Aos aspirantes a escritor | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
37376 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
>>> Steve Jobs em 1997
>>> Jeff Bezos em 2003
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A literatura feminina de Adélia Prado
>>> Jorge Caldeira no Supertônica
>>> A insustentável leveza da poesia de Sérgio Alcides
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Millôr e eu
>>> As armas e os barões
>>> Quem é o autor de um filme?
>>> Cyrano de Bergerac
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Marco Lisboa na Globonews
Mais Recentes
>>> Por vocêw por mim no Vietnã de Ferreira Guller pela Sped
>>> Mussolini I Unleahed 1939-1941 de Mac Gregor Knor pela Cambridge (1986)
>>> Itajaí - Imagens e Memórias de Lindinalva Deóla da Silva pela Fundação Genèsio Miranda Li (1995)
>>> Atentados políticos: de César a Kennedy de Paulo Matos Peixoto pela Paumape (1990)
>>> Atentados políticos: de César a Kennedy de Paulo Matos Peixoto pela Paumape (1990)
>>> Atentados políticos: de César a Kennedy de Paulo Matos Peixoto pela Paumape (1990)
>>> Para gostar de Ler - Crônicas vol.1 de Carlos D. de Andrade, Fernando Sabino, Paulo M. Campos e Rubem Braga pela Ática (1999)
>>> Fendas Urbanas de Luiz Antonio de Queiroz pela Ofício das Palavras (2008)
>>> Quatro Mitos Brasileiros de Monica Stahel pela Martins Fontes (2003)
>>> Entretempo de Antonio Fantinato pela Topbooks (2008)
>>> A Casa de Babylônia: Estudo da Habitação Rural no Interior de São P... de Andrea Piccini pela Annablume (1996)
>>> Zupt...o Amigo do Peito de Stella Cobra Muraça pela Edicon (1997)
>>> Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias - Biologia de Escola da Juventude pela FDE
>>> Ciências humanas e suas tecnologias - Geografia de Escola da Juventude pela FDE
>>> A Resistível Ascensão do Boto Tucuxi de Márcio Souza pela Marco Zero (1982)
>>> Beijos Engolidos de Jurandir Pinoti pela Ssua (2007)
>>> Rita Você-é-um-doce de Telma Guimarães Castro Andrade pela Atual (1993)
>>> Grandeur et Servitude Patton de Ladislas Farago pela Stock (1963)
>>> A Ponte para o Passado de Ivan Jaf pela Atual (1993)
>>> Amazônia de Alan Oliveira pela Saraiva (1999)
>>> Auto do Frade: poema para vozes de João Cabral de Melo Neto pela Nova Fronteira (1984)
>>> Armada América: Relatos Sobre a Inquietudo do Império de Fernando Monteiro pela Francis (2003)
>>> A História de Lalo de Júlio Emílio Braz pela Saraiva (2003)
>>> Açúcar Amargo de Luiz Puntel pela Ática (1994)
>>> Malika Oufkir Prisioneira do Rei de Malika Oufkir e Michele Fitoussi pela Companhia das letras (2000)
>>> A Vaca Voadora de Edy Lima pela Global (2002)
>>> A noite da grande magia branca de Simone Sauaressig pela Kuarup (1991)
>>> Sol-solaris de Heloisa Helena Troncarelli pela Edicon (1985)
>>> A Caminho... Apelo À Pesquisa N. 2 - Jan / Dez. 2004 de Diversos Autores pela Ceuclar (2004)
>>> Revista do Centro Universitário Claretiano - N. 3 - Jan / Dez. 2003 de Diversos Autores pela Ceuclar (2003)
>>> A sombra da Águia de Mark Hertsgaard pela Record (2003)
>>> Contos Como Eu Conto de Jurema Waack pela Ônix (2008)
>>> O mistério da Casa Verde de Moacyr Scliar pela Ática (2002)
>>> Contos Escolhidos de I. L. Peretz pela Rampa (1950)
>>> Quero Ternura de Mãos Se Encontrando: de árabes e Judeus, de Branco... de Celso Barroso pela Independente (1978)
>>> Tem Carta pra Mim? de Fanny Abramovich pela Scipione (1994)
>>> Do arquivo e da memória: fatos, personagens e reflexões sobre o sio... de Samuel Malamud pela Bloch (1983)
>>> Qual é o Seu Preconceito Preferido? de Carlos Augusto M. F. da Silva pela Ateniense (1991)
>>> Serões de Dona Benta e História das Invenções de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1950)
>>> A Câmara das Pedras Fendidas de J. W. Seixas Santos pela Conan (1994)
>>> A Mesa do Silêncio - Dedicatória e Autógrafo de Armindo Trevisan pela Lpm (1982)
>>> A Cidade Reinventa a Democracia de Ademar José Becker pela Corag (2000)
>>> Quem Nasceu para Cintilante Nunca Chega a Francesinha de Magali Moraes pela Sulina (2002)
>>> Auschwitz Altar do Capitalismo de Cultura Vozes pela Vozes (1995)
>>> Fronteira Inclemente de Brasil Dubal pela Iel (1976)
>>> A represa / Suburbana de Maria Helena Khüner e Celso Antonio da Fonseca pela Funarte (1980)
>>> O Folclore da Caixa: Contos de Antenor Pimenta Madeira e Outros pela Caixa (1984)
>>> Do Simbólico ao Virtual de Jorge Lúcio de Campos pela Perspectiva (1990)
>>> A Linguagem no Pensamento e na Ação de S. I. Hayakawa pela Pioneira (1963)
>>> As Alegres Comadres de Windsor e a Megera Domada de William Shakespeare pela Edições de Ouro (1966)
COLUNAS

Sexta-feira, 6/4/2007
Aos aspirantes a escritor
Rafael Rodrigues

+ de 6200 Acessos
+ 7 Comentário(s)


Ilustra por Guga Schultze

Um aspirante a escritor não pode ser preguiçoso. Escritor também não, óbvio. Mas o aspirante a escritor precisa trabalhar dez vezes mais que um escritor reconhecido e assumido.

A tarefa não é fácil, para um aspirante. Ele precisa ler os clássicos, pois são obrigatórios. Precisa também ler os consagrados, mas ainda não clássicos, para aprender com eles o que eles aprenderam com os que vieram antes. São eles, os consagrados, os "filtros literários", a meu ver.

Um exemplo prático disso, vivido por mim, é o conhecimento que adquiri lendo várias obras de Fernando Sabino. Principalmente O encontro marcado. Nele, Sabino cita vários e vários autores e obras, fazendo das notas ao fim do romance quase que um guia literário. O aspirante a escritor precisa também ler os novos autores, a fim de saber a quantas anda a qualidade das obras de seus "concorrentes" (prefiro chamar de "colegas de profissão", é mais amistoso).

E não é ler um ou outro. O bom mesmo, se possível, é ler de tudo um pouco. Contos, romances, poesias, artigos, ensaios, posts de blog, enfim, tudo.

Um aspirante a escritor precisa estar atento ao que acontece no meio literário e editorial. Saber quem é a bola da vez ou a mais "nova e ousada" editora é bom.

O aspirante não pode também ter vergonha de nada. Nem do que tem, nem do que não tem; nem do que é, ou do que não é; nem do que escreve, nem do que não escreve. Se tem dinheiro para investir em si, não é sua culpa. Se não tem dinheiro para comprar um livro, não pode ter vergonha de passar algumas tardes ou manhãs em alguma biblioteca ou de pedir emprestado o livro a algum amigo (apesar de eu não aconselhar isto; eu mesmo não empresto os meus, coisa rara isso acontecer).

Outra coisa que o aspirante a escritor precisa é confiar no material que tem e dar o melhor de si por ele. Não importa se escreve apenas contos curtos ou se está às voltas com uma única e infinita obra. Para quem precisa ganhar tal confiança, sugiro ler Charles Bukowski e John Fante, mas com cuidado. Não se pode deixar contaminar pela síndrome de Bandini, doença que assola muitos aspirantes a escritor que confiam tanto em si mesmos que esquecem de que, quem julga mesmo, seus escritos, são os leitores.

Dialogar. Este é um verbo que o aspirante a escritor precisa praticar. Ele precisa dialogar com os seus leitores - mesmo que sejam poucos, no início - e com escritores. O aspirante deve conversar, e muito, com todos os que aparecerem em seu caminho. Deve colocar seus escritos à prova e respeitar todas as opiniões que lhe forem dadas. Note que utilizei o verbo "respeitar" e não "aceitar". Apenas algumas opiniões e sugestões devem ser acatadas, e o aspirante a escritor, se bem preparado, saberá quais são elas.

O preparo vem das leituras. É com elas que o senso crítico se aprimora. E aí o aspirante vai saber quando deve mudar o fim de uma história, cortar um personagem ou mudar a voz (primeira, segunda ou terceira?) que narra sua obra.

Aos prosadores: não subestimar ou deixar de lado a poesia. Aos poetas: não se atenham apenas aos versos. Poetas e prosadores aprendem uns com os outros, e podem trocar inspirações e influências entre si.

A paciência é uma virtude que os aspirantes a escritor devem ter em índice elevado. Isso porque ele precisa reler várias vezes o que escreveu, ver o que pode cortar ou modificar, deixar o escrito de lado por alguns dias, ler novamente, cortar, modificar, guardar o escrito por mais outro tanto de dias, lê-lo de novo, e assim sucessivamente, até ter certeza de que o trabalho acabou e a obra está pronta. Aliada à paciência deve estar a vaidade. Pecado capital que, apesar de enviar o aspirante a escritor a um lugar que não é o paraíso, é indispensável. Um aspirante a escritor não deve, nunca, fazer corpo mole e divulgar um texto que não seja, no mínimo, bom.

É por isso que as conversas, tanto com leitores quanto com escritores, são fundamentais. Mas pode acontecer de o aspirante a escritor morar em uma cidade do interior e nela não existirem adeptos do "literatismo". Paciência. Um e-mail ou uma agência dos Correios resolve isso.

O aspirante a escritor deve ter, também, muita cara de pau. Como então mostrar seus escritos a um ou a outro? Ou enviar um original a várias editoras? Tem até aquele ex-aspirante a escritor (agora escritor) que distribuiu, de graça, uma edição de contos que pagou do próprio bolso, em uma festa literária aí...

Ou seja, não é um caminho fácil, o do aspirante a escritor. E ele, se levar mesmo a sério a vontade (seja lá vocação ou apenas um capricho), terá de abdicar de algumas (ou de muitas) coisas. Prefiro nem falar sobre isso, para não assustar aos outros (e a mim mesmo).

Pode também acontecer de o aspirante a escritor ser picado pelo mosquito do desânimo e da frustração. Mas ele, o aspirante, não pode, jamais, dar-se por fracassado ou vencido. Se as coisas não deram certo, não adianta se desesperar ou entrar em depressão. Pois o mais importante, para um aspirante a escritor, é ter consciência de que o caminho que escolheu, o da literatura, é longo e cheio de pedras, como naquele conhecido poema. O sucesso e o reconhecimento podem vir ou não. O que importa, mesmo, é ter certeza de que tudo o que poderia ser feito, foi feito. Só assim o aspirante a escritor, mesmo não tendo alçado vôos mais altos, pode dormir tranqüilo. E com orgulho de si.


Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 6/4/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Raio-X do imperialismo de Celso A. Uequed Pitol
02. Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá? de Renato Alessandro dos Santos
03. Em defesa da arte urbana nos muros de Fabio Gomes
04. Preparar Para o Impacto de Marilia Mota Silva
05. Simone Weil no palco: pergunta em forma de vida de Heloisa Pait


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2007
01. O óbvio ululante, de Nelson Rodrigues - 2/11/2007
02. O nome da morte - 16/2/2007
03. Os dois lados da cerca - 7/12/2007
04. História dos Estados Unidos - 29/6/2007
05. O homem que não gostava de beijos - 9/3/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
4/4/2007
07h33min
Concordo com suas observações mas temos que atentar para o fato de que muitos têm o "dom" da escrita, porém, é sabido que estes mesmos não têm a "oportunidade" de divulgar, de apresentar, de ser mais "observados", limitando sua audiência apenas aos leitores locais. Digo "locais" referindo-me aos aspirantes que só tem a eles mesmos mais alguns poucos leitores. Isso sim pode ser chamado de "a mordida do mosquito desanimador"...
[Leia outros Comentários de reinaldo]
4/4/2007
08h47min
Como aspirante a escritor, às vezes sinto um certo desânimo, que o autor do texto tão bem caracterizou. Qual seria a fórmula ideal de evitar tal sentimento? Grato.
[Leia outros Comentários de Rodrigo França ]
4/4/2007
14h07min
rodrigo - se é que o Rafael me permite responder por ele -, a fórmula é continuar escrevendo, ué. e mostrar os textos pra namorada, sempre bom.
[Leia outros Comentários de caco ishak]
4/4/2007
17h11min
Legal, Rafa, sua coluna vai ajudar muita gente. Não só os que precisam de um incentivo pra continuar mas, também, aqueles que precisam desistir de uma vez, rsrs. E tem muito. Muito legal sua coluna. Abraço.
[Leia outros Comentários de Guga Schultze]
6/4/2007
20h23min
O domínio do código é fundamental para se atingir a fronteira leitor/escritor; conhecer, dominar, transcender. Intuir o tamanho, formato, linguagem ou o que seja para quando da sua estréia, haja um claro curso delineado, uma linguagem a ser apresentada e um evento a ser descrito. Temos lido algumas coisas, com decibéis acima da textualidade, temáticas superiores, a capacidade descritiva do autor, e alguns textos que mais parecem esculturas. Nenhuma reserva quanto aos experimentalismos: eles são importantes para a oxigenação do texto, variação de estilos; mas às vezes quero uma leitura que não sacrifique uma forma maior que o conteúdo e um escritor que saiba da diferença entre essas coisas. Quanto ao resto, aposto no tentar & tentar...
[Leia outros Comentários de Carlos E. F. Oliveir]
9/4/2007
15h27min
Legal. sensacional a dica dada por Rafael Rodrigues. Concordo que a perseverança é a chave de tudo, pois não há como vencer sem lutar. Sou um aspirante e vou acatar esse texto como um "manual"
[Leia outros Comentários de Denis Rafael]
20/6/2007
23h29min
Sou estudante de jornalismo e aspirante a escritor (mais precisamente de contos). Vou fazer deste texto um manual também. Grande abraço.
[Leia outros Comentários de André Canevalle]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




3° FESTIVAL DE CINEMA LATINO AMERICANO DE SP 2008
VÁRIOS
MEMORIAL
(2008)
R$ 5,00



O QUE A BIBLIA REALMENTE ENSINA ?
ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA
ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA
(2015)
R$ 6,00



OS LUSÍADAS
LUÍS DE CAMÕES
ABRIL CULTURAL
(1980)
R$ 15,00



DESENVOLVIMENTO E CRISE NO BRASIL - EDIÇÃO ESPECIAL
LUIZ CARLOS BRESSER PEREIRA (CAPA DURA)
BRASILIENSE
(1987)
R$ 26,82



TRAPAÇA
JAMES SIEGEL
RECORD
(2011)
R$ 18,00



VOCE PRECISA SER DETERMINADO
SILAS MALAFAIA
CENTRAL GOSPEL
R$ 8,00



ESAÚ E JACÓ
MACHADO DE ASSIS
GLOBO
(1997)
R$ 18,00



BOLETIM OFICIAL GRANDE ORIENTE DE SÃO PAULO
CLÁUDIO ROQUE BUONO FERREIRA
DO AUTOR
R$ 9,00



CONTOS BRASILEIROS - ANTOLOGIA ESCOLAR DE OURO
IVO BARBIERI MARIA MECLER KAMPELL

R$ 5,00



VIDA NAS CIDADES - EXPECTATIVAS URBANAS NO NOVO MUNDO
WITOLD RYBCZYNSKI
RECORD
(1996)
R$ 15,00





busca | avançada
37376 visitas/dia
1,1 milhão/mês