Conto do café | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
71184 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Primeiro Roteiro
>>> Festival Cine Inclusão abre inscrições de curtas-metragens com o tema terceira idade
>>> Musical Guerra de Papel estreia dia 3 de setembro no Teatro Viradalata
>>> Monólogo Te Falo com Amor e Ira de Branca Messina ganha nova temporada
>>> Performer e dançarina Morgana Apuama apresenta a obra 'Risko'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poesia como Flânerie, Trilogia de Jovino Machado
>>> O mundo é pequeno demais para nós dois
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> O cheiro da terra
>>> Vivendo o meu viver
>>> Secundário, derradeiro
>>> Caminhemos
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A internet e o amor virtual
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Outra Praia, de Swami Jr.
>>> Minha formatura
>>> Sultão & Bonifácio, parte II
>>> O enigma de Lindonéia
>>> Paisagens Originais & Detalhes De Um Pôr do Sol
>>> Modernismo e Modernidade
>>> A extraordinária Nina
>>> Pensamentos & Pedidos
Mais Recentes
>>> Dark City Jogo de Gustavo Barreto pela Funbox (2021)
>>> Naruto Guia Oficial de Personagens o Livro Secreto da Formação de Masashi Kishimoto pela Panini (2021)
>>> O Pistoleiro a Torre Negra Vol I de Stephen King pela Objetiva (2004)
>>> Gabriela Cravo e Canela de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> Abc de Castro Alves de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> O Que as Mulheres Querem ? de Paco Underhill pela Campus (2010)
>>> Dona Flor e Seus Dois Maridos de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> Historia da criação do ensino superior no Acre de Áulio Gélio Alves de Souza pela Thesaurus (2006)
>>> O Mundo Fantástico dos Bonecos de Claudia Zarvos Consultoria e Design pela Sesc (2010)
>>> Médico de homens e de almas - a história de São Lucas de Taylor Caldwell pela Record (2018)
>>> Corpo Fala: A Linguagem Silenciosa Da Comunicação Não Verbal de Vozes pela Vozes (2021)
>>> Correio Fraterno de Feb pela Feb (2021)
>>> Um Longo Caminho para Casa de Danielle Steel pela Record Altaya (2001)
>>> Corrida Da Vida de Leader pela Leader (2021)
>>> Fora de Ordem de Woody Allen pela Agir (2007)
>>> A Ilusão de Scorpio de Robert Ludlum pela Rocco (1995)
>>> Cortázar de Dsop pela Dsop (2021)
>>> Cotidianos Educacionais de Autografia pela Autografia (2021)
>>> Falou e Disse de Francisco Cândido Xavier - Augusto Cezar Neto pela Geem (1978)
>>> Crepúsculo de Intrínseca pela Intrínseca (2021)
>>> Crepúsculo - Serie Branca de Intrínseca pela Intrínseca (2021)
>>> Criando Adolescentes de Fundamento pela Fundamento (2021)
>>> Garoto Linha Dura de Stanislaw Ponte Preta pela Círculo do Livro
>>> Criando Aulas Multimídia Com Visual Class de Giz pela Giz (2021)
>>> Criando moda de Ciranda Cultural pela Ciranda Cultural (2021)
COLUNAS

Quinta-feira, 29/5/2008
Conto do café
Elisa Andrade Buzzo

+ de 3000 Acessos


foto: Sissy Eiko

Vocês já têm em casa alguma máquina de café expresso ou cafeteira tradicional? Não? Nada? Então vivem à base de chá? Nem isso?! Bom... Em primeiro lugar, o que vocês esperam de uma máquina? Algo completamente automático, que prepare café, cappuccino, felicidade ou basicamente um expresso de qualidade?

(Olhe nos meus olhos, são castanhos e profundos, meus cílios são negros e meigos; consegue ver se sou sincero ou apenas bem treinado?)

Nada mal o atendimento pra quem entra como cachorro magro e acaba como convidado cinco estrelas. Lá, onde o principal produto vinha, ironicamente, de seu país num aroma reascendendo à colônia. E onde nada se toma nem bebe, mas degustam os membros do clube.

Era difícil se lembrar da origem de todo aquele artefato. Reles grãos, obra primária da natureza transformada em gota metalizada, industrializada ao gosto europeu. O astro norte-americano, garoto-propaganda da marca, sorri imóvel, agradando tanto aos homens, por seu maxilar firme, quanto às mulheres, por seu olhar adocicado. Que tal um pezinho da leguminosa na decoração? Nada. Somente gotas e mais gotas caindo do teto e inundando o vazio.

Essa máquina, assim como todas da outra linha, é dotada da mais alta tecnologia. Aproximem-se! O procedimento de preparo da sua bebida é muito simples, senhorita, pode testar, isso mesmo. Levante a alavanca, coloque delicadamente a cápsula ― ela se acopla com firmeza ― agora feche e aperte o botãozinho da medida de café que desejar. Isso foi só um treino, hein? Como foi? Fácil, não? Vocês pensam em efetuar a compra hoje mesmo? Excelente, querem fazer uma degustação enquanto pensam no modelo que vão levar? Por aqui...

(Agora eu os deixo, perdidos em seus pensamentos, numa conversa franca, coisa que não poderá haver comigo ao seu lado, já que posso atrapalhar o momento de reflexão da compra.)

Onipresentes, as cápsulas, brotos multicoloridos escorrendo das estantes, decorando as paredes e metidas dentro de diversas embalagens. Praticamente tudo está à venda com o aval da marca, da bandeja à colher, do pano de prato ao petit four. Pequenas filas se formam nas bancadas de madeira. Uma profusão de cores, gotas, sofisticação, que pode ser levada para casa por um preço abaixo daquele praticado no mercado.

O vendedor se dirije aos fundos da loja, abre um armário, pergunta qual tipo de bebida preferem ― fraca, forte, encorpada, suave... ― e sorteia duas jóias reluzentes dentro de uma caixa de papelão. Os próprios clientes vão prepará-la, passo a passo, diante do olhar atento do professor. A mágica é produzida em poucos segundos. Um ruído corta o ambiente, logo após um cheirinho de café da mamãe sobe no ar enquanto o caldo vai pingando para dentro da xícara. Depois, abrem um tubinho de açúcar de beterraba, as partículas escorregam tão rápido quanto seus pensamentos. E é neste ritual que discutem numa língua estranha, agora não tem mais volta, o clube os espera, tomara que seja bom, e sorvem algo marrom, indefinido, cor-de-burro-quando-foge. Agora podem observar o que antes ficava ocultado pela vitrine, mas são embebidos pela bebida num fascínio de luzes e sensações vibrantes. Poderiam até dançar abraçados naquele castelo quente de ilusão, não fosse...

E então? Gostaram do café? A gama de sabores é muito ampla, chegando até o descafeinado... Além da variedade permanente de expressos e longos. O novo sabor desta temporada é este aqui, a cor da cápsula é a mesma, aliás, da minha gravata e da echarpe das vendedoras, lilás suave, como vocês podem ver. Já escolheram o modelo que vão levar? É, eu sei, são todos apaixonantes, mas tem que escolher um só! Ah, sim, estão em dúvida entre a cor piano e o novo modelo futurista? Venham dar uma olhadinha de novo pra chegarem a um consenso.

(Só estou fazendo o meu trabalho, vocês querem comprar e eu quero vender da melhor maneira, que mal haveria nisso?)

O seleto clube, mesmo que sem poltronas ou quadras de tênis, proporciona um mergulho diário numa piscina psicodélica e para tanto, é claro, a compra ilimitada das cápsulas refrescantes. Além do acesso aos novos sabores exclusivos, o que mais seria? Engrossar as fileiras de consumidores que saem da loja nesta grande avenida, com suas sacolinhas de papel pardo sacolejando entre os dedos, repletas de pérolas. Daqui a pouco começa o amargor na boca, o azedume no tubo digestivo corroído.

A partir desta compra, vocês podem levar também este mostruário exclusivo mais esta caixa contendo todos os sabores com uma redução significativa de preço. Dá pra mostrar aos amigos na hora de escolher o que tomar, não é chique? Ótimo! O conjunto de xícaras também sai com uma redução de 10%. Tudo bem. Também queria avisá-los que esta máquina que vocês estão levando hoje sofrerá uma redução de 50 euros na semana que vem. Mas vou fazer pra vocês este desconto mesmo assim, ok? Não poderia fazer, mas vou. De nada. A maletinha de transporte fica para uma próxima?


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 29/5/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. De fato e de ficção de Fabio Silvestre Cardoso


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2008
01. Como era gostoso assistir à Sex and the City - 26/6/2008
02. Oiti - 20/11/2008
03. Chicas de Bolsillo e o fetiche editorial - 13/3/2008
04. Da indústria do sabor e do desgosto - 2/10/2008
05. No chão em que você pisa com seu salto agulha - 28/2/2008


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Homem do Chapeu Vermelho
Hervé Guibert
Jose Olympio
(1992)



Mediunidade e Caminho
Carlos A. Baccelli
Ide
(2008)



Peripheral Vascular Disease
Alvaro Alonso / David D. Mcmanus
Jones and Bartlett



A History of Education in American Culture
R Freeman Butts/lawrence a Cremin
Henry Holt and Company
(1954)



Os Humanos - 1ªedição
Matt Haig
Jangada
(2016)



Para Ter um Bom Dia Hoje e Amanhã
Israel Belo de Azevedo
Hagnos
(2010)



Kalusha
Bruno Cattoni
7 Letras
(2002)



Pontes Brasileiras Viadutos e Passarelas Notaveis
Augusto Carlos de Vasconcelos
Pini
(1993)



Hp 12 C Owners Handbook and Problem Solving Guide
Hewlett Packard
Hp
(1982)



O curioso caso de Benjamin Button
Francis Scott Fitzgerald
Folha de S. Paulo
(2016)





busca | avançada
71184 visitas/dia
2,6 milhões/mês