A Copa do Mundo é sua! | Ram Rajagopal | Digestivo Cultural

busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Lucas vs. Spielberg
>>> Morando sozinha II
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> A Piauí tergiversando sobre o fim dos jornais
>>> Mário Sérgio Cortella #EuMaior
>>> O Gabinete do Dr. Caligari
>>> Ser intelectual dói
>>> Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge
Mais Recentes
>>> Direito Ambiental Positivo de Fabrício Gaspar Rodrigues pela Campus (2012)
>>> Mandado de Segurança de Luiz Fux pela Dir (2011)
>>> Lula: A opção mais que o voto de Cândido Mendes pela Garamond (2006)
>>> Latinomérica de Marcus Accioly pela Topbooks (2015)
>>> Levando a vida leve de Laura Medioli pela Justo Junior (2005)
>>> Les Filles du Feu / Les Chimères de Gérard de Nerval pela Garnier-Flammarion (1965)
>>> Revolucione sua qualidade de vida - Navegando nas ondas da emoção de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> Mulheres certas que amam homens errados de Kristina Grish pela Gente (2007)
>>> Pequenos Poemas em Prosa de Charles Baudelaire pela Nova Fronteira (1981)
>>> E de Evidência de Sue Grafton pela Ediouro (1999)
>>> M - O Homem Sensual de Record pela Record (1997)
>>> Verdura? Não! de Claire Llewellyn; Mike Gordon pela Scipione (2011)
>>> @s [email protected] de [email protected] York - as Senhoritas de Nova York de Daniel Piza pela Ftd (1999)
>>> 1 Real de Federico Delicado pela Pulo do Gato (2014)
>>> 1 Real de Federico Delicado pela Pulo do Gato (2014)
>>> 10 Anos Brasil MTV de MTV pela Mtv
>>> 10 Contos de Natal de Gilberto de Nichile pela Scortecci (2015)
>>> 100 Jogos para Grupos de Ronaldo Yudi K. Yozo pela Agora (1996)
>>> 100 Magias para Aumentar Sua Autoconfiança - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2004)
>>> 100 Magias para Ter um Supergrupo - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2002)
>>> 100 Magias para Ter um Supergrupo - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2002)
>>> 100 Segredos das Pessoas de Sucesso de David Niven pela Sextante (2002)
>>> 1000 Formas de Interpretar o Seu Horoscopo de Girassol Edicoes pela Girassol (2006)
>>> 1000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer de Patricia Schultz pela Sextante (2006)
>>> 1000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer de Patricia Schultz pela Sextante (2006)
>>> 1000 Melhores Segredos Rapidos e Faceis para Voce de Jamie Novak pela Arx (2007)
>>> 1001 E-mails de Cynthia Dornelles pela Record (2003)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Maneiras de Enriquecer (livro Muito Raro!) de Joseph Murphy pela Record (1966)
>>> 1001 Maneiras de Enriquecer (livro Muito Raro!) de Joseph Murphy pela Record (1966)
>>> 101 Brasileiros Que Fizeram História de Jorge Caldeira pela Estação Brasil (2016)
>>> 101 Experiências de Filosofia Cotidiana de Roger Pol Droit pela Sextante (2002)
>>> 101 Livros Que Mudaram a Humanidade - Coleção Super Essencial de Superinteressante pela Superinteressante (2005)
>>> 101 Lugares para Fazer Sexo Antes de Morrer de Marsha Normandy; Joseph St. James; Alexandre Rosas pela Best Seller (2010)
>>> 102 Minutos: a História Inédita da Luta de Outros; Jim Dwyer pela Jorge Zahar (2005)
>>> 111 Poemas para Crianças de Sérgio Capparelli pela L&pm (2009)
>>> 117 Maneiras de Enlouquecer um Homem na Cama de Margot Saint-loup pela Ediouro (2005)
>>> 12 Anos de Escravidão de Solomon Northup pela Lafonte (2019)
>>> 12 Fábulas de Esopo de Fernanda Lopes de Almeida; Hans Gartner; pela Atica (2000)
>>> 12 Horas de Terror de Marcos Rey pela Global (2012)
>>> 12 Lições para Ser o Pai Ideal de Kevin Leman pela Portico (2015)
>>> 120 Minutos para Blindar Seu Casamento de Renato Cardoso; Cristiane Cardoso pela Thomas Nelson Brasil (2013)
>>> 120 Músicas Favoritas para Piano 8 Edição, Livro Raro! de Mário Mascarenhas pela Irmãos Vitale (1961)
>>> 125 Brincadeiras para Estimular o Cérebro da Criança de 1 a 3 Anos de Jackie Silberg pela Ground (2008)
>>> 125 Brincadeiras para Estimular o Cérebro do Seu Bebê de Jackie Silberg pela Ground (2008)
>>> 13 Chaves para Compreender o Fim dos Tempos de Tim Lahaye; Ed Hindson pela Central Gospel
>>> 13 Mulheres e um Colar de Diamantes de Cheryl Jarvis pela Fontanar (2010)
>>> 1922 a Semana Que Não Terminou de Marcos Augusto Gonçalves pela Companhia das Letras (2012)
COLUNAS >>> Especial Copa 2006

Segunda-feira, 3/7/2006
A Copa do Mundo é sua!
Ram Rajagopal

+ de 3100 Acessos

A missão do hexacampeonato terminou, e agora todos os brasileiros poderão retornar à sua programação normal. O mercado financeiro vai funcionar ininterruptamente, os médicos no hospital retomarão sua rotina, professores darão aula sem dar a mínima para o calendário da CBF, etcetera e tal. A única atividade anunciada que permanecerá durante o mês é a caça aos culpados pelo fracasso da seleção brasileira em ganhar um torneio de futebol.

Futebol no Brasil é como o brasileiro vê o Brasil. Uma compulsão obsessiva, com intensa bipolaridade. Períodos de intensa euforia são acompanhados por outros de profunda depressão. Se o mesmo time que perdeu de 1 a 0 para a inestimável seleção Bleu, tivesse virado para 2 a 1, com ajuda de juiz e futebol chocho, estaríamos todos comemorando, esperançosos em relação ao Hexa. Cidadãos iriam atravessar de joelhos a Dutra para ir à basílica de Aparecida, pedir por gols do Ronaldinho e do Ronaldo.

Como foi justamente o contrário, como ficamos num 1 a 0 contra, o par de Ronaldos se tornou medíocre, com mais cartaz do que jogo, o time era horrível, e o Brasil definitivamente é um país fracassado. Bem parecido com a maneira do brasileiro encarar o debate presidencial. Ou fazemos 150 anos em 4, 3, 2 ou 1, ou então somos um país completamente fracassado, sem projeto, em que cada um é por si... Mais ou menos como dizem que acontece na seleção "do Parreira". Ou no Brasil "dos políticos".

Mas assim como este país é uma ilusão, a noção de seleção, escrete de futebol, é uma grande ilusão também. Um olhar frio, nada romântico, revelaria um grupo de trinta marmanjos (vinte e poucos mais comissão técnica) indo passar uma temporada na Europa, sendo levados mais a sério do que o presidente chinês (este capaz de lançar 200 milhões de chineses armados contra quem quer que seja)... Ilusória também é a imagem de um país como o Brasil, com personalidade, de quase uma pessoa, que ama, odeia, tem sucesso e fracassa...

A diferença entre os trinta marmanjos, e o Brasil, esse "homem", é simples: os trinta têm um rito de julgamento sumário, 90 minutos de bola rolando. O segundo, o homem Brasil, não sabe direito como será julgado, nunca pode ganhar ou perder, e anda por aí, a esmo, ora querendo ser o tal do "gigante adormecido" (que acorda), ora querendo tirar passaporte para a União Européia... Se nosso país pudesse disputar 90 minutos de "comércio internacional", com empate, prorrogação e pênalti, ou 90 minutos de "organização administrativa", ou participar da Copa do Mundo da Educação Básica, teríamos grande sucesso...! Nós, brasileiros, somos afeitos a projetos de curta duração, com definição clara de vitória e derrota. E Brasil, o "homem", é capaz de improvisar para uma Copa, uma Olimpíada, e ganhar assim, acochambrando, fazendo o que dá...

Li uns textos aqui no Digestivo, e nos jornais, cujos autores diziam que não iriam assistir à Copa, que não torcem pela seleção justamente porque isso desvia a atenção dos reais problemas do Brasil... Estes são, em sua maioria, justamente aqueles que torcem pelo Brasil, o "homem"! Na visão deles, esse homem pode perder gás a qualquer hora, porque nós, torcedores, não lhe damos atenção para que supere seus problemas pessoais e ganhe títulos, prêmios, quebre recordes... Ou seja: no fundo, dá no mesmo. A mesma bipolaridade que criticam na torcida do futebol, se manifesta na torcida deles por Brasil, the man.

Não há Brasil, o homem, assim como não há seleção, claro. Nosso país é vivo, ele é o que são seus habitantes, suas cidades, seus bairros, escolas, comércio, idéias. A todo momento somos o nosso país, estamos a fazer algo por ele, porque viver no Brasil é fazer algo pelo Brasil. O Brasil sem mim, sem você, não existe. O escrete de futebol pode até existir. Mas se você tira os trinta marmanjos e manda cada um para seu clube de origem, deixa de existir também.

Com tudo isso, tão inócua quanto a discussão da importância do futebol na psique nacional é a discussão de quanto o brasileiro leva o Brasil a sério. Nem um, nem outro. Na realidade, nada precisa ser levado tão a sério assim... Basta fazer o que você gosta de fazer, traçar planos talvez um pouco mais longos para sua vida, para deixá-la interessante, e, pronto, Brasil, o "homem", agradecerá. E os trinta marmanjos também, porque, a cada 4 anos, estarão de volta com seu drama de teatro para entreter a todos. Quiçá, ganhando melhor e morando no Brasil mesmo.

Claro, é muito gostoso sofrer, explodir numa partida, reclamar de um Parreira, odiar um Ronaldo, amar um Kaká. O esforço é pouco, eles estão lá, não precisamos correr, treinar, fazer nada. É só ligar a tevê, juntar uns amigos e voilà... Parecido com torcer por Brasil, o "homem". Basta ver propaganda eleitoral, ler a seção "Brasil" do jornal, encontrar todos aqueles dirigentes irresponsáveis... com suas opções políticas incrivelmente estúpidas (que você, obviamente, faria muito melhor, mas não tem tempo)... e pronto. Mas, no fim das contas, é só um prazer imediatista de segunda mão... É como ver fotos da Luana Piovani na Trip.

Mais gostoso ainda seria possuir a Luana. Conquistar algo seu. Suar a camisa para um time de várzea de seu bairro (inclusive suando dobrado para organizar um campeonatozinho). Pensar em se candidatar à eleição com todas as idéias que você imagina serem melhores que as dos demais... Só que aí entra a tal história: isso é um projeto de 4 anos! Não é só jogar a Copa... Tem de jogar eliminatórias, suar a camisa em torneiozinhos de segunda mão e, ufa!, ainda entrar com tudo na Copa. Sem ajuda de juiz. Por isso mesmo, quando você segue rumo ao "hexa pessoal", dá um prazer indiscritível...

E, aí sim, as coisas começarão a fazer mais sentido. Talvez você perceba que a diferença entre 1 a 0 e 2 a 1 (a favor) não é tão grande, mas que sempre haverá uma próxima oportunidade... Que grandes teorias conspiratórias nada mais são que entretenimento mental, pois, no mundo de verdade, em 90% das ocasiões, a Navalha de Occam funciona. (Nos outros 10%, é guerra.) Que a explosão de adrenalina, que você praticou com tanto afinco para ser produzida ao assistir a jogos de futebol, pode acontecer com muito mais intensidade (me dizem que quando você descobre que vai ser pai é assim)! Que a sensação de vitória, dever cumprido, que os trinta marmanjos sentiram em 2002, 94, 70, 62 e 58, e até 82, é algo palpável, reprodutível, que você mesmo pode ter para si. Que, aí sim, o "homem" Brasil existe, pois você é o astro da sua Copa pessoal... O homem herói, o tal salvador da pátria que viram no Lula e no Ronaldinho Gaúcho... Então, talvez, o futebol acabe parecendo algo menor, menos importante, mas que você mesmo deixa que seja menos importante, for the fun of it... Só pra variar.


Ram Rajagopal
Rio de Janeiro, 3/7/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Os 60 de Eugenia Zerbini
02. Auto-ajuda e auto-engano de Pilar Fazito
03. Apresentação de Daniela Sandler


Mais Ram Rajagopal
Mais Acessadas de Ram Rajagopal em 2006
01. Sobre responsabilidade pessoal - 1/5/2006
02. Como o Google funciona - 14/3/2006
03. Como começar uma carreira em qualquer coisa - 24/4/2006
04. Música é coração, computadores, não? - 28/2/2006
05. Reflexão para eleitores - 4/9/2006


Mais Especial Copa 2006
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PRONTO SOCORRO - EMMANUEL
FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER
CULTURA ESP. UNIÃO
(1980)
R$ 9,00



LAVENEMENT DHUGUES CAPET
L. THEIS
GALLIMARD
(1984)
R$ 59,84



REPENSER LEUROPE (HISTOIRE, ECONOMIE, SOCIETE)
MARIO TELÒ E PAUL MAGNETTE (EDITORES)
EDITIONS UNIVERSITE BRUXELLES
(1996)
R$ 49,82



DIDATICA GERAL DINAMICA
IMIDEO G NERICI
ATLAS
(1980)
R$ 5,00



NOS BASTIDORES DA HISTÓRIA
PAULO SETUBAL
NACIONAL
(1928)
R$ 22,75



OS DENTES DO INSPETOR
L. SPRAGUE DE CAMP
FRANCISCO ALVES
(1976)
R$ 12,00



PESQUISA E REALIDADE NO ENSINO DE 1º GRAU
GIZELDA SANTANA MORAIS
CORTEZ
(1980)
R$ 17,25



AS CORES DO SIMPLES
JACKSON ANTUNES
PAULINAS
(1995)
R$ 6,90



RECEITAS RÁPIDAS PARA MULHERES ACTIVAS 128 RECEITAS RÁPIDAS DAS AMI...
NATHALIE LE FOLL CLAIRE BRETÉCHER
PUBLICAÇÕES DOM QUIXOTE
(1996)
R$ 16,50



LA TRANSICION POLITICA
RAUL MORODO
TECNOS
(1984)
R$ 42,28





busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês