Choque de realidade no cinema | Débora Carvalho | Digestivo Cultural

busca | avançada
59441 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Clube do Disco - Clube da Esquina
>>> MONSTRA exibe filmes feitos por e com crianças nos dias 25 e 26/5
>>> Tão Somente Meninos
>>> Festa junina no Teatro do Incêndio busca continuidade do projeto SOL.TE
>>> Céu se apresenta no Sesc Guarulhos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
Colunistas
Últimos Posts
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
>>> Como declarar ações no IR
Últimos Posts
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
>>> Sexta-feira santa de Jesus Cristo.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Tecnologia de Minority Report
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Do Surrealismo
>>> Milagres não existem
>>> Valsinha
>>> Sobre o caso Idelber Avelar
>>> Uma gafieira, pintura digital
>>> As drogas fazem você virar os seus pais
>>> Dave Brubeck Quartet 1964
>>> O Conto do Amor, de Contardo Calligaris
Mais Recentes
>>> Guia do Estressado de Rosana Ferrão pela Aeroplano
>>> A Arte da Guerra de James Clavel pela Record (2002)
>>> Poesia na Varanda de Sonia Junqueira; Flavio Fargas pela Autêntica (2012)
>>> A Falta Que Ela Me Faz de Fernando Sabino pela Record
>>> Quem Manda na Minha Boca Sou Eu! de Ruth Rocha pela Ática (2007)
>>> Propósito - a Coragem de Ser Quem Samos de Sri Prem Baba pela Sextante (2016)
>>> O Inglês; Tal Qual Se Fala no Presente sem Auxílio de Professor de M. Oliveira Malta pela Cia. Brasil (1960)
>>> Medicina Alternativa de A a Z de Carlos Nascimento Spethmann pela Natureza (2004)
>>> Administração Estratégica 2 Edição de Varios pela Pearson (2005)
>>> O Vaqueano de Apolinário Porto Alegre pela Três (1973)
>>> A Casa Iluminada de Alessandro Thomé pela Benvira (2012)
>>> Medicina Alternativa de a a Z - 6ª Edição de Carlos Nascimento Spethmann pela Natureza (2004)
>>> O Poder de Mau Humor de Ruy Castro pela Companhia das Letras (1993)
>>> O Amanha Começa Hoje de Alf Lohne; Charlote F. Lessa; Eduardo Olszewski pela Cpb Didaticos (2013)
>>> 21 Days to the Perfect Dog de Karen Wild pela Hamlyn (2014)
>>> Ligados. Com Ciencias - 3º Ano de Maira Rosa Carnevalle pela Saraiva Didáticos (2015)
>>> Depois Que Vim a Saber... de Elifas Alves pela Teatro Espírita (1983)
>>> Sherlock Holmes - O Vale do Medo de Arthur Conan Doyle pela Principis (2019)
>>> Instalações Elétricas de Hélio Crede pela Ltc (1986)
>>> Mensagens do Vento de Aldo Saettone pela Clio (2008)
>>> O Gerente Que Veio do Céu de Floriano Serra pela Gente (2000)
>>> Gramática Texto Análise e Construção de Sentido Caderno de Estudo de Maria Luiza M. Abaurre pela Moderna (2011)
>>> O Sentido da Vida na Catequese de Isabel Cristina a Siqueira pela Paulus (2014)
>>> Quando é Preciso Ser Forte de De Rose pela Egrégora (2005)
>>> Flores de Kalocsa de Vários Autores pela GyÖrgyi (1984)
COLUNAS

Terça-feira, 23/2/2010
Choque de realidade no cinema
Débora Carvalho

+ de 19100 Acessos
+ 1 Comentário(s)


Um olhar do paraíso

Ontem saí do cinema deprimida. Dormi preocupada. Acordei em pânico. Na verdade, não queria acordar. Estava triste demais, e com medo; apavorada porque em alguns meses serei responsável pela vida de uma garotinha que está pra nascer ― de mim. E ela vai viver num mundo cheio de coisas maravilhosas, mas também do oposto disso. Até então, estava vislumbrando apenas um mundo maravilhoso para minha pequena. Alimentação balanceada e naturalista, como condicionar o sono na hora certa, qual o estilo de roupa para cada fase (para que ela seja estilosa e fofa), que palavras do meu vocabulário preciso tirar, como viver com no máximo duas horas de televisão por dia, e como adequar minha inspiração para escrever enquanto ela estiver dormindo.

Então, ontem à noite, fomos comer algo não-saldável e assistir a um filme. As opções eram poucas. Escolhemos pelo nome e horário da sessão. Algo light: Um olhar do paraíso.

― Deve ser algum daqueles romances melosos ― disse pra galera.

Foi uma inferência equivocada. Eu nem tinha assistido ao trailer. No cartaz só tinha o título e a imagem era linda. Mas algumas pessoas foram embora no meio do sessão. Acho que não suportaram o choque de realidade.



Minha neura, agora, é: como livrar minha filha de pessoas más. Como ensinar uma criança a desconfiar de pessoas conhecidas? Como ensinar que não pode confiar em ninguém, mesmo que seja vizinho, ou até mesmo parente? Como explicar que existem pedófilos, estupradores e assassinos?

A história de Susie Salmon, interpretada por Saoirse Ronan, é de extrema importância. O tema incomoda. Choca. Aterroriza. Mas, infelizmente, é algo real, que acontece todos os dias bem debaixo do nosso nariz. É preciso falar sobre o assunto para que não continue um tabu da nossa cultura familiar. Quebrar o silêncio pode salvar a vida de muitas crianças. Elas precisam ser ensinadas a dizer não.

É algo extremamente difícil, porque nós, os pais, preferimos ― e é compreensível ― manter a inocência, a ingenuidade da criança intacta, longe de ser contaminada pela maldade do mundo. E eu me pergunto: diante dessa triste realidade, a pureza pode matar e o conhecimento do mal pode salvar? Eu não sei. Estou neurótica e aflita tentando descobrir. Mas depois de conhecer a história de Susie Salmon, não consigo conceber a ideia de que vou colocar alguém no mesmo mundo em que vive outro alguém que possa fazer qualquer tipo de mal à minha pequena. Não consigo pensar numa estratégia de proteção, nem numa pedagogia adequada para ensiná-la a se proteger.

O filme é um tanto surreal, com uma história real. O tal "olhar" do paraíso é o da garota após a sua morte, antes de "fazer a passagem para o Céu". Espiritualidade à parte, o choque de realidade é grande. Até porque o espectador deseja profundamente que o assassino seja pego e sofra ao menos um pouquinho por todas as garotinhas que violentou e assassinou. A crise na família, a sede de vingança, a saudade dos pais e dos irmãos, e finalmente seguir em frente. Essa é uma experiência pela qual não quero passar jamais ― e desejo que nenhuma família tenha que atravessar uma situação dessas. Bom seria que o próprio assunto não existisse. Mas ele existe. E, de alguma forma, precisamos descobrir como avisar nossos pequenos, porque pode ser que um "não" salve suas vidas.

Não acho que seria legal contar o filme, mas posso adiantar que vale a pena conferir mais de uma vez o drama Um olhar do paraíso (The Lovely Bones), dirigido por Peter Jackson, baseado no best-seller de Alice Sebold, com atuação fantástica da protagonista. A fotografia é muito bonita, com efeitos especiais pra ninguém botar defeito. A trilha sonora também é perfeita, na medida exata para cada cena. O roteiro é inteligente, fácil de entender, envolvente sem sensacionalismo. Mesmo com um tema tão chocante, as cenas são bastante ponderadas ― sem violência ―, o que permite que os mais jovens também assistam. Inclusive, pode ser interessante mostrar o filme a juvenis e adolescentes que não suportam a preocupação dos pais e acham que nunca nada de mal vai acontecer com eles ― como eu também já achei.


Débora Carvalho
São Paulo, 23/2/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Lembrança de Plínio Zalewski de Celso A. Uequed Pitol
02. A cabeleira do Zezé não significa que ele é de Adriana Baggio


Mais Débora Carvalho
Mais Acessadas de Débora Carvalho em 2010
01. Choque de realidade no cinema - 23/2/2010
02. Por que comemorar o dia das mães? - 4/5/2010
03. Metade da laranja ou tampa da panela? - 13/7/2010
04. Orgasmo ao avesso - 22/6/2010
05. Desperte seu lado Henry Ford - 17/8/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
24/2/2010
14h57min
Ótimo texto. Transparece a realidade que todos vivem. Queremos ser inocentes, sem a malícia que rodeia as mentes deturpadas, mas precisamos conhecer a maldade (conhecer e, não, praticar) para poder ao menos nos defender dela. Seu bebê infelizmente vai nascer nesse contexto, porém uma mãe, com tão ampla visão, com certeza vai encontrar a forma mais sábia para educar no caminho correto o seu filho.
[Leia outros Comentários de Evelyn Cusnier Telo]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Um Vestido Perigoso
Julia Holden
Arx
(2007)



Guerreiros de Roma - Rei dos Reis - Vol 2
Harry Sidebottom
Record
(2016)



Talassoterapia Em Casa
Angelika Eder
Pensamento
(2010)



Resumo da Doutrina Cristã
Pe. Oswaldo Baldan
Franciscana
(1973)



El Alma y las Formas y La Teoría de La Novela
Georg Lukács
Grijalbo
(1975)



Como Fazer Inimigos e Alienar Pessoas
Toby Young
Record
(2004)



Paço Imperial - roteiro para visita histórica
Diversos colaboradores
Revista do Patrimônio histórico
(1995)



Friends Forever
Friends Forever (pvt) Ltd
Call & Service Center



El Bosque de Espadas
Eric Lustbader
Atlantida
(1994)



Os últimos lagídios
Helaine Coutinho Sabbadini
Boa Nova
(2006)





busca | avançada
59441 visitas/dia
1,8 milhão/mês