que passava embaixo da minha janela de Elisa Andrade Buzzo
02. Não quero ser Capitu de Cassionei Niches Petry
03. Lola de Elisa Andrade Buzzo
04. Apresentação - Luís Fernando Amâncio de Luís Fernando Amâncio
05. Cidade surreal de Elisa Andrade Buzzo


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2004
01. Maria Antonieta, a última rainha da França - 16/9/2004
02. Do que as mulheres não gostam - 14/10/2004
03. O pagode das cervejas - 18/3/2004
04. Publicidade gay: razão ou sensibilidade? - 19/8/2004
05. ¡Qué mala es la gente! - 27/5/2004


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NOVO CODIGO CIVIL PARA CONTADORES
VALMIR BEZERRA DE BRITO
IOB
(2004)
R$ 35,00



DIALETICA DA VERTIGEM - ADORNO E A FILOSOFIA MORAL
DOUGLAS GARCIA ALVES JÚNIOR
DIALÉTICA DA VERTIGEM: ADORNO E A FILOSOFIA MORAL
(2018)
R$ 34,00



OS SENHORES DO ARCO - VOLUME - 2 - O CONQUISTADOR
CONN IGGULDEN
RECORD
(2009)
R$ 30,00



O ALÇAPÃO
PEDRO CAVALCANTI
GLOBAL
(2011)
R$ 11,90



DIRECTRICES DE SEGURIDAD
J RAUL TEIXEIRA DIVALDO P FRANCO
FRATER
(1995)
R$ 15,00



O LIVRO E A VIAGEM SEM LIMITES - AS LETRAS PORTUGUESAS E O MUNDO
MARIA ALEXANDRE LOUSADA (COORD.)
CDP
(1997)
R$ 48,00
+ frete grátis



PROJETO E CÁLCULO DE ESTRUTURAS DE ACÇO
ZACARIAS CHAMBERLAIN RICARDO FICANHA RICARDO FABEA
MUNDIAL
(2015)
R$ 69,90



DIREITO E MEIO AMBIENTE REFLEXÕES ATUAIS
GRACIELLE CARRIJO VILELA MARINA RIEVERS
FORUM
(2009)
R$ 50,00



PIRATAS DAS ILHAS SANGUE DE DRAGÃO: O DIAMANTE DA MORTE
DAN JERRIS
FUNDAMENTO
(2011)
R$ 5,50



ARCA DE NOÉ III CLASSE ILUSTRAÇÕES LUÍS FILIPE DE ABREU
AQUILINO RIBEIRO
BERTRAND
(1989)
R$ 66,00





busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês