História dos Estados Unidos | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
35423 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> No cotidiano de alguém
>>> A batalha perdida do pastor
>>> Um governo que nasceu morto
>>> Wikia Search
>>> A difícil arte de viver em sociedade
>>> Ações culturais
>>> A história do amor
>>> Além do Mais
>>> Derrotado
>>> Acabou o governo
Mais Recentes
>>> Aprendendo a terapia cognitivo-comportamental - um guia ilustrado de Jesse H, Wright, Monica R. Basco, Michael E. Thase pela Artmed (2008)
>>> Crítica da Razão Existencial de João Arthur Fortunato pela Autor (1998)
>>> Liderança e Dinâmica de Grupo de George M. Beal e Outros pela Zahar (1972)
>>> Instituições do Processo Civil - Volumes I -ll - Ill de Francesco Carnelutti pela Classic Book (2000)
>>> Perícia Judicial para Fisioterapeutas de José Ronaldo Veronesi Junior pela Andreoli (2013)
>>> A Cruz e o Punhal de David Wilkerson/ John e Elizabeth Sherrill pela Betânia (1983)
>>> Só para Mulheres de Sonia Hirsch pela Correcotia (2000)
>>> Papai é Pop de Marcos Piangers pela Belas Letras (2015)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Típica Vaticana de Edições Loyola Jesuítas pela Edições Loyola Jesuítas (2000)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Revisada de Acordo Com o Texto... de Loyola pela Loyola (1999)
>>> Cem Anos de Solidão de Gabriel Gárcia Marquez pela : Record
>>> Biologia do Desenvolvimento de Scott F. Gilbert pela Sociedade Brasileira de Genéti (1994)
>>> Energia, Ambiente & Mídia - Qual é a Questão de Vânia Mattozo pela Ufsc (2005)
>>> Montando Estórias de Milton Neves pela Ibrasa (1996)
>>> Terra á Vista... e ao Longe de Maria Ignez Silveira Paulilo pela Daufsc (1998)
>>> Conhecendo Sua Coluna - Informações Científicas para o Leigo de Dr. Fernando Schmidt e Dr. Ernani Abreu (org.) pela Conceito (2004)
>>> Modernidade Com Ética de Cristovam Buarque pela Revan (1998)
>>> Metodologia do Ensino de Artes - Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2010)
>>> Vocabulário do Charadista - Volume 1 de Sylvio Alves pela Livraria Acadêmica
>>> Dissolução do Casamento de Valdemar P. da Luz pela Conceito (2007)
>>> Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2008)
>>> Guia Gladiadores 01 de Claudio Blanc (Editorial) pela On Line
>>> As Origens das Civilizações Arqueologia e História de Ruth Whitehouse John Wilkins pela Folio (2007)
>>> The Mobile Wave de Michael Saylor pela Vanguard Press (2012)
>>> Uma Breve História do Cristianismo de Geoffrey Blaine pela Fundamento (2012)
>>> O Livro dos Evangelhos de Emídio Silva Falcão Brasileiro pela Boa Nova (2006)
>>> Pablo Neruda Antologia General Edición Conmemorativa de Pablo Neruda pela Alfaguara (2010)
>>> A Luz da Vida de Dong Yu Lan pela Árvore da Vida (1999)
>>> VI Seminário de Estudos Mineiros A Revolução de 1930 de Bonifácio de Andrada e Outros pela Ufmg Proed (1987)
>>> O Texto na Sala de Aula de João Wanderley Geraldi e Outros pela Ática (2004)
>>> O Quilombismo de Abdias do Nascimento pela Vozes (1980)
>>> História da Burguesia Brasileira de Nelson Werneck Sodré pela Vozes (1983)
>>> O Método Estruturalista de Claude Lévis Strauss e Outros pela Zahar (1967)
>>> Prestes: Lutas e Autocríticas de Dênis de Moraes Francisco Viana pela Vozes (1982)
>>> Os Ratos de Dyonelio Machado pela Ática (1992)
>>> Os Sindicatos e o PTB Estudo de Um Caso em Minas Gerais de Maria Andréa Loyola pela Vozes (1980)
>>> Raças e Classes Sociais no Brasil de Octavio Ianni pela Civilização Brasileira (1972)
>>> Desenvolvimento das Áreas Marginais Latino Americanas de Dalton Daemon pela Vozes (1974)
>>> O Projeto Jari e os Capitais Estrangeiros na Amazônia de Irene Garrido Filha pela Vozes (1980)
>>> Compreensão e Finitude de Ernildo Stein pela Unijuí (2001)
>>> O Prazer da Produção Científica de Israel Belo de Azevedo pela Unimep (1998)
>>> Bumba Meu Boi no Maranhão de Américo Azevedo Neto pela Alumar (1997)
>>> Estudos Italianos no Brasil I de Instituto Italiano di Cultura pela Instituto Italiano di Cultura (1966)
>>> Guia de Viagem Portugal de Fiona Dunlop pela National Geographic (2008)
>>> O Evangelho Secreto da Virgem Maria de Santiago Martín pela Paulus
>>> Yoga da Sabedoria de Jnana Yoga pela Pensamento
>>> A Tomada da Ford O Nascimento de um Sindicato Livre de José Carlos Aguiar Brito pela Vozes (1983)
>>> Sociologia do Turismo de Jost Krippendorf pela Civilização Brasileira (1989)
>>> No Mundo da Lua Perguntas e Respostas de Paulo Mattos pela Lemos (2003)
>>> Rimas Baldias de Antonio Mazzetto pela Livro Azul (1908)
COLUNAS

Sexta-feira, 29/6/2007
História dos Estados Unidos
Rafael Rodrigues

+ de 15200 Acessos
+ 5 Comentário(s)

Foi com surpresa e satisfação que vi, na última remessa de livros que chegou aqui, História dos Estados Unidos — Das origens ao século XXI (Contexto, 2007, 288 págs.). Já havia visto o livro na internet e também na livraria aqui da cidade. Sabia que mais cedo ou mais tarde eu o teria em mãos, só não sabia que seria tão cedo.

Digo que sabia que o teria porque meu interesse por História, que já não era pouco, vem crescendo cada vez mais, nos últimos tempos. Cheguei até a prestar vestibular para História, antes de tentar Letras. Mas não fui aprovado, felizmente. Porque, mesmo gostando muito da matéria (ou do assunto, como preferir), minha prioridade é mesmo literatura. Mas, como na vida não se pode escapar de certas coisas, a literatura me trouxe até o Digestivo, que me trouxe este História dos Estados Unidos, e cá estou eu unindo o útil ao agradável: o meu interesse em História e o que gosto de fazer (escrever e recomendar livros).

História dos Estados Unidos foi escrito por quatro cabeças e levou dois anos para ser finalizado. Os autores são: Leandro Karnal, doutor em História Social pela USP; Sean Purdy, que é canadense, doutor em História pela Queen's University (do Canadá); Luiz Estevam Fernandes, mestre e doutorando em História Cultural pela Unicamp; e Marcus Vinícius de Morais, mestre em História Cultural pela Unicamp.

"Que país é esse? Que cultura engendrou? Por que seduz e irrita o planeta? Existe um típico norte-americano? Que processo histórico pode ter originado o american way of life e como é possível explicar tal concentração de riquezas?" são algumas das perguntas que os autores respondem no decorrer do livro. Para tanto, é necessário ir até as origens dos Estados Unidos da América e percorrer toda a sua história. Entender os Estados Unidos é, de certa forma, entender o mundo.

Os EUA exerce uma influência sem precedentes em todo o planeta. E em tudo. Cultura, sociedade, política, economia. Escritores japoneses escrevem livros recheados de referências norte-americanas. Bandas brasileiras tocam músicas que mais parecem covers adaptadas das músicas dos grupos americanos. O inglês é a segunda língua na maioria dos países do mundo. Como se tudo isso não bastasse, qualquer decisão política ou econômica tomada pelos políticos americanos afeta a economia e a política de todo o planeta. Mas essa influência não é recente. No século XVIII as idéias libertárias norte-americanas serviram de inspiração para o nosso Tiradentes e para o francês Robespierre.

O livro começa desmistificando uma daquelas lições que aprendemos na escola e que alguns carregam consigo como se fosse uma verdade absoluta: a de que só não somos uma nação rica e poderosa como os EUA porque a colonização feita por Portugal no Brasil foi de exploração, e a feita nos EUA, pelos ingleses, de povoamento. Uma questão tão complexa, a grande diferença social e econômica entre duas nações (poderia até dizer entre duas Américas, a do Norte e a do Sul), não poderia mesmo ser explicada de maneira tão simples e grosseira. Leandro Karnal, responsável pela primeira parte do livro, aponta, através de outros autores e suas respectivas explicações, outros motivos para essa desigualdade.

A religião, por exemplo, seria um desses motivos. Na América do Norte os colonizadores eram fiéis, em sua maioria, da Igreja Protestante, que prezava (ainda preza, ao que me consta) o trabalho e o poupar/guardar dinheiro. Já para a Igreja Católica, o objetivo era (e continua sendo, não?) a salvação da alma; "o progresso econômico era visto com desconfiança [pela Igreja Católica]".

Outra possível explicação para o rápido progresso deles e o nosso caminhar de tartaruga é o fato de as colônias sul-americanas terem se "organizado demais", devido ao Tratado de Tordesilhas e ao sistema das Capitanias (dedução minha). Nos EUA não houve tal organização. Sem essa "ordem", não havia tanta interferência da Inglaterra na frágil política norte-americana (frágil justamente por não ser organizada). Quando finalmente os norte-americanos resolveram se organizar e lutar pela sua independência, pouco puderam fazer os ingleses. Por isso a precoce independência, a primeira de todo o continente. Sem mais estarem presos aos ingleses, os EUA não tinha mais a quem prestar contas, daí sua rápida evolução. Bem diferente da nossa independência, que foi bancada financeiramente pela Inglaterra. Posteriormente, o Brasil tomou emprestado dos EUA o dinheiro para pagar os ingleses. Ao menos foi assim que aprendi a origem da nossa tão malfadada dívida externa.

Mas nem essas explicações, mais detalhadas e complexas, bastam para entendermos o crescimento espantoso dos EUA nos últimos dois séculos. Para chegarmos à raiz dos motivos que os levaram a se tornarem a potência que hoje são, Leandro Karnal vai até a Inglaterra moderna e mostra como a evolução britânica entre os séculos XVI e XVII refletiram nos EUA.

Ao contrário do que se pensa, não foi apenas a aristocracia inglesa que desembarcou nas terras que hoje são os Estados Unidos. Representantes do que costumamos chamar de "a escória da raça humana" também foram enviados para o "novo mundo". É lugar-comum dizer que os portugueses enviaram para o Brasil tudo o que de pior tinham por lá, e que a Inglaterra enviou para a América o que de melhor havia por lá. A verdade, nos dois casos, é que das metrópoles vieram boas e más pessoas, e não foram elas que determinaram o sucesso ou o fracasso das nações, mas sim um conjunto de fatores, alguns dos quais explicitados parágrafos acima.

História dos Estados Unidos passa pelas raízes inglesas, pelos conflitos internos que ocorreram nos EUA, pela luta pela independência, pelos "pais fundadores", pelo desenvolvimento e avanço dos EUA até chegar aos Estados Unidos da América do século XX. O século que revelou que a ferida do racismo ainda não cicatrizou, o século das duas Grandes Guerras Mundiais, da Guerra do Vietnã, da Guerra Fria, da globalização, do american way of life, do Watergate e muitos outros episódios e traços marcantes originados nos — ou que tiveram a participação dos — States.

Do mesmo jeito que é impossível conhecer a fundo a História de um país com a leitura de apenas um livro sobre ele, é impossível encerrar, com apenas uma resenha, todos os assuntos abordados em um livro. Mas tanto esta resenha de História dos Estados Unidos, para ele, quanto a obra, para a História dos EUA são, acredito eu, bons começos.

Para ir além






Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 29/6/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Que Podemos Desejar; ou: 'Hope' de Duanne Ribeiro
02. Srta Peregrine e suas crianças peculiares de Ricardo de Mattos
03. Eugène Delacroix, um quadro uma revolução de Jardel Dias Cavalcanti
04. Meus melhores livros de 2009 de Rafael Rodrigues
05. O Jabuti de Cristovão Tezza de Luiz Rebinski Junior


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2007
01. O óbvio ululante, de Nelson Rodrigues - 2/11/2007
02. O nome da morte - 16/2/2007
03. Os dois lados da cerca - 7/12/2007
04. História dos Estados Unidos - 29/6/2007
05. O homem que não gostava de beijos - 9/3/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
27/6/2007
08h52min
Para ajudar na compreensão dos valores protestantes vs. católicos, indico a leitura de "A ética protestante e o espírito do capitalismo" de Max Weber. Nesse tema está a causa do nosso assistencialismo exagerado. []s
[Leia outros Comentários de Emilio de Moura]
30/6/2007
01h51min
Beleza, Rafa. Esse livro é bom mesmo. Tem algumas características no protestantismo que são fogo: leitura (da bíblia), a consequente alfabetização precoce e a fé no trabalho, na sobriedade, na economia de gastos e na vida regrada. Um país formado nessa base não é brincadeira. Outra coisa é que na Inglaterra vigorava, praticamente, um sistema de "castas" sociais. Os peregrinos ingleses, exilados permanentemente no novo mundo, acabaram com isso imediatamente: aqui não tem nobre, senhor ou hierarquia nobiliárquica. Aqui vale o homem que trabalha. Cumpriram esses princípios, na medida do possível, claro. No Brasil, nunca foi assim. Não houve nem a intenção. Ótima resenha, abraços.
[Leia outros Comentários de Guga Schultze]
30/6/2007
14h12min
A opulência ianque remonta à colonização: O puritano, com sua ética, valoriza o lucro, o trabalho e a riqueza (esta, um sinal da predestinação). Tudo bem diferente da ética católica. Weber percebe a relação entre a Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, explicando, aliás, por que os países ibéricos ficaram pobres: esbanjando seus metais preciosos e expulsando os judeus. As atividades na Nova Inglaterra (Peq. Propr. familiar, manufaturas nas cidades)criam um mercado interno e um comércio externo (com a África e com as Antilhas). A indústria, ajudada pelo ferro e carvão, e pelo litoral (escoamento da produção) se consolida. Inexistia ouro e prata e a produção agrícola parecia com a da Inglaterra (daí a frouxidão colonial desta). Essa foi “a dita da desgraça” (Galeano), q o Caribe não teve. Quando a burguesia local passa a rivalizar com a da metrópole e esta ensaia um arrocho colonial, ocorre a emancipação. Das 2 Grandes Guerras, surge uma superpotência. E o "American way of life" vai se globalizando...
[Leia outros Comentários de Pedro Cordeiro]
10/7/2007
10h07min
Fiquei deveras impressionado com o que li, percebi a quande diferença de um pais descoberto por cristãos e o brasil descoberto por católicos, quantas diferenças. Parabens a Rafael Rodrigues pela materia.
[Leia outros Comentários de Hélio Machado]
11/7/2007
14h07min
Estava no computador (momento raro nesses últimos dias) e resolvi dar uma passada no "seu" site. Parabéns! Adorei! Acho até que vou comprar o livro. Rs. Bjos. Até.
[Leia outros Comentários de Mayra Ferreira]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O CÉU ESTÁ CAINDO
SIDNEY SHELDON
RECORD
(2000)
R$ 15,00



A PRIMEIRA REPORTAGEM - SÉRIE VAGA LUME
SYLVIO PEREIRA
ÁTICA
(1986)
R$ 10,50



AS IMAGENS E OS VITRAIS DA IGREJA DA SANTÍSSIMA TRINDADE
PE. QUERUBIM ARTIGUE A. A.
PARÓQUIA SANTÍSSIMA TRINDADE
(1979)
R$ 28,00
+ frete grátis



DIREITO DAS OBRIGAÇÕES
ARNALDO RIZZARDO
FORENSE
(1999)
R$ 39,90
+ frete grátis



ANÁLISE LITERÁRIA
RAÚL H. CASTAGNINO
MESTRE JOU
(1968)
R$ 11,00



O SAGRADO MANDATO
ANTONIO DEMARCHI
LUMEN
(2002)
R$ 8,00



LES GUIDES BLEUS
DENISE BERNARD-FOLLIOT
HACHETTE
(1980)
R$ 90,00



ÁGUA PARA AS VISITAS
MARINA MORAES
REALEJO
R$ 54,90



SAGARANA
JOÃO GUIMARÃES ROSA
NOVA FRONTEIRA
(1982)
R$ 50,00
+ frete grátis



NAEMA, A BRUXA
WERA KRIJANOWSKAIA
LAKE
(1995)
R$ 12,00





busca | avançada
35423 visitas/dia
1,3 milhão/mês