A editora Casa Verde | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
58257 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Sessão Única com Jogo de Escape Game e debate do filme 'Os Bravos Nunca se Calam' em SP
>>> OBRAS INSPIRADAS DURANTE A PANDEMIA GANHAM DESTAQUE NO INSTITUTO CERVANTES, EM SÃO PAULO
>>> Sempre Um Papo com Silvio Almeida
>>> FESTIVAL DE ORQUESTRAS JUVENIS
>>> XIII Festival de Cinema da Fronteira divulga Programação
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Direita, Esquerda ― Volver!
>>> O menino mais bonito do mundo
>>> iPad
>>> iPad
>>> iPad
>>> Sátiro e ninfa, óleo s/ tela em 7 fotos e 4 movies
>>> poeta del vacío existencial
>>> Croft & Kidman
>>> Histórias de gatos
>>> Whitesnake, 1987
Mais Recentes
>>> Revista Marco 3 de Varios Autores pela INstituto de Ciencias São Marcos (1979)
>>> Panorama do romance americano de Não consta pela Fundo de cultura (1966)
>>> Eslovênia de Carla Kinzo pela Megamini (2016)
>>> Direitos Reais de Guilherme Calmon Nogueira da Gama pela Atlas (2011)
>>> A Religiosa de Denis Diderot pela Abril (1980)
>>> Os Segredos Das Pessoas Que Nunca Ficam Doentes de Gene Stone pela Lua de Papel (2012)
>>> Viajaram Mais Cedo de Francisco Cândido Xavier pela Geem (2010)
>>> Teoria da Adolescência de Rolf Muuss pela InterLivros (1966)
>>> Segundo o plano de Deus de Kenneth E. Hagin pela Graça
>>> Almanaque Santo Antônio 2014 de Vários Autores pela Vozes (2014)
>>> Psicopedagogia da linguagem escrita de Ana Teberosky pela Vozes (1993)
>>> Almanaque Santo Antônio 2015 de Vários Autores pela Vozes (2015)
>>> A Coragem de ser Imperfeito de Brené Brown pela Sextante (2016)
>>> Manu Chao - Música y Libertad de Alessandro Robecchi pela Reservoir (2002)
>>> Despertar dos deuses de Isaac Asimov pela Hemus (1972)
>>> Curso de Contabilidade para não Contadores de Sérgio de Ludicibus pela Atlas (2000)
>>> Platão de Platão pela Civita (1983)
>>> Gabriela Cravo e Canela de Jorge Amado pela Record (1978)
>>> Hobbes de Thomas Hobbes pela Civita (1983)
>>> SUS-SP - Preparatório Para Provas de Residência Médica de Juliano Silveira de Araújo pela Sanar (2018)
>>> Dossie Brasilia: Os Segredos dos Presidentes de Geneton Moraes Neto pela Globo (2005)
>>> A Numerologia e o Triângulo Divino de Faith Javane e Dusty Bunker pela Pensamento (1994)
>>> Forças Irresistíveis de Danielle Steel pela Record (2002)
>>> O Livro dos Rituais de Carlos Navas pela Madras (2002)
>>> A Kabbalah Revelada: Filosofia Oculta e Ciência de Knorr Von Rosenroth pela Madras (2005)
COLUNAS

Segunda-feira, 30/10/2006
A editora Casa Verde
Rafael Rodrigues

+ de 6800 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Um dos convidados da Bienal do Livro da Bahia, que aconteceu no fim de 2005 em Salvador, foi o escritor mineiro Luiz Vilela. Ele participou do Café Literário, aquela conversa informal entre o convidado e uma entrevistadora. Lembro bem de uma das histórias que ele contou. Seu primeiro livro foi enviado a diversas editoras, que recusaram a obra. Com recursos próprios, publicou o livro, aos 24 anos. Com ele, ganhou seu primeiro prêmio literário. Que quero dizer com isso? Até Luiz Vilela precisou investir, nele mesmo, no início da carreira. E olha só quem ele é hoje...

Atualmente isso é cada vez mais comum. Escritores bancando as edições dos próprios livros, organizando e publicando coletâneas, abrindo pequenas editoras.

Uma dessas novas editoras é a Casa Verde. Idealizada em 2004 pela jornalista e escritora Laís Chaffe, a Casa Verde tem como marco zero a antologia de contos Fatais, lançada em março de 2005, que reúne textos dos autores da Casa (o grupo é composto por Caco Belmonte, Christina Dias, Filipe Bortolini, Laís Chaffe, Luciana Veiga, Luiz Paulo Faccioli e Marcelo Spalding) e Flávio Ilha. Em junho do mesmo ano sai mais uma antologia: Contos de bolso, de minicontos, com textos de autores da Casa e de mais 35 escritores convidados. Nomes como Amilcar Bettega Barbosa, Cardoso, Daniel Galera, Daniel Pellizzari, Paulo Scott e Luis Fernando Verissimo participam do livro. Meses depois, em novembro, é publicado Era uma vez em Porto Alegre, com contos dos autores da Casa, fazendo uma releitura de várias histórias infantis tendo Porto Alegre como cenário. E a Casa Verde estava só começando.

Recentemente saíram do forno da Casa os livros Contos de bolsa e No Orkut dos outros é colírio. (Todos eles - os últimos e os citados no parágrafo anterior - têm formato de livros de bolso, o que facilita a vida do leitor, que pode carregá-los aonde quer que vá. Além do fato de livros de bolso terem seu próprio charme.)

O primeiro é uma antologia de minicontos que têm as mulheres como tema. Além dos autores da casa, participaram do livro 40 escritores convidados. Carol Bensimon, Fabrício Carpinejar e Paulo Bentancur são alguns deles.

Nos minicontos a criatividade rola solta, como em "Monstruosa TPM", de Fernando Neubarth: "Num instituto da Transilvânia, a esposa do Conde Drácula confidenciava com a manicure, sentia-se outra mulher com a menopausa: - Ele ficava impossível nos meus períodos menstruais..."

Paulo Bentancur dá mostras da boa pena (em excelente fase) com "Escritura". Transcrevo só um trecho, para não estragar a surpresa: "Ele é escritor mas não escreve um e-mail. Os livros que me deu, sem dedicatória. - Sei lá... Parece que estou estragando esse objeto precioso, maculando-o - explica-se...".

Antologias de minicontos, quando bem organizadas, são sinônimo de diversão e boa literatura. E Contos de bolsa é um bom exemplo disso.

Mas o destaque mesmo é No Orkut dos outros é colírio, de Caco Belmonte. Primeiro livro individual publicado pela Casa Verde, No Orkut dos outros... é também a estréia "pra valer" do jornalista e escritor gaúcho. Digo "pra valer" porque Caco, questão de alguns anos, publicou de maneira independente (quer dizer, mais independente ainda) o Contos para ler cagando, sua "pré-estréia", digamos assim.

"Joel" abre o livro, e mostra ao leitor que Caco não está para brincadeira. Joel sai de casa para buscar um remédio para a filha adoentada, que ficou em casa com a mãe. Apenas isso poderia resultar em um belo e trágico conto. Mas Caco deixa a tragédia óbvia de lado e vai além: mostra um homem pobre, alcoólatra e desconfiado da esposa (ele pensa que a filha não é sua, pois "Mariângela tinha nascido branca, de olhos claros", bem diferente dele), que desvia o caminho do posto de saúde por conta da necessidade financeira e da necessidade física do álcool. Ao chegar em casa, mais tarde do que o previsto, com o remédio, Joel se depara com a verdade que sempre tentou afastar de si. Impotente, nada faz, a não ser entregar-se ao vício.

O conto que dá título ao livro aborda um tema que pouca gente tem noção da seriedade: os efeitos nada saudáveis que o Orkut pode causar em uma pessoa. O narrador descobre, através do perfil da ex-namorada, que ela sempre fora uma desconhecida para ele. Ele admite que monitorou o perfil da ex, diz que parou com isso depois de algum tempo, mas a coisa se torna viciante, e ele volta a procurar o Orkut da ex. Lembrei de "O mito de sísifo" (do conto, não do livro), de Camus.

"Tejada" é outro ponto alto do livro. Começa com a chegada de um homem à uma casa de praia. Ele e a ex-esposa costumavam passar as férias lá, com os amigos. Ele tinha esperança de encontrá-la naquela ocasião para tentar a reconciliação. Ao vê-la de longe, ele parte sem se despedir de ninguém, por um motivo que só lendo o conto para saber...

Disputando o posto de melhor conto do livro estão, além dos já citados, "Chico" (um "conto de formação", por assim dizer), "Adalgisa" e "A casca do grão cozido". Este chega a ser engraçado de tão escatológico.

Ao fim das pouco mais de 70 páginas - poucas, infelizmente - de No Orkut dos outros é colírio, fica aquela sensação de "já acabou?", e a torcida para que Caco Belmonte não demore a lançar outro livro.

Para ir além











Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 30/10/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Caindo as fichas do machismo de Marta Barcellos
02. Planejamento de Daniel Bushatsky
03. Machado de Assis: assassinado ou esquecido? de Jardel Dias Cavalcanti
04. Your mother should know de Pilar Fazito
05. Road Warrior de Juliano Maesano


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2006
01. A história do amor - 24/7/2006
02. Livro dos Homens - 7/8/2006
03. O soldado absoluto - 18/9/2006
04. O encontro marcado: 50 anos - 16/10/2006
05. Carta de um jovem contestador - 9/5/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
2/11/2006
22h35min
E para completar, os minicontos estão em banners, nas paredes do Centro Cultural Érico Verrissimo e da Casa de Cultura Mario Quintana. Estão na praça, lidos pelos autores e convidados. É a Feira do Livro e a Editora Casa Verde, provocando em Porto alegre.
[Leia outros Comentários de Ana Mello]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro - Nicolae: O Anticristo Chega ao Poder
Tim Lahaye / Jerry B Jenkins
United Press
(2004)



Adulthood is a Myth: a Sarahs Scribbles Collection
Sarah Andersen
Andrews Mcmeel Publishing
(2016)



Problemas Atuais de Psicologia
Emilio Mira y Lopes
Cientifica
(1963)



Poesias Completas
Álvares de Azevedo
Ediouro



Jazz
Toni Morrison
Best Seller
(1992)



Investigando a Reencarnação
John Algeo
teosófica
(1995)



Os 10 Mandamentos da Prosperidade
Marcos Silvestre
Faro Editorial
(2015)



William Tell and Other Stories
John Excott
Oxford
(2010)



O Homem que queria ser Rei e Outros Histórias
Rudyard Kipling
Bestbolso
(2011)



Faca você mesmo
Girassol Brasil
Girassol Brasil
(2000)





busca | avançada
58257 visitas/dia
1,6 milhão/mês