Nas redes do sexo | Guilherme Pontes Coelho | Digestivo Cultural

busca | avançada
84710 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Relacionamentos amorosos com homens em cárcere é tema do espetáculo teatral ‘Cartas da Prisão’, monó
>>> Curso da Unil examina aspectos da produção editorial
>>> “MEU QUINTAL É MAIOR DO QUE O MUNDO - ON LINE” TERÁ TEMPORADA ONLINE DE 10 A 25 DE ABRIL
>>> Sesc 24 de Maio apresenta Música Fora da Curva: bate-papos sobre música experimental
>>> Música instrumental e natureza selvagem conectadas em single de estreia de Doug Felício
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
>>> O zunido
>>> Exposição curiosa aborda sobrevivência na Amazônia
>>> Coral de Piracicaba apresenta produção virtual
>>> Autocombustão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Picasso versus Duchamp e a crise da arte atual
>>> Usina
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Web 2.0 reloaded
>>> Lendas e mitos da internet no Brasil
>>> A loucura das causas
>>> Queen na pandemia
>>> Nerd oriented news
>>> 13 de Agosto #digestivo10anos
>>> O cão da meia-noite
Mais Recentes
>>> A Engenharia de Custos na Viabilidade Econômica de Empreendimentos Industriais de Sérgio Conforto & Mônica Spranger pela Taba Cultural (2011)
>>> Documento de Aparecida de Conselho Episcopal Latino-Americano pela Paulus (2011)
>>> Caminho da sabedoria, caminho da paz de Dalai Lama pela L&Pm (2009)
>>> Montanha-russa de Martha Medeiros pela L&Pm (2009)
>>> Perdão. A Chave Para a Liberdade de Adriana Machado pela Dufaux (2015)
>>> Baudelaire de Jean-Baptiste Baronian pela L&Pm (2010)
>>> O Mundo Contemporâneo - Relações Internacionais 1945-2000 de Demétrio Magnoli pela Moderna (2002)
>>> Paulo, um homem em Cristo de Ruy Kremer pela Feb (2011)
>>> Páginas de espiritismo cristão de Rodolfo Calligaris pela Feb (2021)
>>> Crepúsculo dos ídolos de Friedrich Nietzsche pela L&Pm (2009)
>>> Senhor e servo & outras histórias de Leon Tolstoi pela L&Pm (2009)
>>> Liberando o Fluir do Avivamento de Gregory R. Frizzell pela Imprensa da Fé (2021)
>>> O Ladrão e os Cães de Naguib Mahfuz pela L&pm Pocket (2008)
>>> O Leão da Neve de Richard Jones pela Carochinha (2018)
>>> O Livro da Selva de Rudyard Kipling pela L&pm Pocket (2001)
>>> O Despertar Do Sonho de Luiz Carlos Amorim pela Rosa dos Tempos (2001)
>>> O Livro de Ouro da Mitologia Histórias de Deuses e Heróis de Thomas Bulfinch pela Casa dos Livros (2006)
>>> O Livro de Ouro da Mitologia - Histórias de Deuses e Heróis de Thomas Bulfinch pela Ediouro (2006)
>>> O Revólver De Maigret de Georges Simenon pela L&Pm (2009)
>>> O Livro de Ouro da Mitologia: Histórias de Deuses e Heróis de Thomas Bulfinch pela Ediouro (2003)
>>> O Livro do Bem Coisas para Você Fazer e Deixar Seu Dia Mais Feliz de Ariane Freitas; Jessica Grecco pela Gutenberg (2015)
>>> O Amigo De Infância De Maigret de Georges Simenon pela L&Pm (2009)
>>> O Despertar Ante a Obsessão de Públio Carisio de Paula pela Minas Grafica (2003)
>>> O Livro dos Dinossauros 50 Perguntas Com Todas as Respostas de Jo Connor; Moira Butterfield pela Girassol (2012)
>>> O Livro dos Médiuns de Allan Kardec pela Petit (2004)
COLUNAS

Quarta-feira, 25/8/2010
Nas redes do sexo
Guilherme Pontes Coelho

+ de 15200 Acessos
+ 2 Comentário(s)

O nome dela pode ser Renata. Suponha que formou-se aos 22 anos em secretariado executivo, numa faculdade não muito longe de casa, custeada tanto pelo auxílio dos pais quanto pelo próprio esforço. Ela teve alguns empregos durante o curso. O mais estável deles foi numa agência de eventos, onde ainda estava quando se graduou, que realizava modestas formaturas universitárias (ela foi responsável pela formatura da própria turma), casamentos em áreas pouco abastadas e festas infantis bem aquém da opulência que vemos nas novelas do horário nobre. Sempre teve o que comer, o que vestir, onde estudar, onde dormir. Sempre morou na mesma casa. É a mais velha de duas filhas. Seu pai formou-se contador e era funcionário público (aposentado), e sua mãe costura para fora.

Ela perdeu o emprego. A agência fechou. Ela aceitou o primeiro bico que apareceu. Demonstradora numa feira erótica. Manequim de lingerie. "Vamo lá, você tem o corpo bonito, não quero ir nessa sozinha", disse a ela uma amiga também desempregada. Esta amiga, 14 meses depois da tal feira erótica, passaria num concurso público ― para o qual estudou dez meses com afinco ― e seria transferida para outra cidade. Contato só virtual.

Nada de mais aconteceu durante a feira. Ao contrário do que pensou quando a amiga a convidou para o trabalho, o ambiente lá era dos mais profissionais (o que não a livrou das cantadas baratas, às quais toda mulher está sujeita, seja onde for). Mas, no segundo dia de trabalho, conheceu uma mulher educada, aparentando uns quarenta anos, que lhe elogiou a beleza e lhe deu um cartão de visitas, onde leu Fulana de Tal, caça-talentos, telefone.

Esse encontro tão despretensioso abriria um novo mundo a Renata. Um mundo no qual ela pode bancar a faculdade que faz hoje, fisioterapia; no qual ela pode morar bem, um flat só para ela; no qual ela pode ajudar a família a ter um pouco mais de conforto. Aos 25 anos de idade, Renata é garota de programa e faz aparições na indústria pornô brasileira.

Demorou para que seus pais aceitassem sua atividade profissional (eles não sabem da prostituição). Muitas brigas, muitas conversas. Mas ela deixou claro que é uma atividade temporária. Ela tem para si que o pornô é só uma maneira de "se colocar na vitrine" e poder cobrar mais caro pelos programas.

* * *

A história da nossa personagem Renata poderia ser uma das histórias reais do livro Nas redes do sexo ― Os bastidores do pornô brasileiro, de María Elvíra Díaz-Benítez (Jorge Zahar, 2010, 240 págs). Renata ilustra bem o quanto de clichê e de verdade há na vida de quem ingressa no pornô. Ela quebra o preconceito dos mais retrógrados, aqueles que desclassificam quem trabalha com pornô ― mas que não param de consumir seus filmes ― porque não há nada traumático na vida dela que a tenha feito escolher este "negócio sujo". Infelizmente, o mesmo não se pode dizer dos atores gays, em alguns casos, e, na maioria deles, dos travestis: pessoas que sofrem preconceito de forma cruel, desde dentro de casa.

Renata personifica um comportamento habitual dos performers do pornô: o de que fazer sexo por dinheiro em frente às câmeras é um meio de bancar projetos de vida ― o pornô em si não é um projeto de vida, pelo menos não é para maioria das mulheres. Renata dá exemplo de duas realidades: a de que não é tão fácil viver do pornô no Brasil e a de que a prostituição de luxo é um ramo paralelo rentável e confortável.


Terry Richardson © (http://www.terryrichardson.com/)

Não existia na nossa indústria do entretenimento a figura da porn star. Figuras como Jenna Jameson, Janine Lindemulder, Silvia Saint. São estrelas genuinamente pornôs. Recentemente, tendo por desbravador Alexandre Frota, muitas celebridades decadentes emprestaram sua fama a produções eróticas. Esta "migração", digamos, não diminuiu o desdém hipócrita em relação aos atores e atrizes pornôs, porque as tais celebridades fazem incursões rápidas nesse meio (da mesma forma como almeja Renata), deixando claro que é indigno viver disso, ou mesmo ter uma carreira longeva. Não há, no pornô nacional, atrizes genuinamente pornôs com a longevidade de uma Nina Hartley. Hoje, Mônica Mattos é a atriz pornô brasileira que encarna a porn star nos moldes profissionais como conhecemos noutros países. (Curiosamente, o status de porn star é conferido a mulheres e atores gays. Atores heterossexuais como Rocco Siffredi são exceções.)

* * *

María Elvíra Díaz-Benítez, antropóloga, a autora do Nas redes do sexo, pesquisou durante dois anos a indústria pornô brasileira onde ela é mais forte, São Paulo. Trabalhou com os três tipos principais de filmes eróticos: hétero, gay e travesti. Por meio da observação participante, Díaz-Benítez escreveu um livro esclarecedor. Um estudo antropológico, escrito em linguagem acessível e repleto de notas, sobre como funciona o milionário mundo do sexo audiovisual, desde a hora em que são recrutados novos performers até o momento em que o consumidor final verá o desempenho deles na tela.

Desempenho é a palavra-chave. É o que liga todos os elos da cadeia de produção do pornô. O espectador tem sede de desempenho, os atores e atrizes têm sede de desempenho, assim como os diretores. O filme erótico é a espetacularização do sexo, feita tanto para quem carece de desempenho quanto para quem emula o que vê na tela.

Para ir além






Guilherme Pontes Coelho
Águas Claras/Brasília, 25/8/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Primavera para iniciantes de Elisa Andrade Buzzo
02. Mãe, lê pra mim? de Ana Elisa Ribeiro
03. O primeiro parágrafo de Luiz Rebinski Junior
04. Devaneios sobre as Olimpíadas ― 2008 de Rafael Fernandes
05. E eu comprei um iPod; e a minha vida mudou de Julio Daio Borges


Mais Guilherme Pontes Coelho
Mais Acessadas de Guilherme Pontes Coelho em 2010
01. Nas redes do sexo - 25/8/2010
02. A literatura de Giacomo Casanova - 19/5/2010
03. O preconceito estético - 29/12/2010
04. O retorno à cidade natal - 24/2/2010
05. O mundo pós-aniversário - 3/2/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
25/8/2010
07h59min
Essas atividades eróticas, pornográficas, fazem parte de um comércio e de um mercado no qual o objeto da venda e o obejto do desejo do comprador é simplesmente o corpo humano.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
12/6/2012
15h50min
A galera que cresceu aprendendo sexo com vídeo pornô não sabe lidar com uma mulher de verdade na cama. Na vida real mulher não gosta de ser "pegada" nem de "pegar" do jeito que aparece nesse tipo de vídeo. Aí abrem-se as portas do brejo dentro do relacionamento. Pior - o homem também não gosta, só que, se foi assim que aprendeu, demora um tempo para desaprender e aprender a ter uma relação mais quente, bem mais quente e apimentada do que o que se mostra nesses vídeos.
[Leia outros Comentários de Débora Carvalho]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Teoria Geral da Responsabilidade Civil
Direito Rio
FGV
(2008)



Challenge to Think
Christine Frank
Oxford
(1982)



Contabilidade Introdutória
Sérgio De Ludícibus
Atlas
(1986)



Sistema Tributário do Mercosul
Edison Carlos Fernandes
Revista dos Tribunais
(2001)



First Certificate Language Practice With Key
Michael Vince
Heinemann
(1996)



A Redoma de Vidro
Sylvia Plath
Record
(1999)



O Mistério do Homem Amarelo
Julio Emilio Braz

(1997)



Good Night America
Adam Gamble - Suwin Chan
Good Night Books
(2006)



Capitalism At the Crossroads
Stuart L. Hart
Prentice Hall
(2010)



Guia Didático Matemática Mundo Amigo - 5º Ano
Viviane De Lima Carpegiani Tarraf
Sm





busca | avançada
84710 visitas/dia
2,6 milhões/mês