A Tempestade | Rennata Airoldi | Digestivo Cultural

busca | avançada
48473 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Namíbia, Não! curtíssima temporada no Sesc Bom Retiro
>>> Ceumar no Sesc Bom Retiro
>>> Mestrinho no Sesc Bom Retiro
>>> Edições Sesc promove bate-papo com Willi Bolle sobre o livro Boca do Amazonas no Sesc Pinheiros
>>> SÁBADO É DIA DE AULÃO GRATUITO DE GINÁSTICA DA SMART FIT NO GRAND PLAZA
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Modernismo e além
>>> Pelé (1940-2022)
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Compreender para entender
>>> Para meditar
>>> O que há de errado
>>> A moça do cachorro da casa ao lado
>>> A relação entre Barbie e Stanley Kubrick
>>> Um canhão? Ou é meu coração? Casablanca 80 anos
>>> Saudades, lembranças
>>> Promessa da terra
>>> Atos não necessários
>>> Alma nordestina, admirável gênio
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Fantasmas do antigo Recife
>>> Luther King sobre os fracos
>>> O centenário do Castor
>>> O comercial do Obama
>>> Por que Dilma tem de sair agora
>>> Mininas no Canto Madalena
>>> Quase cinquenta
>>> Bate-papo com Odir Cunha
>>> Entrevista com Sérgio Rodrigues
>>> Leblon
Mais Recentes
>>> Eu Fico Loko -As Desventuras de Um Adolescente Nada Convencional de Christian Figueiredo de Caldas pela Novas Páginas (2015)
>>> Teoria Geral do Direito e Marxismo de Evguiéni B. Pachukanis pela Boitempo (2017)
>>> O Caso dos Dez Negrinhos de Agatha Christie pela Abril Cultural (1981)
>>> A Revolução Russa de 1917 de Marc Ferro pela Perspectiva (1974)
>>> A Questão Urbana de Manuel Castells pela Paz e Terra (1983)
>>> Esquerdismo Doença Infantil do Comunismo de V. I. Lenin pela Expressão Popular (2014)
>>> Crônicas de Nuestra América de Augusto Boal pela Codecri (1977)
>>> A Desumanização da Arte de José Ortega y Gasset pela Cortez (1991)
>>> Homens Em Tempos Sombrios de Hannah Arendt pela Companhia De Bolso (2013)
>>> A Música do Tempo Infinito de Tales A. M .Ab'Sáber pela Cosac & Naify (2012)
>>> Poesia e Filosofia de Antonio Cicero pela Civilização Brasileira (2012)
>>> A Estrada da Noite de Joe Hill pela Sextante (2007)
>>> O ornamento da massa de Siegfried Kracauer pela Cosac & Naify (2009)
>>> O Horror Econômico de Viviane Forrester pela Unesp (1997)
>>> Merleau-ponty e a Educação de Marina Marcondes Machado pela Autentica (2010)
>>> Revoluções de Michael Lowy pela Boitempo (2009)
>>> O Anticristo de Friedrich Nietzsche pela Lpm pocket (2008)
>>> E no Final a Morte de Agatha Christie pela Lpm pocket (2010)
>>> Estetica da Emergencia de Reinaldo Laddaga; Magda Lopes pela Martins Fontes (2012)
>>> Pós-produção: Como a Arte Reprograma o Mundo Contemporâneo de Nicolas Bourriaud pela Martins Fontes (2009)
>>> A saga da família Klabin-Lafer de Ronaldo Costa Couto pela Klabin (2020)
>>> Tudo Pelo Amor Dele de Sandie Jones pela Única (2019)
>>> Um Encontro de Sombras de V E Schwab pela Record (2017)
>>> O Vilarejo de Raphael Montes pela Suma das Letras (2015)
>>> Dança da Escuridão de Marcus Barcelos pela Faro (2016)
COLUNAS

Quarta-feira, 20/11/2002
A Tempestade
Rennata Airoldi
+ de 4000 Acessos

Dezoito anos! As comemorações da maioridade do Grupo XPTO resultaram em algumas montagens teatrais durante este ano. Acaba de estrear o primeiro grande clássico adaptado pelo grupo. Sob direção de Osvaldo Gabrieli, criador e diretor da trupe durante todos esses anos, "A Tempestade", de William Shakespeare, ganha à cena com a tradução e adaptação de Marcelo Rubens Paiva e Rosana Seligman. A idéia inicial, que surgiu há dois anos na outra sede do grupo em Florianópolis, se concretiza somente neste momento, graças a patrocínios e apoios culturais.

"A Tempestade" é o último texto de Shakespeare e, sem dúvida, um dos mais difíceis de ser adaptado. De qualquer forma, dificuldades e problemas de entendimento à parte, é uma montagem grandiosa que prima pelas belas imagens e efeitos visuais. Outro ponto forte é a trilha sonora e a sonoplastia, que, em vez de serem apenas pano de fundo, contracenam o tempo todo com os atores, trazendo de maneira intensa os diferentes climas da peça.

Está certo que o Teatro Sérgio Cardoso é, digamos, bastante grande, na verdade, imenso para os padrões atuais. Devo admitir que não é muito agradável, num primeiro momento, assistir a uma peça ouvindo os atores falando pelo microfone. Não sou contra a tecnologia, mas, de certa forma, causa um certo distanciamento entre o som da voz e a ação dos atores em cena. Entendo a necessidade do uso do equipamento, devido a altura dos efeitos sonoros presentes todo o tempo, no entanto, é um elemento que causa certa antipatia. No decorrer da peça, claro, vai sendo melhor incorporado.

A peça acontece em dois planos: o Mágico e o Real. Assim sendo, o lúdico está muito presente. Boas cenas de comédia estão dispersas em meio a um drama comandado pela tristeza e, ao mesmo tempo, pela surpreendente história de Próspero, interpretado aqui pelo ator Sérgio Mamberti. O mesmo que, ao ser encaminhado para a uma provável morte, graças à traição do irmão, termina aportando, com sua filha, numa ilha "encantada" que se torna seu novo mundo.

Para quem não conhece o texto original, a peça fala de traição, arrependimento e perdão. Perdas e conquistas, ambições e generosidade. Boa "pauta" para os dias atuais, onde o individualismo e o egocentrismo estão em alta. Próspero, ao mesmo tempo que arma uma grande tempestade para se vingar de seu próprio irmão e seus comparsas, os perdoa e os manipula, durante a sua estada na ilha encantada, por pura vaidade. E assim também consegue unir o jovem casal de namorados: Ferdinand, interpretado por Igor Cotrim, e Miranda, sua filha, Gláucia Libertini.

A peça traz ainda elementos circences que ajudam a compor o visual e são responsáveis por grandes momentos de dinamismo e surpresa. Está certo que o "visual" sempre foi um dos pontos fortes do Grupo XPTO, que sempre trouxe à cena figurinos e elementos cênicos grandiosos em seus espetáculos. A estética dos espetáculos do grupo sempre teve uma "plástica" própria, no que diz respeito à composição cênica de elementos como cenário, figurino e adereços.

Segundo o ator Sérgio Mamberti, este momento é muito propício à montagem desse texto, já que ele trata, em sua essência, da conciliação. Entre a realidade e o sonho, hoje no Brasil, há um ar de expectativa e suspensão em relação ao futuro do país. De qualquer forma, independente de qualquer opinião em relação à política ou ao governo, é uma boa oportunidade para deixar-se conduzir nessa grande viagem que é "A Tempestade". Nela, Próspero brinca um pouco de Deus e, com seus poderes e conhecimento, manipula à todos como se fossem simplesmente marionetes.

São poucas as chances de se montar e, por isso mesmo, de se assistir a um grande clássico. Esse traz, em especial, a assinatura do grupo XPTO, que vêm fazendo a história de nosso teatro há dezoito anos. As principais marcas do grupo permanecem na mistura de linguagens, na trilha e nos efeitos sonoros, nas lindas e mágicas imagens que permeiam o espetáculo o tempo todo.

"A Tempestade" está em cartaz no Teatro Sérgio Cardoso, de quinta-feira a sábado, às 21hrs. e, aos domingos, às 18hrs. Endereço: Rui Barbosa, 153. Telefone: 288-0136. Só até 22 de dezembro.


Rennata Airoldi
São Paulo, 20/11/2002

Mais Rennata Airoldi
Mais Acessadas de Rennata Airoldi em 2002
01. Saudosismo - 10/7/2002
02. Cartas que mudaram a História! - 10/4/2002
03. Do primeiro dia ao dia D - 13/3/2002
04. Enfim: Mário Bortolotto! - 25/9/2002
05. A Nova Hora, A Hora da Estrela! - 6/3/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Mens Sana: a Angústia do Homem Em Busca da Felicidade / Vol 3
Albino Aresi / Capa Dura
Mens Sana
(1984)



Livro - O Encouraçado Potemkin
Folha de São Paulo
Moderna
(2011)



Novelas - Concursos Literários do Piauí
Sergio Batista e Outros
Publique
(2005)



O Pirata eletrônico e o Samurai
Jeff Goodell
Campus
(1996)



A Lenda do Muri- Keko
Marcos Bagno
Sm
(2005)



Senhora Rezadeira
Denise Rochael
Cortez
(2004)



A Camada de Ozonio
M. Bright
Melhoramentos
(2000)



Descubra Seu Corpo
Nigel Nélson
Impala
(1996)



O Patinho Feio
Vários Autores
Ftd
(1996)



O Fio do Destino (1991)
Zibia Gasparetto
Vida e Consciencia
(1991)





busca | avançada
48473 visitas/dia
1,4 milhão/mês