Livros sobre livros | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
64744 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Evento de reinauguração da Praça do Centro de Convenções da Unicamp
>>> Oficina Som Entre Fronteiras está com inscrições abertas
>>> Projeto “Curtas de Animação” com estudantes da zona rural de Valinhos/SP
>>> Novos projetos do Festival de Dança de Joinville promovem atividades culturais para 120 alunos
>>> Toca do Morcego anuncia agenda primavera/verão 2022/2023
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
Colunistas
Últimos Posts
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
Últimos Posts
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
>>> Singela flor
>>> O cerne sob a casca
>>> Assim é a vida
>>> Criança, minha melhor idade
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Erik Satie
>>> Ronnie James Dio em 1983
>>> O Leão e o Unicórnio
>>> O outro Carpeaux
>>> Something that grows
>>> Façam suas apostas
>>> Tempo de aspargos
>>> No caso de a Dilma sair, quem assume?
>>> Return to the Little Kingdom, by Michael Moritz
>>> O que mais falta acontecer?
Mais Recentes
>>> Manifesto Comunista/ Teses de Abril de Marx e Engels pela Boitempo (2017)
>>> População Brasileira de Richard Gabriel Viviani pela Sistema Coc
>>> Katmandu e Outros Contos de Anna Maria Martins pela Global (2011)
>>> Os Ricos e Elegantes de Ruth Harris pela Record (1978)
>>> 1808 Como uma Rainha Louca, um Príncipe Medroso e uma Corte Corrupta.. de Laurentino Gomes pela Planeta (2008)
>>> Soa e Web Services Em Java de Cleuton Sampaio pela Brasport (2006)
>>> Manual da Arbitragem de Joel Dias e Figueira Junior pela Revista dos Tribunais (1997)
>>> O Que Você Pode Fazer para Tratar Dores e Ataques do Coração de Fernando B. Ximenes - Trad. pela Ediouro (1982)
>>> Achei Que Meu Pai Fosse Deus: e Outras Histórias Verdadeiras da Vida.. de Paul Auster (orgs.) pela Companhia das Letras (2005)
>>> Isaac Newton e Sua Maçã de Kjartan Poskitt pela Cia. das Letras (2002)
>>> Fugindo do Ninho de Richard Bach pela Record (1996)
>>> Santa Catarina: 100 Anos de História Vol. 2 o Livro de Celestino Sachet Sérgio Sachet pela Rbs (1998)
>>> Histórias Extraordinárias de Edgar Allan Poe pela Nova Cultural (2003)
>>> Desenhos e Gravuras de Abrahão Sanovicz pela Sesc (2016)
>>> Triste Fim de Policarpo Quaresma de Lima Barreto pela Objetivo (1995)
>>> Tempo do Desejo: Sociologia e Psicanálise de Heloisa Rodrigues F. e Outros Orgs pela Brasiliense (1989)
>>> Machu Picchu: Cidade Perdida dos Incas de Simone Waisbard pela Hemus
>>> S. Bernardo de Graciliano Ramos pela Record (2008)
>>> Um Minuto para Mim de Dr. Spencer Johnson pela Record (1987)
>>> Libertação Interior - a Escala Definitiva de Dr. Gerald Kushel pela Melhoramentos (1979)
>>> Ms-dos - Microcamp de Microcamp pela Alvear (2010)
>>> A Dieta Campbell de Thomas M. Campbell pela Gente (2015)
>>> Economic Survey Methods de John B. Lansing e Outros pela Isr
>>> 15 Dias de Oração Com Charles de Foucauld de Michel Lafon pela Paulinas (2011)
>>> Cálculo: Funções de uma Variável de Pedro A. Morettin/ Samuel Hazzan/ Wilton O. Bussab pela Métodos Quantitativos (1987)
COLUNAS

Quarta-feira, 28/6/2006
Livros sobre livros
Ana Elisa Ribeiro

+ de 5200 Acessos

Pense aí em três personagens históricos. Vejamos: digo aqui, do alto da minha mineirice, Tiradentes, Juscelino (mais ou menos o da minissérie) e Gustavo Capanema. Lembro quando visitei o Museu da República pela primeira vez. Fiquei deslumbrada quando toquei a cadeira do Capanema. Ele havia sido um dos grandes personagens da área da educação.

Mas não é preciso ficar só nos mineiros. Pense aí dois personagens históricos importantes para o país, de qualquer estado do Brasil. Podemos dizer Getúlio Vargas, Tancredo Neves, Ulysses Guimarães. Para não ficar só na política (explícita, porque existe a política pequena e importante), podemos citar aí uns músicos que mudaram os costumes, como Roberto Carlos, por exemplo. Ou figuras emblemáticas, como Leila Diniz. Nas artes, Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Mário de Andrade.

Em todas as áreas é possível citar figuras importantes. Não apenas pessoas que produziram grandes obras, como pessoas que pensaram. Pensaram bem, muito, alto. Ou pensaram pouco e deram tacadas de mestre.

Na escola, costuma-se ensinar essa História aí. A dos grandes feitos, grandes personagens, obras monumentais, frases de efeito, estátuas, calamidades. O 11 de Setembro, a Queda do Muro de Berlim, as Grandes Navegações. Tudo assim, com letra maiúscula. Mas história não é só isso. História é a narrativa passada entre as pessoas. E assim tudo o que há pode ser histórico.

História Cultural

A História Cultural é uma faixa dos estudos históricos que recupera, estuda e interpreta a micro-história. Não essa história das pessoas visíveis, mas a história dos costumes, das culturas, dos gestos, dos usos, das pessoas "comuns". É a história que nos faz compreender as razões de nossos hábitos, nossas ações, nossas crenças. Uma história preocupada com a vida pequena, o cotidiano de uma comunidade, os efeitos de uma técnica pela qual ninguém dá nada.

Vou citar os nomes de alguns historiadores importantes para a consolidação desse tipo de história. Michel de Certeau escreveu A invenção do cotidiano. Dois volumes onde ele faz uma visita à vida cotidiana em sua fórmula mais prosaica.

Há uma série imensa de livros chamada História da vida privada. Em cada volume, alguns historiadores esclarecem sobre a micro-história de cada época. Entre os nomes conhecidos estão Philippe Ariès e Roger Chartier. O primeiro ficou conhecido pela recuperação da história da infância. Sim, não aquela infância de crianças como Anne Frank, que estiveram na Guerra e se tornaram conhecidas no mundo inteiro por conta de um diário. Mas das crianças em geral, do conceito de criança, do tratamento que elas vêm tendo ao longo dos séculos.

Roger Chartier é o historiador do impresso, do livro e das práticas da leitura. Escreveu uma série de livros que recuperam a história do gesto de ler, dessa ação tão prazerosa e perigosa.

São conhecidos livros de Chartier: A ordem dos livros, Práticas da leitura, A aventura do livro: do leitor ao navegador, Cultura escrita, literatura e história e Os desafios da escrita. Em todos eles, o historiador pincela a história da escrita e das técnicas de reprodução dos textos, a difusão da leitura a partir da invenção da prensa (pelo alemão Gutenberg), as maneiras de produzir livros ao longo dos séculos, assim como traz à tona o leitor histórico, que passou por diversas fases de apropriação do objeto impresso de ler.

No Brasil, a coleção História da vida privada no Brasil também foi lindamente publicada. Podem acreditar: é esclarecedora.

Você sabia que a leitura silenciosa é recente entre as maneiras de ler? Sabia que a França foi a pioneira no lançamento de coleções de livros a preços populares? Sabe o que é a Biblioteca Azul? Sabe o que é um códice? Aprendeu em algum lugar como os tamanhos das folhas dos livros é mensurado? Sabe para que serviam as erratas? Será que você pensa que as equipes das editoras modernas são muito diferentes das equipes de tipógrafos medievais? Sabe por que as letras maiúsculas são chamadas de "caixa-alta"?

É absolutamente fascinante entrar nesse mundo de leitores e compreender as razões de nossos hábitos atuais. E não pensem que Roger Chartier fica só no papel. Ele também faz incursões pela discussão sobre os novos jeitos de ler, na tela, por exemplo.

Vale a pena também conhecer as obras do italiano Carlo Ginzburg. O queijo e os vermes, seu livro mais conhecido, traz a história do moleiro Menocchio, homem simples, viciado na leitura de obras que os inquisidores não consideravam "adequadas" a ele. Menocchio passou por uma terrível investigação porque foi considerado um leitor "perigoso", já que tinha lá suas interpretações não muito autorizadas... E tudo isso é verdade, na medida em que, dentro da escola da história cultural, Ginzburg recupera a história de um homem comum, com hábitos e gestos que podem esclarecer algo sobre a maneira de viver de certa comunidade italiana em dada época.

Você sabe qual foi o primeiro livro impresso pela oficina de Johannes Gutenberg? Sabe por que as fontes do seu computador se chamam Garamond ou Bodoni? Tem idéia do que seja um in-octavo? Sabe o nome do primeiro jornal publicado no Brasil? Você sabia que a prensa (máquina de fazer impressos) só chegou ao Brasil 300 anos depois de inventada? E sabe quem a trouxe?

Pois é. Vão dizer que importante é viver o presente. Mas considere-se uma coisa: saber sobre o passado pode jogar luzes novas nas coisas atuais, deixando tudo muito mais nítido. Muito melhor e muito mais inteligente saber o porquê das coisas. Isso qualquer criança sabe, não é?


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 28/6/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Lendas e conspirações do 11 de setembro de Carla Ceres
02. Sobre o Caminho e o Fim de Ricardo de Mattos
03. A maçã de Isaac Newton de Gian Danton


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2006
01. Digite seu nome no Google - 8/3/2006
02. Eu não uso brincos - 27/9/2006
03. Não quero encontrar você no Orkut - 8/2/2006
04. Poesia para os ouvidos e futebol de perebas - 7/6/2006
05. Ex-míope ou ficção científica? - 20/12/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Mente Aberta Mente Integral: uma Visão Holonômica
Bob Samples
Gaia



Corpo sem Idade
Chris Griscom
Siciliano
(1993)



Crianças Famosas - Chopin
Rachlin Ann
Callis
(1993)



Selene e a Pedra da Lua
Simone Matias
Sm
(2007)



Monsieur D` Eon é Mulher
Gary Kates
companhia das letras
(1996)



Tiranias da Modernidade
Izabel Margato
7Letras
(2008)



Como Lidar Com Pessoas Difíceis/ de Bolso
Victor Civita
Nova Cultura
(2005)



O Livro das Emoções - Reflexões Inspiradas na Psicologia do Budismo...
Bel César - Confira !!!!
Gaia
(2004)



Modern Business® - Investment and Speculation
George P. Woodruff
Alexander Hamilton Institute
(1954)



O Poder que Vem do Seu NOME - 5 Edição
Aparecida Liberato e Beto Junqueyra
sextante
(2005)





busca | avançada
64744 visitas/dia
1,7 milhão/mês