Pecados | Mariana Fazzini | Digestivo Cultural

busca | avançada
75243 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
>>> Dave Brubeck Quartet 1964
>>> Conrado Hubner fala a Pedro Doria
Últimos Posts
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
>>> Cinema: Curtíssimas terá estreia neste sábado (28)
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Literatura e cinema na obra de Skármeta
>>> Literatura e cinema na obra de Skármeta
>>> A todos que passem por aqui
>>> João Paulo Cuenca e seu Corpo Presente
>>> Neruda, oportunista fantasiado de santo
>>> VTEX e Black & Decker sobre transformação digital
>>> Apresentação
>>> Fetiches de segunda mão
>>> Em busca do vampiro de Curitiba
>>> Millennials
Mais Recentes
>>> Marcas de Nascença de Nancy Huston pela L&Pm (2007)
>>> A Reportagem de Danillo Nunes pela do Autor (1980)
>>> Eu Fico Loko de Christian Figueiredo de Caldas pela Novas Paginas (2015)
>>> A Cidade de Melanie Wallace pela Benvira (2012)
>>> As Belas Coisas, Que é do Céu Contê-las de Dinaw Mengestu pela Nova Fronteira (2008)
>>> O Beijo das Sombras de Richelle Mead pela Rocco (2021)
>>> O Beijo das Sombras de Richelle Mead pela Rocco (2021)
>>> Pesadelos e Paisagens Noturnas - Vol.I de Stephen King pela Objetiva (2011)
>>> Temas de Psicologia Juridica de Leila Maria Torraca de Brito pela Relume Dumará (2005)
>>> Evangelho por Emmanuel - Comentários ao Evangelho Segundo Mateus de Francisco Cândido Xavier pela Feb (2015)
>>> A Casa do Califa de Tahir Shah pela Roça Nova (2008)
>>> Personagens da Boa Nova de Federação Espírita do Paraná pela Fep (2010)
>>> Personagens da Boa Nova de Federação Espírita do Paraná pela Fep (2010)
>>> Francisco - o Sol de Assis de Divaldo Franco e Cezar Braga Said pela Leal (2014)
>>> Salomé - o Encanto das Mulheres Que Surgem do Céu de Sandra Carneiro pela Vivaluz (2014)
>>> Eight early tantras of the great perfection - elixir ambrosia de Christopher wilkinson pela Christopher wilkinson (2016)
>>> O Homem Que Amava os Cachorros de Leonardo Padura pela Boitempo (2014)
>>> O fogo invisível: O segredo mais importante da humanidade está prestes a ser revelado de Javier Sierra pela Planeta (2018)
>>> Moreira da Silva: O último dos malandros de Alexandre Augusto pela Sonora (2013)
>>> O Bairro: Viva a Nossa Turma - Geografia e História de Aracy do R. Antunes; Maria de L. de A. Trindade pela Access (2013)
>>> Antes de Nascer o Mundo de Mia Couto pela Companhia das Letras (2016)
>>> Teogonia: A Origem dos Deuses- edição revisada e acrescida do original grego de Hesíodo pela Iluminuras (1995)
>>> Bíblia de Jerusalém - Média Encadernada de Deus e Vários autores pela Paulus (2004)
>>> Madame Bovary de Gustave Flaubert pela Abril Cultural (1979)
>>> Gente pequena também tem direitos de Malô Carvalho pela Autêntica (2012)
COLUNAS

Quinta-feira, 6/12/2001
Pecados
Mariana Fazzini

+ de 5000 Acessos
+ 7 Comentário(s)

Era uma paixão daquelas avassaladoras, arrebatadoras, de querer cortar os pulsos com a corda no pescoço... pra garantir... Que não tinha hora, nem lugar, nem sentimento que contivesse, as trocas de olhares significativas que faziam querer mais, amar mais, sofrer mais, odiar muito... A negação dos defeitos e a partilha de uma sensação de não ter mais nada nesta vida que ainda tenha que acontecer porque você sabe que só se ama assim uma vez... Até que um dia o instinto de sobrevivência foi maior e a insuportável separação se tornou a única saída. A dor foi dando lugar à uma frustração tamanha só comparável às noites frias e à cama vazia, com a marca daquele corpo tão conhecido ainda nos lençóis...

E a vida passou, e o sofrimento se transformou em consolo amparado de lembranças e uma nova condição de amor surgiu, acalmando, acalentando. Amuderecer no amor é uma droga...

Mas um dia, de mãos dadas com o novo amor, o encontro adiado por tantos anos finalmente se deu. E foi tanta sacanagem da vida que eu tive a coragem necessária de olhar naqueles lindos olhos tão azuis, procurando um sinal de fumaça daquele amor que nunca morreu, o que me fez tremer toda, marcando vários pontos na escala Richter. O atual equivocado amor percebeu, o cumprimento que seguiu à apresentação foi uma série de grunhidos e uma pressa de ir embora me arrastando pra longe daqueles olhos...que me seguiram sem piscar enquanto eu controlava a vontade de voltar para olhar de novo naquela íris perturbadora...

Não comi, não durmi, não pisquei nem respirei mais naquele dia... O ex-novo amor já nem sabia mais como chamar minha atenção... Só conseguia era pensar naquele amor doido, naquelas pernas que me enlaçavam, naquele corpo que me envolvia, naquela voz que me enlouquecia, o sorriso de menino, as brigas que sempre acabavam no chão, na terra, no asfalto, na água, no fogo... Será que eu ainda estava lá, como ele ainda estava em mim? E aquela sensação de ainda ser dele, destruindo a minha convicção de que estava bem melhor longe... A ironia é justamente o conflito entre o melhor e o inevitável... Que lugar comum ferrado!!

A cama ficou pequena, o sono não vinha, o futuro ex-amor profundamente adormecido e a minha pele queimando... Levantei, desci as escadas da casa, a chave do carro, o maço de cigarro, a garrafa de cerveja, a noite sem lua...Tudo passava como nada na minha frente, eu completamente sonâmbula tentando aliviar o pensamento enquanto agia. A porta aberta devagar pra não fazer barulho, o carro empurrado até o fim da rua... hoje nem me lembro como fiz, só sei que aconteceu...

Rodei muito pela cidade antes de ir parar em frente a sua casa. Como num sonho, pisquei várias vezes pra ver se sumia aquela miragem... E abri e fechei a porta do maldito carro, que nem era meu, umas quinhentas vezes antes de me decidir sair... Fumei um maço de cigarro e voltei de novo pro carro... saí de novo... demorei uns quinze minutos pra trancar a porta pela décima vez... Droga!!! Atravessei o quintal, devagar, testando o chão...não podia e nem devia estar ali... O dia já ia nascer, o carro largado na rua, e se ele estiver com alguém, o que pode ter acontecido com o meu bom senso, isso não pode estar acontecendo, eu só posso estar louca...

Bati na porta. Abriu na hora, como se estivesse me esperando... Não disse nada, eu também não... Me puxou pra dentro, aqueles olhos me queimando, me roubando o ar, me trazendo de volta de onde nunca saí... nunca foi tão bom, nem tão perfeito, completo, a única vez em que não discordamos de nada...

Não trocamos nenhuma palavra... nem neste dia e nem nunca mais... Eu saí de lá completamente desnorteada, peguei o carro ainda tremendo, voltei pra casa... O desconhecido que encontrei me perguntou aonde fui e só pude dizer, estava sem sono...

Perdoe-me Pai, porque pequei... mas não seja muito gentil porque ainda não me arrependi... a culpa nunca veio...

E na minha trilha sonora ainda tem "I've got you under my skin"... e lindos olhos azuis...

Para ir além

SpamZine


Mariana Fazzini
São Paulo, 6/12/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Convite ao 'por quê?' de Edson Vitoretti
02. A biblioteca pública mais violada do mundo de Ana Elisa Ribeiro


Mais Mariana Fazzini
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
6/12/2001
10h13min
Gostei do texto, bem escrito, flui de maneira rápida e interesante prendendo nossa atenção e nos fazendo querer mais
[Leia outros Comentários de Santiago]
6/12/2001
10h52min
A impressão que se tem, é que ela viveu e gravou em uma fita esta experiência, e depois a transcreveu, calmamente, degustando e sentindo cada detalhe.
[Leia outros Comentários de Paulo Orsini]
6/12/2001
3. !
15h13min
Ai, que inveja!
[Leia outros Comentários de Sonia Pereira]
6/12/2001
18h07min
Muito bom este texto, principalmente o seu desfecho. Parabéns ao autor, que soube lidar tão bem com um texto longo. Maurício gracus Revista Metropoli
[Leia outros Comentários de mauricio gracus]
7/12/2001
16h58min
Há tempos nao lia um texto tão belo... quem é mulher sabe e entende melhor tudo que uma mulher é realmente capaz fazer por amor, por ódio ou por qualquer outra coisa! Parabéns Mari!
[Leia outros Comentários de Camila ]
11/12/2001
16h37min
Aê Mari!! Parabéns pelo texto! Gostei muito...e...bastante interessante...
[Leia outros Comentários de Martin]
10/1/2002
13h10min
Sempre soube que essa garota tinha futuro, fosse como escritora ou o que quer que resolvesse fazer. Vc é muito intensa, Má. Confesso que o txt não me traz boas lembranças, mas esta MUITO BOM, como tudo que vc escreve... Te cuida
[Leia outros Comentários de Sérgio]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Leitor de Almas
Paul Harper
Paralela
(2012)
+ frete grátis



Psicologia do Desenvolvimento
Ercília Maria Angeli Teixeira de Paula e Outro
Iesde
(2010)



Casamento , Término & Reconstrução - 8ª Ed - Revista e Atualizada
Maria Tereza Maldonado
Integrare
(2009)



Febem, Família e Identidade - o Lugar do Outro - 1ª Edição
Isabel da Silva Kahn Marin
Escuta
(1999)



O Morador de Ipanema e Outros Contos Cariocas
Elieser e Borba
Do Autor
(2014)



O Poço do Calabouço
Carlos Nejar
Record
(1983)



Ven Espiritu Santo Renueva Toda La Creacion
Emilio Castro
La Aurora
(1990)



Cidade Dos Ossos - Os Instrumentos Mortais - Vol. 1
Clare,Cassandra
Galera
(2013)



@ pra Ser Feliz
Lisete Frohlich
Sermais
(2016)



Diário de Zuma
Tiago de Melo Andrade
Ao Livro Técnico
(2004)





busca | avançada
75243 visitas/dia
2,2 milhões/mês