Duas escritoras contemporâneas | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
31843 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cinema é filosofia
>>> Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
>>> Mulher no comando do país! E agora?
>>> YouTube, lá vou eu
>>> YouTube, lá vou eu
>>> Bar azul - a fotografia de Luiz Braga
>>> Eu + Você = ?
>>> Virtudes e pecados (lavoura arcaica)
>>> Pela estrada afora
>>> A vida sem computador
Mais Recentes
>>> Coleção Os Pensadores de Vários pela Abril Cultural (1973)
>>> Passando a Limpo: a Trajetória de um Farsante: História Completa... de Pedro Collor de Mello/ Coord. Dora Kramer pela Record (1993)
>>> Passando a Limpo: a Trajetória de um Farsante: História Completa... de Pedro Collor de Mello/ Coord. Dora Kramer pela Record (1993)
>>> Um Diplomata da Regeneração - O 1º Conde de Villa Franca do Campo de Fernando Abecassis pela Tribuna da Historia (2007)
>>> Inspeção do Trabalho de Nelson Mannrich pela LTr (1991)
>>> Jurupari - Estudos de Mitologia Brasileira de Silvia Maria S. de Carvalho pela Ática (1979)
>>> Sport in the 21st Century de John Mehaffey & Reuters pela Thames & Hudson (2007)
>>> Matemática para economistas de Alpha Chiang pela Unesp (1982)
>>> Memórias do cárcere 3º volume Colônia Correlaccional de Graciliano Ramos pela José Olympio (1954)
>>> As hortaliças na medicina doméstica de A. Balbach pela Edel
>>> Caderno de teses vol.2 28ºCongresso Nacional procuradores Estado de Helena Maria Silva Coelho pela Metropole industria gráfica ltda (2002)
>>> Casais Inteligentes Enriquecem Juntos de Gustavo Cerbasi pela Gente/ SP. (2004)
>>> Ordem Juridico-econômica e trabalho de Ricardo Antonio Lucas Camargo pela Sergio antonio fabris (1998)
>>> Capo Verde. Una storia lunga dieci isole de Marzio Marzot & Maria de Lourdes de Jesus et alii pela D'Anselmi (1989)
>>> Investimentos Inteligentes: Para Conquistar e Multiplicar o seu Primeiro Milhão de Gustavo Cerbasi pela Thomas Nelson do Brasil (2008)
>>> Esquecidos e Renascidos - Historiografia Acadêmica Luso-americana de Iris Kantor pela Hucitec (2004)
>>> Nova York anos 40 de Andreas Feininger pela Museu Lazar Segall (2011)
>>> O Intelectual e o Poder de Eduardo Portella pela Tempo Brasileiro/ RJ. (1983)
>>> Indivíduo e Cosmos na Filosofia do Renascimento de Ernest Cassirer pela Martins Fontes (2001)
>>> Fundamentos Culturales de Civilizacion Industrial de John U. Nef pela Editorial Paidós/ Buenos Aires (1964)
>>> Noções Preliminares de Direito Previdenciário de Wagner Balera pela Quartier Latin (2004)
>>> Salvador Negro Amor de Sérgio Guerra pela Maianga (2007)
>>> Ensaios de Biologia Social - Encadernado de Josué de Castro pela Brasiliense/ SP (1957)
>>> A imprensa na História do Brasil & Fotojornalismo no século XX de Oswaldo Munteal & Larissa Grandi pela Desiderata/PUC (2005)
>>> Roteiro de Macunaíma (Encadernação de Luxo) de M. Cavalcanti Proença/ Autografado pela Ahembi/ SP. (1955)
>>> Alferes Teófilo Olegário de Brito Guerra -Um Memorialista Esquecido de Raimundo Soares de Brito pela Coleção Mossoroense (1980)
>>> HQ Os Grandes Inimigos do Mandrake Nº 2 + A Volta do Camelo de Barro de Lee Falk pela Globo (1989)
>>> Lugar de Fala de Djamila Ribeiro pela Polen (2019)
>>> Administração Financeira Internacional de David K. Eiteman, ArthurStonehill, e Michael Moffett pela Bookman (2002)
>>> HQ Os Grandes Inimigos do Mandrake Nº 1 + o Retorno do Cobra de Lee Falk pela Ebal (1989)
>>> História da Literatura Portuguesa/ Encadernado de Antonio José Saraiva e Oscar Lopes pela Porto Ed.
>>> Cortez -A Saga de Um sonhador de Teresa Sales -Goimar Dantas pela Cortez (2010)
>>> HQ Os grandes inimigos do Mandrake Nº 4 + Os Oito Tentáculos da Morte de Lee Falk pela Ebal (1989)
>>> HQ Rastros de ódio - Revista Cinemin Nostalgia 3 de Diversos Autores pela Ebal (1989)
>>> Regulamento do ICMS do Rio de Janeiro de Ana Cristina Martins Pereira pela Lex (2006)
>>> A cidade do sol de Khaled Hosseini pela Nova froteira (2007)
>>> HQ Revistsa Elipse nº 1 + Crepúsculo dos Super-heróis de David Campiti & Kevin Juaire & Bart Sears pela Ebal (1992)
>>> Cinquenta tons mais escuros de E L James pela Intrínseca (2012)
>>> As mil e uma noites- os corações desumanos de René Khawam pela Brasiliense (1991)
>>> HQ Quem foi? Os prisioneiros de Sulma de Diversos Autores pela Ebal (1982)
>>> Autoritarismo e Participação Política da Mulher de Fanny Tabak pela Graal/ RJ. (1983)
>>> Cartas entre amigos - sobre os medos contemporâneos de Fábio de melo e Gabriel chalita pela Ediouro (2009)
>>> A Civilização Romana de Pierre Grimal pela Edições 70 (2001)
>>> Centenário de José Bezerra Gomes de Joabel R. de Souza pela Fcjbg (2011)
>>> Alienação na Univesidade - a Crise dos Anos 80 de Paulo L. Hoffmann pela Edit. da UFSC (1985)
>>> O castelo da intriga de Paulo Stewart pela Scipicione (1996)
>>> No Tempo dos Faraós (Crianças Na História) de Ginette Hoffmann - Françoise Lebrun pela Scipione (1993)
>>> No Tempo dos Faraós (Crianças Na História) de Ginette Hoffmann - Françoise Lebrun pela Scipione (1996)
>>> As asas do joel de Walcir Carrasco pela Quinteto Editorial (2019)
>>> No Tempo dos Faraós (Crianças Na História) de Ginette Hoffmann - Françoise Lebrun pela Scipione (1998)
COLUNAS

Segunda-feira, 26/7/2010
Duas escritoras contemporâneas
Ricardo de Mattos

+ de 6500 Acessos


Tatiana Salem Levy

"As pessoas vão ficando velhas e, com medo da morte, passam aos outros aquilo que deveriam ter feito mas, por motivos diversos, não fizeram" (Tatiana Salem Levy).

Um dos ensaios de Montaigne baseia-se em narrativa de Heródoto, cujo teor aconselha-nos a não declarar alguém feliz ou infeliz senão após o término de sua vida, visto que o julgamento pode ser alterado por um fato repentino e final. Embora discordemos que em sede biográfica uma ocorrência isolada possa comprometer o conjunto, reconhecemos a importância deste princípio para a Literatura. Devemos pronunciar-nos a respeito de um texto somente após leitura integral e cuidadosa. Perdoe-nos o leitor por constatar o óbvio, mas fazemo-lo como forma de penitência em relação aos livros de duas escritoras brasileiras contemporâneas: Tatiana Salem Levy e Nina Lemos.

A escritora e tradutora Tatiana Levy é autora do romance A chave de casa. A jornalista, blogueira e escritora Nina Lemos assina A ditadura da moda. Quanto ao primeiro, começamos a ficar enfastiados com a leitura, até o toque final revelar-nos o engenho da obra e cativar-nos. Quando recebemos um exemplar do segundo, lemos as orelhas e não sentimos grande motivação sequer para abri-lo. Contudo, identificado o ponto comum entre as obras, apostamos na leitura conjunta e deparamo-nos com seu valor.

A chave de casa ganhou em 2008 os prêmios São Paulo de Literatura e Jabuti. O título refere-se ao costume de antigos judeus que, expulsos de um lugar, levavam consigo a chave da casa e transmitiam-na de geração a geração na esperança de que um familiar voltasse a ela e retomasse a posse. É composto por duas palavras que merecem atenção pelo que simbolizam. "Casa" representa não somente o imóvel, mas contém um significado familiar e até dinástico outrora mais empregado: Casa de Bragança. "Chave" é o que permite decifrar, o que facilita compreender um assunto.

Desta feita, resgatando o passado, compreendendo seus familiares, entendendo-lhes a jornada, e acertando as contas, a narradora pode distinguir o que lhe era próprio do que era atávico e alcançar sua própria libertação pessoal. Embora seja relativamente discreta a afirmação desta atitude, sua execução consciente ou não é a base do texto. Notamos também a presença do círculo, do alfa e ômega, mas o leitor precisará correr as 206 páginas do romance para apreciar o efeito. Deveras, o estado psico-espiritual da narradora determina a opção pelo circular em detrimento do linear, e explica a estrutura fragmentada, praticamente cubista, do romance. Tentar adivinhar a partir do começo é arriscar-se em vão. Ler o final do livro para saciar a curiosidade é tarefa ociosa. O conhecimento do todo permitirá encontrar o talento onde parecia haver apenas uma sucessão indefinida de lamúrias.


Nina Lemos

Quatro os temas principais do romance: a viagem da narradora à Turquia (!), seu relacionamento com a mãe, a história do avô materno e o relacionamento doentio com um homem, que dos conflitos gratuitos degenera em sadismo. No meio caminho entre o autobiográfico e o ficcional, Tatiana Levy improvisa uma solução classificando a obra como autoficção: "Conto (crio) essa história ...". Trate-se da própria autora, ou de personagem, ou de "eu-lírico", chamemo-la simplesmente "narradora" a voz presente.

As referências autobiográficas podem ser traiçoeiras. Até que ponto uma vida é interessante o suficiente para servir à Literatura? "O 'eu' é uma comodidade gramatical, filosófica e psicológica", avaliou a escritora Marguerite Yourcenar, talvez porque falando de si, o escritor como que dispensa a investigação do que lhe é externo e privilegia o subjetivo, diminuindo os riscos da escrita e as chances de confronto. "O 'eu' é odioso", decretou Pascal. "O 'eu' é odioso, mas trata-se do eu dos demais", contraditou Valéry. "O 'eu' é odioso, dizeis. Não o meu", concluiu Gide a secular discussão francesa.

O ponto comum entre os dois livros são as referências à ditadura militar brasileira. Tatiana Levy e Nina Lemos descendem daquela parcela da geração anterior que se envolveu com a resistência. Sim, discorremos sobre livros escritos por pessoas com idade próxima a nossa, quiçá mais moças. O que muda é a abordagem individual. A narradora d'A chave de casa parece buscar na mãe a inspiração para a luta pela sobrevivência. No diálogo mantido com a mãe já desencarnada, esta "corrige" o texto da filha, atenuando-lha opção pelo doloroso. A confusão mental da personagem de Nina Lemos não a impede de descobrir que não gosta de ver malbaratados os valores defendidos por indivíduos que ainda são-lhe próximos e privam de seu afeto. Além disso, há coisas que, embora não sejam o foco de uma existência, acabam compondo históricos individuais e direcionamo-lhes o respeito e a consideração que tínhamos - ou temos - pelas pessoas a quem essas coisas eram caras.

O Ditadura da moda é ambíguo. Pode ser o despotismo estabelecido pela Moda, este ridículo sem objeção ou epidemia induzida, como sugeriram respectivamente Balzac e Shaw. Pode ser também a tirania do momento, da ocasião: no Brasil, a ditadura da moda é da Ignorância. Entre as piores consequências do regime ditatorial, seja ele qual for, está o descrédito em que lança o indivíduo quanto a sua capacidade de mudar. A personagem Ludimila Correa percebe a futilidade do meio em que vive. Embora enjoada, não cogita em procurar outro caminho pois a opção sequer consta de seu campo mental. As vozes que passa a escutar trazem a proposta intermitente de modificação, mas ela não consegue identificá-la. Quando encontrou um lugar onde pôde livrar-se das amarras e assumir-se, as vozes passaram, ela sossegou e abraçou, ainda que instintivamente a nova condição. Com as devidas reservas de tempo, lugar e estilo literário, Ludimila irmana-se a Jacinto, protagonista d'A cidade e a serra, de Eça de Queirós.

Como descrição sócio-espiritual de parcela da geração atual, o êxito do livro de Nina Lemos é inegável. O que pode causar rejeição é o vocabulário entremeado de palavrões e de referências vulgares. Não devemos confundir nem a autora, nem o livro com seus personagens. Ela escreveu o texto, mas não deu à luz nem criou as figuras que descreve. O registro fiel e detalhado das observações denuncia a postura crítica do escritor em relação ao observado, a menos que suavize seu discurso com justificativas condescendentes. Onde encontramos descontração e jocosidade numa primeira leitura, acabamos enxergando censura. Visitando um "congresso de modelos" e deparando-se com a pouca idade das candidatas à vida nas passarelas, Ludimila anota: "Olho de novo para as meninas e faço uma associação maluca com todos os produtos fabricados na China que comprei. Quem foi que disse que só eles trabalham com mão de obra infantil, heim?".



Ricardo de Mattos
Taubaté, 26/7/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Nenhum Mistério, poemas de Paulo Henriques Britto de Jardel Dias Cavalcanti
02. Inferno em digestão de Renato Alessandro dos Santos
03. Uma suposta I.C. de Elisa Andrade Buzzo
04. Dilapidare de Elisa Andrade Buzzo
05. Existe na cidade alguém, assim como você... de Elisa Andrade Buzzo


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2010
01. Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim - 30/8/2010
02. O cérebro espiritual, de Mario Beauregard - 27/12/2010
03. Confissões do homem invisível, de Alexandre Plosk - 15/11/2010
04. Meu Marido, de Livia Garcia-Roza - 7/6/2010
05. Duas escritoras contemporâneas - 26/7/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




UM IR E VIR COTIDIANO
SIVA BIANCHI
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



TRAÍDA SÉRIE HOUSE OF NIGHT - LIVRO 02 8898
P C CAST E KRISTIN CAST
NOVO SÉCULO
(2009)
R$ 10,00



OSTEOPOROSE
M. A. DAMBACHER E E. SCHATCHT
ALFAD
R$ 9,00



MANEJO REPRODUTIVO DE OVINOS DE CORTE (NAS REGIÕES CENTRO-OESTE, NORTE E SUDESTE DO BRASIL)
AURORA MARIA GUIMARÃES GOUVEIA CLÁUDIO JOSÉ BORELA ESPESCHIT E SILVIA LETICIA TARTARI
LK
R$ 63,00



TRAVESSIA REPORTAGEM SOBRE O SERTÃO DE GUIMARÃES ROSA
JULIANA SIMONETTI
LINC
(2010)
R$ 35,00
+ frete grátis



O LIVRO DOS MILAGRES
KEVIN BELMONTE
THOMAS NELSON BRASIL
(2015)
R$ 36,00



POIROT INVESTIGA
AGATHA CHRISTIE
RECORD
(2001)
R$ 10,00



LOVE KISS
GILBERT OAKLEY
DIAMOND STAR
(1970)
R$ 19,82



O GUIA OFICIAL DO CLUB PENGUIN VOL 1
DISNEY
MELHORAMENTOS
(2011)
R$ 4,00



DIREITO PENAL CONCRETO
ANTÔNIO JOSÉ MIGUEL FEU ROSA
CONSULEX
(1992)
R$ 26,82





busca | avançada
31843 visitas/dia
1,0 milhão/mês