O Yamandu é que é moderno | Rafael Fernandes | Digestivo Cultural

busca | avançada
44947 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 19/7/2006
O Yamandu é que é moderno
Rafael Fernandes

+ de 3900 Acessos


Ilustra by Tartaruga Feliz

Lançado no ano passado pela gravadora Biscoito Fino, o DVD Yamandu Costa - Ao Vivo é o melhor registro do violonista até o momento. Seu primeiro disco Yamandu (de 2001, fruto de sua vitória no Prêmio Visa) é muito bom (produzido pelo ótimo Maurício Carrilho), mas muitas vezes os elaborados arranjos escondem um pouco a vivacidade e a potência de sua interpretação. Yamandu Ao Vivo (não confundam: este é um CD de 2003 e agora há o DVD; são apresentações distintas) dá um passo à frente, mostrando Yamandu no local em que mais fica à vontade - o palco - acompanhado apenas de baixo e bateria (formação também presente em algumas músicas neste novo lançamento).

É interessante observar como Yamandu simplesmente ama tocar. Seja estar no palco - no mais fuleiro (o que não é o caso deste DVD) ou ao lado da OSESP, num boteco, numa roda de choro, parece tudo igual - todos esses locais merecem o mesmo comportamento do artista: respeito e despojamento. Fui a um dos dias da gravação ao vivo de seu segundo CD, que ocorreu no auditório do hotel Crowne Plaza. Eu estava no hall de entrada do local e faltavam cerca de 10 minutos para o início do show. Eis que vejo Yamandu chegando. Ele pega sua chave e sobe para o seu quarto. Eu desci para a ante-sala do auditório. Cinco minutos depois Yamandu desce, atravessa essa ante-sala, passa no meio de todas as pessoas que esperavam o início do show - ele estava com uma cerveja na mão - cumprimenta os presentes e entra no teatro. Dali cinco minutos começa a apresentação, impecável - com uma interpretação com seriedade, sem esquecer a descontração.

Analisar a música de Yamandu torna possível discutir a questão "modernidade". Com um instrumento antiqüíssimo - o violão - Yamandu consegue ser mais moderno que muitos DJs de plantão ou essas bossas de butique que estão por aí. É um artista ciente de seu papel: abraça e afaga o passado e a tradição, sem se tornar refém deles e incorporando seus elementos em sua música; esta é fruto do presente, em busca do futuro, numa continuidade sem continuísmo. Por exemplo: o formato violão, baixo elétrico e bateria não é nada novo - Baden Powell utilizou algumas vezes; porém, a capacidade e talento dos músicos faz com que as músicas - arrepiem-se "modernosos" de plantão - tenham abordagens contemporâneas em suas execuções - há frescor, algo além do que já foi feito. É fantástico, ainda mais para os parâmetros atuais, em que qualquer disco de música brasileira que tenha scratches e "barulhinhos" é aclamado como "vanguarda" e novidade - mesmo que seja apenas uma bossa requentada.

Olhemos agora para o DVD, que evidencia como Yamandu evoluiu (e evolui) claramente ao longo dos anos: agora - para desespero de seus detratores - executa as canções de acordo com o que elas pedem: precisão ou sujeira, virtuosismo ou singeleza, com volúpia ou comedido nos momentos necessários. Também fica clara a tranqüilidade e propriedade com que o artista passeia por diferentes ritmos e formações: passa sem cerimônias por um tango, um choro, um samba-canção; seja acompanhado por baixo acústico (Guto Virti) e acordeom (Toninho Ferraguti), com um power trio faiscante (Thiago Espírito Santo no baixo e Edu Ribeiro na bateria) ou uma peça solo. Além de mostrar músicas próprias - que evidenciam seu amadurecimento também como compositor - e fazer versões de artistas consagrados (Baden Powell, Pixinguinha, Radamés Gnatalli, Caetano Veloso), Yamandu também apresenta novos compositores: Toninho Ferraguti e Mariano Moraes.

O DVD começa com uma interpretação solo embasbacante de "Aurora", composição do próprio Yamandu, na qual o violonista despeja seu virtuosismo sem medo (pessoal, virtuosismo é elogio e não depreciação, lembram-se?), ao mesmo tempo em que mescla grande sentimento com o vigor da execução - uma interpretação com a marca registrada do artista. Brilhante. A seguinte é "Tareco no. 2", também de Yamandu - essas duas canções mostram que a faceta de compositor de Yamandu já apresenta uma marca característica. Só ouvindo (e vendo) para entender. Em "Valsa no. 1", de Baden Powell, sobem ao palco os nada menos que fenomenais Thiago Espírito Santo (baixo) e Edu Ribeiro (bateria). Essa música já era brilhantemente apresentada no CD Yamandu ao Vivo, mas aqui ela fica ainda melhor, marcante, precisa: swing, peso e dinâmica na medida exata. Os bons só melhoram com o tempo. "Taquito Militar" (Mariano Moraes) - que também já havia sido gravada no mesmo CD e fecha o disco El Negro Del Blanco, duo de Yamandu com Paulo Moura - já é candidata a clássico e nesse registro visual mostra um show à parte de Thiago Espírito Santo e Edu Ribeiro, também infernais em "Besteira" (Yamandu Costa) e fabulosos na clássica "Nuages" do genial Django Reinhardt. "Sanfonema", de Toninho Ferraguti, com a participação do próprio no acordeom e de Guto Virti no contrabaixo acústico, é certamente um dos pontos mais altos de Yamandu Costa - Ao Vivo. A música é sublime, certamente merecedora de entrar no panteão das grandes músicas brasileiras. A interpretação não deixa por menos e faz jus à canção. Quem disse que não existem mais músicas marcantes e de qualidade neste país?

A direção do DVD - a cargo de Hugo Prata e Márcio Soares - é prodigiosa: discreta, com ritmo e cortes na medida exata. Boa também é a iluminação - sutil - que está a serviço da execução dos músicos e não o contrário. Nos extras há uma versão personalíssima de "Sampa" (Caetano Veloso). E ainda fotos e alguns momentos de bastidores como Yamandu compondo no aeroporto, encontro com outros artistas entre outras coisas. Nada de sensacional (à exceção de uma hilária cena num aeroporto com Armandinho e do ótimo "Lembranças de Django"), mas independente disso é certamente item obrigatório para quem gosta de ver músicos fantásticos interpretando grandes canções.

Retomando o assunto de uns parágrafos atrás, há por aí uma mania de anunciar a gritos o tal do "novo". Mas é um anúncio feito pelo "novidadeiro", essa mania de querer a cada semana algo diferente - uma ansiedade quase compulsiva. Há a mania da espera pelo próximo "gênio" - que deve durar nesse status até aparecer algum outro novo produto. Há a busca do novo apenas pela notícia, pelo "furo" - chutar dezenas e mais dezenas de novas "tendências" para acertar, quem sabe, umas duas ou três coisas um pouco interessantes. Gente que noticia o mais novo "estouro" do rock - direto de Nova Iorque, Seattle ou Londres - que mostra "inovações" que já aconteceram há 10, 20, 30 anos atrás. Yamandu não ilude ou mente: tem consciência de que o que apresenta tem muito do passado, mas consegue imprimir sua marca - e uma marca contemporânea. Há também por aí um "novo" baseado em texturas sonoras eletrônicas, barulhinhos, traquinagens de estúdio. Isso vai ficar datado daqui alguns anos - como aquele som artificial de bateria dos anos 80, ou o "poperô" do início dos anos 90. Garoto, Baden Powell, Raphael Rabello e agora Yamandu - além de muitos outros, é claro - podem ter (e ser) marcas de uma época. Mas sobrevivem - e sobreviverão - por muitos anos como marca de qualidade e bom gosto. A interpretação de "Disparada" (Theo de Barros e Geraldo Vandré) é uma grande mostra desse abraço à tradição, trazendo-a para os dias de hoje. Mais do que moderno Yamandu é candidato a clássico.


Rafael Fernandes
São Paulo, 19/7/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Dexter Versus House de Duanne Ribeiro
02. O homem que não gostava de beijos de Rafael Rodrigues


Mais Rafael Fernandes
Mais Acessadas de Rafael Fernandes em 2006
01. 10 vídeos musicais no YouTube - 23/8/2006
02. Quem ainda compra música? - 2/8/2006
03. Ana Luiza e Luis Felipe Gama: bela parceria - 13/9/2006
04. Ney Matogrosso: ótimo intérprete e grande showman - 5/7/2006
05. Uma homenagem a Maysa - 25/4/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PARA SEMPRE - SÉRIE OS IMORTAIS VOLUME 1
ALYSON NOËL
INTRINSECA
(2009)
R$ 16,00



A DERRAMA CONTEMPORÂNEA
FLÁVIO ROCHA
TOPBOOKS
(1992)
R$ 5,00



ÀRE
MARCOS SANTILLI
SVER & BOCCATO
(1987)
R$ 12,00



DECIDE & DELIVER FIVE STEPS TO BREAKTHROUGH PERFORMANCE IN YOUR ...
MARCIA W. BLENKO / MICHAEL C. MANKINS PAUL ROGERS
BAIN & COMPANY
(2010)
R$ 90,00



THE KNOWLEDGE BOOK: EVERYTHING YOU NEED TO KNOW TO GET BY IN THE 21ST
NATIONAL GEOGRAPHIC
NATIONAL GEOGRAPHIC
(2009)
R$ 50,00



O ROMANCE DESASTROSO DE JOSIANO E MARIANA OU A GESTA DO BOI MENINO
FERNANDO LONA
MCGRAW-HILL
(1977)
R$ 24,00
+ frete grátis



ENSAIOS DE HISTORIA DO PENSAMENTO ECONÔMICO
FRANCISCO DA SILVA COELHO; TAMAS SZMERECSANYI
ATLAS
(2007)
R$ 60,00



NOSSAS RAINHAS
AYMARA ARREAZA RODRÍGUEZ
ID
(2010)
R$ 30,00



O PLANETA DESCONHECIDO
PETER KOLOSIMO
MELHORAMENTOS
(1973)
R$ 17,00



CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE POR VIA DE AÇÃO
DIRCÊO TORRECILLAS RAMOS
WVC
R$ 12,00





busca | avançada
44947 visitas/dia
1,2 milhão/mês