Blogs | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
77047 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Concerto reunirá Orquestra da Colômbia e Ensemble Multipiano
>>> Poeta cearense Priscilla Pinheiro estreia na literatura infantojuvenil com livro de poemas
>>> Ambulantes leva show de novo álbum para o Centro Cultural Galeria Olido
>>> Nas férias, Festival Allegria reúne atrações gratuitas de teatro, circo e música em São Paulo
>>> Projeto ‘Mulheres Rurais da Montanha’ oferece oficinas gratuitas de tecelagem em Itamonte (MG)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Marcelo Mirisola e o açougue virtual do Tinder
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
Colunistas
Últimos Posts
>>> Dario Amodei da Anthropic no In Good Company
>>> A história do PyTorch
>>> Leif Ove Andsnes na casa de Mozart em Viena
>>> O passado e o futuro da inteligência artificial
>>> Marcio Appel no Stock Pickers (2024)
>>> Jensen Huang aos formandos do Caltech
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
Últimos Posts
>>> Cortando despesas
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Deleter
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> Trio 3-63, de Andrea Ernest, Marcos Suzano e Paulo Braga
>>> Os contistas puros-sangues estão em extinção
>>> O engenho de Eleazar Carrias: entrevista
>>> O que está por baixo do medo de usar saia?
>>> Jane Fonda em biografia definitiva
>>> Meu Amor é Puro Sangue
>>> Can’t stop the flood
>>> O Conselheiro também come (cru)
Mais Recentes
>>> Resistencia de Materiales de Ferdinand L. Singer pela Harla (1971)
>>> Construindo um Blog de Sucesso com o Wordpress 3 de Daniella Borges de Brito pela Brasport (2011)
>>> Elementos de Resistência dos Materiais de Prof. Gerson Cunha pela Universidade Católica de Mina (1973)
>>> Ternura e Desejo de Rita Foelker pela Lachâtre (2011)
>>> Correr é Fácil de Lisa Jackson, Susie Whalley pela Marco Zero (2011)
>>> O Uso dos Jogos Teatrais na Educação de Libéria Rodrigues Nevese Ana Lydia B pela Papirus (2009)
>>> Por dentro da lei de Rabino Itzchak Zilberstein pela Makom (2000)
>>> Desenho Tecnico E Tecnologia Grafica ( 2 ed) de Thomas E. French pela Globo (1989)
>>> Os Lusíadas - Comentada pelo Prof. Othoniel Motta de Luis de Camoes pela Melhoramentos
>>> El Juicio de Nuremberg desde el Punto de Vista Aleman de Wilbourn E. Benton pela Georg Grimm (1959)
>>> Ideias Em Perspectiva de Paul Brunton pela Pensamento
>>> Ingrid Bergman de Curtis F. Brown pela Artenova (1974)
>>> The Posthumous Papers of The Pickwick Club de Charles DIckens pela Oxford University Press (1956)
>>> Escalada de Luz de Jerônimo Mendonça pela Eme (2007)
>>> O Teatro Dos Vicios: Transgressao E Transigencia Na Sociedade Urbana Colonial de Emanuel O Araujo pela J. Olympio (1993)
>>> Les Protégés D'Isabelle de M. Fresneau pela Hachette (1890)
>>> A função manutenção: formação para a gerência da manutenção industrial0 de François Monchy pela Durban (1989)
>>> Lectures Allemandes - Second Partie de Paul Verrier, Marius Nicolas pela Jules Groos (1903)
>>> O Processo Civilizador vol 1 de Norbert Elias pela Jorge Zahar (1994)
>>> A Heresia Dos Indios: Catolicismo E Rebeldia No Brasil Colonial de Ronaldo Vainfas pela Companhia Das Letras (1995)
>>> Contos Escolhidos de Luigi Pirandello pela Verbo (1972)
>>> Novíssimo Testamento: com Deus e o Diabo de Iotti pela L&Pm (2008)
>>> Le Temps D'un Soupir de Anne Philipe pela Julliard (1963)
>>> Torto Arado de Itamar Vieira Junior pela Todavia (2021)
>>> Historia de Roma de M. Rostovtzeff pela Guanabara (1986)
COLUNAS >>> Especial Blogs

Segunda-feira, 13/6/2005
Blogs
Jardel Dias Cavalcanti
+ de 6500 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Afinal de contas não será apenas o reflexo do narcisismo de nossa época que explica a criação dos blogs? Não será esse desejo neurótico de aparecer, não importa de que forma for, para um público que desconhecemos, mas que queremos que nos conheçam, que faz com que alguém crie um blog?

As coisas não são tão simples assim. A primeira coisa que se deve ter em mente é que o meio usado para se criar os blogs é a Internet, a ferramenta mais revolucionária de comunicação inventada pelos homens. Com ela podemos nos comunicar com pessoas do mundo todo, pessoas que de outra forma jamais conheceríamos e com quem podemos criar relações afetivas e intelectuais, mesmo elas estando em partes distantes de nosso estado, do nosso país e, no futuro, com pessoas que estarão em outros planetas. Com a Internet temos acesso imediato a documentos que estão na Biblioteca Nacional de Paris ou do Rio de Janeiro. Podemos ter acesso a livros que seriam caríssimos se tivéssemos que importá-los ou requisitar a alguém que os comprasse para nós. Podemos visitar exposições em museus do mundo todo, podemos ter acesso a tudo o que se produz em tempo integral, textos de conferências, exposições em galerias de arte, ou seja, eventos múltiplos de qualquer área do conhecimento humano. Enfim, uma comunicação tão ampla como nunca se viu na nossa história.

Com a Internet podemos entrar em salas de conversas (chats) e podemos ser tudo o que queremos ser, experimentar tudo virtualmente e sermos também cobaias voluntárias dos delírios dos outros: nos tornarmos mulheres, machos poderosos, gays, estupradores, assassinos, mocinhas virgens querendo ser defloradas por garanhões insaciáveis, padres voluptuosos, policias sedutores, animais sensuais, incestuosos, ricos, de olhos azuis, com pênis vibrantes cheios de amor e desejo para dar. Tudo isso dentro do conforto e da assepcia do seu quarto, sem perigo algum, a não ser o da deteriorização e enlameamento da sua mente - se você não tomar o devido cuidado. Em alguns casos esse universo ficcional pode se tornar real, basta haver um acordo para um encontro não virtual. Também podemos navegar em comunidades que promovem encontros onde a afinidade eletiva é o que conta, como no Orkut. Ali, por exemplo, achei pares que gostam da obra musical dos quase invisíveis e marginalizados músicos contemporâneos Ligeti e Luciano Berio. Destes contatos nascem trocas de CDs, DVDs, gravações raras, textos inéditos e tudo que o valha.

Dentro do universo da internet surgem também os blogs. Todos podem agora expor suas opiniões, seus trabalhos ou de outras pessoas, seu cotidiano, suas imagens ou as imagens que os interessam apresentar. Podem expor suas opiniões sobre fatos recentes da vida na comunidade humana ou desumana. Podem reunir amigos em causas comuns. Podem saber, afinal, quem é de sua tribo, onde vivem e como vivem. Basta atentar ao fato quantitativo de pessoas tão perdidas como os poetas, que agora encontram seus pares com mais freqüência, desfazendo em muito seu isolamento e dolorosa solidão. Troca-se poemas, lê-se poemas, discute-se poesia, cria-se, a partir daí, revistas literárias, encontros anuais de poesia, etc. Aumenta-se a comunicação, troca-se idéias e ideais, afetos e desafetos numa conjunção virtual digna da mais sofisticada, intrincada e inimaginada ficção científica.

Pode-se através de um blog acompanhar o nascimento de um romance, uma tese, um poema ou uma composição musical. Ver as correções e, mais que isso, palpitar, elaborando sugestões inusitadas que o autor aproveita ou joga no lixo. Pode-se manter um contato mais direto com alguém que admiramos e que, de outra forma, jamais conseguiríamos contactar. Uma comunicação apenas possível graças à Internet.

Claro que dentro desse planeta de coisas boas, aparece a lama, os oportunistas, vazios e querendo disseminar o vazio. São os narcisistas, que escolheram esse meio para exibir a imbecilidade de suas vidas cotidianas - como "hoje fui ao McDonald's e comi um sanduíche, estava delicioso". Quem quer saber disso? Outros ainda querem mostrar o amor das suas mães numa confortável foto onde se beijam ternamente. Outros exibem, como bons exibicionistas que são, fotos das mulheres com quem dormiram e que nota dão ao seu miserável ato sexual. Outros, em geral adolescentes, principalmente as meninas, mostram como são "gracinhas" suas amizades (até que sua melhor amiga durma com o namorado dela e aí, no mesmo espaço, a escracham para toda a turminha). Ou outros que querem exibir suas jóias particulares, como seu namorado com cara de estúpido fazendo algum esporte radical, ou mostrando seu carro novo. Esses OVNIs (objetos virtuais não identificados) serão, mesmo e apesar de sua pobreza total, objetos de estudo para antropólogos e sociólogos que tentarão entender o vazio do mundo contemporâneo, os desejos fabricados, a dominação total do mercado nas mentes e no comportamentos das pessoas. Encontrarão aí farto material para tal, sem sombra de dúvida.

Do outro lado, num universo mais interessante, podemos encontrar reflexões sobre a vida, sobre a arte, sobre a sexualidade, a política nacional e internacional, sobre livros, sobre desejos obscuros, sobre sentimentos ternos, sobre tempestades emocionais, sobre perdas, sobre encontros brilhantes, sobre manifestações sociais (já que aqui também se pode organizá-los internacionalmente), sobre tudo o que diz respeito às espectativas humanas.

De minha parte, vou sugerir apenas um blog para quem quiser visitar, do professor da unicamp, Jorge Coli, que teve um curso no MASP todo relatado lá. Nesse blog pode-se ver fotos e comentários de alunos e do professor sobre obras de arte do MASP. Nele você também pode participar inserindo comentários e críticas, se assim o desejar. Divirta-se.


Jardel Dias Cavalcanti
Campinas, 13/6/2005

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Os olhos de Ingrid Bergman de Renato Alessandro dos Santos
02. Meus Toms de Rafael Fernandes


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti
01. Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica - 17/12/2002
02. Davi, de Michelangelo: o corpo como Ideia - 3/11/2009
03. Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I) - 20/12/2011
04. Felicidade: reflexões de Eduardo Giannetti - 3/2/2003
05. Vanguarda e Ditadura Militar - 14/4/2004


Mais Especial Blogs
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
20/6/2005
14h51min
Boa tarde Jardel, tudo bem? Aqui é uma de suas alunas da FIG (1ºC)... Adorei a sua coluna (me indicaram)e concordo com seu texto, pois realmente há blogs que são terríveis, não tem nada a acrescentar, porém há exceções ... Agora queria deixar meu protesto... pois fiquei sabendo que você talvez não dê mais aula para nós!! Por favor...NÃO NOS ABANDONE!! Esperamos você no próximo semestre, hein???
[Leia outros Comentários de Regiane Rocha]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Cinema Brasileiro - um Balanço de 5 Anos de Retomada do Cinema Naciona
Vários Autores
Brasília
(1999)



Júlia - Confronto a Bala - Volume 2
Giancarlo Berardi
Mythos



Autobiografia de Alice B. Toklas
Gertrude Stein
L&pm
(1984)



O livro dos insultos
H l mencken
Cia das letras
(1989)



Portugal Visto pela Cia
Luís Naves
Bertrand
(2017)



Livro Pomba Enamorada Ou Uma História De Amor E Outros Contos Escolhidos
Lygia Fagundes Telles
L&pm
(2013)



Naked Eggs and Flying Potatoes
Steve Spangler
Greenleaf Book Group press
(2010)



Livro Administração Artigos e Ensaios (1974-2017)
Raymundo Magliano Filho
Labrador
(2018)



O Engenho Colonial
Luiz Alexandre Teixeira Junior
Ática
(2004)



Märchenmonò a Terra das Floretas Sombrias
Wolfgang & Heike Hohlbein
Prestígio
(2005)





busca | avançada
77047 visitas/dia
2,1 milhões/mês