Blogs | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
56467 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> 7ª edição do Fest Rio Judaico acontece no domingo (16 de junho)
>>> Instituto SYN realiza 4ª edição da campanha de arrecadação de agasalhos no RJ
>>> O futuro da inteligência artificial: romance do escritor paranaense Roger Dörl, radicado em Brasília
>>> Cursos de férias: São Paulo Escola De Dança abre inscrições para extensão cultural
>>> Doc 'Sin Embargo, uma Utopia' maestro Kleber Mazziero em Cuba
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
Últimos Posts
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Google em crise de meia-idade
>>> Meu cinema em 2010 ― 1/2
>>> Paulo Francis não morreu
>>> Levy Fidelix sobre o LGBT
>>> Adaptação: direito ou dever da criança?
>>> Bienal 2006: fracasso da anti-arte engajada
>>> Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> A quem interessa uma sociedade alienada?
Mais Recentes
>>> A Vida é Sonho de Pedro Calderón De Lá Barca pela Scritta (1992)
>>> O Saci de Monteiro Lobato pela Brasiliense (2009)
>>> Mercadão Municipal - O Mundo e seus Sabores de Vários Autores pela Map (2004)
>>> Revista da Biblioteca Mário de Andrade de Boris Schnaiderman pela Imprensa Oficial (2012)
>>> Minidicionário Saraiva Informatica de Maria Cristina Gennari pela Saraiva (2001)
>>> Baia Da Esperanca de Jojo Moyes pela Bertrand (2015)
>>> Manual de Organização do Lactário de Maria Antônia Ribeiro Gobbo / Janete Maculevicius pela Atheneu (1985)
>>> Brinquedos da Noite: manual do primeiro livro 12ª edição. de Ieda Dias da Silva pela Vigília (1990)
>>> Pró-Posições de Vários Autores Unicamp pela Unicamp (2008)
>>> De Crianças e Juvenis Ensinando a Verdade de Modo Criativi de Márcia Silva pela Videira (2012)
>>> O Cinema Vai Mesa de Rubens Ewald Filho / Nilu Lebert pela Melhoramentos (2007)
>>> Guia das Bibliotecas Públicas do Brasil de Vários Autores pela Fundação Biblioteca Nacional 1994/95 (1994)
>>> Puxa, Que Bruxa! - O Sumiço - Livro 2 de Sibéal Pounder pela Ciranda Cultural (2019)
>>> IV 4D Artes Computacional Interativa de Centro Cultural Banco do Brasil pela Centro Cultural Banco do Brasil (2004)
>>> Psicologia da Educação - Revista do Programa de Estudos pós-graduados PUC-Sp de Vários Autores pela Puc-sp (2006)
>>> Cavalgando o Arco-Iris de Pedro Bandeira pela Moderna (1999)
>>> Mordidas que Podem ser Beijos 1ª edição. de Walcyr Carrasco pela Moderna (1997)
>>> Eu e Você, vamos Brincar? de Vários Autores pela Poliedro (2019)
>>> Convite à filosofia de Marilena Chauí pela Ática (1999)
>>> Pippi Meialonga. de Astrid Lindgren pela Companhia Das Letrinhas (2019)
>>> O Direito de Aprender - Potencializar avanços e reduzir desigualdades de Unicef pela Unicef (2009)
>>> O Fantástico Mistério de Feiurinha 4ª edição. de Pedro Bandeira pela Ftd (1989)
>>> Pedagogia Cidadã UNESP de Vários Autores pela Unesp (2006)
>>> Estranho, mas Verdadeiro - Perguntas e Respostas de Michele Gerlack / Marschalek Nascimento pela TodoLivre
>>> Que História É Essa? de Flávio de Souza pela Companhia Das Letrinhas (2008)
COLUNAS >>> Especial Blogs

Segunda-feira, 13/6/2005
Blogs
Jardel Dias Cavalcanti
+ de 6400 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Afinal de contas não será apenas o reflexo do narcisismo de nossa época que explica a criação dos blogs? Não será esse desejo neurótico de aparecer, não importa de que forma for, para um público que desconhecemos, mas que queremos que nos conheçam, que faz com que alguém crie um blog?

As coisas não são tão simples assim. A primeira coisa que se deve ter em mente é que o meio usado para se criar os blogs é a Internet, a ferramenta mais revolucionária de comunicação inventada pelos homens. Com ela podemos nos comunicar com pessoas do mundo todo, pessoas que de outra forma jamais conheceríamos e com quem podemos criar relações afetivas e intelectuais, mesmo elas estando em partes distantes de nosso estado, do nosso país e, no futuro, com pessoas que estarão em outros planetas. Com a Internet temos acesso imediato a documentos que estão na Biblioteca Nacional de Paris ou do Rio de Janeiro. Podemos ter acesso a livros que seriam caríssimos se tivéssemos que importá-los ou requisitar a alguém que os comprasse para nós. Podemos visitar exposições em museus do mundo todo, podemos ter acesso a tudo o que se produz em tempo integral, textos de conferências, exposições em galerias de arte, ou seja, eventos múltiplos de qualquer área do conhecimento humano. Enfim, uma comunicação tão ampla como nunca se viu na nossa história.

Com a Internet podemos entrar em salas de conversas (chats) e podemos ser tudo o que queremos ser, experimentar tudo virtualmente e sermos também cobaias voluntárias dos delírios dos outros: nos tornarmos mulheres, machos poderosos, gays, estupradores, assassinos, mocinhas virgens querendo ser defloradas por garanhões insaciáveis, padres voluptuosos, policias sedutores, animais sensuais, incestuosos, ricos, de olhos azuis, com pênis vibrantes cheios de amor e desejo para dar. Tudo isso dentro do conforto e da assepcia do seu quarto, sem perigo algum, a não ser o da deteriorização e enlameamento da sua mente - se você não tomar o devido cuidado. Em alguns casos esse universo ficcional pode se tornar real, basta haver um acordo para um encontro não virtual. Também podemos navegar em comunidades que promovem encontros onde a afinidade eletiva é o que conta, como no Orkut. Ali, por exemplo, achei pares que gostam da obra musical dos quase invisíveis e marginalizados músicos contemporâneos Ligeti e Luciano Berio. Destes contatos nascem trocas de CDs, DVDs, gravações raras, textos inéditos e tudo que o valha.

Dentro do universo da internet surgem também os blogs. Todos podem agora expor suas opiniões, seus trabalhos ou de outras pessoas, seu cotidiano, suas imagens ou as imagens que os interessam apresentar. Podem expor suas opiniões sobre fatos recentes da vida na comunidade humana ou desumana. Podem reunir amigos em causas comuns. Podem saber, afinal, quem é de sua tribo, onde vivem e como vivem. Basta atentar ao fato quantitativo de pessoas tão perdidas como os poetas, que agora encontram seus pares com mais freqüência, desfazendo em muito seu isolamento e dolorosa solidão. Troca-se poemas, lê-se poemas, discute-se poesia, cria-se, a partir daí, revistas literárias, encontros anuais de poesia, etc. Aumenta-se a comunicação, troca-se idéias e ideais, afetos e desafetos numa conjunção virtual digna da mais sofisticada, intrincada e inimaginada ficção científica.

Pode-se através de um blog acompanhar o nascimento de um romance, uma tese, um poema ou uma composição musical. Ver as correções e, mais que isso, palpitar, elaborando sugestões inusitadas que o autor aproveita ou joga no lixo. Pode-se manter um contato mais direto com alguém que admiramos e que, de outra forma, jamais conseguiríamos contactar. Uma comunicação apenas possível graças à Internet.

Claro que dentro desse planeta de coisas boas, aparece a lama, os oportunistas, vazios e querendo disseminar o vazio. São os narcisistas, que escolheram esse meio para exibir a imbecilidade de suas vidas cotidianas - como "hoje fui ao McDonald's e comi um sanduíche, estava delicioso". Quem quer saber disso? Outros ainda querem mostrar o amor das suas mães numa confortável foto onde se beijam ternamente. Outros exibem, como bons exibicionistas que são, fotos das mulheres com quem dormiram e que nota dão ao seu miserável ato sexual. Outros, em geral adolescentes, principalmente as meninas, mostram como são "gracinhas" suas amizades (até que sua melhor amiga durma com o namorado dela e aí, no mesmo espaço, a escracham para toda a turminha). Ou outros que querem exibir suas jóias particulares, como seu namorado com cara de estúpido fazendo algum esporte radical, ou mostrando seu carro novo. Esses OVNIs (objetos virtuais não identificados) serão, mesmo e apesar de sua pobreza total, objetos de estudo para antropólogos e sociólogos que tentarão entender o vazio do mundo contemporâneo, os desejos fabricados, a dominação total do mercado nas mentes e no comportamentos das pessoas. Encontrarão aí farto material para tal, sem sombra de dúvida.

Do outro lado, num universo mais interessante, podemos encontrar reflexões sobre a vida, sobre a arte, sobre a sexualidade, a política nacional e internacional, sobre livros, sobre desejos obscuros, sobre sentimentos ternos, sobre tempestades emocionais, sobre perdas, sobre encontros brilhantes, sobre manifestações sociais (já que aqui também se pode organizá-los internacionalmente), sobre tudo o que diz respeito às espectativas humanas.

De minha parte, vou sugerir apenas um blog para quem quiser visitar, do professor da unicamp, Jorge Coli, que teve um curso no MASP todo relatado lá. Nesse blog pode-se ver fotos e comentários de alunos e do professor sobre obras de arte do MASP. Nele você também pode participar inserindo comentários e críticas, se assim o desejar. Divirta-se.


Jardel Dias Cavalcanti
Campinas, 13/6/2005

Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti
01. Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica - 17/12/2002
02. Davi, de Michelangelo: o corpo como Ideia - 3/11/2009
03. Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I) - 20/12/2011
04. Felicidade: reflexões de Eduardo Giannetti - 3/2/2003
05. Vanguarda e Ditadura Militar - 14/4/2004


Mais Especial Blogs
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
20/6/2005
14h51min
Boa tarde Jardel, tudo bem? Aqui é uma de suas alunas da FIG (1ºC)... Adorei a sua coluna (me indicaram)e concordo com seu texto, pois realmente há blogs que são terríveis, não tem nada a acrescentar, porém há exceções ... Agora queria deixar meu protesto... pois fiquei sabendo que você talvez não dê mais aula para nós!! Por favor...NÃO NOS ABANDONE!! Esperamos você no próximo semestre, hein???
[Leia outros Comentários de Regiane Rocha]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Lord Jim
Joseph Conrad
Abril
(1980)



Bellini e a esfinge
Tony Bellotto
Companhia das Letras
(1995)



Chuva Pesada
Janwillem Van de Wetering
Jorge Zahar Editor
(1987)



Determinação do Montante do Tributo - Quantificação, Fixação e Avaliaç
Valdir de Oliveira Rocha
Dialética
(1995)



Lições de Direito Econômico
Leonardo Vizeu Figueiredo
Forense
(2012)



A História Não Contada Dos EUA
Peter Kuznick
Faro Editorial
(2015)



As leis secretas do poder
Alla Svirinskaya
Prumo
(2008)



Raul da Ferrugem Azul
Ana Maria Machado
Salamandra
(2003)



Por Que os Homens Se Casam Com as Manipuladoras
Sherry Argov
Best Seller
(2009)



O Despertar da Nova Era - Antologia Poética
Ida Katzap
Do Autor
(1998)





busca | avançada
56467 visitas/dia
2,3 milhões/mês