Baco está vivo e faz 4000 anos | Rafael Lima | Digestivo Cultural

busca | avançada
37300 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 5/3/2001
Baco está vivo e faz 4000 anos
Rafael Lima

+ de 5200 Acessos

Na quarta capa do livro "Quatro Peças de Tema Grego" está escrito, bem nos moldes das edições da José Olympio daquela época: "Gregos com alma carioca invadem o teatro". O livro é uma coletânea de peças de Guilherme de Figueredo, entre as quais se destaca "Um Deus Dormiu Lá em Casa", texto mundialmente traduzido, encenado no Kremlim e na China, que transformou Mariinha Portocarrero em Tônia Carrero e provou a Paulo Autran que ter largado o Direito tinha sido uma opção correta. De tudo isso eu sabia quando abri o livro. O que eu não sabia é que já na década de 40 havia alguém emprestando bossa aos mitos gregos, ao juntar elementos clássicos e modernos.

Eddie CampbellAchava que era absolutamente original a idéia de Eddie Campbell, ao resgatar o deus grego Dionísio, Baco para os romanos, em inglês Bacchus, para protagonizar suas histórias em quadrinhos. Neil Gaiman já tinha utilizado divindades de um sem número de mitologias em Sandman, e ainda que as tratasse como pessoas normais, sempre deixava uma aura de reverência pairando sobre cada um deles. Inclusive porque ninguém vai se meter a bancar o engraçadinho com alguém que dispara raios de energia pelos dedos. Stan Lee, na década de 60, tinha trazido toda a família nórdica para a Marvel, transformando Thor, Loki e outro chifrudos em super-heróis, com uma linguagem teatral muito inusitada para algo tão pop como quadrinhos. Mas nenhum deles conseguira alcançar o equilíbrio de Eddie, ao retratar aqueles outrora tão poderosos seres, agora envelhecidos, decadentes, humilhados. Humanos.

Bacchus by Campbell

Na primeira página da primeira história de Bacchus, um meliante dialoga com um velho imenso trajado como um velho lobo do mar, de quepe e tudo, com uma quantidade imensa de rugas - pense no rosto do Marlon Brando de Apocalipse Now! rasgado pelo vento e pelas marés -, vizinho seu de cela na cadeia: "Por que cê veio parar aqui, ô coroa?" "Bebedeira e baderna" "Ha ha ha....Você parece velho o bastante para saber como é" "4000 anos chegam?" "Qual é o seu nome, falando nisso?" "Baco, o deus do vinho" "Vocês deuses não eram imortais?" "É mesmo" "Então como é que você ficou tão acabado assim" "Muito vinho, mulheres e música".

Joe TheseusNas próximas páginas o leitor descobre que apenas alguns dos então nobres heróis e deuses gregos (Hermes, Teseu, ou melhor, Joe Theseus) ainda estão vivos - não é por acaso que o título é Imortalidade Não é para Sempre - e sofrem as conseqüências de querelas e mal-entendidos começados há 4000 anos. Exatamente essas rixas primordiais, além de lendas e desencontros clássicos são inseridos em flashbacks onde se conta, por exemplo, como Zeus perdeu todo seu poder para The Eyeball Kid, um ser de 10 pares de olhos, filho de Argus, o monstro de 1000 olhos, que seguiu uma carreira de fora-da-lei ao longo da História, ganhando esse codinome no Velho Oeste.

Eyeball KidAs duas primeiras histórias (Imortalidade... e Os Deuses dos Negócios), além de definir um background para os personagens principais, fazendo uma verdadeira limpa, conjugam com talento mitos clássicos e sequestros de avião, problemas conjugais e filosofia, EyeBall Kid e Joe Theseus, equilibrando diálogos e cenas de ação no que provavelmente é o estilo de narrativa mais fluente nos quadrinhos de hoje. Particularmente especial é o uso das splash pages - aquelas páginas inteiramente ocupadas por um único quadrinho - seja em cenas de briga, quando a revista parece tremer nas mãos com o estrondo dos murros, seja num comovente recurso narrativo, quando após se jogar ao mar, desgostoso, Theseus ouve uma voz ao fundo lembrando-lhe de sua origem divina, e vira-se, deparando-se com a imensa imagem de Netuno a lhe proteger: "Poseidon, my father, god of all the seas!". Um deslumbre.

Essa mistura de ação e filosofia é posta de lado por Eddie nas histórias seguintes, depois de gastar algumas páginas contando o que teria acontecido com o seu elenco após o reencontro. Parte da graça aqui é observar as experimentações de técnica e estilo: do nanquim puro para retículas, passeando pela colagem; uma história inteira inspirada nos moldes de apelo visual da Image Comics. Mas o filé está mesmo em Doing the Islands e 1001 Nights of Bacchus.

A primeira se resume a um passeio pelas ilhas gregas de Bacchus e Simpson, professor de História e fiel escudeiro, onde Bacchus relembra passagens marcantes de sua vida, teoriza sobre a colheita da uva, e joga conversa fora. A segunda, parte de uma britânica aposta: os fregueses de um pub protestam quando toca o sino da última rodada, alegando que o próprio deus do vinho, emburrado, como de costume, num canto, não deveria ser contrariado. O barman topa permanecer soltando a cerveja enquanto eles conseguirem manter Bacchus acordado narrando histórias. É o mote para a melhor sequência de histórias de bar já vista, onde se recria o ambiente etílico com a mesma verve de um conto do Veríssimo, com a mesma naturalidade de uma novela do Bukowski.

O mais interessante é que depois de uma dúzia de histórias longas, Eddie Campbell parece ter se dado por satisfeito e abandonou os personagens gregos. Abandonou até os fictícios - mesmo Alec MacGarry, seu alter ego nos quadrinhos, e toda a trupe do pub King Canute, recordações proustianas dos tempos de iniciante, quando trabalhava cortando chapas de aço com uma guilhotina, foram postos de lado. A crônica passa a ser o tom, e assim somos convidados a penetrar na intimidade da família Campbell, conhecer seus filhos, entender os problemas de se levar um estúdio de quadrinhos dentro de casa, enfim, fortalecer a típica cumplicidade leitor-autor.

É hilariante, por exemplo, o choque entre o fleuma anglo-saxão de Eddie e a descontração ibérica na visita a convenções de quadrinhos espanholas. "Nada funciona na Espanha" tem um começo antológico: "A esteira das malas no aeroporto demora horas para começar a funcionar. Quando finalmente se decide, a primeira coisa que aparece é um tubo de xampu." Todo o processo de venda dos direitos de From Hell, graphic novel de 600 páginas sobre os crimes de Jack o Estripador, para Hollywood também aparece devidamente registrado sob a ótica particular do autor. Até aquela vez em que ele esqueceu um lápis quando tinha ido fazer um bico como desenhista de tribunal rende uma boa piada.

Eddie Campbell Eddie Campbell's Bacchus é auto-publicado todo mês, com aproximadamente 50% de material novo, 25% republicações de coisas antigas e 25% de amigos. No final de 99 saiu a edição completa de From Hell, em parceria com Alan Moore, depois de quase 10 anos e 2 editoras. Um filme da Touchstone está sendo produzido com Johnny Deep e Heater Graham. Portanto, quando o filme estreiar nos cinemas, não bronqueie com a açucarada que a Disney deu na violência ou com alguma incongruência do roteiro. Melhor pensar no cheque que comprou a casa nova na Austrália onde a família Campbell reside e de onde Eddie gera suas deliciosas histórias todo mês.


Rafael Lima
Rio de Janeiro, 5/3/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Os Doze Trabalhos de Mónika. 6. Nas Asas da Panair de Heloisa Pait
02. As histórias magras de Rubem Fonseca de Cassionei Niches Petry
03. Quem é o abutre de Marta Barcellos
04. O cão da meia-noite de Gian Danton
05. Cavaleiros e o Inexplicável de Duanne Ribeiro


Mais Rafael Lima
Mais Acessadas de Rafael Lima em 2001
01. Charge, Cartum e Caricatura - 23/10/2001
02. A diferença entre baixa cultura e alta cultura - 24/7/2001
03. Sobre o ato de fumar - 7/5/2001
04. Um álbum que eu queria ter feito - 6/11/2001
05. Vendem-se explicações do Planeta dos Macacos - 4/9/2001


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CORPUS HERMETICUM - DISCURSO DE INICIAÇÃO
HERMES TRISMEGISTOS
HEMUS
(1983)
R$ 120,00



A WORLD LIT ONLY BY FIRE
WILLIAM MANCHESTER
LITTLE BROWN
(1992)
R$ 44,61
+ frete grátis



O RENASCIMENTO
AFONSO ARINOS DE MELO FRANCO E OUTROS
AGIR
(1978)
R$ 14,00



O GOLPE DE UM BILHÃO DE DOLARES
PAUL E. ERDMAN
CÍRCULO DO LIVRO
R$ 8,00



PERTINI SI PERTINI NO
LIVIO ZANETTI
FELTRINELLI
(1985)
R$ 70,00



INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA
DAVID A. STATT
HARBRA
(1986)
R$ 10,00



SELEÇÕES DO READERS DIGEST DE OUTUBRO DE 1976
IVO BARROSO (EDITOR CHEFE)
SELEÇÕES DO READERS DIGEST
(1976)
R$ 7,00



O ENSINO NA ESCOLA
MICHEL SAINT ONGE
LOYOLA
(1999)
R$ 23,00



COMO FALAR EM PÚBLICO E INFLUENCIAR PESSOAS NO MUNDO DOS NEGÓCIOS
DALE CARNEGIE
RECORD
R$ 16,56



NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS
VARIOS
VOZES
R$ 5,36





busca | avançada
37300 visitas/dia
1,3 milhão/mês