13º Porto Alegre em Cena | Guilherme Conte | Digestivo Cultural

busca | avançada
32489 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> Estratégia Econômica Governo
>>> Brandenburg Concertos (1 - 6)
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A arte como destino do ser
>>> Essa tal de Dança Contemporânea
>>> O soldado absoluto
>>> Felicidade: reflexões de Eduardo Giannetti
>>> Entrevista com Daniel Piza
>>> Aquarius, quebrando as expectativas
>>> Tin-tin!
>>> Cartas, de Antônio Vieira
>>> Malcolm, jornalismo em quadrinhos
>>> Cartas de Kafka a Felice Bauer, por Elias Canetti
Mais Recentes
>>> Liberdade Sem Medo (Summerhill) de A. S. Neill pela Ibrasa (1980)
>>> Otimismo em Gotas de R. O. Dantas pela Otimismo (1977)
>>> Portugal: Lembranças de uma Vida de Alberto Mosa pela Elevação (1999)
>>> O Quinze de Rachel de Queiroz pela José Olympio (2010)
>>> Não Deixe Para Depois O Que Você Pode Fazer Agora de Rita Emmett pela Sextante (2003)
>>> Não Leve a Vida Tão a Sério de Hugh Prather pela Sextante (2003)
>>> Telensino Inglês Básico I vol. 1 de Suely Mesquita Cossenza pela Ministério do Exército (1997)
>>> Estrutura do Direito Penal de Luiz Vicente Cernicchiaro pela José Buschetsky (1976)
>>> Lineamenti Di Storia e de Letteratura Italiana Ed Europea, 2:... de Sambugar- Ermini pela Nuova Italia, Milano (1997)
>>> Novelas/ Raul Pompeia Obras - Volume I de Raul Pompeias/ (org.: Autografo: Afrânio Coutinho) pela Civilização Brasileira/olac (1981)
>>> A Síntese Organica do Itinerarium Aetheriae de Enio Aloisio Fonda pela Fac. de Filosofia de Assis / S (1966)
>>> O Fundamento de Validade do Direito - Kant e Kelsen de Alexandre Travessione Gomes pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2004)
>>> Aspectos da Higiene Hospitalar de Hélio Lopes (Engenheiro) pela Impr. Oficial/ Belo Horizonte (2019)
>>> Fundamento da Investigação Literaria de Eduardo Portella/ Autografado pela Rosa dos tempos/ RJ. (1974)
>>> A Amazônia Misteriosa (Formato original) de Gastão Cruls pela Organização Simões: Rj. (1953)
>>> Comunicação Alternativa e Movimentos Sociais na Amazonia Ocidental de Pedro Vicente Costa Sobrinho (Autografado) pela Ed. Univ. Ufpb; João Pessoa (2001)
>>> Emoções Amazônicas: Guia Fotográfico-... dos Ecossistemas Amazônicos de Francisco Ritta Bernardino pela Photoamazonica (1998)
>>> Reumatismo e Artrite: Tratamento Médico e Cuidados Caseiros... de John H. Bland pela Ibrasa (1962)
>>> A Invasão Farmacêutica de Dupuy e Karsenty pela Graal/ RJ. (1979)
>>> A Invasão Farmacêutica de Dupuy e Karsenty pela Graal/ RJ. (1979)
>>> Mosaico Crítico: Ensaios Sobre Literatura Contemporânea de Georg Otte - Silvana Pessôa de Oliveira/ Org. pela Autêntica/ Belo Hte. (1999)
>>> A Dança da Serpente: a Revolução Silenciosa de Bárbara Heliodora de Sebastião Martins pela Ed. Lê/ Belo Horizonte (1996)
>>> A Dança da Serpente: a Revolução Silenciosa de Bárbara Heliodora de Sebastião Martins pela Ed. Lê/ Belo Horizonte (1996)
>>> Liga da Justiça "A Guerra da Trindade" de Geoff Johns pela Panini Books (2017)
>>> Star Wars "Episódio IV: Uma Nova Esperança" de Disney/ Lucasfilm pela Panini Books (2018)
>>> Terras do Sem Fim de Jorge Amado pela Martins (1964)
>>> Star Wars "Episódio V: O Império Contra-Ataca" de Disney/ Lucasfilm pela Panini Books (2018)
>>> Star Wars: Ascensão da Força Sombria; Trilogia Thrawn Livro 2 de Timothy Zahn pela Panini Books (2018)
>>> Superman "Universo DC Renascimento" Vol. 2 de K. Perkins pela Panini Books (2018)
>>> The Walking Dead: Segurança Atrás das Grades de Robert Kirkman pela Panini Books (2018)
>>> Direito e Relações Internacionais de Vicente Marotta Rangel pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> O Cão: 1000 Perguntas, 1000 Respostas de Théo Gygas pela Discubra (1987)
>>> Follow Up do Recém-Nascido de Alto Risco de Sonia Maria B. Lopes e José Maria de A. Lopes pela Medsi (1999)
>>> The Walking Dead: Os mais íntimos desejos Vol. 4 de Robert Kirkman pela Panini Books (2018)
>>> Torneio de Campeões "Coleção Histórica" de Marvel pela Panini Books (2017)
>>> Escalpo "Edição de Luxo" Livro 2 de Jason; Aaron pela Panini Books/ Vertigo (2018)
>>> Batman "O príncipe encantado das Trevas" Livro 1 de Marini pela Panini Books (2018)
>>> Universo X de Marvel pela Panini Books (2018)
>>> Fábulas 1 - Edição de Luxo de Bill Willinghan pela Panini Books (2018)
>>> O Incrível Hulk - Planeta Hulk de Greg Pak pela Panini Books (2018)
>>> Outra Vez Heidi de Johanna Spyri pela Ediouro (1972)
>>> O Cachorrinho Samba na Floresta de Maria José Dupré pela Ática (1987)
>>> Criando Meninas de Gisela Preuschoff pela Fundamento (2003)
>>> Assistência Integrada ao Recém-Nascido de Cléa Rodrigues Leone e Daisy Maria Rizatto Tronchin pela Atheneu (1996)
>>> Centro Cirúrgico: Aspectos Fundamentais Para Enfermagem de Terezinha Ghellere pela Ufsc (1993)
>>> Técnicas de Pesquisa de Marina de Andrade Marconi e Eva Maria Lakatos pela Atlas (1999)
>>> O Pensamento Vivo de Maquiavel : Edição Ilustrada/ Inclui Poster de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> O Pensamento Vivo de Maquiavel : Edição Ilustrada/ Inclui Poster de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Imensa Asa Sobre o Dia de Antônio Mariano pela Dinâmica (2005)
>>> Este Padre Escapou das Garras do Papa!!! de Aníbal Pereira Reis pela Edições Caminho de Damasco (1976)
COLUNAS

Sexta-feira, 15/9/2006
13º Porto Alegre em Cena
Guilherme Conte

+ de 7000 Acessos

La omision de la famila Coleman (Foto: Cristine Rochol / PMPA

Duas semanas de uma programação teatral de bom nível técnico e relevância. Um olhar abrangente sobre a atual produção cênica, com ênfase em montagens do Brasil, Argentina e Uruguai. Atores jovens com mostras de muito talento. A chance de ver uma das grandes divas do teatro argentino. Uma peça absolutamente genial e inesquecível. Este é o saldo da 13a edição do festival Porto Alegre em Cena, que começou no dia 5 e termina neste domingo, dia 17.

O sucesso deve-se muito à cuidadosa curadoria do gaúcho Luciano Alabarse, um apaixonado diretor de teatro, o coordenador geral do festival. Com grande trânsito pelos corredores de teatro do cone sul, Alabarse fez uma verdadeira varredura nos palcos do sul do continente e pinçou os espetáculos que mais lhe chamaram a atenção.

"Tentei montar uma programação que trouxesse surpresas, confirmações e revelações", conta. "Não quero um festival feito só para se aplaudir. Quero provocar, discutir, estabelecer um diálogo." O resultado: esta edição foi a que teve mais ingressos vendidos em toda a história do POA em Cena.

E vieram espetáculos bem diversos. A bailarina e coreógrafa Pina Bausch trouxe Para as crianças de ontem, hoje e amanhã. Além disso, algumas das boas montagens brasileiras que passaram por São Paulo nos últimos tempos subiram aos palcos gaúchos. É importante que estes espetáculos circulem, para que se quebre o eixo Rio-SP e que o teatro de fato chegue a diferentes públicos.

Celso Frateschi e Roberto Lage levaram seu Ricardo III, que acabou de ter sua temporada prorrogada por aqui. Antonio Petrin voltou a montar o bom A Última Gravação de Krapp, de Samuel Beckett, com direção de Francisco Medeiros. E a talentosa Georgette Fadel levou dois de seus espetáculos mais queridos pelo público paulistano: Gota d'Água - Breviário, que segue logo mais para o Rio de Janeiro, e Entrevista com Stella do Patrocínio.

Quem causou algum frisson por lá foi o ator Luís Melo, que encenou Daqui a duzentos anos, sobre textos de Anton Tchekov, com direção do curitibano Marcio Abreu. Um delicado trabalho de artesanato cênico em cima de um sólido estudo de dramaturgia. Já havia lotado um galpão do SESC Belenzinho em sua temporada paulistana.

Ainda entre os espetáculos nacionais, a grande expectativa estava por conta da estréia do mais novo projeto da Sutil Companhia de Teatro. Trata-se de Thom Pain - Lady Grey, texto do cultuado dramaturgo norte-americano Will Eno. A direção é de Felipe Hirsch, e no elenco estão Guilherme Weber e Fernanda Farah.

Um trabalho interessante sobre um texto difícil. Na primeira parte, um homem armado de um dicionário tenta estabelecer um diálogo com a platéia. Reflete sobre sua infância e revela uma fala marcada por angústias, decepções, perdas. Revela desejos e intenções frustradas. Na segunda, uma atriz evoca os velhos jogos escolares de mostre-e-conte para tentar mostrar-se ao público.

Thom Pain - Lady Grey (Foto: Cristine Rochol/ PMPA

O texto é contundente e agressivo, incômodo. É interessante notar como ele é fruto de uma dramaturgia que busca avançar sobre a desconstrução do discurso perpetrada pelos autores do século XX. Thom Pain e Lady Grey encontram imensas dificuldades para se fazerem ouvidos, para poderem se mostrar. O encontro com o outro é árduo, um objetivo distante. Mas eles estão tentando; não estão esperando Godot. A violência, aqui, é usada como antídoto da violência. A agressividade da montagem é uma resposta aos difíceis tempos que vivemos.

Embora a montagem ainda padeça da imaturidade própria da estréia, já se antevê um trabalho relevante que se mostra uma importante inflexão no trabalho da Sutil. Um trabalho de câmara, detalhista, no qual menos é mais. Além do que é sempre um privilégio assistir a um ator talentoso, técnico e inteligente como Guilherme Weber.

Uruguai: bons atores

Atores talentosos, ademais, foram a tônica deste festival, sobretudo nas montagens uruguaias. Seja em trabalhos mais intimistas ou despretensiosos, seja em peças ousadas e criativas, o público pôde ver boas atuações.

O espetáculo que serve como exemplo mais patente é, talvez, Cabrerita, um retrato biográfico do mítico pintor uruguaio Raúl Cabrera, texto de Eduardo Cervieri. Por essa tocante e impressionante atuação, o ator Carlos Rodriguez ganhou o Troféu Florêncio de melhor ator em 2005, um dos prêmios mais importantes do teatro uruguaio. Técnica e sensibilidade caminhando juntas.

Interpretações de qualidade também se destacaram em montagens que deixaram a desejar, seja pela encenação um tanto quanto deficitária, seja por textos confusos. É o caso de El camino de los pasos peligrosos e Um numero. Não são espetáculos ruins, mas não estão à altura de outros que foram apresentados no festival. E mesmo ali se vêem interpretações esmeradas.

A grande surpresa dos palcos uruguaios foi o belíssimo espetáculo Morir, uma produção conjunta do Teatro Circular de Montevidéu e da jovem companhia Complot, que também arrebatou dois Florêncios ano passado. Sete mortes cotidianas, aparentemente desconexas, são apresentadas a partir de momentos antes que aconteçam.

Morir (Foto: Cristine Rochol / PMPA

O texto, do espanhol Sergi Belbel (conhecido por aqui pelo espetáculo Carícias), trata o tema com humor e sensibilidade, o que faz com que o espetáculo passe longe de ser banal ou inconsistente. Ao final ele ganha uma dimensão surpreendente, que nos faz pensar sobre como nos relacionamos com as pessoas que estão à nossa volta.

O trabalho de palco é impressionante. Uma direção brilhante, de Gabriel Calderón e Martín Inthamoussú, sobre um elenco jovem, talentoso e vigoroso. Um esmerado trabalho de montagem, no qual uma cena completa a outra e o todo ganha um impacto visual de encher os olhos. Destaque para uma divertida trilha sonora, que vai de Johnny Cash a Frank Sinatra. Delicioso espetáculo, de humor agridoce, que ri e instiga a reflexão ao mesmo tempo.

O novo teatro argentino

Este tipo de humor, inteligente e instigante, é também uma das características da novíssima dramaturgia argentina. Sensação das últimas temporadas em Buenos Aires, a peça La omision de la familia Coleman é um retrato da dissolução das relações de uma família. Sufocados em um ambiente de convivência insustentável, os parentes interagem em um constante jogo de forças, que eclode com a doença da avó.

O amparo e a solidariedade são demolidos pela crueza do dia a dia. Rindo, assistimos ao abismo daquelas vidas. No fundo, todos estão sós. Belo texto de Claudio Tolcachir, que também assina a direção. A exemplo de Morir, aqui também temos um elenco predominantemente jovem e extremamente aguerrido.

Com algum parentesco a essa linha do riso alternado aos momentos emotivos, Los hijos de los hijos, de Inês Saavedra, trata de histórias da imigração européia para a Argentina. Espetáculo irregular, mas com alguns bons momentos, faz uma delicada reflexão sobre as tradições e sua luta contra a marcha inexorável do tempo.

Com uma postura mais engajada, o dramaturgo e ator Eduardo Pavlosky trouxe Variaciones Meyerhold, uma dedicada interpretação sobre a vida e o método de um dos diretores-ícone do teatro russo do século XX, Vsevolod Meyerhold (1874-1940). Inicialmente ligado a Stanislávski, rompeu com ele e trilhou um caminho próprio. Ao resistir ao realismo socialista do regime soviético, acabou fuzilado.

Carismático e naturalmente engraçado, Pavlovsky aos poucos envolve o público em uma discussão sobre o próprio papel da arte e a função do artista. Em outro esmerado trabalho de interpretação - este d'além-mar -, o espanhol Juan Carlos Moretti enfrentou um belíssimo texto do austríaco Thomas Bernhard, Minetti.

A diva

Mas, como era de se esperar, quem roubou o coração da platéia foi a grande diva do teatro argentino, Norma Aleandro. Notória por ter desempenhado um importante papel na resistência às ditaduras argentinas, tornou-se emblemática com o filme A história oficial, de 1985.

Sobre el amor y otros cuentos sobre el amor (Foto: Cristine Rochol / PMPA

Aqui, em Sobre el amor y otros cuentos sobre el amor, Norma tece com maestria uma delicada colcha de retalhos com textos sobre o amor em língua espanhola. Não há traduções. Há nomes como Garcia Márquez, Vargas Llosa e Lorca, além de textos escritos por ela mesma e histórias recolhidas em suas viagens pelo mundo.

"É um espetáculo no qual falo de amor com humor. Tem a leveza dos contadores de história", conta Norma. Muitos amores. Os amores "importantes" e os amores "pequenos", como ela mesma define. O amor homem-mulher, o amor de alguém por um time de futebol, o amor de alguém por seu cachorrinho...

Uma obra despretensiosa que revela uma das grandes atrizes de teatro esbanjando técnica e delicadeza. Por ser simples, o espetáculo fala a todos com aquela cumplicidade íntima de quem se conhece há tempos. A platéia literalmente se rendeu ao charme e ao carisma de Norma.

Uma das expectativas que esbarraram na frustração foi o espetáculo Buchettino, da Companhia Societás Raffaello Sanzio, da Itália. O público deita-se em pequenas camas para fechar os olhos e ouvir a história de "O pequeno polegar", conto de Charles Perrault. Além da narradora, dois integrantes do grupo executam artifícios sonoros para enriquecer a história. Infelizmente acabamos não entrando de fato na história, não somos transportados ao mundo de Buchettino. O espetáculo cai no convencional.

Um Otelo inesquecível

A obra-prima do POA em Cena, no entanto, não veio nem da América do Sul nem de países tradicionais, como a França ou a Itália. Veio da Lituânia, com o grupo Meno Fortas e o diretor Eimuntas Nekrosius. Ele já havia passado em 2001 por Porto Alegre com um Hamlet que marcou a memória de quem assistiu. Agora, com Othelo, não foi diferente.

Em uma leitura original e visionária, Nekrosius equilibra as forças entre Iago, Othelo e Desdêmona. Aqui, os dois não meros títeres de uma trama torpe de um sagaz Iago. Este é reduzido ao seu verdadeiro papel, de um covarde intrigueiro. O grande homem é o general Othelo, um homem maior que os outros, um gigante, mas que comete um erro fatal. É a falha trágica shakespeareana, que o leva a um dolorido assassinato e, no fim, ao seu próprio suicídio.

Othelo (Foto: Ines Arigoni / Divulgação 13° POA em Cena

Em quatro horas de peça, as excelentes interpretações são marcadas pelo comedimento da vida real. Não há excessos, gritos, grandes malabarismos, pressa. A dor é interna, está nos gestos, nos olhares. A tragédia se instaura aos poucos - como, afinal, em nossas vidas. Uma montagem para não se esquecer nunca. Obrigado, POA em Cena.


Guilherme Conte assistiu aos espetáculos a convite do 13° Porto Alegre em Cena.


Guilherme Conte
São Paulo, 15/9/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. 29ª Bienal de São Paulo: a politica da arte de Jardel Dias Cavalcanti
02. 10º Búzios Jazz e Blues de Marília Almeida
03. 5º Rio das Ostras Jazz & Blues de Marília Almeida
04. Sexo, drogas e rock’n’roll de Marcelo Spalding
05. Leituras, leitores e livros – Final de Ana Elisa Ribeiro


Mais Guilherme Conte
Mais Acessadas de Guilherme Conte em 2006
01. Sua majestade, o ator - 18/1/2006
02. Um Brecht é um Brecht - 5/4/2006
03. 13º Porto Alegre em Cena - 15/9/2006
04. A essência da expressão dramática - 26/4/2006
05. Strindberg e o inferno de todos nós - 29/9/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




FERTILIZAÇÃO FUNDAMENTOS DA UTILIZAÇÃO DOS ADUBOS E CORRECTIVOS 2A....
J. QUELHAS DOS SANTOS
EUROPA AMERICA
(1996)
R$ 16,75



LEITURA E SUBJETIVIDADE
SAULO CESAR PAULINO E SILVA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



O PAPAGAIO QUE NÃO GOSTAVA DE MENTIRAS
ADILSON MARTINS; LUCIANA J. HEES
PALLAS
(2012)
R$ 12,00



FAÇA O SEU SEGUNDO CASAMENTO DAR CERTO
ROSAURA RODRÍGUEZ
PLANETA DO BRASIL
(2009)
R$ 9,90



MOTOQUEIROS NO ALÉM
EURÍCLEDES FORMIGA
IDE
(2006)
R$ 5,50



ANGUS LIVRO UM O PRIMEIRO GUERREIRO
ORLANDO PAES FILHO
ARXJOVEM
(2003)
R$ 12,00



NÁUFRAGOS, TRAFICANTES E DEGREDADOS VOL. II 1934
EDUARDO BUENO
OBJETIVA
(1998)
R$ 13,00



CURSO DE DIREITO PROCESSUAL PENAL - VOL. III - 2ª ED.
FRANCISCO DE ASSIS RÊGO MONTEIRO ROCHA
JURUÁ
(2007)
R$ 47,00



TERRA EM TRÂNSITO - 5858
TOM CAPRI
CLIP
(2001)
R$ 10,00



COMO ESCREVER QUALQUER CARTA
OSMAR BARBOSA
DE OURO
R$ 6,00





busca | avançada
32489 visitas/dia
1,0 milhão/mês